Resumão Português

  • View
    115

  • Download
    3

Embed Size (px)

Text of Resumão Português

Classe gramatical: substantivo, adjetivo, advrbio, pronome, conjuno, preposio, artigo, numeral, verbo, interjeio. Funo sinttica: sujeito, objeto direto, objeto indireto, complemento nominal, adjunto adnominal, adjunto adverbial, agente da passiva, aposto, vocativo. Semntica: sentido conotativo ou sentido denotativo. Conceitos bsicos Classes gramaticais 1) Substantivo -nomeia os seres -aceita determinantes (artigo, adjetivo, pronome e numeral) -varivel -O sabo desbotou o verde da camisa. (subs.: sabo, verde e camisa verde determinado pelo artigo) Substantivao: fazer com que uma palavra de outra classe funcione como substantivo -O olhar dela sedutor. (Olhar verbo, mas passou por um processo de substantivao) -Viu, no profundo de seus olhos, o amor. (Profundo adjetivo, mas passou por um processo de substantivao) 2) Adjetivo -qualifica um substantivo (conceito ultra dependente) -varivel Paciente adulto. (adulto qualifica o paciente, substantivo) / Adulto paciente. (paciente qualifica o adulto, substantivo).-> Ocorreu alterao de sentido e de classe. O pobre homem vive s. / O homem pobre vive s. -> Ocorreu alterao apenas de sentido, j que a classe gramatical permaneceu sendo adjetivo para pobre em ambas as sentenas. Ele um banana. -> artigo um faz banana ser um substantivo. Homem banana no serve para nada. -> banana um adjetivo. -Locuo adjetiva: mais de uma palavra com o valor de um adjetivo Olhos cor de mel. Amor de me. -> materno do Brasil locuo adjetiva? Depende... pode ser locuo adverbial. Se se referir a substantivo adjetiva. 3) Artigo -palavra que define ou indefine substantivo. -varivel -O/a/os/as: definidos

-Um/uns/uma/umas: indefinidos Conversei com a que estava na recepo. -> a = aquela, pronome demonstrativo. Encontrou um nico aluno no local. -> nico d condio de numeral para um. nico uma partcula quantitativa. A mulher que chegou uma pessoa especial. A -> -artigo substantivo. Conhece a pessoa certa. -preposio liga termos. Referiu-se a ela. -pronome oblquo completa verbos ela. Eu a conheci ontem. -pronome demonstrativo equivale forma aquela. Conhecia a que estava de branco. 4) Numeral -quantifica ou ordena o substantivo -varivel -Um(a) -> -partcula quantitativa (nico, apenas, s, somente...) -paralelismo numrico, contexto Ambos foram ao local. -> ambos quer dizer sempre dois. Quantifica quantidade exata, portanto numeral. Ele foi o primeiro colocado. -> ordena, no d ideia de quantidade. Numeral ordinal. 5) Pronome -palavra que acompanha ou substitui o substantivo -varivel Muitos moradores encontraram bastante material txico perto da regio. No sabemos explicar o que aconteceu, mas h algo de errado. -> quantos pronomes h no texto?-> -Muitos: pronome indefinido -Bastante: pronome indefinido -O: aquilo pronome demonstrativo -Que: pronome relativo -Algo: pronome indefinido 6) Verbo -palavra conjugvel que apresenta flexes de tempo, modo, nmero, pessoa e voz Conjugao I Se o governo no propor outra medida, tudo estar perdido.

II Ele interviu no caso. III Se ningum rever o documento, ser ruim. -> Todas erradas: Se o governo no propuser outra medida. Ele interveio. Se ningum revir. Voz I Trata-se de um fato grave. II Discutiu-se a questo proposta. -> A primeira est na voz ativa (quem trata trata de alguma coisa, se ndice de indeterminao do sujeito, de introduz um OD). A segunda voz passiva (se partcula apassivadora, sujeito paciente). 7) Advrbio -palavra que modifica verbo, adjetivo ou o prprio advrbio -invarivel -circunstncia (tempo, modo, lugar, intensidade, afirmao, negao, dvida, causa, finalidade) Ela bem interessante. -> bem d ideia de intensidade. Ela reagiu bem ao tratamento. -> bem d ideia de modo. -> o sentido depende do contexto. I O rapaz acordou preocupado. (modo) II No havia muito esforo em suas tarefas. (intensidade) III Ela provavelmente estaria aqui. (dvida) -> quais esto corretas? Assinale a alternativa que se difere, quanto formao, das demais: a) grandemente b) plenamente c) ocasionalmente d) gentilmente e) oficialmente -> letra b. 8) Preposio -liga termos de uma mesma orao -invarivel -Preposio essencial (sempre preposio) -> A, ante, at, com, contra, em, entre, por, per, para, perante, sem, sobre, sob, trs, de, desde

