RELATÓRIO DE SUSTENTABILIDADE - ArcelorMittal é Aç .6. usuário responsável de energia, ajudando

Embed Size (px)

Text of RELATÓRIO DE SUSTENTABILIDADE - ArcelorMittal é Aç .6. usuário responsável de energia, ajudando

RelatRio de sustentabilidadeos desafios do ao para o futuro

2015

SumrioIntroduo _____________________________ 3Sobre este Relatrio _____________________ 4Limites / Escopo do Relatrio _____________ 4Materialidade ___________________________ 5Mensagem da Administrao _____________ 9

PERFIL _________________________________ 121. ArcelorMittal no Mundo _______________ 132. ArcelorMittal Brasil ____________________ 153. ArcelorMittal Brasil em Nmeros ________ 163.1. Forma de Constituio _______________ 173.2. Mapa de Atuao ___________________ 183.3. Solues em Ao Mapa de Atuao __ 193.3.1. Aos Longos e Trefilados ___________ 193.3.2. Aos Planos _______________________ 193.3.3. Recursos _________________________ 203.3.3.1. Eucalipto e Carvo Vegetal

(BioFlorestas) ___________________ 203.3.3.2. Minerao ______________________ 213.3.3.3. Energia _________________________ 213.4. Principais Investimentos ______________ 224. O Desafio da Sustentabilidade

(10 Diretrizes para o Desenvolvimento Sustentvel) _________________________ 23

4.1. Comit de Imagem, Reputao e Sustentabilidade ___________________ 24

4.1.1. Plataforma Integrada de Gesto de Reputao e Sustentabilidade _______ 25

5. Compromissos Assumidos ______________ 266. Cultura da Integridade _________________ 276.1. Pilares da Cultura da Integridade _______ 287. Prticas Anticorrupo ________________ 308. Governana Transparente ______________ 319. Organograma da Estrutura de Governana 32

PESSOAS ______________________________ 34Recrutamento e Seleo (emprego) ________ 37Investindo em Cientistas e Engenheiros talentosos para o amanh ________________ 38Gesto, Desenvolvimento, Carreira e Sucesso ______________________ 39Remunerao ___________________________ 42 Benefcios ______________________________ 42Caractersticas Funcionais ________________ 43Qualidade de Vida _______________________ 47Sade e Segurana ______________________ 49

PRODUTOS ____________________________ 52Tecnologia e Inovao ___________________ 55Presena no Mercado ____________________ 57Princpio da Precauo ___________________ 60 Ciclo de Vida do Produto _________________ 61

MEIO AMBIENTE ________________________ 62Gesto Ambiental _______________________ 66 Materiais ______________________________ 69

gua __________________________________ 71Resduos e Coprodutos ___________________ 77Biodiversidade __________________________ 82Energia ________________________________ 91Emisses Atmosfricas e Mudanas do Clima 93

CADEIA DE VALOR ______________________ 104Modelo de Negcio ______________________ 106Relacionamento com Fornecedores (Desenvolvimento e Qualificao de Fornecedores) ___________ 108Relacionamento com Clientes _____________ 112

COMUNIDADE __________________________ 113Relacionamento com Comunidades ________ 115Investimento Social ______________________ 117Reconhecimentos _______________________ 117

DESEMPENHO _________________________ 123Gerao de Valor ________________________ 125Demonstrao do Valor Adicionado (DVA) __ 126

SUMRIO DE CONTEDO GRI E PACTO GLOBAL _______________________ 131ExPEDIENTE ___________________________ 155

RELA

TRI

O D

E SU

STEN

TAB

ILID

AD

E

2

RELA

TRI

O D

E SU

STEN

TAB

ILID

AD

E

SUMRIO

PERFIL PESSOAS PRODUTOS MEIO AMBIENTECADEIA

DE VALOR COMUNIDADE DESEMPENHOMENSAGEM DA

ADMINISTRAOSUMRIO DE

CONTEDO DA GRI

Introduo[G4-3]

A ArcelorMittal Brasil apresenta seu Relatrio de Sustentabilidade 2015. Este documento resume seus principais acontecimentos socioambientais e econmicos, com o objetivo de demonstrar como a Empresa gerenciou seus riscos e oportunidades, e como vem se preparando para enfrentar os desafios vindouros.

Na construo deste Relatrio, a ArcelorMittal Brasil procurou no apenas contabilizar os resultados do ano de 2015, mas tambm divulgar sua estratgia para assegurar a sustentabilidade nos segmentos e mercados onde atua (embora, naturalmente, restringindo o detalhamento de assuntos que dizem respeito s prticas negociais e industriais), levando informaes com franqueza e transparncia para todos seus pblicos de interesse.

1 As diretrizes 1 e 9 esto agrupadas no captulo Pessoas, as diretrizes 2 e 3 esto agrupadas no captulo Produtos, as

diretrizes 4, 5 e 6 esto agrupadas no captulo Meio Ambiente, a diretriz 7 est apresentada no captulo Cadeia de Valor,

a diretriz 8 no captulo Comunidade e a diretriz 10 no captulo Desempenho.

