of 92 /92
Amplie sua busca de produtos e fornecedores no NEI.com.br SETEMBRO 2014 Novidades industriais do mundo inteiro em suas mãos Modernizar ou modernizar Pequena, mas competente, a Green Process é referência no cadastro das grandes empresas Págs. 20/21 A partir da pág. 30 Manutenção Mais de 60 novidades que contribuem para a manutenção de classe mundial Vídeo em NEI.com.br Aplicador de hot melt minimiza a carbonização do adesivo Com câmara de derretimento em linha, o Graco InvisiPac funde o adesivo conforme a demanda, reduzindo a carbonização e o tempo de exposição, permitindo a operação em menos de 10 min. Possui mangueiras aquecidas e bomba acionada por motor pneumático que ajuda a reduzir a temperatura de operação. Apresenta sistema automático de alimentação a vácuo, que mantém o nível ideal de adesivo, puxando-o diretamente de um tambor ou outro recipiente, eliminando a necessidade de operador. Conta com módulo de controle de interface intuitiva, reunindo todas as zonas de temperatura na mesma tela, com dados operacionais para download, USB, erros e histórico de eventos. Vector Brasil Máquinas Imp. e Exp. Ltda., São Paulo, SP. Tel.: 11 3713-1044 | [email protected] site: vectormaquinas.com.br Servomotores com potências de 50 W a 1 kW Destinados à movimentação industrial e a sistemas de automação que exigem posicionamento preciso, possibilitam rápida aceleração sem trepidação, alcançando 4.500 rpm, e operam com potências de 50 W a 1 kW. Contam com tecnologia DSP, que viabiliza o ajuste único dos ganhos e fácil controle da vibração. Dispõem de soſtware de parametrização com telas de fácil navegação e auto tuning, para facilitar e otimizar o controle de posicionamento da aplicação. Mectrol do Brasil Coml. Ltda., Bauru, SP. Tel.: 14 4009-0507 | [email protected] site: mectrol.com.br Sistema p/controle de produção opera via wireless Ferramenta de análise em tempo real da produtividade industrial, consiste no monitoramento remoto de equipamentos, tornando visíveis as diversas operações de chão de fábrica. Em nova versão, propicia fácil localização das perdas de produtividade, oferecendo índices on-line da produção, acompanhamento das ordens de produção, histórico das informações e coleta de dados wireless em ambiente industrial. Capaz de controlar diferentes equipamentos, usa sensores para detectar a produção, tornando o sistema independente do operador. PeF Ind. Eletrônica Ltda., Caxias do Sul, RS. Tel.: 54 3223-9086 | [email protected] site: pef.ind.br Robô para injetoras tem software de simples programação Específico para carga até 15 kg e com curso máximo do eixo vertical de 1.800 mm, o W833 Pro é adequado para automação flexível em injetoras com força de fechamento até 800 t, sendo equipado com braço telescópico vertical e eixo principal acionado através de cremalheira e pinhão; e o secundário, por correia dupla. Tem eixos dotados de freios de retenção que permitem reduzir o consumo de energia elétrica para quase zero, quando estiver em repouso. Usa o soſtware de controle R8.3, de interface amigável e com funções para facilitar a programação, ajustes e controle do processo e das unidades periféricas, além de interagir facilmente com a injetora. Wittmann Battenfeld do Brasil Ltda., Osasco, SP. Tel.: 19 2511-8150 | [email protected] site: wittmann-group.com.br Retífica de torre dupla acomoda peças até ø 180 mm Equipada com duas torres hidrostáticas rotativas com servomotores integrais e guias hidrostáticas no eixo X acionadas por motores lineares, a Landis Twin Turret™acomoda peças de trabalho com diâmetro de volteio e comprimento até 180 x 400 mm, respectivamente. Atua com rebolos CBN até 350 mm de diâmetro e 40 mm de largura, operando com velocidade até 120 m/s. Isenta de recuo e com alta estabilidade, faz retíficas em diâmetros internos e externos, e em contornos excêntricos e concêntricos em múltiplos eixos e em várias configurações transversais. Fives Bronx, Inc., North Canton, OH, EUA. Tel.: 1 330 244 1960 | [email protected] site: fivesgroup.com

Revista NEI - Edição setembro/14

Embed Size (px)

DESCRIPTION

Manutenção | Mais de 60 novidades que contribuem para a manutenção de classe mundial.

Text of Revista NEI - Edição setembro/14

  • NEI | Setembro 2014 1

    Amplie sua busca de produtos e fornecedores no NEI.com.br

    SETEMBRO 2014Novidades industriais do mundo inteiro em suas mos

    Modernizar ou modernizarPequena, mas competente, a Green Process referncia no cadastro das grandes empresasPgs. 20/21 A partir da pg. 30

    ManutenoMais de 60 novidades que contribuem para a manuteno de classe mundial

    Vdeo em NEI.com.br

    Aplicador de hot melt minimiza a carbonizao do adesivoCom cmara de derretimento em linha, o Graco InvisiPac funde o adesivo conforme a demanda, reduzindo a carbonizao e o tempo de exposio, permitindo a operao em menos de 10 min. Possui mangueiras aquecidas e bomba acionada por motor pneumtico que ajuda a reduzir a temperatura de operao. Apresenta sistema automtico de

    alimentao a vcuo, que mantm o nvel ideal de adesivo, puxando-o diretamente de um tambor ou outro recipiente, eliminando a necessidade de operador. Conta com mdulo de controle de interface intuitiva, reunindo todas as zonas de temperatura na mesma tela, com dados operacionais para download, USB, erros e histrico de eventos. Vector Brasil Mquinas Imp. e Exp. Ltda., So Paulo, SP.Tel.: 11 3713-1044 | [email protected]: vectormaquinas.com.br

    Servomotores com potncias de 50 W a 1 kWDestinados movimentao industrial e a sistemas de automao que exigem posicionamento preciso, possibilitam rpida acelerao sem trepidao, alcanando 4.500 rpm, e operam com potncias de 50 W a 1 kW. Contam com tecnologia DSP, que viabiliza o ajuste nico dos ganhos e fcil controle da vibrao. Dispem de software de parametrizao com telas de fcil navegao e auto tuning, para facilitar e otimizar o controle

    de posicionamento da aplicao. Mectrol do Brasil Coml. Ltda., Bauru, SP.Tel.: 14 4009-0507 | [email protected]: mectrol.com.br

    Sistema p/controle de produo opera via wirelessFerramenta de anlise em tempo real da produtividade industrial, consiste no monitoramento remoto de equipamentos, tornando visveis as diversas operaes de cho de fbrica. Em nova verso, propicia fcil localizao das perdas de produtividade, oferecendo ndices on-line da produo, acompanhamento das ordens de produo, histrico das informaes e coleta de dados wireless em ambiente industrial. Capaz de controlar diferentes equipamentos, usa sensores para detectar a produo, tornando o sistema independente do operador. PeF Ind. Eletrnica Ltda., Caxias do Sul, RS.Tel.: 54 3223-9086 | [email protected]: pef.ind.br

    Rob para injetoras tem software de simples programaoEspecfico para carga at 15 kg e com curso mximo do eixo vertical de 1.800 mm, o W833 Pro adequado para automao flexvel em injetoras com fora de fechamento at 800 t, sendo equipado com brao telescpico vertical e eixo principal acionado atravs de cremalheira e pinho; e o secundrio, por correia dupla. Tem eixos dotados de freios de reteno que permitem reduzir o consumo de energia eltrica para quase zero, quando estiver em repouso. Usa o software de controle R8.3, de interface amigvel e com funes para facilitar a programao, ajustes e controle do processo e das unidades perifricas, alm de interagir facilmente com a injetora. Wittmann Battenfeld do Brasil Ltda., Osasco, SP.Tel.: 19 2511-8150 | [email protected]: wittmann-group.com.br

    Retfica de torre dupla acomoda peas at 180 mmEquipada com duas torres hidrostticas rotativas com servomotores integrais e guias hidrostticas no eixo X acionadas por motores lineares, a Landis Twin Turretacomoda peas de trabalho com dimetro de volteio e comprimento at 180 x 400 mm, respectivamente. Atua com rebolos CBN at 350 mm de dimetro e 40 mm de largura, operando com velocidade at 120 m/s. Isenta de recuo e com alta estabilidade, faz retficas em dimetros internos e externos, e em contornos excntricos e concntricos em mltiplos eixos e em vrias configuraes transversais. Fives Bronx, Inc., North Canton, OH, EUA.Tel.: 1 330 244 1960 | [email protected]: fivesgroup.com

  • NEI | Setembro 2014 3

    Os Editores

    Dilogo com o leitor

    Comente este editorial no blog.nei.com.br

    Garantindo a performance no cho de fbricaNesta edio, uma seo dedicada manuteno rene mais de 60 novidades em equipamentos, instrumentos e produtos que devem contribuir para a modernizao das reas responsveis pelo gerenciamento e pela administrao dos ativos das empresas. A Manuteno um dos setores que vm ganhando importncia nas indstrias porque a gesto de ativos cada vez mais necessria para minimizar a quebra de mquinas e garantir a eficincia e a produtividade dos processos industriais. Em suma, produzir mais, com maior qualidade e menores custos.

    A adoo de novas tecnologias e novos mtodos , portanto, fundamental para tornar a manu-teno cada vez mais eficiente. Especialistas consultados por NEI Solues apontam, por exemplo, a nanotecnologia como um dos avanos para a manuteno que podem revolucionar a lubrificao das mquinas. Na abertura da seo Manuteno, na pgina 30, voc saber mais sobre o desen-volvimento da nanotecnologia no Brasil e no mundo, a manuteno baseada na confiabilidade, a 4 gerao prevista de manuteno, baseada nas tcnicas de inteligncia artificial, e ainda conhecer alguns ndices do mais recente estudo sobre a situao da manuteno no Brasil, realizado pela Associao Brasileira de Manuteno e Gesto de Ativos Abramam.

    Como exemplo, a pesquisa revela que a idade mdia das mquinas e equipamentos usados nas empresas brasileiras de 17 anos. Quase 30% das companhias consultadas tm ativos com mais de 21 anos de idade. Um ndice elevado, se considerarmos que as tecnologias evoluem rapidamente. A manuteno , portanto, imprescindvel.

    Nesta edio, ainda trazemos o 8 artigo da srie Modernizar ou modernizar, que conta como a fabricante nacional de limpadores industriais Green Process, com cerca de 20 funcionrios, con-quistou a preferncia de grandes indstrias no Brasil a partir do desenvolvimento de solues cus-tomizadas, investimento em pesquisa & inovao, gesto focada no cliente e compromisso com o meio ambiente. De seu leque de clientes esto empresas como Toyota, Rhodia, Petrobras, Usiminas e CSN, entre outras.

    Exemplos como esse, que voc conhecer nas pginas 20 e 21, reforam a importncia de as empresas, mesmo pequenas, dedicarem esforos para a inovao de produtos e processos. A lide-rana dentro das companhias fundamental para motivar as equipes, identificar as oportunidades e desenvolver solues que realmente atendam o cliente.

  • Novidades industriais do mundo inteiro em suas mos. Uma joint-venture Thomas e Carvajal.

    CENTRAL DE GERAO DE CONTEDO - CGCDIRETOR Alipio do Amaral Ferreira [email protected] Eliane Oliveira R. Pereira [email protected] TCNICO Roberto Guazzelli [email protected] Denis William G. Oliveira [email protected] Mariana Bermelho Moreira [email protected]/ARTE Willians Galdini

    CONSULTORIA TCNICAWalter Link - Professor Doutor Adjunto pela Universidade Federal do Rio Grande do Norte - UFRN, Auditor pelo INMETRO e Consultor nas reas de metrologia e gesto laboratorial. Fabian Yaksic Gerente Tcnico Dirceu S. Sgubin, Pedro E. dos Santos e Israel de Moraes Guratti Analistas da Associao Brasileira da Indstria Eltrica e Eletrnica ABINEE. Luiz Philippe Sarrouf Diretor da L. Sarrouf Engenharia Ltda.

