Revista ARC DESIGN Edição 22

Embed Size (px)

DESCRIPTION

Revista ARC DESIGN Edição 22

Text of Revista ARC DESIGN Edição 22

  • Bikes & Bicicletas

    ARC D

    ESIG

    N N 22 2001

    REVISTA B IMES TRAL DE DES IGN ARQU ITETURA INTER IORES CULTURA

    Prmio Museu da Casa Brasileira

    QUADRIF

    OGLIO

    EDIT

    ORA

    N 22

    2001 R

    $ 9

    ,80

    ISSN

    1415

    -02

    71

    Promosedia: a cadeira italiana

    Paredes e pisos bem revestidos

    McLa

    ren,

    des

    igne

    r do

    movi

    ment

    o

  • Bikes & Bicicletas

    ARC D

    ESIG

    N N 22 2001

    REVISTA B IMES TRAL DE DES IGN ARQU ITETURA INTER IORES CULTURA

    Prmio Museu da Casa Brasileira

    ISSN

    1415

    -02

    71

    Promosedia: a cadeira italiana

    Paredes e pisos bem revestidos

    McLa

    ren,

    des

    igne

    r do

    movi

    ment

    o

    Tony Cragg nas ceu em Li ver po ol, In gla ter ra, em 1949. Hoje

    vive e tra ba lha em Wup per tal, Ale ma nha. Um dos mais im por -

    tan tes ar tis tas in gle ses con tem po r ne os, ini ci ou seus es tu dos

    no Glou ces ter Col le ge of Art cur san do, de pois, o Ro yal Col le ge

    of Art, em Lon dres, numa po ca na qual es ta vam no auge os

    mo vi men tos mi ni ma lis ta, con cei tu a lis ta e a arte po ve ra.

    Cragg de fi ne-se ma te ri a lis ta, por que to das as co no ta es e re -

    fe rn ci as de meu tra ba lho so ti ra das da ma t ria. As me t fo -

    ras pre sen tes em seus tra ba lhos, co men ta Ag nes Kohl me yer,

    cu ra do ra da mos tra Chairs in Con tem po rary Art, con vi dam

    per cep o e ao res pei to s qua li da des ma te ri ais dos ele men tos

    que uti li za (pra tos que bra dos, gar ra fas, ins tru men tos me t li -

    cos, m veis etc). uma lin gua gem cla ra e ma te ri al.

    Tony Cragg, des de 1978, pro fes sor da Aca de mia de Be las Ar -

    tes de Dus sel dorf, Ale ma nha.

    Acho que os ob je tos so im por tan tes, pois so ca pa zes de for -

    ne cer in for ma es v li das so bre ns mes mos, afir ma Cragg.

    Alm de suas ex po si es in di vi du ais re a li za das a par tir de

    1977, como na Ro yal Aca demy of Arts, Lon dres (1999), e, nos

    anos se guin tes, em di ver sas ga le ri as da Ale ma nha, da It lia e

    na Henry Mo o re Foun da ti on em Ha li fax, na In gla ter ra, par ti ci -

    pou tam bm da Do cu men ta de Kas sel (1982 e 1987), Bi e nal de

    Ve ne za (1988 e 2001).

    Nesta pgina, obras de Tony Cragg; imagensgentilmente cedidas pela Galeria Bernd Klser,Munique, Alemanha. Acima, imagem da capa: "Unschaerfelation",1991; madeira, 160 x 115 x 85 cm. Foto Mario Gastinger

    Chairs in Con tem po rary Art, mos tra com cu ra do ria de Ag nes

    Kohl me yer, pro mo vi da pela Pro mo se dia e pela pre fei tu ra da ci da -

    de de Udi ne, foi re a li za da de 8 a 11 de se tem bro em Udi ne, It lia.

    A pos si bi li da de de que uma ca dei ra de ar tis ta pro du za pen sa -

    men tos, idi as, as so ci a es, que, de al gum modo, te nham re la -

    o com nos sa vida, com nos so eu pro fun do, nos so cor po e

    nos sa alma, com nos sos h bi tos co ti di a nos, nos sa so li do e

    nos sa so ci a bi li da de, com a nos sa fan ta sia, a iro nia e o di ver ti -

    men to, e tam bm com nos sos me dos e nos sos pro ble mas, es -

    cre ve Kohl me yer na in tro du o do ca t lo go da mos tra. So in -

    ter ro ga es e ao mes mo tem po res pos tas. As ca dei ras de ar tis -

    ta po dem ser tudo isso, e ain da mais: a elas per mi ti do abrir

    nos sos olhos e ou vi dos, alar gar nos so ho ri zon te e, mes mo,

    trans for mar em seu exa to con tr rio to das as cer te zas que t -

    nha mos at hoje, con clui.

    Acima, African Culture Myth, 1984; fragmentosde plstico preto; 320 cm de altura

    QUADRIF

    OGLIO

    EDIT

    ORA

    N 22

    2001 R

    $ 9

    ,80

  • ARC DES

    IGNDesign Brasil 2000 + 1 o ttulo de uma srie de artigos que resenham o projetobrasileiro para a casa, nos ltimos dois anos. Essa coletnea, que inclui o prmio

    anual do Museu da Casa Brasileira, foi publicada em separata e distribuda durante

    a cerimnia de premiao no museu. As matrias inditas dessa separata so pu -

    blicadas nesta edio.

    O design internacional, as grandes exposies e feiras tm sido assunto constante

    em ARC DESIGN. Acreditamos que conhecendo e confrontando nossas idias com

    o que est sendo produzido no mundo (ao menos no mundo ocidental) que podere-

    mos absorver novas idias, process-las e gerar uma produo de personalidade, ao

    mesmo tempo brasileira e internacional.