A partir da redefinio de sua estratgia de sustentabilidade, a ArcelorMittal Brasil passou a adotar uma linha de atuao baseada nas 10 Diretrizes para o Desenvolvimento Sustentvel do Grupo ArcelorMittal1, e por essa razo, os captulos deste Relatrio esto organizados segundo essas diretrizes, visando evidenciar como essa atuao se d em cada uma dessas esferas:

1. Trabalho seguro, saudvel e com qualidade de vida para nossos empregados

2. produTos que incenTivem esTilos de vida mais susTenTveis

3. produTos que criem uma infraesTruTura susTenTvel

4. uso eficienTe dos recursos e alTos ndices de reciclagem

5. usurio confivel do ar, da Terra e da gua

6. usurio responsvel de energia, ajudando a criar um fuTuro com baixa emisso de carbono

7. cadeia de suprimenTos em que nossos clienTes confiem

8. membro aTivo e bem-vindo na comunidade

9. fonTe de cienTisTas e engenheiros TalenTosos para o amanh

10. nossa conTribuio para a sociedade deve ser medida, comparTilhada e valorizada

RELA

TRI

O D

E SU

STEN

TAB

ILID

AD

E

3

RELA

TRI

O D

E SU

STEN

TAB

ILID

AD

E

SUMRIO

PERFIL PESSOAS PRODUTOS MEIO AMBIENTECADEIA

DE VALOR COMUNIDADE DESEMPENHOMENSAGEM DA

ADMINISTRAOSUMRIO DE

CONTEDO DA GRI

http://brasil.arcelormittal.com.br/responsabilidade-corporativa/sustentabilidade/diretrizes-desenvolvimento-sustentavel

O perodo coberto por este Relatrio refere-se ao ano de 2015, entre 1 de janeiro e 31 de dezembro de 2015.

A ArcelorMittal Brasil adota um ciclo anual para emisso de seus Relatrios de Sustentabilidade. O ltimo documento foi publicado em 10 de maio de 2015, contemplando o ano de 2014.

As medies e as bases de clculo dos dados deste Relatrio esto registradas no SAP e em outras ferramentas gerenciais.

Este documento foi desenvolvido sob a metodologia GRI Global Reporting Initiative2, o que permite sua comparabilidade com relatrios de um grande nmero de empresas do setor ou mesmo de outros setores, independente da localizao geogrfica das mesmas, uma vez que apresenta indicadores e protocolos mundialmente estabelecidos pela metodologia. O padro GRI utilizado para este Relatrio foi a verso GRI-G4 (Essencial)3.

Sobre este Relatrio[G4-28; G4-29; G4-30]

Limites / Escopo do Relatrio[G4-17]

O Relatrio de Sustentabilidade 2015 tem como escopo o relato das atividades e fatos relevantes sobre o mesmo grupo de empresas definido pelo Comit de Sustentabilidade para o Relatrio de 2014.

Apesar de a Empresa fazer a gesto e conduzir aes de sinergia com outras unidades do Grupo ArcelorMittal dentro e fora do pas, no esto includas no escopo deste Relatrio as iniciativas de responsabilidade corporativa e o desempenho socioambiental e econmico referentes s seguintes entidades, unidades de negcio e segmentos: ArcelorMittal Abeb, ArcelorMittal Serra Azul e ArcelorMittal Distribuio. importante esclarecer que a Abeb uma entidade com atuao exclusivamente interna, voltada para os empregados. Os segmentos de Minerao (Serra Azul)e Distribuio so controlados diretamente pelo Grupo ArcelorMittal, no estando diretamente subordinados ArcelorMittal Brasil.

Em relao aos dados econmico-financeiros, esses esto de acordo com as prticas contbeis adotadas no Brasil e com as normas internacionais (IFRS) e so submetidos a rigorosos procedimentos de auditoria. Os valores apresentados contemplam a ArcelorMittal Brasil como um todo, consolidando os resultados dos negcios Aos Planos, Aos Longos, BioFlorestas, Mina do Andrade, Informtica e Servios.

2 A GRI uma entidade sem fins lucrativos que estabelece padres para elaborao de relatrios anuais e de sustentabilidade, sendo o padro mais difundido atualmente no mundo. No Brasil, 74% das empresas que responderam a uma pesquisa da BM&FBovespa em 2015 sobre metodologia de relatrios informaram que adotam esta metodologia.

3 A metodologia GRI verso G4 prioriza os indicadores com foco nos temas mais relevantes para a Companhia e suas partes interessadas. Na Opo Essencial, deve ser apresentado pelo menos um indicador para cada tema considerado material.

RELA

TRI

O D

E SU

STEN

TAB

ILID

AD

E

4

RELA

TRI

O D

E SU

STEN

TAB

ILID

AD

E

SUMRIO

PERFIL PESSOAS PRODUTOS MEIO AMBIENTECADEIA

DE VALOR COMUNIDADE DESEMPENHOMENSAGEM DA

ADMINISTRAOSUMRIO DE

CONTEDO DA GRI

A Materialidade a expresso do limite a partir do qual determinado assunto se torna suficientemente relevante para ser apresentado s partes interessadas. O objetivo desse processo captar, com a mxima amplitude e profundidade possvel, as expectativas dos stakeholders que se encontram nas reas de influncia da Empresa e apontar os temas que devero ser abordados nas comunicaes com os diversos pblicos de interesse, alm de balizar os sistemas de gesto. A metodologia G