    TL PUBLICAES ELETRNICAS LTDA.PRESIDENTE Robert Macody LundDIRETORA EXECUTIVA Lauriceia A. T. Bernardino [email protected] GERENTE DE PUBLICAO Luciani A. T. Trindade [email protected]

    CONSELHO EXECUTIVO Lauriceia A. T. Bernardino - Mrio Nazar Robert Macody Lund Sergio L. A. da V. Oliveira

    MATERIAL PUBLICITRIO (11) 3327-4483/4446Alessandra Bettega [email protected] Renato Campos Dias [email protected]

    SERVIO DE ATENDIMENTO AO CLIENTE SAC [email protected] (11) 3327-4452A Revista NEI, com uma tiragem de 66,295 exemplares, publicada e distribuda mensal, gratuita e nominalmente aos executivos e tcnicos industriais envolvidos nos processos de especifi cao e compra de produtos, equipamentos e servios, que atuam em empresas fabricantes ou relacionadas s atividades industriais e construtivas no Brasil. A Revista NEI editada por TL Publicaes Eletrnicas Ltda., Rua Brig. Tobias, 356, 01032-901, So Paulo, SP - Brasil, Tel. (11) 3327-4400 e Fax (11) 3228-9373. Impressa por Prol Edi-tora Grfi ca Ltda. Distribuda por: DTD Distribuio e Courier Ltda. ME. Assinatura paga Brasil: R$ 207,00 (anual) e R$ 20,00 (avulso); exterior: US$ 330,00 (anual) e US$ 30,00 (avulso). Ningum est autorizado a efetuar assinaturas em nome de TL. Se for procurado por algum, denuncie-o s autoridades locais. A Revista NEI registrada no 2 Cartrio de Registro de Ttulos e Documentos sob n 1288 P 209/73. Proibida reproduo total ou parcial do contedo editorial sem autorizao dos editores. Jornalista Responsvel: Alipio do Amaral Ferreira. Servio de Assinaturas: mudanas de endereo, renovaes ou novas assinaturas, Tel.: (11) 3327-4541 e 3327-4462

    VOL. 41, N 07, SETEMBRO 2014

    E X P E D I E N T E

    Veja mquinas em aoEste QR code Quick Response indica que o produto publicado no espao editorial tem vdeo. Voc pode v-lo apontando a cmera do seu celular para este cdigo desde que seu aparelho tenha o aplicativo de leitura instalado. Acesse NEI.com.br/qrcode para mais informaes.

    18

    20,21

    8082

    SeesDilogo com o leitorPedido de divulgao gratuita de produtosModernizar ou modernizar Pequena, mas competente, a Green Process referncia no cadastro das grandes empresas ManutenoCalendrio de Feiras e Eventos IndustriaisServiosndices de Fornecedores e Produtos no fi nal da edio

    A revista NEI impressa em papel produzido a partir de rvores de zonas de ref lorestamento.

    International Businessof Performing Audits

    www.anatec.org.br

    REPRESENTANTESMINAS GERAIS Brenda Mascarenhas Braga [email protected] Tel.: (11) 3327-4577 (31) 9469-0222 PARAN / SANTA CATARINAElisandro Jose Dias Tel.: (11) 3327-4496 [email protected] Repres. Comerciais Ltda. Tel.: (41) 3049-7183 [email protected]

    RIO DE JANEIRO Roberto da Silva Rosa Tel.: (11) 3327-4577 - [email protected]

    RIO GRANDE DO SUL Enterprise K Tel.: (51) 3026-5570 - [email protected] DEPARTAMENTO INTERNACIONAL [email protected] Mattar Junior

    REPRESENTANTES NO EXTERIORAMRICA DO NORTEEstados Unidos da Amrica

    Herbert Weikes (1-212) 629-1545 [email protected] Barry (1-828) 505-0500 [email protected] Greenfi eld (1-203) 938-2418 [email protected] Sabo (1-310) 379-8455 [email protected]/ Murphy Hamilton-Murphy Media (1-616) 822-2238 [email protected] Lees Lees International Media (1-610) 626-0540 [email protected] Jones Jones Media Sales, Inc (1-708) 442-5633 [email protected] Tompkins Tompkins Media LLC (1-281) 313-1004 [email protected]

    AMRICA DO SULArgentina Nora F. Laura (54-11) 5778-0061 [email protected]

    SIAJapo Ichiro Suzuki Incom Co., Ltd. (81-3) 3260-7871 [email protected] Charles Yang Lotus Business Information Co. (886-4) 2323-5023 [email protected] Wendy Teng Top International Media Co. Ltd. (86-10) 6588-1955 [email protected], Espanha, Frana e Portugal Eric Jund (33-4) 9358-7743 [email protected], Escandinvia, Europa Central e Oriental, Grcia, Holanda, Pases Blticos, Polnia e SuaCarel L. Letschert Letschert Media Adviseurs (31-20) 633 427 [email protected] David Harvett (44-121) 705-2120 [email protected] Andrea Rancati (39-02) 703 00088 [email protected]

    DEPARTAMENTO DE VENDASDIRETOR COMERCIAL Mrio Nazar Coordenadora Regiane P. Gomes

    GERNCIA DE DESENVOLVIMENTO DE VENDAS Marcos Meneghetti

    GERNCIAS DE CONTAS CAPITAL E GRANDE SO PAULOBruno Jos Ferreira Tel.: (11) 3327-4500Danilo F. R. A. Lombardi Tel.: (11) 3327-4588Cosme Camilo Ferreira Tel.: (11) 3327-4573Danilo Prociuk (Tecnologia) Tel.: (11) 3327-4478Elisabete da Silva Alberto Tel.: (11) 3327-4581

    Gislaine Hara Balija Tel.: (11) 3327-4563Heloisa de Castro Pandelo Tel.: (11) 3327-4561Jean Willian de S. Segarra Tel.: (11) 3327-4657Jlio Csar de Angelis Tel.: (11) 3327-4465Marcelo Forte Belli Tel.: (11) 3327-4579

    Patrcia Molezini Tel.: (11) 3327-4656Rosana Martins M. de Souza Tel.: (11) 3327-4489Roseli Pereira Agostinho Tel.: (11) 3327-4582Sandro Carmona Tel.: (11) 3327-4580Snia Santos Tel.: (11) 3327-4537Viviane Alves (Tecnologia) Tel.: (11) 3327-4616

    GERNCIAS DE VENDASDeborah Braghini Tel.: (11) 3327-4526

    Rubens Gon Brulio Tel.: (11) 3327-4495

    Hlcio N. Gianello Tel.: (11) 3327-4538

    GERNCIAS DE CONTAS INTERIOR DE SO PAULOAlexandre Italo Catto Tel.: (11) 3327-4534Andyara Franco Vicentin Tel.: (11) 3327-4494Juliana Simkevic Martins Tel.: (11) 3327-4655

    Leda Frangetto Baptista Tel.: (11) 3327-4565Marcelo Spakauskas Tel.: (11) 3327-4443Mrio Tobias Tel.: (11) 3327-4667

    Wilmar de Castro (Tecnologia) Tel.: (11) 3327-4622

    ISSN 2318-5813

    NEI digitalNEI.com.brEncontre mais de 64 mil fornecedores industriais em mais de 10.700 categorias de produtos e tenha acesso gratuito a artigos tcnicos, calendrio de cursos, feiras e eventos e tambm aos fornecedores NEI Top Five - os preferidos pelo mercado industrial.

    Artigo exclusivo:Energia - Erros comuns ao testar eletricidade. http://bit.ly/VTEMWJPesquisa & Inovao - 12 novas tecnologias que mudaro o mundo. http://bit.ly/1sR0c2g

    NEI NewsAssine nossa newsletter e receba quinzenalmente as novidades do mercado industrial. Acesse NEI.com.br para se cadastrar gratuitamente.

    Blog.NEI.com.brLeia diariamente notcias sobre tecnologias, tendncias, economia, profi sses e novidades dos mais diversos setores industriais.

    Destaques

    Pg. 4

    Router CNCcom prtico reforado de alumnio, permite velocidade de deslocamento de

    20.000 mm/min...

    Atuador eletromecnicooferecido em 5 tamanhos,permite alcance de 30, 50, 80, 110 ou 150 mm...

    Minicomutador com tela LCD OLEDpermite 3 milhes deacionamentos...

    Impressora 3Dusa a tecnologia 3D MultiJet (MJP), que permite a construo de peas grandes e pequenas com alta...

    Balanceadora de rotores

    mede desbalanceamentos

    de rotores at 50 kg, 1.000 mm de comprimento e...

    Pg. 64

    Pg. 74

    Pg. 8 Pg. 76

  • 6 NEI | Setembro 2014

    DestaqueAtuador eletromecnicocom alcance at 150 mmOferecida em 5 tamanhos, a srie Elax Ex F20 permite alcance de 30, 50, 80, 110 ou 150 mm. Cada um dos produtos assegura preciso limitada a 10m e resoluo de 1 m. O motor linear per-mite desenvolver velocidades at 3 m/s. Caracterizada pelo baixo consumo de energia, dispensa intercmbio de de-fletores ou trocas de cabos de sensoria-mento rompidos. O acesso eltrico, via e-cable, pode ser escolhido nas faces traseira ou lateral. A fixao dos componente direta, via parafusos. Jenny Science AG, Rain, Sua.Tel.: 41 41 455 44 55 | [email protected] | site: jennyscience.ch

    Brunidora verticaltrabalha com peas grandes e pesadasProvida de dois motores, um de 2,25 kW para acio-namento do eixo e outro de 0,75 kW para o movi-mento, a SV-10 brune peas grandes, pesadas ou de formato exclusivo, admitindo carga at 680 kg. Tra-balha com furos na faixa de 19 a 203 mm de dime-tro, tendo sistema de movimento que pode parar em qualquer parte do furo (parte superior, meio ou par-te inferior), removendo seletivamente o material pa-ra um furo mais paralelo e cilndrico possvel. Pos-sui controle de velocidade varivel, sistema de movimento de potncia mecnica que proporciona maior controle e ngulos de cruzamento consistentes e acabamento su-perfi cial furo aps furo. Inclui controle por tela sensvel ao toque que mostra grfi co em tempo real da seo transversal do furo, permitindo ao operador fi car na posio exata onde o furo visualmente menor. Sunnen do Brasil Ltda., So Bernardo, SP.Tel.: 11 4177-3824 | [email protected] | site: sunnen.com.br

    Furadeira de colunaexecuta tambm fresagem e roscasAlm do modelo alternativo de piso (VS32B), a s-rie V inclui as verses de bancada, unitria (VS20B) ou mltipla at quatro unidades (VR4/20B), viabi-lizando trabalho seriado. Traz estrutura de ferro fundido, de alta rigidez, incorporando placa-base associada coluna de ao. O mandril e a mesa, as-sociada braadeira giratria, proporcionam ajus-te vertical, assegurando giro at 360 em torno da coluna. A transmisso de ro-tao, gerada por motor trifsico de 1,5 kW, segue para a caixa de reduo via correia em V, proporcionando at 15 alternativas de velocidade. Incorpora cir-cuito de segurana, que evita partida espontnea do motor ao fim de queda de energia na rede. Heltos a.s., Slavonice, Repblica Checa.Tel.: 420 384 493 135 | [email protected] | site: heltos.cz

  • NEI | Setembro 2014 7

    Vlvula coaxial pneumticacontrola fluxos de oxignio De construo compacta e pr-pria para fabricantes OEM de geradores de oxignio, apre-senta corpo de lato niquela-do, atuador pneumtico e vl-vula de controle liga/desliga in-corporada. A vlvula da srie VA, isenta de peas mveis ex-postas, opera com baixo atrito e sem pontos de estrangulamen-to e apresenta vida til superior a 1.000.000 de ciclos. Assured Automation, Clark, NJ, EUA.Tel.: 1 732-381-2255 | [email protected]: assuredautomation.com

    Impressora porttilusa etiquetas pr-cortadas Usada diretamente na estao de tra-balho, em trnsito ou no escritrio, co-nectada a computador, a Brady BMP 41 dispe de etiquetas pr-cortadas e contnuas, de troca simples e rpida de cartucho, para impresso ntida e clara com resoluo de 300 dpi. Possui tela de fcil visualizao, interface intuitiva e teclado Qwerty para digitao rpida. Resiste a impactos por quedas de altu-ras at 1,8 m. Utiliza bateria recarregvel. Maquimp Coml. Imp. Ltda., So Paulo, SP.Tel.: 11 2802-9031 | [email protected]: maquimp.com.br

