Revista Impressão & Cores | Edição 50

  • View
    223

  • Download
    3

Embed Size (px)

DESCRIPTION

Edição 50 - Ano V - Fevereiro 2012

Text of Revista Impressão & Cores | Edição 50

  • 1NOTCIAS DO MEIO GRFICO,ESTAMPARIA & COMUNICAO VISUALA

    no V

    - Ed

    io

    n 5

    0 - F

    ever

    eiro

    201

    2IS

    SN 2

    176-

    1345

    | Dis

    trib

    ui

    o G

    ratu

    ita

    A locomotivapaulista virou

    museu...?!

    SemanaInternacionalde Mquinasp/ Embalageme Impresso

    Conhea as mdias APLIKE

    p/ envelopamento de faris e lanternas

    AplikCar

    REPR

    ODU

    O D

    E

    aRtE

    A imagemfotograficamenteespecializada foie a base de umacomunicao visualcuja excelncia passapela impressora Off-Set,a Serigrafia,a Plotagem e aSublimao, e etc.,para dizer de nsa cada instante.

    Noberto ARENAantecipa:momento zenna moda Vero 2013!

    de Mquinas e Equipamentos para Embalagem e Impresso

    BRASILPACK | FLEXO LATINO AMERICA | EXPOGRAFICA

    Visite o evento mais completo do setor e imprima mais ritmo para seus negcios.

    Faa seu credenciamento online atravs do site. rpido, fcil e gratuito.

    www.semanainternacional.com.br

    12 a 16 de Maro 2012 | 11h s 20hAnhembi - So Paulo

    A 3 edio da SEMANA INTERNACIONAL DE MQUINAS E EQUIPAMENTOS PARA EMBALAGEM E IMPRESSO traz os principais eventos dos setores realizados simultaneamente: BRASILPACK, FLEXO LATINA AMERICA e EXPOGRAFICA. Juntos formam o nico e mais completo evento que rene tudo o que voc procura para imprimir mais ritmo e gerar mais negcios para sua empresa.

    Visite e fi que por dentro das novidades e tendncias do setor!

    Proibida a entrada de menores de 16 anos, mesmo que acompanhados. Evento exclusivo para profi ssionais do setor. O visitante que comparecer ao evento sem convite ou sem pr-credenciamento feito dever fazer a sua inscrio no local. A entrada custar R$ 50,00.

    FEIRA INTERNACIONAL DA INDSTRIA GRFICA, PAPEL & TECNOLOGIA

    Apoio Institucional:Organizao e Promoo: Local:

    A Reed Exhibitions Alcantara Machado uma empresa fi liada a Ubrafe.

    Facebook: /semanainternacional

    Linkedin: /semanainternacional

    IndstrIa solarabre espao para

    serigrafistas atravsda sefar...

  • 22

    IC_38_FEVEREIRO_11.indd 2 03.02.11 17:06:59

  • 3editorial sumrioex

    pedi

    ente Ttulo/Marca de TerraNova ComunicCNPJ 02.206.278/0001-45 IM 015428 NAE 5822100

    Certificado Digital // NF@

    Rua Jos Augusto Pedroso 44 06717-126 Cotia/SP Brasil

    Edio / Cristiane Ramos [Mtb 39615] & Joo BarcellosDep Comercial / JUNIOR Dep Jurdico / Dr Luiz SilvaProjeto Grfico / Pedro Caetano

    www.impressaocores.com.brjb@impressaocores.com.br / comercial-junior@impressaocores.com.br

    Fones 55 11 4703.3077 Junior 4704.0917 / 9797.2753Os artigos assinados so de responsabilidade dos seus autores.

    Deposite R$50,00p/ TerraNova ComunicBanco do BrasilAg 0916-4 cc 29845Xe envie cpia do docc/ os seus dados p/

    ou ligue 11-4703.3077revista.ic@uol.com.br

    ASSINATURA12 Edies R$50,00 por

    PRODUTOS

    PROMOES

    &

    Scan 600Lanamento CNC Solutions

    Signs Nordeste2012

    EPSONNovidades em Impresso

    ba

    Si

    a +

    WWW

    COM.BR

    IMPRESSAOCORESFcem Fortaleza - CE

    PUBLICIDADE & BRINDES 04 Inovao lusa: da ganga ao lpis ecolgico. DigiTex by Sign Supply

    PRODUTOS 05 Mercado de Painis Solares / Sefar

    VITRINE EMPRESARIAL 06 Mercado Digital / perfil

    PERSONALIDADE 06 Norberto Arena / momento zen para 2013 na Moda BR

    NOSSA CAPA 08 Reproduo de Arte Young Colors no Nordeste

    ESPECIAL 09 Comercial Boa Vista

    ESTAMPARIA & MODA 10 Mega Plo Moda / do Brs para o Mundo

    EMBALAGEM & RTULO 12 Rtulo que Comunica

    NOTAS DE MERCADO 13 AplikCar // Envelopamento de faris e lanternas

    IMPRESSO & CORES 15 Formulao de Cores / Oscar Flues

    Que locomotiva esta?Os vrios segmentos da Indstria do Estado de So Paulo sofrem mais com o

    arrocho fiscal e a corrupo corporativa do que com as crises cclicas do sistema liberal capitalista.

    Ao fazer um estudo sobre quem sero os caminhoneiros de amanh, em tor-no de um livro para o Instituto Elizabetha Randon, fui l ao fundo das origens da indstria paulista (que o mesmo dizer do Brasil) para identificar os males que ora nos afligem na terra dos velhos bandeirantes.

