Repositorios institucionais

  • View
    288

  • Download
    0

Embed Size (px)

Text of Repositorios institucionais

Universidade Federal da Bahia

reitora dora leal rosa

vice-reitor luiz rogrio Bastos leal

editora da Universidade Federal da Bahia

diretora Flvia Goullart Mota Garcia rosa

Conselho editorial

titulares angelo szaniecki Perret serpa Caiuby lves da Costa Charbel nio el hani dante eustachio lucchesi ramacciotti Jos teixeira Cavalcante Filho alberto Brum novaes

suplentes evelina de Carvalho s hoisel Cleise Furtado Mendes Maria vidal de negreiros Camargo

Maria Joo Gomes & Flvia RosaOrganizadoras

repositrios institucionaisDemocratizando o acesso ao conhecimento

salvador edUFBa 2010

2010 by autores direitos para esta edio cedidos edufba. Feito o depsito legal.

Capa e Projeto Grfico Gabriela nascimento

reviso Maria Joo Gomes Flvia rosa

sistemas de Bibliotecas - UFBa repositrios institucionais : democratizando o acesso ao conhecimento / Maria Joo Gomes, Flvia rosa, organizadoras . - salvador : edUFBa, 2010. 204 p. isBn 978-85-232-0733-5 1. repositrios institucionais. 2. Gesto do conhecimento. 3. Cincia da informao. i. Gomes, Maria Joo. ii. rosa, Flvia Goulart M. Cdd - 020

editora afiliada

editora da UFBa rua Baro de Jeremoabo s/n - Campus de ondina 40170-115 - salvador - Bahia tel.: +55 71 3283-6164 Fax: +55 71 3283-6160 www.edufba.ufba.br edufba@ufba.br

sUMrio aPresentao 7CoMUniCao CientFiCa: das restries ao acesso livre 11

Flvia Rosa & Maria Joo Gomeso rePositriUM rePositrio institUCional da Universidade do Minho: da gnese maturidade 35

Eloy RodriguesiMPlantao de rePositrios institUCionais eM Universidades e institUies de PesQUisa do Brasil:

do projeto ao processo Hlio Kuramoto

61

a Falar nos entendeMos a interoPeraBilidade entre rePositrios diGitais

71

Ana Alice BaptistaestUdo soBre rePositrios institUCionais:

metodologia, resultados e recomendaes 91 Elisabete Cardoso & Ana Alice Baptistao rePositrio CientFiCo de aCesso aBerto de PortUGal: origem, evoluo e desafios

127 Jos Carvalho, Joo Mendes Moreira, Eloy Rodrigues & Ricardo Saraiva

dos ProMotores aos UtiliZadores: estudos sobre a

utilizao do repositriUM 153 Flvia Rosa & Maria Joo GomessoBre os aUtores 205

aPresentao

o projeto da obra Repositrios institucionais: democratizando o acesso ao conhecimento surge na sequncia do estgio doutoral que Flavia Garcia rosa, da Universidade Federal da Bahia, realizou na Universidade do Minho, sob orientao de Maria Joo Gomes e tendo contado com o inestimvel apoio de eloy rodrigues, ricardo saraiva e ana alice Baptista. ao longo da realizao do estgio doutoral tornou-se cada vez mais claro para as organizadoras desta obra a importncia dos repositrios institucionais no s para as instituies que lhes do origem e para os seus pesquisadores, professores e estudantes, mas para a sociedade em geral, constituindo-se como espaos promotores de uma democratizao do acesso ao conhecimento. no sentido de contribuir para esse objetivo que surge esta obra que rene autores brasileiros e portugueses num esforo comum de partilha de experincias e perspectivas. os repositrios institucionais surgem associados ao movimento do acesso livre como uma das estratgias mais eficazes de melhoria das condies de disponibilidade e de facilitao do acesso produo intelectual, acadmica e cientfica dos centros produtores de conhecimento, como as universidades e centros de investigao, constituindo hoje em dia um n na rede dos atores com interveno no campo da comunicao cientfica. neste contexto que se enquadra o primeiro captulo desta obra, intitulado CoMUniCao CientFiCa: das restries ao acesso livre da autoria de Flvia rosa e Maria Joo Gomes. nele as autoras refletem sobre a evoluo do conceito e dos processos de comunicao cientfica, focando as diferentes foras e atores que intervm neste processo, evidenciado as mudanas ocorridas ao longo do tempo e enquadrando a necessidade de ampliar as condies de visibilidade e de acesso ao conhecimento, tomando os repositrios institucionais como elemento central nesse processo. o segundo captulo da obra, da autoria de eloy rodrigues, e intitulado o rePositriUM - rePositrio institUCional da Universidade do Minho: da gnese maturidade descreve e reflete sobre o processo de criao, desenvolvimento e consolidao do reposi-

