Revista Formula Virtual

Embed Size (px)

DESCRIPTION

Matérias e cobertura completa sobre o Automobilismo virtual da CBAV e quam sabe do mundo.

Text of Revista Formula Virtual

  • Formula Virtual A revista do automobilismo virtual.

    As edies sero lanadas de acordo com os acontecimentos da Confederao Brasileira de Automobilismo Virtual. Editora: Novaes LTDA.

    Volume 1, 1 edio

    www.cbav.com.br - www.formulavirtual.com - www.m-factor.macporteiro.com.br - www.velocidadevirtual.com - www.gridvirtual.com

  • A Formula 1 chega em So Paulo para mais um GP-Brasil. Confira tudo que rolou nos bastidores e na

    Rodrigo Novaes era favori-to mas Elmo Ellan fatura o Gp do Brasil numa disputa intensa; - Caramba, que corrida!!! Foi uma disputa na pista mais psicolgica, essa foi uma das corridas mais duras que eu j fiz, j que no podia errar de for-ma alguma.

    Ingressos para o GP Brasil se esgotaram, houve tu-multo na bilheteria. A Policia teve que intervir, a torcida gritava Ns no somos descamisados.

    Formula Virtual abre o campeonato em Interlagos.

    Novidades da CBAV direto pra voc.

    Site da CBAV est no forno. Bruce Barrera o desenvolve-dor do site da CBAV. Mais notcias na pgina 3.

    Dica do editor:

    Acessem www.cbav.com.br e fiquem por dentro de tudo o que est acontecendo.

    Incentivamos a leitura do frum para apren-der mais e mais. O Frum CBAV tem vrios tpicos que ensinam: acerto de carro, insta-lao de programas como MoTec e tudo que possa te ajudar a aumentar seu conhecimen-to no rFactor.

    Formula 1 chega em So Paulo 5

    Conhea cada equipe 8

    Ingressos esgotam e tumulto foi criado 11

    Escola de Pilotagem CBAV em MiniRaces 11

    Entrevista Especial sobre a MiniRaces 12

    Site CBAV em desenvolvimento. Ser Possvel?

    13

    M-Factor 14

    Nesta edio:

    Formula 1 chega em So Paulo

    CONFEDERAO BRASILEIRA DE AUTOMOBILISMO VIRTUAL

    Revista formula virtualRevista formula virtualRevista formula virtualRevista formula virtual Volume 1, edio 1

    Venha conhecer a Escola de Pilotagem da CBAV em Miniraces e se torne um piloto competidor.

    Turismo: 5 Etapa da M-factor

    Neste domingo a M-Factor que est em sua 6 e bem sucedida temporada realizou no autdromo Japons de AIDA a 5 etapa. Mais detalhes na seo turismo.

    As edies sero lanadas de acordo com os acontecimentos da CBAV. Editora: Novaes LTDA.

  • So Paulo, 06 de Novembro de 1991.

    A Formula Virtual veio com tudo para a sua estria em Interlagos com o seu brilhante mod F1-1991LE. Tivemos 18 pilotos exce-lentes na pista, o que ajudou e muito a abrilhantar a disputa eletri-zante na corrida. Com Transmis-so ao vivo da Linostv a Formula Virtual deu um Show. Comeando pela disputa entre Rodrigo Novaes e Elmo Ellan, com os dois andando nos seus limites e no limite dos carros, a disputa comeou cedo, Rodrigo Novaes tirando a Pole de Elmo Ellan com apenas 1 segundo para acabar a classificao, mas na ultima volta, na ultima tentativa com o tempo j esgotado e a transmisso j cantando Rodrigo Novaes como primeiro colocado, eis que surge a Williams enterran-do 1:14.395 contra 1:14.745 da Mclaren do Novaes.

    Com a luz verde os pilotos bus-cam suas posies, Rodrigo No-vaes Pula na ponta e Elmo Ellan coloca uma roda na grama e pas-sa reto na entrada do S do Senna, enquanto Carlos Cesar se aciden-ta e danifica seu carro tendo que ir para o Box, Rafael Freire leve-mente tocado por Cesar Augusto e os dois saem rpidamente da pista, Elmo Ellan volta na 5 posi-o logo atrs de Yoichi Uehara que largou em 8, e ainda esca-pou de um acidente com Carlos Cesar e na segunda curva j esta-va em 4 colocado, mas no con-seguiu desviar da escapada de Bruce Barrera e acabou saindo da pista perdendo algumas posies, Stefano Cecin que largou em 5 conseguiu colocar seu carro em 2 aposta a conturbada largada, Bru-ce Barrera de 7 foi para 3, Dou-glas Santana em 16 pulou para a 10 colocao at se envolver em um acidente e voltar para 16, mas ele foi abrindo caminho da-quele jeitinho Brasileiro.

    A partir da foi disputa atrs de

    disputa, tantas que seria necess-rio um artigo inteiro nesse jornal para citar todas. Durante a corrida Cesar Augusto, Rodrigo Deslash, Raphael Freire e Rodrigo Bueno trocaram de posio como se esti-vessem numa feira de Domingo. Yoichi Uehara conseguiu se recu-perar e chegou em 3 depois de-pois de brigar na pista com Andr Villaca e Bruce Barrera. Bruce que acabou perdendo a conexo com o servidor e abandonou bem na parada dos Box, o piloto no teve como esconder sua frustrao ao deixar a corrida, aps pilotar bri-lhantemente na corrida e ser alvo da mais bela ultrapassagem da corrida, onde Raphael Freire sacri-ficou a freada da entrada do S do Senna para encaixar seu Mclarem por fora e tomar a posio de Bru-ce Barrera.