-Preposio acidental -> ocasionalmente funciona como preposio. Esteve aqui durante o dia. -> durante uma preposio acidental (tem valor de de dia). Tinha que resolver a questo. -> o que tem o mesmo valor de de. Tambm preposio acidental. S acontece no caso do verbo ter seguido de infinitivo. Ele tem que/de resolver a questo. -Valor semntico das preposies Casa de Pedro. -> posse Casa de praia. -> finalidade, funo Casa de madeira. -> material, matria Casa na praia. -> lugar Nas expresses barriga de cerveja e vaidade dos homens, a preposio de estabelece o mesmo tipo de relao. -> V/F? Barriga de cerveja -> causa. Vaidade dos homens -> posse. Item falso, as relaes de sentido so distintas. 9) Interjeio -palavra ou expresso que exprime sentimento sbito -invarivel -vem seguida de sinal de pontuao Nossa! Que dia lindo! Nossa! Que coisa feia! 10) Conjuno -palavra que estabelece relaes entre as oraes que compem um perodo -Coordenativas: ligam oraes independentes. Ela foi ao clube, mas estava chovendo. -> uma orao no se vincula sintaticamente outra -Subordinativas: ligam oraes dependentes e produzem relaes de sentido Ela foi ao clube, embora estivesse chovendo. -> h uma relao de dependncia entre as oraes. -Integrantes: apenas ligam oraes, no produzem relaes de sentido Quero que vocs estudem. -> h relao de dependncia, mas o que no estabelece circunstncia, apenas serve de ponte para as oraes -Conjunes abordagens possveis -Conector destacado sentido Enquanto uns estudam, outros se divertem. -> o conector destacado sugere: a) tempo b) modo

c) comparao d) oposio e) proporo -> A, tempo. Ao mesmo tempo que uns estudam. -Conector destacado sinnimo Visto que o pas tem muitos problemas econmicos, nota-se a ausncia de desenvolvimento social. -> o conector destacado, desconsiderando-se ajustes gramaticais, poderia ser substitudo por a) porquanto -> causa b) conquanto -> concesso c) ainda que -> concesso d) em que pese -> concesso e) contanto -> condio -> Letra A. Visto que um conector de causa, assim como porquanto. -Conector sem destaque sentido Se o Brasil vai demorar para resolver a questo, no se sabe. Tambm no se sabe como isso ajudar em outros pontos. No trecho h ideia de: a) condio b) finalidade c) comparao d) conformidade e) oposio -> destacar os conectores: se (conjuno integrante no se sabe se o Brasil vai demorar para resolver a questo), tambm (d ideia de adio), como (modo, maneira). Para resolver a questo FINALIDADE. Se houver aula, eu irei. -> se condio. Se haver, eu no sei. -> se conjuno integrante (eu no sei se haver aula). -Ausncia de conector relao de sentido Brigam muito: querem o divrcio. H, entre as oraes, uma ideia de a) causa porque b) explicao pois c) concluso por isso

d) concesso embora e) oposio mas -> C. -conector mudana de sentido -e valor habitual de adio. -> Trabalho muito e ganho pouco. No nos deixeis cair em tentao, mas livra-nos do mal. -> ideia de adio (e). Pronome -Palavra que acompanha ou substitui o substantivo. -Pronome adjetivo -> acompanha Muitos alunos estudam (...) -Pronome substantivo -> substitui Muitos estudam no local. Classificao dos Pronomes No se disse quem seria o responsvel pela situao apresentada. Na verdade, o que se observou foi que h vrias atitudes inadequadas no setor. No trecho h quantos pronomes? 6 pronomes: se (pronome pessoal oblquo), quem (pronome indefinido), o (pronome demonstrativo), que (pronome relativo), se (pronome pessoal oblquo), vrias (pronome indefinido). 1) Pronomes pessoais -Retos: eu, tu, ele, ns, vs... -Oblquos: o, a, lhe, me, te se, nos, mim, conosco... -de Tratamento: voc, Vossa Excelncia, senhor... 2) Pronomes relativos (o qual, que, onde, cujo) 3) Pronomes indefinidos (algo, ningum, tudo, nada) 4) Pronomes demonstrativos (este, esta, aquilo, o, a) 5) Pronomes possessivos (teu, seu, meu, nosso) 6) Pronomes interrogativos (que, quem, quanto) Colocao pronominal O governo pediu para no o ajudar na questo. -> Facultativo. O ajudar est no infinitivo, portanto no existe palavra atrativa. Para no ajud-lo. Quando se lembrar do fato, ser tarde.

-> Certo. Quando atrativo e o verbo no est no infinitivo (futuro do subjuntivo, sempre prclise pois sempre vem acompanhado de conjuno). Prclise obrigatria. O governo preocupa-se com esse tipo de situao? -> Errado. Frases interrogativas obrigam a prclise. Daria-me outra oportunidade no trabalho. -> Errado. Verbo do futuro (a nclise proibida). Mesclise obrigatria, por estar no incio de frase. Dar-me-ia. Estava preocupando-se em ajudar a todos. -> Facultativo. Poder-se-ia usar a prclise tambm. sabido que as pessoas interessam-se por livros. -> Errado. A conjuno integrante que atrai, portanto a prclise obrigatria. A conjuno uma palavra atrativa mesmo que h palavras intercaladas entre ela e o pronome. Hoje se pode dizer que o governo evoluiu. -> Certo. O hoje (advrbio) palavra atrativa. Prclise obrigatria. Casos proibidos de colocao 1- No se usa pronome oblquo tono (o, a, lhe, me, te, se, nos, vos) no incio de frase. Se discutissem a questo, poderiam resolv-la. -> certo. O SE uma conjuno condicional. Se discutiu a questo proposta pelo governo. -> errado. O SE pronome oblquo tono, portanto no poderia estar no incio da frase. 2- No se usa pronome oblquo tono depois de ponto-e-vrgula (;) Tinha se lembrado do fato; esqueceu-se de coment-lo. -> certo. Se fosse se esqueceu, depois do ponto-e-vrgula, estaria errado. O rapaz chegou ao local; se encontrou com o chefe... -> errado. O certo seria encontrou-se com o chefe 3- No se us