    E, como j notificava o governador Morgado de Matheus, l no Sc. 18, ns vi-vemos uma corrupo corporativa que se no for combatida poder gerar graves conflitos sociais como aqueles produzidos pela bandidagem nos EUA dos anos 1919 e 1922. que os al capones no agiram ss, tinham as costas protegidas por policiais, empresrios e polticos corruptos. O que se v estrada fora meio mundo a querer comer o outro meio mundo entre uma multa e outra, o roubo de uma carga e outra!, ouvi de um caminhoneiro em fase de adaptao ao seu bruto com roteiro informatizado. Era e ainda assim: o desenvolvimento indus-trial e comercial traz bem estar, sim, mas sem leis que protejam a sociedade esse desenvolvimento tambm cria adversidades, e uma delas a corrupo corpo-rativa que, de repente, quebra esse bem estar ao alimentar focos complexos de contrabando e criminalidade sanguinria. Por isso, o Morgado de Matheus teve que batalhar por uma Sampa mais justa e humana. Ele ajudou a fomentar a loco-motiva paulista que no Sc. 20 engrandeceu o Brasil, mas se acha agora em fase precria, porque pensaram somente nos lucros, esqueceram a infraestrutura, e, como diz o caminhoneiro digital, pagamos pedgio em cada buraco da estra-da que os polticos reinauguram a cada ano. Esqueceram a sociedade. E agora? Quem ousar fazer da Sampa uma vera locomotiva social...?!

    Joo Barcellos / editor-historiador

  • 4Tel: (11) 2742.6674 / 2742.0144 / 2746.0853Site: www.metalprinter.com.br E-mail: metalprinter@metalprinter.com.br

    publicidade & brinde

    tudo de Ganga e Bambu, p!

    Lpis ecolgico produzido a partir de calas de ganga recicladas, com adio de 30% de plstico tambm reciclado. Os lpis podem ser decorados por serigrafistas e tampgrafos e j so um dos produtos promocionais mais utilizados entre empresas e clientes na Europa e EUA, alm de aniversariantes tambm esto a ser contemplados com lpis personalizados em embalagens sofisticadas e de material reciclado.

    A idia surgiu na Phenoma, empresa portuguesa que comercializa merchandising original, brindes de impacto [USB

    de bambu, por exemplo], enfim, solues inovadoras para promover

    empresas e produtos.

    Este tipo de interveno inovadora no mercado de produtos promocionais gera, tambm, um efeito de buscas para ampliar tais produtos e obter mais solues adequadamente alinhadas com o conceito nada se perde, tudo se recria.

    jcm

    digitex by sign supplywww.digitexbrasil.com.br

    A diviso Digitex foi criada pela Sign Supply em 2008 diante do crescimento do mercado digital txtil no Brasil.

    Anteriormente, a Digitex funcionava como apoio a rede de clientes e equipe interna da Sign Supply, no existia um fomento independente da marca. Mas para 2012, a diviso vai contar com todo um planejamento estratgico de marca e produtos. Nossa inteno nos tornarmos os principais difusores de tecnologias que abrangem o mercado de estamparia digital, diz Thiago Dodorico, do departamento de marketing.

    E como parte de seu anncio oficial, a Digitex by Sign Supply agora possui seus canais prprios de comunicao com seus clientes.

    O website vai funcionar no apenas como um site catlogo, a idia trabalhar as novas tendncias e informar os visitantes sobre os rumos da moda e aplicaes txteis. Vamos dispor de um blog no ambiente do site, que ser trabalhado e atualizado pelas equipes de marketing, tcnica e comercial. Os clientes que nos visitarem podero conferir matrias de produto, instrues tcnicas, novidades sobre aplicaes e muito mais, completou Dodorico.

  • 5 5

    Indstria & Produtos

    IC_38_FEVEREIRO_11.indd 5 03.02.11 17:07:43

    indstria & produto

    No mbito da Indstria Solar, serigrafistas tm um amplo mercado de trabalho especializado.

    Pesquisas e testes de aplicao, na Sefar Inc., demonstram que a importante malha de polister vai ser pea-chave no futuro industrial do mundo moderno.

    Quando olhamos os painis azuis-escuros sobre os telhados das casas vemos dezenas de clulas solares. Eis um mercado que cresce em todo o mundo: o Mercado do Painel/Clula Solar.

    Existem duas tecnologias para a gerao de energia a partir da luz solar: o Sistema Solar Trmico [ST] e o Sistema Foto-Voltaico [FV, pela sigla em ingls PV].

    No ano 2010 a produo de clulas solares foi superior a 6 bilhes de unidades. E um mercado em crescimento...

    Entretanto, o que est a fazer a Sefar Inc para incrementar a Indstria Solar? Segundo um artigo assinado por Steve Ernester [Operations Manager, Sefar Printing Solutions, USA] e por Mario Brunn [Market Field Management, Thal], de 2011, a empresa sua, que uma indstria de ponta em tecidos tcnicos, especialmente para aplicao txtil-serigrfica, responsvel por pesquisas e investimentos na demanda de malhas com fios altamente resistentes e que no faam reflexo de luz. Mais de 90% das clulas solares so produzidas maneira antiga, ou seja, impressas serigraficamente na frente e na parte traseira. Ora, esta a parte mais crtica do processo e a Sefar observou que nos ltimos anos foram feitos poucos avanos tecnolgicos.

    Obviamente, a Sefar passou a utilizar o seu vasto arsenal de conhecimentos em tecelagem, particularmente na confeco da malha de monofilamento para serigrafia de alta qualidade, e iniciou um processo para definir e construir uma tela sofisticada. Uma tela com um novo fio.

    A impresso serigrfica em ambos os lados de uma tela, como no caso da clula solar, exige requisitos que passam por uma tela desenvolvida para isso mesmo. Logo, impe-se uma tecnologia de p