    Empresas e profissionais brasileiros j aparecem, a cada edio da revista, ligados

    ao universo internacional. Na Cersaie, feira de revestimentos cermicos, em Bolonha,

    Itlia, havia seis empresas brasileiras; no desenvolvimento de uma bicicleta de

    bambu pelo estdio de Ross Lovegrove h um designer brasileiro na equipe; a Magis,

    empresa italiana de vanguarda, convidou Fernando e Humberto Campana para

    desenvolverem um novo produto; McLaren, o genial cineasta canadense, teve em sua

    equipe o brasileiro Marcos Magalhes, que assina a matria McLaren, Designer do

    Movimento, publicada nesta edio.

    Escolhemos nossa capa, um objeto de Tony Cragg, porque nos remete a todas as

    questes que, mesmo de modo subliminar, temos procurado passar. As cadeiras de

    artistas abrem nossos olhos e ouvidos, alargam nosso horizonte e, mesmo, transfor-

    mam em seu exato contrrio todas as certezas que tnhamos at hoje. As metforas

    presentes no trabalho de Tony Cragg convidam percepo e ao respeito s qualidades

    materiais dos elementos que utiliza, escreve Agnes Kohlmeyer, curadora da mostra

    Chairs in Contemporary Art. E Tony Cragg acrescenta, acho que os objetos so

    importantes porque so capazes de fornecer informaes bsicas sobre ns mesmos.

    Boa reflexo!

    Maria Helena Estrada

    Editora

  • NDICE NDICE NDICE NDIC

    Ima gem da capa: Unschaerfelation;

    Tony Cragg, 1991.

    Foto: Mario Gastinger

    REVISTA BIMES TRAL DE DESIGN ARQUITETURA INTERIORES CULTURA

    N 22, novembro/dezembro 2001

    PRM

    IO D

    ESIG

    N M

    USE

    U D

    A CASA

    BRASI

    LEIR

    A: O

    DES

    IGN POSS

    VEL

    Ma

    ria

    He

    len

    a E

    stra

    da

    O resultado do XV Prmio Museu da

    Casa Brasileira mostra uma das ver-

    tentes do design para a casa no

    Brasil: aquela que namora a indstria,

    mas ainda no est inserida em seu

    contexto

    BIK

    ES &

    BICICLE

    TAS

    Win

    nie

    Ba

    stia

    n

    Mais de 200 anos foram ne -

    cessrios para transformar a

    velha e capenga bicicleta nas

    ultraperformticas bikes con-

    temporneas. Confira conosco

    Uma nova gerao de designers vem

    modificando (mas s um pouco) o

    panorama dos produtos para a casa.

    Jovens designers com um trabalho

    solitrio e NoTech, coleo coerente de

    objetos que parte da sensibilidade em

    relao aos materiais

    Me, coleo-conceito, o novo

    lanamento de Issey Miyake, que

    tambm gerou o projeto de um novo

    espao de exposio e vendas no

    Japo

    DES

    IGN B

    RASI

    L 20

    00 +

    1NOV

    OS JO

    VENS ES

    TO CH

    EGANDO

    Ma

    ria

    He

    len

    a E

    stra

    da

    ISSE

    Y MIYAKE

    Da

    re

    da

    o

    44 282822221818

  • CE NDICE NDICE NDICE N

    NEWS 6

    CADER NO DE DESIGN GR FI CO 53

    MATERIAL CONNEXION 62

    EXPEDIENTE

    QUEM INVES TE NO DESIGN? Publi-redacionais 65

    PROMOSE

    DIA

    : O SAL

    OIN

    TERNACIONAL DA CADEIR

    A

    Ma

    ria

    He

    len

    a E

    stra

    da

    Uma feira anual s de cadeiras, em

    Udine, Itlia. Evento altamente com-

    ercial, mostra a fora da indstria

    moveleira italiana e agrega valor

    trazendo referncias ao design e

    arte. Na Promosedia encontramos a

    obra de Tony Cragg que ilustra

    nossa capa

    MCL

    AREN, D

    ESIG

    NER

    DO MOV

    IMENTO

    Ma

    rco

    s M

    aga

    lh

    es

    Animar decodificar o tempo.

    Este um conceito que define a

    obra de Norman McLaren, rea -

    lizador de grandes filmes de ani-

    mao, como Neighbours, tal vez

    o mais co nhecido no Brasil

    Empresa italiana, a Magis rene os

    melhores designers internacionais

    criando no apenas novas formas,

    mas novas tipologias, sempre com a

    mais moderna tecnologia

    A arte imita a vida? O design,

    seguramente, imita a natureza.

    Entre a tecnologia e a tradio, a

    feira Cersaie em Bolonha, Itlia,

    mostra que os novos revestimen-

    tos cermicos vo buscar suas

    cores e texturas nas pedras natu-

    rais

    RIG

    OR E TC

    NICA: A

    IDIA M

    AGIS

    Da

    re

    da

    o

    TECN

    OLO

    GIA

    E TRADIO

    Ma

    ria

    He

    len

    a E

    stra

    da

    3636 50504444

    82

    ASSINATURAS 83

    5454

  • 4ARC DESIGN

    Is sey Mi ya ke lan a ou tra nova abor da gem do ves -

    tir. A ino va o, ago ra, tam bm se es ten de ao modo

    de com prar a rou pa, com Me. Mar ca-con cei to e

    con cei to-es pa o. In te ra o to tal en tre con su mi dor

    e pro du to, no pro je to do es cri t rio ja po ns Cu ri o sity

    para a pri mei ra loja, lan a da re cen te men te em T quio.

    umagrandevendingmachine

    atualidades

  • 5ARC DE