    Injetora horizontaltem 300 t de fora de fechamento

    Pode ser equipada com unidade de injeo Y1000 ou Y2000, operando com fora de fechamento de 300 t, de bloqueio de 3.000 kN e de abertura de 76 kN. Totalmente automatizada, a H59 ocupa pou-co espao no cho e em altura, oferecendo fcil eje-o das peas moldadas e tempo de ciclo otimiza-do. Trabalha com moldes de 200 a 450 mm de es-pessura, desenvolvendo curso de abertura de 450 mm e curso mximo til de 18 mm. REP Injetoras de Borracha Ltda., So Bernardo do Campo, SP.Tel.: 11 4125-7950 | [email protected]oup.comsite: repinjection.com

  • 8 NEI | Setembro 2014

    Impressora a jato de tintatrabalha com itens planos e curvosUnidade que possibilita a produo de qualquer ima-gem diretamente de arqui-vos grficos-padro sem ne-cessidade de passos interme-dirios, a cJET-24 concebi-da para a produo contnua em linha, suportando im-presses CMYK+WW uni e bidirecionais. Alm do tanque de tinta de 3 L com alarme de nvel, inclui manuteno automtica do cabeote de impresso e sistema inteligente de ajuste de altura da placa, otimizando a distncia entre o ca-beote de impresso e o substrato. Pad Print Machi-nery of Vermont, East Dorset, VT, EUA.Tel.: 1 802-362-0844 | [email protected]: padprintmachinery.com

    Torno CNCatinge exatido de 0,025 mmIndicado para o tornea-mento de componentes at 152,4 mm de dime-tro e 304,8 mm de com-primento com exatido de 0,025 mm, encontra aplicao na produo de peas cilndricas como eixos, buchas, luvas, partes eletrnicas e componentes aeronuticos, entre outros. O modelo Leadwell LTC-20BM vem equipado com placa de 4.500 rpm de velocidade e trabalha com ma-teriais de ao, ao inoxidvel, alumnio e plstico. H&S Manufacturing Co., Rowlett, TX, EUA.Tel.: 1 972 475 4747 | [email protected]: hsmfg.com

    Dinammetro informatizadofornece relatrios em 3 unidadesCom ajuste de velocidade de 100 a 500 rpm, o DT-500 realiza ensaios de alongamento e ruptura segundo ASTM D-412 e ensaios de rasgo con-forme ASTM D-624, determinan-do a resistncia de borracha e cong-neres. Utiliza software com banco de dados para armazenar ensaios, for-necendo relatrios com resultados j convertidos nas trs unidades: kg/cm, Mpa e psi. Team Tcn. Especia-lizada em Aparelhos de Medio e Controle Ltda., So Bernardo do Campo, SP.Tel.: 11 4123-0827 | [email protected]: industriateam.com.br

  • NEI | Setembro 2014 9

    Cabos eltricospara tenso at 450/750 V, 70CSo indicados para lo-cais com grande aflun-cia de pessoas ou de di-fcil fuga, conforme re-comendado pelas nor-mas NBR 5410 e 13570 da ABNT. Os cabos Su-peratox Flex 70C trabalham com tenso at 450/750 V, sendo compostos de fios de cobre nu, eletroltico, tmpera mole e encordoamento classe 4 (flexveis). Tambm so isolados com material polimrico tipo poliolefnico no halogenado para 70C com carac-tersticas de no propagao e autoextino do fogo e baixo ndice de emisso de fumaa, sem gases t-xicos ou corrosivos. I.F.C Ind. e Com. de Conduto-res Eltricos Ltda. - Cobrecom, Itu, SP.Tel.: 11 2118-3200 | [email protected]: cobrecom.com.br

    Vlvula borboleta resistente corrosoConstruda de ao inoxi-dvel 316L SS para resis-tncia corroso, a TOP--FLO possui cabo tipo gatilho de termoplsti-co com 12 posies e em-buchamento da haste de plstico, visando ao funcionamento suave. Resisten-te a temperaturas elevadas e a ataques de produtos qumicos, exibe faixa operacional de -10 a 102C, com presses de 10 kgf/cm (145 psi) a 20C. Top Line Process Eq. Co., Bradford, PA, EUA.Tel.: 1 814 362 4626 | [email protected]: toplineonline.com

    Gravadora a Laser verdeopera em baixa temperaturaBaseada em compri-mento de onda de 532 nm, a TG400 gera facho verde, mais frio que o YAG. Proporciona apli-caes isentas de aque-cimento, evitando incineraes indesejveis e danos superficiais nos entornos do entalhe. indicada pa-ra uso em materiais termossensveis, caso de termo-plsticos. Assegura resultados sobre superfcies re-flexivas, como ouro, prata, cobre ou cermica, alm de penetrar em acabamentos como anodizao, tin-tas e epxi. Technifor Pictor Ltda., So Paulo, SP.Tel.: 11 5524-8707 | [email protected]: technifor.com.br

  • 10 NEI | Setembro 2014

    DestaqueBalanceadora de rotoresadmite peas at 50 kgDe forma simples e precisa, a NK720 me-de desbalanceamentos de rotores at 50 kg, 1.000 mm de comprimento e 600 mm de dimetro, atendendo ampla variedade de peas, sendo o desbalanceamento mnimo residual atingvel de 1 g.mm. Realiza o pro-cessamento de forma digital, com calibra-o permanente ou emprica. Possui interfa-ce touchscreen e cobertura de proteo clas-se C, conforme a ISO 21940. Teknikao Ind. e Com. Ltda., So Paulo, SP.Tel.: 11 3904-5544 | [email protected] site: teknikao.com.br

    Produtora de caixas de papeloopera velocidade de 48 m/minCom capacidade de produo de 10 a 12 pe-as/min, a Nextmode Evo 2.5 apresenta at 12 unidades independentes de corte e vin-co para produzir diversos modelos de caixas de papelo, padro Fefco ou personalizadas, dispondo de vinco contnuo, vinco a trao e lmina para cortes precisos. Trabalha com papelo de 400 a 2.500 mm de largura e es-pessura de 2 a 7 mm, o qual avana velo-cidade de 48 m/min, formando caixas com comprimento mnimo de 400 mm, abertas. Possui dupla cremalheira nas uni-dades de corte e vinco, podendo formar caixas muito pequenas ou em dupla. Controla at 6 medidas diferentes do papelo e, com o dispositivo Side by Si-de, at 12 medidas. Reypel Imp. de Mqs. Ltda., Bento Gonalves, RS.Tel.: 54 3454-2426 | [email protected] | site: reypelembalagem.com.br

    Unidade Laserviabiliza solda e corteEquipada com fi bra ativa, a srie LDF proporciona opera-o remota, compatvel com robotizao. Possibilita execu-tar operaes que exijam focalizao reduzida at 200 m, permitindo soldagem de chapas ou alumnio, revestimen-to, endurecimento ou tratamento trmico. Embora aperfei-oado, o produto conserva a modularidade, admitindo adap-tao do facho a operaes especfi cas. Dimensionada para distncia focal at 500 mm, transfere ao facho potncias li-mitadas a 2, 3 ou 4 kW, usando como fonte de energia dio-do emissor de Laser com comprimento de onda de 1.085 nm, dotado de resfriamento ativo. Laserline Incorporated, Santa Clara, CA, EUA.Tel.: 1 408 834 4660 | [email protected] | site: laserline.de

  • NEI | Setembro 2014 11

    Mquina de solda configurvelaplica foras at 1.450 kgConstrudo de acordo com as normas ISO, OSHA e CSA, o Flex-Fast 3.0 apresenta pla-taforma modular pa-ra acomodar alimen-tao de porca, com-ponentes de deteco e outros recursos de automao, incluin-do transformadores simples ou duplo, AC ou MFDC, para executar qualquer solda de porca ou solda a ponto. Fornece 1.450 kg de fora de solda para operar mltiplos atuadores de ar/leo, pneumticos e servo, ou atender requisitos de fora de solda pesada. Possui carretel de ferramentas de deslizamento, intercambi-vel e programvel, com curso de 150 mm, compor-tando at dois posicionadores de solda programveis, com curso de 300 mm cada um. Possui IHM com tela sensvel ao toque, permitindo a configurao dos tra-balhos pelo usurio. Centerline Brasil Solda e Auto-mao Ltda., Guaramirim, SC.Tel.: 47 3273-1701 [email protected]: cntrline.com

    Torno tipo suoalcana 8.000 rpm no fuso

    Disponvel com ou sem bucha-guia rotativa sin-crnica, apresenta at 33 ferramentas com eixo B opcional, 19 ferramentas ativas e capacidade de usinagem de 32 mm tanto no fuso principal como no subfuso. O modelo Nexturn SA32XII vem equi-pado com fuso principal de 10 cv com velocidade de 8.000 rpm, trabalha com at nove eixos e realiza torneamentos at 203,2 mm de comprimento em uma nica operao. Dotado de eixo C com exati-do de posicionamento de 0,001 em ambos os fu-sos, vem com disco pneumtico de fixao e opera com alta velocidade de posicionamento. Absolute Machine Tools, Lorain, OH, EUA.Tel.: 1 800 8527825 | [email protected]: absolutemachine.com

    Mquina de oxicorte/plasmaatinge profundidade de 175 mm

    Com dois motores laterais no eixo X e guias linea-res nos eixos Y e Z, apresenta regulagem eltrica de altura dos queimadores, controle pneumtico da altura de ignio da tocha plasma e opcionalmente sensor Laser para o posicionamento inicial do cor-te. A Vanad Suprema 30 processa chapas metlicas com dimenses at 3.100 x 12.000 mm, trabalha com velocidade de avano de 14,1 m/min e atin-ge profundidade de corte de 175 mm. Programvel atravs de macros e equipada com display colorido com tela de toque de 15, conta com motores de al-to torque, sistema de distribuio proporcional do gs e conector USB para a transferncia de dados de corte em LAN. Vanad 2000 a.s., Golcuv Jen-kov, Repblica Checa.Tel.: 420 569 400 411 | [email protected]: vanad.com

  • 12 NEI | Setembro 2014

    Furadeira radialabre roscas de 27 e 32 mmConta com brao articulado, oferecendo flexibilidade para posicionamento rpido, resistncia e preciso durante a usi-nagem de peas grandes e muito pesadas, posicionadas pr-ximo mesa de setup, at mesmo na horizontal. Com capa-cidade de giro do cabeote de 360, a GTB 1200 abre roscas de 27 mm em ao e de 32 mm em ferro fundido, atingindo profundidade de 150 mm. Apresenta garganta de 200 a 1.200 mm, tendo mesa com 3 ranhuras em T, que pode ser elevada at 600 mm de altura. Possui eixo rvore com cone de 24 mm de dimetro, que gira velocidade de 60 e 120 rpm, acionado por motor principal de 0,75 kW. Knuth do Brasil Tecnologia Indl. Ltda., Barueri, SP.Tel.: 11 4198-2082 | [email protected] | site: knuth-brasil.com.br

    Analisador de ps e granuladosmede na faixa de 20 m a 30 mmDe construo compacta e prprio para laboratrios, rea-liza medies no destrutivas de tamanhos de partcu-las, formatos e parmetros adicionais de materiais em p, granulados e a granel. O modelo Camcizer P4, equipa-do com cmera CCD dupla, opera em faixa de medio de 20 m a 30 mm, gera 60 imagens/s com resoluo superior a 1.300.000 pixels e requer de 1 a 3 minutos pa-ra executar uma medio. Fornecido com computador PC e biblioteca de imagens e caractersticas de partculas, tambm analisa parmetros morfolgicos em 3D, e formas esfricas e concentricidade de acordo com as normas ISO 13503-2 e API RP 56/58/60. Retsch Technology GmbH, Newtown, PA, EUA.Tel.: 1 866 473 8724 | [email protected] | site: retsch-technology.com

