Repara Cao 26

Embed Size (px)

Text of Repara Cao 26

  • Ano III | Edio 26 | Julho 2010 | Distribuio Nacional | R$ 5,00 | WWW.REPARACAOAUTOMOTIVA.COM.BR

    Equipar uma oficina custa caro, mas uma economia estvel e oferta de crdito crescente so fatores determinantes para pensar eminvestir, porm, antes de recorrer a qualquer tipo de financiamento, o empresrio da reparao automotiva deve analisar com cautela

    as linhas de crdito existentes e as taxas de juros cobradas por cada instituio. Pg. 6

    Veja no encarte Dicas Tcnicasdeste ms os artigos de FernandoCalmon, Ricardo Reimer e CarlosNapoletano, alm de dicas deGauss, Johnson Controls, Monroe,Bosch e Radiex. Pg. 15

    Entrevista Nesta edio, o presidente da Aesa,Yoshio Wakabayashi, fala sobre ocenrio atual da reparao, formaode redes, certificao profissional,alm do papel da associao no segmento. Pg. 4

    Robustos Neste ms, o Ford Focus SedanDuratec 2.0 16V Flex e o ToyotaCorolla 2.0 16V Dual VVT-i Flex foramlevados at uma oficina para umaanlise detalhada de suamanuteno. Pg. 32

    Moderninho Embora tenha sado de linha, oRenault Sandero chegou firme na disputa entre hatchs compactosPremium e depois de trs anos mostraque conseguiu cair no gosto popular.Pg. 12

    Na rua Pela primeira vez nas ruas de RibeiroPreto, Copa Caixa Stock Car contoucom a presena de mais de 42 milpessoas que puderam assistir vitriade tila Abreu. Pg. 14

    Autopar Com mais de 42 mil visitantes emseus cinco dias de evento, a Feira Sul-Brasileira dos Fornecedores daIndstria Automotiva (AUTOPAR),solidificou a boa fase da reparaoautomotiva. Pg. 24

    Editorial . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . .2

    Artigos . . . . . . . . . . . . . . .5/11/26/27/28

    Lanamento - Volks . . . . . . . . . . . . . . .26

    Lanamento - Renault . . . . . . . . . . . . .27

    Lanamento - Fiat . . . . . . . . . . . . . . . .29

    Mural . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . .30

    Veja na pgina 23

    reparacao26versao8_Layout 1 7/14/2010 11:22 AM Page 1

  • EDITORIAL

    Julho de 2010 - Edio 26 www.reparacaoautomotiva.com.br2

    Os anncios aqui publicados so de responsabilidade exclusi-va dos anunciantes, inclusive com relao a preo e qualidade.

    As matrias assinadas so de responsabilidade dos autores.

    Atendimento ao LeitorFone: 11 5084-1090

    contato@reparacaoautomotiva.com.brPrna Editora & Marketing Ltda. - Jornal Reparao Automotiva

    Rua Pedro de Toledo, 129 - 10 andarCEP 04039-030 - Vila Clementino - So Paulo - SP

    Diretor ExecutivoBernardo Henrique Tupinamb

    Diretor FinanceiroSalvador do Nascimento Carvalho

    Diretor ComercialEdio Ferreira Nelson

    ANO III - N 26 - JULHO DE 2010www.reparacaoautomotiva.com.br

    twitter.com/reparacao

    Editor executivoBernardo Henrique Tupinamb

    Editor-chefeSilvio Rocha

    editor@reparacaoautomotiva.com.br

    EditorEdison Ragassi

    ragassi@pranaeditora.com.br

    RedaoFabiana Pimentel

    redacao@reparacaoautomotiva.com.br

    Departamento de Artearte@reparacaoautomotiva.com.br

    Supervisor de ArteClayton Adjair

    Assistente de ArteErika Takahara

    DiagramadorAdriano Siqueira

    FotografiaJos Nascimento

    Saulo Mazzoni

    Departamento Comercialcomercial@reparacaoautomotiva.com.br

    Diretor ComercialEdio Ferreira Nelson

    edio@pranaeditora.com.br

    Gerente ComercialRichard Fabro Faria

    richard@pranaeditora.com.br

    Executivos de ContasRosa Souza

    rosa@pranaeditora.com.brMarcello Nestor da Costa

    marcello@pranaeditora.com.br

    Assistente ComercialCintia Nunes

    Internetwebmaster@reparacaoautomotiva.com.br

    Supervisor de DesenvolvimentoAryel Tupinamb

    aryel@reparacaoautomotiva.com.br

    AssinaturasTelefone: 11 5084-1090

    contato@reparacaoautomotiva.com.br

    FinanceiroMariza de Oliveira Neto

    mariza@reparacaoautomotiva.com.br

    Assistente AdministrativoTatiane Nunes Garcia

    ImpressoProl Editora Grfica

    Jornalista ResponsvelSilvio Rocha MTB: 30375

    ColaboradoresArthur Henrique S. Tupinamb / Carlos Napoletano Neto

    Fauzi Timaco Jorge / Ingo HoffmannJeison Cocianji / Karin Fuchs

    Apoios e Parcerias

    Reparao Automotiva uma publicao mensal da Prna Editora &Marketing Ltda. com distribuio nacional dirigida aos profissionais

    automotivos e tem o objetivo de trazer referncias ao mercado, paramelhor conhecimento de seus profissionais e representantes.

    C om o final da Copa do Mundo 2010, semesquecer claro de parabenizar a nao espa-nhola por seu primeiro ttulo, parece que tudocomea a voltar ao normal, inclusive pensar em comofazer seu negcio render nos prximos meses do ano.