repositrios institucionais Democratizando o acesso ao conhecimento 7

triUM, o repositrio institucional da Universidade do Minho. o repositriUM foi o primeiro repositrio institucional de lngua portuguesa e um dos primeiros da europa, e tem sido uma referncia internacional neste domnio, com particular nfase para o Brasil, onde tem servido de orientao para outros projetos de criao de ri, como o caso do repositrio institucional da Universidade Federal da Bahia. hlio Kuramoto, em iMPlantao de rePositrios institUCionais eM Universidades e institUies de PesQUisa do Brasil: do projeto ao processo parte da descrio da iniciativa de construo da Biblioteca Brasileira de teses e dissertaes, promovida pelo instituto Brasileiro de informao em Cincia e tecnologia para a apresentao do projeto nacional do Brasil referente criao de repositrios institucionais, contribuindo desta forma para a divulgao e registro de mais este contributo para a histria da comunicao cientfica no pas. o captulo quarto a Falar nos entendeMos - a interoPeraBilidade entre rePositrios diGitais da autoria de ana alice Baptista surge num encadeamento que no poderia ser mais adequado. na sequncia dos captulos que apresentam o projeto do repositriUM Portugal e a iniciativa de construo de repositrios institucionais no Brasil, este texto discute as implicaes e consequncias da interoperabilidade, ou da sua inexistncia, entre os repositrios digitais, aspecto particularmente relevante quando falamos de repositrios onde predominam os documentos escritos na lngua comum que une Portugal e Brasil. o captulo quinto apresenta um projeto que operacionaliza e ilustra a importncia do conceito da interoperabilidade ao descrever o rePositrio CientFiCo de aCesso aBerto de PortUGal: origem, evoluo e desafios. neste captulo, Jos Carvalho, Joo Mendes Moreira, eloy rodrigues e ricardo saraiva descrevem-nos o projeto de criao de um meta-repositrio nacional o portal repositrio Cientfico de acesso aberto de Portugal (rCaaP) e de um servio de alojamento de novos repositrios, numa partilha de experincia que se espera seja til e profcua.

8 repositrios institucionais Democratizando o acesso ao conhecimento

no captulo sexto estUdo soBre rePositrios institUCionais: metodologia, resultados e recomendaes elisabete Cardoso e ana alice Baptista apresentam uma anlise de publicaes sobre repositrios institucionais na qual se consideraram o objeto de estudo, a metodologia, os resultados e, por fim, as recomendaes resultantes de cada estudo. trata-se de um estudo que se integra num trabalho de investigao mais amplo que teve como objetivo principal identificar recomendaes resultantes de estudos sobre repositrios institucionais (ri), que possam ser incorporadas nas polticas sobre repositrios de recursos educativos. no stimo e ltimo captulo, Flvia rosa e Maria Joo Gomes, em dos ProMotores aos UtiliZadores: estudos sobre a utilizao do repositriuM, apresentam-nos um conjunto de trs estudos centrados nos principais atores do repositriUM: os coordenadores de comunidades, os autores/depositantes e os usurios finais. Partindo da anlise dos seus perfis e comportamentos relativamente ao conhecimento e uso do ri da Universidade do Minho, as autoras apresentam um conjunto fundamentado de sugestes de dinamizao do repositriUM que pensamos poderem ser teis e transponveis para outros contextos de implementao de repositrios intitucionais. a ttulo de concluso, importa uma observao final. esta obra resulta de uma colaborao transatlntica, de uma vontade de compartilhar e construir conhecimento em conjunto. na organizao da obra optou-se, simbolicamente, por manter a sintaxe e grafia de cada um dos autores, bem como as normas de referenciao biliogrfica mais comumente usadas em ambos os pases Brasil e Portugal. Pretendemos assim simbolizar o potencial da cooperao e colaborao na comunicao e partilha de conhecimento.

Maria Joo Gomes instituto de educao Universidade do Minho Flvia rosa Universidade Federal da Bahia

repositrios institucionais Democratizando o acesso ao conhecimento 9

CoMUniCao CientFiCa: das restries ao acesso livreFlvia Rosa & Maria Joo Gomes

introdUo no incio do sculo Xvii, Francis Bacon ao refletir sobre o saber, considera que a importncia de o homem conquistar novos conhecimentos tem duas dimenses: a significao da questo para a qual procura resposta e as aplicaes decorrentes da conquista desses novos conhecimentos. acrescenta s suas reflexes, a importncia da transmisso do conhecimento preservado [...] nos livros isentos dos danos do tempo e capazes de perptua renovao, no apenas para as geraes contemporneas mas tambm para as futuras geraes (BaCon, 2006a, 2006b). Para Bacon, saber poder e os instrumentos tcnicos, por sua vez, so extenses dos membros e faculdades que permitem o desenvolvimento da cincia aplicada e ajudam a superar as limitaes. as reflexes de Bacon remetem para o registro e disseminao desse conhecimento advindo do resultado da pesquisa que busca desvendar e compreender a natureza e seus fenmenos, atravs de um mtodo cientfico sistemtico e slido, cumprindo o ciclo da comunicao cientfica. a produo de fatos cientficos a partir de pesquisas desenvolvidas por grupos de investigadores e que resultam na produo de relatrios, artigos, papers, conferncias, captulos de livros, livros e outros documentos, gerando os objetos da comunicao cientfica tratada pelo

repositrios institucionais Democratizando o acesso ao conhecimento 11

filsofo francs Bruno l