  • NEI | Setembro 2014 13

    Monitor de seguranaconfere funcionamento de instalaesOs modelos XS26-2 e SC26-2 foram projetados para acom-panhar a efetividade de aces-srios como chaves de para-da emergencial, esticadores de cabos, sensores de presen-a ou de emergncia, cancelas ou portes intertravados, sen-sores pticos, comandos am-bimanuais e pisos detectores. Programveis, possibilitam criar lgicas de seguran-a, alm de dispor de sub-rotinas prontas para inclu-so em programa. A srie inclui oito alternativas tc-nicas, com variantes de expansividade de E/Ss (at 26 entradas ou 8 sadas), conectividade via Ethernet, e incluso de um visor de cristal lquido. Banner Engi-neering Corp., Minneapolis, MN, EUA.Tel.: 1 763 544-3164 | [email protected]: bannerengineering.com.br

    Central de ar de respiraoatua em 6 estgiosFabricada em conformidade com a re-soluo RDC N0 307 da Anvisa, per-mite reduzir a nveis aceitveis a con-centrao de contaminantes perigosos para a respirao presentes no ar com-primido, como fumaa, leo, vapores, gases, partculas slidas e micro-orga-nismos. A CAR adequada para ms-caras, cmaras fechadas e outros equi-pamentos para ar de respirao. Em 12 modelos, opera com vazo de 5 a 800 m/h na entrada e de 4 a 685 m/h na sada. Trabalha com temperatura de 5 a 50C e presso de 4 a 10,5 bar. hb Solues em Ar Compri-mido Ltda., So Paulo, SP.Tel.: 11 3766-3977 | [email protected]: hb-arcomprimido.com

    Cortadora CNC de tubos pode ter 3 ou 4 eixosA Silber Cutter Pipe - 3000/6000/12000 corta tubos quadrados e re-tangulares e perfis at 200 mm e redondos, at 600 mm. Traba-lha com os processos a plasma (fonte 105 Hy-pertherm at 19 mm, fonte 125 Hypertherm at 25 mm e fonte Maxpro 200 Hypertherm at 32 mm de espessura); e oxicorte de 12,7 a 100 mm de espessu-ra. Incorpora painel de comando, servomotor e redu-tor, sistema anticoliso magntico e sistema de lubri-ficao automtico opcional. Atende a norma NR-12. Silber Mqs. Industriais Ltda., Gravata, RS.Tel.: 51 [email protected]: silberdobrasil.com.br

    Vdeo em NEI.com.br

    Puncionadora automticaopera c/tubos de 20 a 120 mm

    Pode ser equipada com um a quatro tipos de punes, permitindo o processamento de todos os lados dos tu-bos numa nica operao, sendo cada cilindro provido de at 3 punes de vrias geometrias para operao simultnea. A P80 realiza punes circulares, quadra-das e retangulares em tubos com dimetros variveis de 20 a 120 mm e comprimento at 6.000 mm, operan-do tambm com chapas e perfis de diversos formatos, como L, C, U e W. BS S.a.s., Cavaria, Itlia.Tel.: 39 0331 217704 | [email protected]: bssistemi.it

  • 14 NEI | Setembro 2014

    Fresadora CNCusina com preciso de 0,001 mmPara gravaes em 2D e 3D, a GF 600 possui mesa (X-Y) com rea de 650 x 750 mm e rea til de usinagem de 550, 600 e 500 mm (X, Y e Z), oferecendo preciso mecnica de 0,001 mm. Dispe de fuso de 1 cv com refrigerao l-quida, velocidades de 0 a 18.000 rpm e porta-pina ER20 com capacidade de fi xao de fresas de 1 a 13 mm. Usina matrizes de alta frequncia, maquetes, matrizes para em-borrachado, moldes, carimbos, clichs e placas comemorativas, podendo operar com alumnio, lato, grafi te, cobre, ao, magnsio, resinas, MDF, madeira e ou-tros materiais. Gilmaq Ind. de Mqs. Ltda., Novo Hamburgo, RS.Tel.: 51 3595-0553 | [email protected] | site: gilmaq-silk.com.br

    Envasadora automticatambm agrupadora/encartuchadeiraA linha Combo, ideal para envasar sachs de vrios formatos em embalagens termosselveis, laminados, bem como tipo papel poli com qua-tro soldas, processa ps, dispondo de cinco vias com capacidade para 1 a 5 sachs simultanea-mente. Alm de envasar, tambm efetua os processos de agrupar e encartuchar as embalagens em caixas display papel-carto. Destinada aos segmentos qumico, ali-mentcio, farmacutico e de cosmticos, entre outros, trabalha com 65/80 ciclos/min, conforme o produto. Systempack do Brasil Ind. de Mqs. Ltda., Joinville, SC.Tel.: 47 3454-8888 | [email protected]: systempackdobrasil.com.br

  • NEI | Setembro 2014 15

    Estabilizador linearassegura rudo limitado a 25 VRMS

    Projetado para operar com quedas reduzidas, o LT3065 assegura corrente de sada programvel at 500 mA. Indicado para faixa de entrada ampla, de 1,8 a 45 V, opera a plena potncia com queda mnima de 0,3 V. A sada pode ser ajustada, variando de 0,6 a 40 V, con-figurada via resistor externo. A ondulao se limita a 2%, em resposta a flutuaes de linha, carga e trmi-cas. O filtro demanda capacitor cermico, no valor de 3,3 F. Linear Technology Corp., Milpitas, CA, EUA.Tel.: 1 408 432 1900 | [email protected]: linear.com

    Sistema CAD/CAMmelhora qualidade da pea finalUtiliza-se para arran-jos (nestings), pro-gramao NC e cor-te de chapas met-licas, materiais pla-nos, tubos, madei-ra, etc., em mqui-nas a plasma, a Laser, puncionadeiras, oxicortes, jatos d gua, routers, guilhotinas, tubos e mquinas combi-nadas. O SigmaNEST reduz o tempo de trabalho pe-la otimizao de movimentos e melhora a qualida-de da pea final balanceada com velocidade de cor-te adequada, proporcionando integrao do fluxo de trabalho, manuseio de material e estoque, gesto das informaes, estimativas e oramentos precisos. Oxipira Automao Ind. e Com. de Mqs. Indus-triais Ltda., Piracicaba, SP.Tel.: 19 3414-9999 | [email protected]: oxipira.com.br

    Filtros com ProTuraretm 95% das partculasDisponveis em diver-sos tamanhos, mode-los e materiais, incluin-do a ProTura nanofibras, os elementos filtrantes ti-po cartucho UAS podem ser usados na maioria dos filtros j existentes no mercado. O tratamento ProTu-ra nanofibra, que consiste na aplicao de fina cama-da de ProTura sobre a superfcie do cartucho, impede que o p penetre, possibilitando fcil remoo duran-te o ciclo de limpeza. Essa tecnologia recebe classifica-o 15 na escala MERV, na captao de contaminan-tes comuns, retendo 95% das partculas entre 0,3 e 1 mcron. Ventiladores Bernauer S.A., So Paulo, SP.Tel.: 11 2666-3909 | [email protected]: bernauer.com.br

    Pistola atomizadora automtica pulveriza at 220 L/minA AT opera pela presso de ar comprimido, permitindo va-zes desde 0-45 at 0-220 L/min. fornecida nas verses AT-5LC, com duas entradas, uma para lquidos e outra para o ar, tendo regulagem para ja-to cone de 18 e jato leque de 70; AT-5C, com as mes-mas caractersticas, mas com jato cone; AT-6LC, com trs entradas, para o lquido, a abertura do pisto/agulha e a atomizao do lquido, regulvel para jato cone e jato leque; e AT-6C, com as mesmas caracters-ticas, com jato cone. Usa-se em moldagem, fundio, forjamento, resfriamento, tratamento de superfcies, conformao e estampagem, entre outras aplicaes. Ansatz Ind. e Com. Ltda., Pindamonhangaba, SP.Tel.: 12 3642-3238 | [email protected]@terra.com.br site: ansatz.com.br

  • 16 NEI | Setembro 2014

    Cmera de vdeocumpre especificao USB 3.0 VisionComposta pelos mo-delos LE e ML, a srie uEye se baseia em cir-cuitos monoplaca equi-pados com sensores CMOS, com capacidade pa-ra processar 2, 5 ou 1,3 megapixels. Dotada de soft-ware gestor IDS, permite ao usurio a escolha dos recursos que lhe sero necessrios. Na aquisio, pode ser escolhido sensor em cores, preto e bran-co, ou no espectro NIR (infravermelho). Utiliza-se nos setores robtico, mdico e de automao nas reas grfica e de embalagem. IDS Imaging Deve-lopment Systems GmbH, Obersulm, Alemanha.Tel.: 49 7134 96196 0 | [email protected]: ids-imaging.de

    Porta-ferramentas poligonalserve para hastes de ferramenta h6Com concentricidade e preciso de repe-titividade menor que 0,003 mm a 2,5xD e balanceado a 2,5 g em 25.000 rpm, o Tribos-Mini HSK-E 20 serve para todas as hastes de ferramenta de qualidade h6, transmitindo torque superior a 4,5 Nm em 6 mm e altas rotaes, at 85.000 rpm. Utiliza a interface cnica HSK-E 20, que proporciona superfcie axialmen-te plana ao porta-ferramenta, conferindo preciso nas trocas e no posicionamento. Schunk Intec Tecnol. de Fixao e Sistemas de Garras Ltda., Santo Andr, SP.Tel.: 11 4468-6888 | [email protected]: schunk.com

    Conector de bornes para circuito impressoDotado de bornes isolados com fixao por parafusos e opo de tratamento super-ficial com ouro, voltado pa-ra empresas do segmento ele-trnico e de udio que utili-zam conectores em placas de circuito impresso. A linha BTM Neo tem alguns diferenciais tcnicos que agili-zam o processo de aplicao e montagem, tendo sis-tema de fixao via pontos no corpo isolante, alm da ancoragem dos terminais na prpria PCI. Est dispo-nvel com 2, 3 e 4 vias, podendo ser fornecido nas cores preta e cristal incolor, ambas com acabamento alto bri-lho. Building Indl. de Conectores Ltda., So Paulo, SP.Tel.: 11 2621-4811 | [email protected]: building.ind.br

  • NEI | Setembro 2014 17

    Software CAD/CAMespecializado em corte de tubosPrograma corte de tubos em m-quinas 2D com mandril rotativo, mquinas de 4 ei-xos e de 5 eixos com um ou mais mandris, bem co-mo em clulas robotizadas. O ACT/Tubes geren-cia todas as etapas do processo de corte de tubos, como modelizao, ordens de fabricao. Alma do Brasil Com. de Imp. e Exp. de Servios de Soft-ware Ltda., Porto Alegre, RS.Tel.: 51 3023-2717 | [email protected]: almacam.com.br

    Luminria de sobrepor a LEDpossui grau de proteo IP 67Para instalao em p--direito alto, como gal-pes industriais e ar-mazns, a luminria LHB01 consiste de 2, 3, 4 e 6 mdulos de LED com opes de 40 ou 60 de ngulo de facho e 80 W/7.200 lm, 120 W/10.800 lm, 160 W/14.400 lm e 240 W/21.600 lm, alm de lentes de policarbonato e dissipador de alumnio ex-trudado. Fabricada com IP 67, possui temperatura de cor de 5.300 K e IRC70. Lumicenter Ind. e Com. de Luminrias Ltda., So Jos dos Pinhais, PR.Tel.: 41 2103-2750 | [email protected]: lumicenter.com

    Puncionadeira mltiplaproduz trilhos telescpicos

    Equipada com at 25 estaes de prensagem e 8 es-taes de puncionamento, tem exatido de 0,02 mm e aplica-se na produo de trilhos telescpi-cos com calhas para esferas de rolagem. O Multiple Punch Station, de acionamento hidrulico, proces-sa chapas metlicas at 10 m de comprimento, pro-duz orifcios planos, extrudados, entalhes e recor-tes em um nico processo. Chin Minn Industries Co., Ltd., Changhua, Taiwan.Tel.: 86 047699101 | [email protected]: chinminn.com.tw

  • 18 NEI | Setembro 2014

    Talha eltrica de correntemovimenta at 2.500 kg De tecnologia plug and play e equipada com inversor de fre-quncia, opera com velocidade de elevao proporcional ao pe-so da carga e conta com sistema de monitoramento da embrea-gem deslizante que reduz o im-pacto de choques repentinos. A talha CHAINsterGT, fornecida com gancho superior e projetada para movimentar cargas at 2,5 t, possui dispositivo de proteo trmica e de sobrecarga me-cnica e eletrnica no motor, e vem com comando pendente com boto de parada de emergncia. SWF krantechnik GmbH, Mannheim, Alemanha.Tel.: 49 621 78990-0 | [email protected]: swfkrantechnik.com