    A matria de capa exatamente sobre rentabilidade.Vamos abordar o assunto com relao a investimentos emnovos equipamentos e tecnologias. Porm, para qualquerinvestimento preciso seguir regras, conhecer as linhasde crdito disponveis e suas respectivas taxas de juros.

    O incentivo principal para comear a investir, semdvida, o bom momento da reparao automotiva,que pde ser visto entre os dias 9 e 12 de junho duran-te a Feira Sul-Brasileira dos Fornecedores da IndstriaAutomotiva (Autopar).

    Alm de ser de suma importncia o investimento naoficina, o profissional tambm precisa estar atualizado, deacordo com a opinio do entrevistado deste ms, YoshioWakabayashi, presidente da Aesa, investir na carreira uma tendncia da reparao.

    Trazemos nesta edio tambm o comparativo entre osseds Ford Focus Sedan Duratec 2.0 16V Flex e o ToyotaCorolla 2.0 16V Dual VVT-i Flex, que teve a colaboraodo reparador e presidente do Sindirepa-PR, Wilson Bill.

    Recentemente retirado de linha, o Renault Sanderoest na seo Perfil deste ms. O hatch compacto che-gou ao mercado brasileiro em 2007 e tornou sua dirigi-bilidade o ponto forte do modelo. Dessa forma, comlinhas modernas e acabamento variado, o veculo caiuno gosto popular.

    J em lanamentos, reservamos trs veculos j co-nhecidos no mercado, mas que provam que a era dosrepaginados chegou. Em primeiro lugar, o quase apo-sentado Clio Hatch volta com fora total para disputar osegmento dos populares. O segundo faz parte da linha2011 do Fiat Punto, que passa a ser equipado com osnovos motores E.torQ, disponveis em duas verses,1.6L e 1.8L, ambas 16 V Flex. Por ltimo trazemos oNovo SpaceFox, uma verso atualizada do StationWagon da Volkswagen, que recebeu novo visual, painelde instrumentos mais moderno, etc.

    Por fim, para acompanhar a tendncia de atualizaoprofissional, mais uma vez trazemos o colecionvelencarte Dicas Tcnicas, que rene oito pginas de contedo importante para o cotidiano dos reparadores.

    Boa leitura e at a prxima!

    O Editor

    Prn

    a Cr

    ia

    o

    Investimento: a chave do 2 semestre

    reparacao26versao8_Layout 1 7/14/2010 11:22 AM Page 2

  • rva

    reparacao26versao8_Layout 1 7/14/2010 11:22 AM Page 3

  • ENTREVISTA

    Julho de 2010 - Edio 26 www.reparacaoautomotiva.com.br4

    Unir para se fortalecer Presidente da Aesa, Roberto, diz que tambm em virtude de o setor ter passado por mudanas constanteso reparador dever buscar a associao para que possa estar cada vez mais unido e assim fortalecidodiante dos fabricantes e poder pblico

    Texto: Fabiana Pimentel

    N osso entrevistado deste ms opresidente da AESA (As-sociao das Empresas deServios Automotivos do Estado de SoPaulo), Yoshio Wakabayashi, mais co-nhecido como Roberto, que fala de mer-cado, das dificuldades enfrentadas nosetor, dos planos para o segundo semes-tre, entre outros assuntos.

    Reparao Automotiva: Qual ocenrio atual da reparao automoti-va em Campinas e regio?

    Yoshio Wakabayashi: Hoje sofre-mos em funo da demanda, no caso dacidade de Campinas, a frota grande,

    porm a concorrncia est no crdito, nos veculos novos. As oficinas estosofrendo um pouquinho por causa disso, em relao manuteno porainda no ter inspeo veicular. So Paulo estava vivendo a mesma situao,mas com a implantao da inspeo ambiental, os negcios aumentaram.Existe servio, mas tiro como exemplo a minha oficina. Tive que reduzircustos e cortar pessoal para poder manter a empresa.

    RA: A formao de redes pode ser um bom negcio para a reparao?

    YW: A formao de redes tem um ganho muito positivo pelo fato de todosestarem bem unidos, porm a cultura nesse aspecto ainda no bem aceita pelopblico reparador. interessante, mas vejo pela associao a grande dificuldadede aglutinar pessoas com o mesmo interesse. A grande dificuldade fazer comque todos caminhem na mesma direo, mas no podemos desistir.

    RA: Atualmente, como possvel avaliar o nvel dos reparadores eempresrios da reparao automotiva?

    YW: Quanto ao nvel eu acredito que esteja muito bom,bastante atualizado, uma vez que a internet nos ajuda bastan-te nesse processo, alm do relacionamento e troca de expe-rincia com outras empresas do segmento. Os profissionais daparte tcnica esto se atualizando cada vez mais, j na parteadministrativa a entidade acompanha de perto atravs doProjeto Caminhos para Excelncia, em conjunto com oSebrae, pois no adianta ter tcnica e no saber nada sobrefluxo de caixa ou contabilidade da empresa. Hoje a maior difi-culdade do empresrio da reparao realmente a parte admi-nistrativa. Antes no se dava muita importncia para isso, masatualmente tem se dado a verdadeira importncia.

    RA: Hoje possvel dizer que a reparao automo-tiva um negcio rentvel? Por qu?

    YW: O setor da reparao automotiva um negcio rentvel por diversasrazes, s temos que nos adequar situao que vivemos hoje. O carro semprevai existir e o setor de manuteno sempre vai ter trabalho, alm dos clientesque fogem da concessionria para as independentes. A rentabilidade existe, masdepende da regio e do pblico-alvo que ela atinge. Muitos clientes correm paraum veculo novo em vez de fazer manuteno no antigo, j que a oferta de