    Mais do que ningum, Rodrigo Novaes teve que engolir a segun-da colocao, depois que seu car-ro no voltou bem com o segundo set de pneus, Elmo Ellan que no esperava facilidade no desistiu e se deu bem. Os dois cruzaram a linha de chegada com menos de um segundo de vantagem mais exatamente 0.00.775 de diferena depois de 36 longas e cansativas voltas, os pilotos relatam o cansa-o e o stressa mental.

    Elmo Ellan vencedor:

    Caramba, que corrida!!!

    Tive que me manter concentrado 150% para andar bem e seguir pressionando. Na largada como eu j previa o Novaes largou muito bem, j tomando a primeira posi-o. Na freada do S do Senna eu coloquei uma roda sem querer na grama e foi o suficiente para o carro no parar, com isso Cecin e Bruce me passaram, tive uma dis-puta legal e limpa com o Bruce na primeira volta ainda. Mas apertei o ritmo para pass-lo rpido j que o Novaes estava abrindo.

    Logo em seguida fui caa do Cecin, mas para minha sorte ele errou em uma curva e rodou, da em diante fui como franco atira-dor atrs do Novaes que estava andando muito e no permitia que eu me aproximasse.

    Ficamos andando durante muitas voltas com a diferena na casa de

    Formula 1 chega em So Paulo para sua Etapa inaugural.

    REVISTA FORMULA VIRTUAL Pgina 5

  • REVISTA FORMULA VIRTUAL

    3 a 4'' segundos. Meu carro no inicio estava difcil de guiar, eu andava melhor pouca coisa que o Novaes no miolo do circuito, mas na subida da juno at o S do Senna e na reta oposta, o carro dele estava com mais velocidade que o meu.

    Foi uma disputa psicolgica

    Tive que me manter muito con-centrado como eu disse antes, essa foi uma das corridas mais duras que eu j fiz, j que no podia errar de forma alguma.

    No meu primeiro Stint que durou 20 voltas, meu carro estava difcil de guiar o carro no respondia nas sadas de curvas como eu queria, tanto que no inicio da corri-da ficavam revezando nas voltas mais rpidas o Novaes e o Ueha-ra. S depois que a gasolina foi baixando e o carro ficando mais leve que eu consegui andar um pouco melhor e fazer voltas rpi-das tambm. Quando fui para o pit, eu troquei o ngulo da asa dianteira de 16 para 17 e melho-rou muito na minha tocada na par-te do miolo. Fui perseguindo o Novaes e ns dois estvamos ar-riscando em passar pelos retarda-trios.

    QUERIA AGRADECER AO PES-SOAL QUE ABRIU PASSAGEM DE FORMA LIMPA E CORRETA SEMPRE QUANDO PODIA CLA-RO!

    Dei o bote na volta 26 quando subi a juno embutido no carro do Novaes pegando o vcuo e retar-dei e muito a freada do S do Sen-na, quase passando reto...

    Dali pra frente no tive refresco, com o Novaes tentando me ultra-passar e eu tentando colocar sem-pre retardatrios entre nossos car-ros. No fim faltando duas voltas eu acho eu me desconcentrei porque estava atrs do carro do Cecin eu acho, e o motor do carro dele fazia tanto barulho que eu no conse-guia ouvir o som do motor do meu carro, com isso vrias vezes pas-sei marcha errada no meu carro antes do tempo ou deixava o giro do motor estourar.

    Mas consegui vencer em Interla-gos...

    Agora vamos para Mnaco, que na MINHA OPNIO o melhor circuito de se guiar, adoro correr em Mnaco.

    na entrada das curvas. Mas j era tarde de mais, quando comecei a chegar no Elmo a corrida j estava no fim.

    Parabns Elmo e agente se en-contra em Mnaco, que particular-mente uma pista maravilhosa de se pilotar.

    Pgina 6

    Rodrigo Novaes segundo:

    Fiquei feliz por ter um piloto a competitivo para poder disputar a primeira posio . Liderei a corrida na maior parte do tempo, mas no conseguia abrir uma distncia mai-or do que 4 segundos para o Elmo ele estava muito consistente.

    Meu carro antes do pit estava ti-mo, conseguia andar muito bem no miolo e ter um velocidade boa na reta. Mas quando fui chegando nos retardatrios eu acabei tocan-do o meu bico em outro carro e isso prejudicou o equilbrio da mi-nha Mclaren. No final das contas meu engenheiro errou na tamanho da abertura do Duto dos freios e a presso estava em 100% quando eu tinha pr configurado para a corrida 98%. Isso vai servir de ex-perincia, pois quando voltei do Pit eu simplesmente no tinha mais os freios eficientes como na hora da largada, foi quando o Elmo che-gou em mim, nem arrisquei fech-lo ou segurar a posio, ele freou dentro de mais e se eu tentasse alguma coisa poderia acabar em algum toque, tive pacincia e ten-tei chegar nele, meu carro melho-rou algumas voltas depois que ele me passou, pois j no estava to pesado e j conseguia frear mais dentro das curvas, joguei a carga

    Rodrigo Bueno:

    Consegui virar bem nos treinos, chegando a fazer 1:15.3, mas na hora da qualificao fico um pou-co nervoso e no consegui baixar de 1:16.0 (fiz 1:16.024, 1:16.022 e 1:16.018). Acabo largando em 8o.

    Logo na largada vejo o Carlos Csar rodando na minha frente e eu, sem espao para manobrar, coloco o carro no canto (resvalando no muro) e contorno bem devagar o S ganhando trs posies, s que logo depois, pa-ra no bater no Elmo Ellan (que saiu mal da curva), tiro o p e dois me ultrapassam. Depois vem o Uehara a mil por hora na subida para o Laranjinha e me passa. Mais adiante o Douglas Sant