    Metalizador trmicoopera por evaporaoDe tipo vertical e com duas portas, o meta-lizador por evapora-o trmica opera por aquecimento a resis-tncia. Pode ser usa-do para o revesti-mento de filmes me-tlicos e filmes imitando ouro em plsticos pr--tratados, cermica e outras aplicaes que exijam a obteno de superfcies brilhantes e de boa apa-rncia. China Guangdong PVD Metallizer Co., Zhaoqing, China.Tel.: 86 758 2806393 | [email protected]: pvd-metallizer.com

    Mandriladora horizontalmanobra componentes at 3 tDesenvolvida para usinagem rotativa, a srie W100A oferece deslocamento vertical de 1.120 mm, longitu-dinal em trs opes: 810, 1.250 ou 1.750 mm e transversal de 1.600 mm, operando com coluna fixa. Dimensiona-da para girar ferramentas at 100 mm, proporcio-na rotao at 1.120 rpm. Traz mesa giratria pa-ra fixao do componente, assegurando superfcie de apoio medindo 1,5 x 1,5 m, projetada para mo-bilidade segundo os dois eixos horizontais. Retos Varnsdorf s.r.o., Varnsdorf, Repblica Checa.Tel.: 420 412 371 351 | [email protected] | site: retos.cz

  • NEI | Setembro 2014 19

    Envasadora asspticadispe de 1, 2 e 3 cabeasCapaz de produzir bolsas de volumes diferentes ao mesmo tempo (2,5 a 5 L), a srie BM processa at 3.600 unidades/h por cabea, utilizando filme de PEAD multicamadas com barreira de EVOH nas espes-suras de 90 a 120 m. Dispe de painel CLP com registro da operao, contador de emba-lagens, acesso local e remoto via Ethernet, atenden-do a norma NR-10. Consome 90 Nm/h a 6 bar de ar comprimido, 5 kW/h por cabea de energia eltri-ca, 1,5 L/h de perxido e 30 kg/h a 4 kg/cm de va-por. MMC Equips. Industriais Ltda., Araraquara, SP.Tel.: 16 [email protected]: mmc-equipamentos.com.br

    PC em tabletadmite sistemas WinCE/Linux/AndroidA srie industrial Wecon A8 se compe de plataformas PC re-gidas por processadores ARM Cortex A8 de 720 MHz, as-sociados a RAM 256 DDR3 e EMMC de 4 Gb, garantindo suporte a 5 portas seriais pa-dro RS-232/RS-485/RS-422, e opes de enredamen-to Ethernet (inclusive sem fio), EtherCat ou CANbus. Oferecida com opo de tela LCD/TFT com diago-nal de 7, 10,2 ou 10,4, proporciona colorao real com 65.536 tonalidades, e brilho at 250 lumens. Fuzhou Fuchang Wecon Technology Co., Ltd., Fujian, China.Tel.: 86 0591 87868869 | [email protected]: we-con.com.cn

    Termoformadora de blsteresproduz at 280 unidades/min

    Indicada para a termoformao de plsticos e a for-mao de alumnios a frio, apresenta partes princi-pais de ao inoxidvel e ligas de alumnio, cmara de trabalho com cobertura transparente e sistema automtico de corte e posicionamento. Compatvel com normas farmacuticas e projetada para traba-lhar com bobinas at 600 mm de dimetro, a DPP-260Ki desenvolve at 70 golpes/min, produz blste-res com dimenses at 245 x 152 mm e profundida-de de 12 mm, encontra-se disponvel com quatro ou cinco estaes e tem consumo de 9 kW. Shanghai Jornen Machinery Co., Ltd., Xangai, China.Tel.: 86 21 57678709 | [email protected]: jornen.com

    Sistema ultrassnicoelimina espuma em bebidas/alimentosDestinado a linhas de envase de produtos carbonatados e no carbonatados, linhas as-spticas e de pouches e ou-tras linhas de produtos ali-mentcios ou no, o siste-ma Cavitus Sonic De-Foa-ming System (SDS) elimi-na espuma de bebidas e ali-mentos. Utiliza tecnologia de alta energia de ultras-som (HPU) e uma combinao de instabilidade al-ta presso, ressonncia da bolha, cavitao, radiao, presso e sopro snico para atrair as bolhas para as ondas sonoras e implodi-las. Cozac Servs. e Com. de Equips. Industriais Ltda., So Paulo, SP.Tel.: 11 5044-4535 [email protected]: mcpack.com.br

    Vdeo em NEI.com.br

  • 20 NEI | Setembro 2014

    Interfaces conectam redes industriais

    Os produtos da srie Anybus CompactCom 40 per-mitem a conectividade Ethernet Powerlink para dis-positivos industriais. A Powerlink uma das primei-ras redes a ser disponibilizadas na nova srie, que pos-sibilita comunicaes rpidas e precisas entre o dis-positivo anfitrio e a Powerlink, frequentemente utili-zada em aplicaes industriais, tais como sistemas de servomotores sincronizados. Apresentam-se em trs formatos: chip, placa e mdulo, todos equipados com a mesma interface de software que o dispositivo anfi-trio. A srie oferece latncia dos dados do processo inferior a 15 s e possibilita at 1.500 bytes de dados do processo em cada direo. Inclui um hub Ether-net integrado no processador de rede Anybus NP40 e suporta os modos Multiplexing e PollResponseChai-ning. Conta com tempo de resposta de 1 s e interva-lo de sincronizao mximo de 1 s. Baumier Auto-mation Ltda., So Bernardo do Campo, SP.Tel.: 11 4332-3280 | [email protected]: baumier.com.br

    Conjunto de lavao para aparas termoplsticas ps-uso

    Permite atender as necessidades de lavagem, se-cagem e moagem de aparas termoplsticas ps--uso, rgidas e flexveis, de polietileno e poli-propileno, facilitando o processo contnuo de aglutinar e extrusar. Compreende o conjunto de secagem MCK 700, em 3 modelos, com pro-duo mdia de 200 a 800 kg/h; o MCK TQL 1000, maquinrio responsvel pela decantao de impurezas e pelo transporte do material en-tre a lavadora e a rosca alimentadora; o MCK LVM 700, responsvel por receber o material ps-moagem e realizar a pr-lavagem (produ-o mdia de 200 a 800 kg/h); e o MCK ML 700, moinho com potncia varivel de 10 a 100 cv e capacidade de 50 a 2.000 kg/h. Mackller Ind. e Com. Ltda., Goinia, GO.Tel.: 62 3597-3637 | [email protected] site: mackller.com.br

  • NEI | Setembro 2014 21

    Impressora jato de tintausa tinta Bulk Diesel 4x mais escuraPara impresso alfa-numrica de dados variveis em caixas de embarque com ca-racteres de 10 at 12,7 mm de altura, a U2 Diesel utiliza o sistema de tinta Bulk Diesel de 420 ml, oferecendo impresso 4x mais escura e capacidade de impresso 4x maior. Incorpora tela LCD de 3,5 colorida e teclado remo-to de bolso para entrada de dados, possibilitando im-presso velocidade de 60 m/min com resoluo de 300 dpi. Armazena at 999 mensagens com carto SD, apresentando interface de usurio amigvel e painel in-teligente para monitorar as condies da impressora e fornecer notificaes em tempo real. Aleusa Brasil Com. e Ind. de Mqs. Ltda., So Paulo, SP.Tel.: 11 5685-2325 | [email protected]: aleusa.com.br

    Motor eltrico trifsicoapresenta potncias de 0,25 a 550 cvCom grau de proteo IP 55, o Marathon, linha TFVE, apresenta 2, 4, 6 e 8 polos e potncias de 0,25 a 550 cv, para funcionamen-to sob tenso trifsica de 380 V. Possui diversas for-mas construtivas, para fixao pela base, flange FF ou C, parede e ps para cima, dispondo de carcaa/tampa de ferro fundido; conjunto ativo, estator e ro-tor construdos com lminas de ao de baixo car-bono ou ao silcio por tecnologia de estampagem. Dispe de conjunto de rotor balanceado dinamica-mente para aplicao sem vibrao e estator bobina-do com fios de cobre classe H (180C) e impregna-dos com resina ou verniz tambm na classe trmica H. Regal Beloit do Brasil Ltda., Caxias do Sul, RS.Tel.: 54 3224-9600 | [email protected]: regalbeloit.com.br

    Compressor de ar de parafusosopera com potncia de 37 a 160 kWA srie R dispe de unidade compressora de um e/ou dois estgios, operando com mo-tor de m permanente hbri-do, de velocidade varivel, ou de induo, de velocidade fi-xa e proteo IP 55. Apresen-ta entrada e sada nica de ar de refrigerao, com gerenciamento fcil da sada de ar quente, ps-resfriador que reduz o desgaste trmi-co, o consumo de energia e os requisitos de secador de ar. Ingersoll-Rand do Brasil Ltda., Barueri, SP.Tel.: 11 2109-8900 [email protected]: ingersollrand.com.br

    Vdeo em NEI.com.br

    Inversores de frequnciaintegram controle PID e filtro RFIAplicveis em bombas, ven-tiladores, transportadoras e mquinas de empacotamen-to, processamento e lavagem industrial, os inversores da s-rie Motus20 dispem de filtro de harmnica acima de 16 A, alm de ampla conectividade em campo, rpida instalao e funcionalidades de controlador programvel. Com potncia de 0,25 a 18,5 kW (0,33 a 25 cv) e tenso de 220 a 440 V ca, possuem IP 20 (MI1 a MI3) e IP 21 (MI4 a MI5), chopper incorporado a partir do MI2 - modelos trifsicos, slot para expanso e IHM num-rica com possibilidade de expanso. Altus Sistemas de Automao S.A., So Leopoldo, RS.Tel.: 51 3589-9500 | comercial[email protected] site: altus.com.br

  • 22 NEI | Maro 2014Modernizar ou modernizar8 de uma srie

    Pequena, mas competente, a Green Process referncia no cadastro das grandes empresasAliando investimento em pesquisa e inovao, compromisso com o meio ambiente, melhoria na gesto de processos, foco na qualidade e marketing de relacionamento, a Green Process, empresa com 20 funcionrios, ao longo de sua histria, conquistou clientes como: Toyota, Honda, Magneti Marelli, Saint-Gobain, Rhodia, Petrobras, Gerdau, Usiminas, Votorantim, Suzano e CSN.

    A cada dez pequenas indstrias nascidas no Brasil, duas (20,1%) morrem antes de completar dois anos de vi-da, indica o estudo Sobrevivncia das empresas no Bra-sil elaborado pelo Servio Brasileiro de Apoio s Micro e Pequenas Empresas Sebrae. O cenrio agravado pelo alto Custo Brasil e pela invaso dos produtos importados. Segundo dados do Sindicato da Micro e Pequena Indstria do Estado de So Paulo Simpi, metade da indstria pau-lista acredita que os impostos nacionais dificultam muito o desempenho da empresa e 79% avaliam que os produtos importados possuem condies favorveis em relao aos fabricados no Brasil ou seja, as indstrias no morrem simplesmente por falta de planejamento, mas tambm por-que so estranguladas pela poltica tributria do Pas.

    Se sobreviver j difcil, conquis-tar o sucesso torna-se tarefa rdua, vencida por um seleto grupo de in-dstrias. Diversos so os caminhos percorridos, mas todas elas tm um roteiro comum coragem para ar-riscar, adoo de novas tecnologias, investimento em planejamento e mo-dernizao, seja de produtos, proces-sos ou cultura empresarial.

    A Green Process, fabricante de produtos para limpeza e processos industriais, em 16 anos de operao tornou-se referncia no fornecimento para grandes empresas. Ho-je, seus 20 funcionrios e 12 representantes atendem 305 clientes, sendo 30 deles companhias de grande porte. A filosofia de sucesso, revelada nesta reportagem, alia inves-timento em pesquisa e inovao com desenvolvimento de produtos personalizados, compromisso com o meio am-biente, melhoria na gesto de processos, foco na qualidade e marketing de relacionamento.

    Filosofia de sucessoA base do sucesso da Green Process comeou com a primeira grande conquista da empresa, em 1999. A Co-fap (atualmente Magneti Marelli), fabricante de peas automotivas, buscava, na poca, um novo fornecedor de produtos para limpeza pesada (graxa, leo, etc.) das mos dos operadores que trabalhavam no cho de f-brica. Era preciso reduzir custos com gua e sabonete. Abriu, ento, a oportunidade para empresas de qual-quer porte apresentarem suas solues. Resultado: au-daciosa, a Cofap trocou sua fornecedora de sabonete uma multinacional por uma empresa brasileira com apenas seis funcionrios, a Green Process. Comea a a histria de sucesso.

    Agilidade, atendimento personalizado e produto exclusivo focado na preserva-o do meio ambiente e na sade do ser humano foram os fatores decisivos que conquistaram a confiana da Cofap.Aps visitar o cho de fbrica e estudar os processos produtivos, a Green Pro-cess identificou cada detalhe da neces-sidade do cliente. Na poca, o principal vilo era o excesso de espuma. um

    mito achar que o sabonete deve fazer muita espuma para limpar bem. Na verdade, quando o sabonete faz menos es-puma, alm de limpar, gasta-se menos gua para enxaguar, conta Marta Lorenzini, diretora e fundadora da empresa.

    Para chegar a um produto eficiente e econmico, a companhia investiu em pesquisa e inovao. Durante um ano, fez mais de 200 testes e diversas composies de ten-sioativos at encontrar o teor de espuma ideal, que agili-zasse a lavagem das mos, economizando gua. Essa foi a principal estratgia do novo produto nomeado de Ge-

    nius. Substncias que hidratam as mos complementa-ram a diferenciao do produto.

    O sabonete foi levado Cofap. Os usurios testaram e aprovaram, mas a economia s seria concretizada caso hou-vesse mudana de hbito. Marta Lorenzini lembra que or-ganizaram treinamentos e palestras hoje um hbito para os funcionrios, abordando a importncia da economia de gua para o meio ambiente e como pequenas atitudes po-deriam contribuir para as futuras geraes. Como o novo sabonete era lquido, no era preciso molhar as mos antes de us-lo. Assim, durante o processo de lavagem, a Cofap eliminou uma abertura de torneira.

    Resultado: a lavagem das mos ficou 30% mais bara-ta. Alm da satisfao, a produtividade dos funcionrios tambm aumentou. Era preciso deixar a linha de produ-o 15 minutos antes para lavar as mos, devido difi-culdade na remoo de graxas e leos, comuns em cho de fbrica. Com o novo produto, cinco minutos j eram suficientes, conta Marta. A parceria conquistada perdura at hoje, 15 anos depois.

    Renegociaes com os fornecedores e marketing de re-lacionamento foram outras iniciativas importantes que con-triburam para convencer a fabricante de peas automotivas.

    As renegociaes com fornecedores de matria-prima geraram significativas redues de gastos, tornando o novo sabonete lquido que contm 14 tipos de substncias ainda mais competitivo. Como nossa estrutura era peque-na, tambm tivemos um percentual de ganho em relao a uma multinacional que tem gastos excessivos e, consequen-temente, produtos encarecidos, avalia.

    O marketing focado no relacionamento possibilitou Green Process sentir o pulso do cliente o tempo inteiro. Visitas e conversas com profissionais dos mais variados setores construram uma relao de confiana, permi

    Hoje, a pequena empresa atende 305 clientes, sendo

    30 deles companhias de grande porte

    Visite o cho de fbricaEstude os processos produtivos para identificar cada detalhe da necessidade de seus clientes. Aproveite e converse com profissionais dos mais variados setores. Esse relacionamento constri uma relao de confiana que permitir sua empresa mergulhar no problema (onde esto as oportunidades de inovao).

    Invista em pesquisa e inovao Direcione esforos para Pesquisa, Desenvolvimento e Inovao - PD&I. um investimento a longo prazo, que exige profissionais qualificados, planejamento e pacincia. O resultado ser gratificante. Sua empresa conquistar, entre outros benefcios, maior competitividade e novas formas de atender necessidades dos consumidores.

  • Reportagem produzida pela Central de Gerao de Contedo de NEI Solues.

    Veja este e outros artigos no NEI.com.br

    Promova treinamentos e palestrasPara que a qualidade de seu produto seja 100% compreendida, organize treinamentos e palestras para os funcionrios de seus clientes. importante que todos entendam as especificidades de seu produto e/ou servio. Fortalea as informaes, deixando folhetos ou instalando placas e cartazes explicativos.

    Renegocie com fornecedoresCompre mais para diminuir o preo unitrio, faa permutas, negocie, mude de fornecedor, mantendo ou melhorando a qualidade. Qualquer diminuio de custo tornar seu produto mais competitivo e/ou sua empresa mais lucrativa.

    Divulgue seus produtosAproveite a fora da comunicao. Divulgue casos de sucesso em seus canais publicitrios: catlogos, mala-direta, website, e-mail marketing e redes sociais. Solues para problemas incomuns atraem novos clientes. Alm disso, faa marketing de relacionamento, enviando, por exemplo, um brinde de aniversrio para seu cliente.

    Busque certificaes de qualidadeOrganize-se, seja contratando consultoria ou especialista, para conquistar boletins de segurana, laudos tcnicos e certificaes renomadas relacionadas ao seu negcio, como ISO 9001 (gesto da qualidade), ISO 14001 (regulamentaes ambientais) e OHSAS 18001 (segurana e sade ocupacional). Grandes empresas exigem de seus fornecedores tais certificaes.

    Invista em novas tecnologiasModernize-se com mquinas e equipamentos de ltima gerao, seja com recursos prprios ou financiamento. Novas tecnologias automatizam processos e permitem que voc produza com mais qualidade e produtividade, gastando menos tempo e matria-prima.

    Comprove os benefciosde seus produtosFaa estatsticas de rendimento, produtividade, durabilidade, entre outras. Convena seu cliente, mostrando matematicamente por que ele deve comprar seu produto. Outra dica fazer comparativos entre seus produtos e os da concorrncia.

    tindo pequena empresa mergulhar no problema (onde esto as oportunidades de inovao). Alm disso, em uma companhia de pequeno porte, os idealizadores tm mais tempo e se relacionam diretamente com os clientes, o que traz maior credibilidade e cuidado ao tra-balho a ser desenvolvido.

    Foco na qualidadeA primeira grande parceria abriu portas. A Green Process usou o nome da atual Magneti Marelli nos seus materiais de comunicao. Outras grandes empresas foram conquista-das. Com elas vieram exigncias por qualidade comprova-da, de produto e processos.

    Sem medo de arriscar, a Green Process investiu na orga-nizao de processos e em novas tecnologias para conquis-tar toda a documentao exigida pelos rgos controlado-res (Anvisa, por exemplo) e elaborar boletins de segurana e laudos tcnicos. Apoiada pela consultoria Qualiamb Ges-to Empresarial, atravs da empresa certificadora Germa-nischer Lloyd, tambm conquistou a ISO 9001 (gesto da qualidade) e a ISO 14001 (regulamentaes ambientais).

    Os investimentos foram altos, mas determinantes para o sucesso da empresa. As certificaes organizaram e mo-dernizaram exponencialmente nossa gesto, otimizando processos. Sem contar que alguns de nossos clientes, como Toyota e Usiminas, exigem tais certificaes, diz Marta. Alm disso, o investimento na aquisio de equipamentos, como misturadores, testes de jarro, medidores de pH e em-pilhadeira, contribuiu para melhor gesto da qualidade.

    Desenvolver produtos sustentveis exige materiais espe-ciais e, geralmente, mais caros. Aliar esse conceito com qua-lidade acima da mdia gera produtos encarecidos em relao aos modelos standard oferecidos pelo mercado. Temos a um grande desafio: mostrar ao cliente a relao custo-benefcio

    do produto. Na Green Process, persuadir os clientes uma tarefa matemtica. Tudo comprovado com estatsticas de rendimento, produtividade e economia de gua.

    MKT de relacionamentoPara a empresa localizada em Mau (ABC Paulista), o mar-keting focado no relacionamento a ferramenta adotada para manter a preferncia de 90% de seus clientes e con-quistar novos. Seu objetivo fidelizar parceiros que consi-deram a qualidade do produto fator decisivo para a compra.

    Cerca de 50% do relacionamento da marca com o mer-cado industrial feito por 12 representantes comerciais que cobrem todo o Brasil. Para afinar o atendimento, workshops so organizados periodicamente. A ideia manter os repre-sentantes sempre prximos ao cliente, no simplesmente en-viando e-mail ou telefonando, mas pessoalmente, na fbrica.

    Eventos exclusivos para clientes ativos e potenciais tambm so organizados semestralmente. So palestras de profissionais e professores gabaritados, com temas relacio-nados ao DNA da Green Process, como a importncia da gua e o bem-estar do ser humano. Para dar neutralidade ao evento e maior importncia ao assunto, o palestrante no cita os produtos da empresa.

    Todo esse esforo possibilita Green Process estar com o dedo no pulso do mercado industrial, sentindo e ouvindo a necessidade de cada cliente. O marketing de re-lacionamento no s mantm parceiros leais, como tam-bm gera novas oportunidades. Alguns de nossos clientes vieram por meio de indicaes, s vezes at dispensando concorrncia, revela Marta.

    O reconhecimentoO resultado dessa filosofia de trabalho explicado por n-meros e prmios. Atualmente, graas gesto de qualidade,

    a Green Process, com apenas 20 funcionrios e 12 represen-tantes, atende 305 clientes, sendo 30 deles empresas de gran-de porte, como: Honda, Gerdau, Goodyear, Saint-Gobain e Rhodia, s para citar alguns exemplos. De pequena empresa, fiscalmente, passou a ser considerada de mdio porte.

    Nos ltimos dois anos, contrariando a mdia industrial, aumentou suas vendas em 7%. Referncia de pequena/m-dia empresa que fornece para multinacionais, a Green Pro-cess recentemente conquistou o X Prmio Atlas Schindler da Qualidade de Fornecimento. Entre 4.500 fornecedores nacionais e multinacionais, a empresa de Mau ficou entre as 16 eleitas, conquistando o prmio na categoria Regional. Foi a nica empresa 100% brasileira.

    Para o futuro, vai manter a filosofia de trabalho e reafir-mar ainda mais a essncia da empresa: desenvolver produtos que atendam especificamente o cliente e que beneficiem o meio ambiente e o ser humano. Uma empresa pequena no pode desenvolver produtos de acordo com a moda da in-dstria. preciso acreditar na sua especialidade e manter o foco. Caso contrrio, perde-se mercado e identidade empre-sarial, conta a fundadora, avisando ainda que essa essncia deve se refletir tambm internamente, nos processos e nas atitudes dos funcionrios. O mercado percebe isso.

    Vale enfatizar que todas as decises devem ser tomadas aps ouvir o mercado, independente do segmento. Do con-trrio, nos tornamos estatstica negativa do Sebrae, conclui Marta Lorenzini, que, orientada por essa filosofia, hoje ad-ministra uma companhia consolidada no mercado, com rea fabril cinco vezes maior desde sua primeira grande conquista.

  • 24 NEI | Setembro 2014

    Pulverizadora de tintapossui vazo de 8 L/minCom motor de 3,0 kW, 220 V/380 V e 50 Hz, a EB-DF435 opera com presso mxima de 25 MPa, proporcionando vazo at 8 L/min. Con-cebida para trabalhar com laca, primer, esmal-te, verniz e uretano, uti-lizada na pintura de pe-quenos, mdios e grandes edifcios, superfcies de ao, pintura anticorrosiva interna e pintura em ge-ral. Huaian Everbest Machinery & Electric Pro-ducts Development Co., Ltd., Huaian, China.Tel.: 86 517 83937912 | [email protected]: timetools.com.cn

    Cilindro eletromecnicoatinge curso de 1.700 mmRequerendo pouco es-pao para integrao na mquina, o EMC-HD atinge curso de 1.700 mm, velocidade de 1 m/s e ca-pacidade de carga de 30 t/cilindro, podendo ope-rar sob temperaturas de -30 at 60C. Com clas-se de proteo IP 65, funciona com fusos de esfe-ras ou fusos planetrios de roletes, juntamente com servomotores e variedade de combinaes de aces-srios. Bosch Rexroth Ltda., Atibaia, SP.Tel.: 11 4414-5600 [email protected]: boschrexroth.com.br

    Painel fotovoltaicotransfere at 190 WCertificado junto ao Inme-tro, o AVP48 assegura eficin-cia de 14,4% (com margem de flutuao de 2%), recebendo classificao A na escala EN-CE. Utiliza 48 clulas policris-talinas, operantes a 46C, que geram sob carga tenso de 24,8 V, chegando a assegurar potncia de 190 W, proporcio-nando eficincia mesmo em condies de pouca lu-minosidade. AVP-Luxolar Tecnologias em Energia Solar Fotovoltaica Ltda., Rio de Janeiro, RJ.Tel.: 21 3559-0718 | [email protected]: avp-luxolar.com.br

  • 26 NEI | Setembro 2014

    Botes de comandopossuem verses monoblocoParte da linha de comando e sina-lizao, os botes, produzidos de ma-terial termoplsti-co e de simples montagem, possuem grau de pro-teo IP 65, sendo indicados para aplicaes indus-triais. Com 22 mm de dimetro, esto disponveis botes nas tenses de 24 V ca/cc e 220 V ca/cc, si-naleiros nas tenses de 24 V ca/cc e 220 V ca, boto de comando duplo sem sinalizao com 1 NA+NF e sinaleiro sonoro monobloco com LED de 80 dB nas tenses de 24/110/220 ca/cc. Tambm fazem parte da linha chave comutadora de 22 mm, 2 e 3 POS., com reteno, boto de emergncia e blocos de con-tato NA e NF avulsos para todos os tipos de botes. Tron Controles Eltricos Ltda., Recife, PE.Tel.: 81 2121-9600 | [email protected]: altronic.ind.com.br

    Scanner a Laser 3Dvarre objetos e ambientes complexosCom dimenses de 24,13 x 20,32 x 10,16 cm e peso de 5 kg, o Fo-cus 3D permite que o usurio efetue varredura de objetos e ambientes complexos, operan-do com velocidade de medio de 122.000, 244.000, 488.000 e 976.000 pontos/s. Possui tela in-tuitiva sensvel ao toque, utilizando tecnologia a La-ser com potncia de 20 mW e comprimento de on-da de 905 nm para produzir imagens tridimensio-nais detalhadas e desenhos geomtricos em larga es-cala. Faro Technologies do Brasil Ltda., Cotia, SP.Tel.: 11 3500-4600 | [email protected]: faro.com

    Gravadora CNCtrabalha com materiais at 62 HRCPneumtica, a gravadora a Laser BSMarker identifi ca peas, plaquetas e plsticos atravs de puncionamento com tecnologia CNC. Em rea de trabalho at 150 x 100 mm, efetua marcaes em materiais at 62 HRC profundidade de 0,1 a 2 mm, com alta preciso e ve-locidade. Alm de suportar arquivos do Corel Draw e AutoCAD, tambm suporta ponto e linha. Aten-dendo a norma CE, possui coluna de alumnio, vl-vula de alta frequncia 3/4 caracteres/s e quarto ei-xo para peas circulares. Burtin Mqs. e Equips. Ltda., So Paulo, SP.Tel.: 11 4305-0512 | [email protected]: burtin.com.br

    Isolador de vibraointeiramente metlicoA linha Vibtech AVM--M (Anti Vibration Mount) consiste de al-mofadas metlicas com-pactas, base de fi os de ao inoxidvel, capazes de absorver cargas de 13.700 a 41.200 kgf/ponto, com frequncia natural de 15 Hz. As almofadas so resis-tentes ao ambiente naval e off shore em temperatura de -90 a 250C e inertes quanto exposio gua do mar e outros contaminantes, como leo, petrleo, solvente, etc. Apresenta caracterstica de rigidez no linear, per-mitindo que a relao carga/rigidez se mantenha prati-camente constante em uma larga faixa de carga e aceite sobrecargas eventuais at quatro vezes a carga nominal, sem se deteriorar nem alterar suas caractersticas me-cnicas. Vibtech Industrial Ltda., Aruj, SP.Tel.: 11 4652-7444 | [email protected]: vibtech.com.br

  • 28 NEI | Setembro 2014

    Sinalizador acsticogera 106 dBAAcomodada em cpsula cilndrica medindo 26 x 22 mm, a srie TRIP-80P montada fixa em cir-cuito impresso via pinos passantes, tolerando am-bientes de trabalho agres-sivos. Produz sinal acstico de 2,7 kHz (500 Hz), ge-rando a potncia prometida a 10 cm de distncia. Ali-mentada com tenso contnua entre 8 e 16 V, a s-rie tem consumo de corrente limitado a 25 mA. Transducers USA, Elk Grove Village, IL, EUA.Tel.: 1 847 9561920 | [email protected]: tusainc.com

    Mdulo de E/Sscomunica-se via rede TCP/IPIndicado para acionamento remoto, o MA-5000 dispa-ra tarefas correlatas com ro-tinas, como partida de mo-tores, comando de esteiras, acionamento de portes, movimentao de janelas e energizao de sistemas de iluminao, entre ou-tros. Todas as aplicaes possuem documentao, que acompanha o produto na entrega. Interface-vel via internet, possibilita acesso via microcom-putador ou mesmo atravs de telefone celular, ad-mitindo configurao completa atravs de softwa-re de navegao. Comm5 Tecnologia Ind. e Com. de Prods. Eletroeletrnicos Ltda., So Paulo, SP.Tel.: 11 2309-7335 | [email protected]: comm5.com.br

    Cmera de vdeotraz alternativas de 3, 6 ou 9 MpxProjetada visando aquisio ptica em ambiente industrial, a srie Giganetix Plus traz tec-nologia baseada em sensores CCD, aliada ao ambiente de anlise GigE Vision, que inclui arquivos auxiliares compatveis com ambientes Windows ou Linux. Dotada de notvel sensibilidade luz, aliada a contraste de imagem otimizado, assegura aquisio de quadros em reduzidos tempos de exposio, indicados para registro, por exemplo, de automatismos de alta ve-locidade. Adequada para monitorao de reas exter-nas e divisas, traz sensibilidade e resoluo na regio de infravermelho. Smartek d.o.o., Cakovec, Crocia.Tel.: 385 40 493800 | [email protected]: smartekvision.com

  • NEI | Setembro 2014 29

    Extruder para concretoproduz at 120 m/hAplica-se na produo de elementos pr-fabricados protendidos, com concreta-gem, vibrao e acabamen-to superficial em pistas pla-nas de concreto revestidas de ao ou pistas metlicas, atingindo produtividade de 120 m/h. Com potncia instalada de 85 cv, a WCH--EX203 possui velocidade de produo de 1 a 1,80 m/min, conforme altura do perfil a ser produzido. Utili-za concreto seco (slump zero), resultando em pr-fa-bricados com resistncia de 70 a 75 mPa (8.500 a 9.300 psi). Weiler - C. Holzberger Indl. Ltda., Rio Claro, SP.Tel.: 19 3522-5903 | [email protected]: weiler.com.br

    Vaporizador e ativadortrabalha 260 pares/hCom potncia instalada de 1,45 kW e alimentao trifsica de 220/380 V, o FDA-T2, usado tan-to para calados masculinos co-mo femininos, produz 260 pares/h, operando com ar presso de 6,5 bar e consumo de 1,5 L/par. Tem fluxo de gua controlado por temporizador independente, libe-rando o vapor no cabedal em con-junto com ar pressurizado, o que torna essa mistura invisvel na su-perfcie do sapato quando o cabe-dal retirado da mquina. Gera o vapor diretamente nos moldes, no tendo caldeira separada. BRSM Ind. e Com. de Mqs. Ltda., Novo Hamburgo, RS.Tel.: 51 3594-2240 | [email protected]: brsm.com.br

    Fresas de metal duronos dimetros de 0,3 a 20 mmPara atender os mais di-versos tipos de aplicao, esto disponveis fresas de topo reto, fresas de to-po esfrico e fresas de topo reto com raio, em dime-tros que variam de 0,3 a 20 mm. So adequadas para usinagem de vrios mate-riais, como ao-carbono, aos liga, aos ferramenta, aos endurecidos e no ferrosos, como cobre e alu-mnio. Wolf Brasil Imp. e Exp. Ltda., So Paulo, SP.Tel.: 11 4082-0300 | [email protected]: wolfbrasil.com.br

  • 30 NEI | Setembro 2014

    Calandra multifunopermite reso do papel transferDesenvolvida para o mercado da sublimao digi-tal e ideal para peas j cortadas, a calandra dupla, nas verses CMD 1200 e CMD 1800, opera com temperatura uniforme em toda a superfcie do ci-lindro, mantida por leo trmico, reduzindo o consumo de energia. Conta com no--break para o caso de queda de energia, falta de fase e estabilizao na rede eltrica, propiciando a movimentao continuada da mquina sem aquecimento para evi-tar danos. Com opes de velocidade de 1 a 3 m/min, oferece sistema duplo de pro-teo do feltro, sem a necessidade do uso de papel kraft, alm de permitir reso do papel transfer. Metalnox Ind. Metalrgica Ltda., Jaragu do Sul, SC.Tel.: 47 2107-4959 | [email protected] | site: metalnoxmaquinas.com.br

    Cortadora a Laser ajusta distncia focal Possui cabeote especfico para fibra ptica e sistema automtico de ajuste da distncia focal que melhora a qua-lidade de corte, prevenindo a criao de rebarbas no corte do material no plano. Com potncia de 1.000 e 2.000 W, a Euro 1000 e 2000 apresenta rea de corte de 3.000 x 1.500 mm e capacidade de carregamento de 1.600 kg, podendo seccionar chapas de alumnio com espessura de 4 e 6 mm, de lato de 2 e 3 mm, ao inoxi-dvel de 4 e 8 mm e de ao de 8 e 12 mm. Possibilita o uso de diferentes tipos de gases, ar comprimido, oxignio e nitrognio. Eurostec Mqs. e Assessoria p/Imp. Ltda., Caxias do Sul, RS.Tel.: 54 3021-2948 | [email protected] | site: eurostec.com.br

  • NEI | Setembro 2014 31

    Dosador automtico de colunatem preciso de 1%Envasa produtos lquidos, viscosos ou muito viscosos. O DAC-50/1, dotado de mdulo eletrnico de dosagem que efetua o controle atravs do peso lquido do produto, tem capacidade de dosagem, configurvel de fbrica, de 100 ml a 50 L, com preciso de 1%, sendo a produo nominal de 300 a 600 embalagens por hora/bico dosador. Wastecmak Mqs. Automticas Ltda., So Paulo, SP.Tel.: 11 [email protected]: wastecmaquinas.com.br

    Envasadora linear automticaenche at 600 embalagens de 20 L/hA CBI 20K uma linha de envase automtica de alta preciso para em-balagens de 5, 10 e 20 L, com princpio de opera-o via bombeamento em verses de 2 a 10 bi-cos, atendendo demandas de mdias e altas produ-es. Sua capacidade atinge 600 unidades de 20 L/h. Equipada com dispensadores, pode integrar alimen-tadores de tampas e sistema de fechamento automa-tizado, tanto para baldes como bombonas. Innovar Automatizao Imp. e Exp. Ltda., Uberaba, MG.Tel.: 34 3311-0333 | [email protected]: innovar.com.br

    Interface celulardisponibiliza 30 canais GSMFunciona como uma operadora, fornecendo sinalizao para a placa E1 do PABX, comple-tando todas as chama-das de entrada ou sada para telefones celulares. Com fonte de alimentao interna de 110/220 V e co-nexo Ethernet 10/100 Mbits, o MC-E1 disponi-biliza 30 canais GSM, com 2 Sim Cards por canal GSM, podendo receber chips de vrias operado-ras e realizar consultas base de dados da porta-bilidade. Possui funo callback que permite ar-mazenar at 1.000 nmeros de telefone em sua agenda interna, callback de busca automtica, re-torno de ligao inteligente, fidelizao da ope-radora e nas chamadas DDD. Advance Tecnolo-gia Ltda., Taquara, RS.Tel.: 51 3541-0700 | [email protected]: pinaculo.com.br

    Amassadeira pressurizadapara laboratrioCom cmara de mistura de 3 ou 5 L, concebida pa-ra operar com amostra de pequenos lotes de mate-riais como borracha, plsti-co, EVA, TPR e cromopls-tico. equipada com mo-tor principal de 7,5/11 kW, proporcionando expressiva economia de matria-pri-ma. Tem dimenses de ins-talao de 1.250 x 906 x 1.720 mm. Baihong Ma-chinery (Shangai) Co., Ltda., Xangai, China.Tel.: 86 21 59748330 | [email protected]: baihongsh.com

    Gerenciador de condensadoem ar comprimidoFinalizado o turno dirio, o Air-Saver isola o reser-vatrio de ar comprimi-do do restante do sistema, evitando a perda do ar ar-mazenado atravs de vaza-mentos na tubulao. Pode ser instalado na sada do reservatrio do ar comprimido ou em qualquer parte do sistema que se queira isolar durante os pe-rodos de parada. Permite programao de at 16 ciclos/dia - 7 dias/semana, podendo se abrir ime-diatamente antes do incio do turno de trabalho e fechar-se logo aps o trmino. SGS Partners Com. de Componentes p/Autom. Ltda., So Paulo, SP.Tel.: 11 3832-1671 | [email protected]: sgspartners.com.br

    Gabinete blindadoprotege CPU em ambiente agressivoDesenvolvido para acomodar moni-tor, teclado, CPU e impressora, este bastidor protege contra gua, sujeira, detritos, poeira aeropropelida, condi-es ambientais adversas, at mesmo impactos fsicos. A concepo seguiu diretrizes de versatilidade, buscan-do acomodar configuraes variadas. Construdo com chapa de ferro pin-tada com tinta eletrosttica, possibi-lita climatizao e conexo com sis-temas de aquecimento ou condicionamento de ar. Armagard Ltd., Birmingham, Reino Unido.Tel.: 44 121 608 7226 | [email protected]: armagard.co.uk

  • 32 NEI | Setembro 2014

    tualmente, o cenrio da manuteno no mundo ca-racterizado por intensas mudanas e inovaes tecno-lgicas, entre elas o emprego da nanotecnologia. De

    acordo com Eduardo Linzmayer, engenheiro de produo e professor do Instituto Mau de Tecnologia, nanopartculas proporcionam maior eficincia aos lubrificantes das mqui-nas industriais, pois os xidos, em pequenos fragmentos, no se apresentam como aditivos qumicos. Esses aditivos dificultam a penetrao do material na estrutura metlica. Alm disso, fabricantes j esto desenvolvendo nanopartcu-las de xidos para potencializar lubrificantes base de leo vegetal, alm de nanograxas e nanoprotetores superficiais, visando aprimorar mquinas. A vantagem da nanotecnolo-gia a acelerao da lubrificao e a desvantagem, o elevado custo. Embora ainda inicial, a nanotecnologia nesse setor j uma realidade no mundo e no Brasil.

    Os pases que mais investem no desenvolvimento tecnolgico, com pesquisas voltadas a esse mercado, so Alemanha, Estados Unidos, Japo, Coreia do Sul e China, informou o engenheiro de produo. O Brasil no est entre os mais inovadores, sendo sua atuao por meio das multinacionais sediadas no Pas, que in-centivam a criao de novos produtos e processos com tecnologia local, porm com diretrizes e conhecimento dos pases-sedes, relatou.

    Segundo Jorge Nei Brito, ps-doutor em engenharia me-cnica e docente da Universidade Federal de So Joo Del--Rei UFSJ, falta no Brasil mais investimento em cincia, tecnologia e inovao. Nosso dficit tecnolgico tem sido, nos ltimos anos, em torno de US$ 100 bilhes, significan-do que, apesar de praticarmos manuteno classe mundial, dependemos fortemente da aquisio dos equipamentos que nos permitem realizar as inspees por meio de tcni-cas preditivas, disse. A manuteno no Brasil considera-da uma das melhores do mundo, porm, muitas empresas praticam a corretiva no planejada, o que as tornam menos competitivas no cenrio nacional e internacional.

    Outro tema de destaque na rea a manuteno di-gital ou manuteno baseada em confiabilidade, que en-volve a utilizao de modelagem matemtica, simulaes e engenharia de confiabilidade nos projetos de fbricas e equipamentos. Dessa forma, a manuteno definida antecipadamente.

    Linzmayer explicou que, na prtica, utilizam-se dados histricos dos trs ltimos anos, no mnimo, de quebras e falhas de produtos para representar o comportamen-to desses problemas em um modelo matemtico e uma curva estatstica. Com isso, possvel antecipar os impas-ses, que poderiam levar anos para aparecer. As empresas utilizam as informaes geradas para projetar fbricas e produtos mais confiveis.

    Quarta geraoDe acordo com Brito, a maioria dos autores concorda que so trs geraes da manuteno: corretiva (anterior a

    1940), preventiva (de 1940 a 1970) e preditiva (a partir de 1970). Se tiver a quarta baseados em nossas pesquisas no Grupo de Estudos e Pesquisas do Laboratrio de Sis-temas Dinmicos, o Gep_Lasid, da UFSJ , acreditamos que ter forte presena das diferentes tcnicas de inte-ligncia artificial, como redes neurais artificiais, sistemas especialistas, lgica Fuzzy e sistemas hbridos, comentou o engenheiro mecnico.

    A manuteno no BrasilAlm da importncia de conhecer as mais recentes tecnologias, fundamental ter cincia da condio da manuteno no Pas. Uma das fontes disponveis a pesquisa Situao da Manuteno no Brasil Docu-mento Nacional, elaborada a cada dois anos pela Asso-ciao Brasileira de Manuteno e Gesto de Ativos Abraman com empresas de diversos setores. A ltima foi elaborada em 2013.

    De acordo com o estudo, no ano passado 36% dos re-cursos foram destinados manuteno preventiva; 31% corretiva; 19% preditiva; e 14% a outras. Desde 1995 as porcentagens sofreram poucas variaes, sendo a preven-tiva a mais usual no Brasil. Dos principais tipos de mo-nitoramento de mquinas/equipamentos utilizados pelas empresas analisadas, aproximadamente 39% usaram co-letores de dados e programas especficos (46% em 2011); 30%, monitoramento automtico (21% em 2011); 23%, manual (28% em 2011); e 8% no fizeram monitoramen-to (5% em 2011).

    No ano passado, por volta de 13% das companhias tra-balharam com equipamentos/instalaes com at cinco anos de uso; 25%, entre seis e dez anos; 30%, 11 e 20 anos; 30%, 21 e 40 anos; e 2% com mais de 40 anos, sendo a idade mdia de 17 anos, contra 16 anos em 2011. Em relao aos instrumentos/ferramentas utilizados na manuteno, cerca de 52% das empresas utilizaram produtos com at cinco anos de uso; 40%, entre seis e dez anos; 6%, 11 e 20 anos; 2%, 21 e 40 anos; e nenhuma trabalhou com itens com mais de 40 anos, resultando mdia de idade de seis anos em 2013 e quatro anos em 2011.

    Qualidade da mo de obraDe acordo com a pesquisa da Abraman, a atividade de manuteno nas companhias consultadas empregou 39.316 funcionrios prprios em 2013, que correspon-deram mdia de 25% do total de colaboradores por empresa. Desses, quase 40% esto relacionados mo de obra qualificada; 7%, mo de obra no qualificada; 15% so tcnicos de nvel mdio; 7% tm curso superior completo; e 31% no foram classificados.

    Pouco mais de 63% confirmaram que tm inteno de qualificar a mo de obra, e 84% informaram que anual-mente programam treinamento para pessoal dedicado manuteno, porcentagem que teve pequena queda em relao aos dados de 2011.

    AMais de 60 novidades que contribuem para a manuteno de classe mundial

    Segundo Gilberto Francisco Martha de Souza, doutor em engenharia mecnica e professor da Universidade de So Paulo USP, a manuteno es-t sendo cada vez mais uma atividade estratgica das empresas, que auxilia na gesto dos ativos e colabora para que as companhias atinjam excelncia operacio-nal, como sugere a norma ISO 55000, lanada em 2014. Dessa forma, prev-se valorizao dos profissionais da rea, destacou.

    Esse comentrio foi reforado pela opinio de Sergio Luiz Ribas Pessa, doutor em engenharia de produo, mestre em engenharia e cincias dos materiais, engenhei-ro mecnico e professor da Universidade Tecnolgica Fe-deral do Paran UTFPR: As indstrias vm qualifican-do seus quadros e automatizando processos, agregando novas potencialidades ao sistema produtivo e gerando de-senvolvimentos em todos os nveis de criao, fabricao e manuteno de processos e produtos.

    Manuteno

    Cmera detectora de vazamento localiza perdas de ar comprimidoUltrassnico, o LKS 1000 identifica, localiza, mede e fotografa vazamentos de ar comprimido de 0,1 mm a 3 bar de presso distncia de 20 m, gerando relatrios. Possui display em LCD e faixa indicativa na tela variando do amarelo ao vermelho, permitin-do medir a intensidade e gravidade do vazamento. Apresenta ganho ajustvel de 50 a 110 dB para rudo ambiente; frequncia ajustvel de 34 a 46 kHz e tem-peratura de trabalho de -10 a +50C. Funciona com bateria recarregvel de ltio-on para 6 h de opera-o. Vem em maleta de alumnio com headphones, carregador de bateria, ca-bo USB e software. Central Brasileira de Automao Ltda. - CBA Automao, So Bernardo do Campo, SP.Tel.: 11 4332-9544 | [email protected] | site: cba-automacao.com.br

    Lembrana de 1974Reveja a notcia do detector de defeitos, da Appara-tebau C. Richter, da Alemanha, publicada na pgina 14 da edio de julho de 1974 da Revista NEI. Na sequncia, conhea mais de 60 novos produtos para melhorar seus processos de manuteno pesquisados no Brasil e no exterior por NEI Solues.

    Alinhador de eixos a Laser usa tecnologia CCD digitalDispe de display touchscreen colorido de 5 com proteo IP 65, balanceado para ser segurado por apenas uma mo enquanto a outra fica disponvel para tocar os cones da tela ou rotacionar o eixo. O Fixturlaser EVO possui sensores de 30 mm com tecnologia CCD, capaz de filtrar a luz ambiente e refinar os dados de

    medio, possibilitando operaes em locais abertos e com fontes externas de vibrao. Os sensores comunicam-se via Bluetooth, so compactos, com 33 mm de espessura, o que facilita o encaixe mesmo em espaos apertados, executando medies de eixos at 10 m com resoluo de 1 m e preciso de 0,3% 7 m. Vrtex Equips. Ltda., Belo Horizonte, MG.Tel.: 31 3427-7700 | [email protected]: vortex.com.br

    Vdeo em NEI.com.br

  • NEI | Setembro 2014 33

    Manuteno

    Solvente para hot meltpurga tanques e mangueirasO agente lquido de purga Green HMP foi desenvol-vido para limpeza de tan-ques e mangueiras de adesi-vo hot melt, atendendo os pa-dres da indstria alimen-tcia e as normas ISO 9001 e ISO 14001. Apresenta bai-xa viscosidade e temperatu-ra de utilizao entre 140C e 170C, sendo no inflamvel e adequado para manuten-es em campo. Seu uso remove partculas de adesi-vo carbonizado, prevenindo o travamento de bombas e o entupimento de mangueiras e bicos. Gard Che-micals Industry, Heckmondwike, Reino Unido.Tel.: 44 1924 403550 | [email protected]: gardchemicals.com

    Lubrificante industrialcom nanopartculas de PTFEO Tufoil Industrial uma for-mulao complexa de mistu-ra de leos sintticos e mine-rais, nanopartculas de PTFE eletrostaticamente carrega-das e compostos de molibd-nio solveis e dispersos atra-vs de um Carrier. Em fun-o da tecnologia de disper-so patenteada, a suspenso de PTFE funciona profun-damente nas reas de conta-to mais limitadas. Apresen-ta coeficiente de atrito entre superfcies de ao de 0,029, propiciando reduzidos cus-tos operacionais. Alm disso, possui alta estabilida-de e resistncia degradao trmica, no manchan-do os componentes metlicos e oferecendo alta pro-teo contra corroso. Aplica-se em mquinas e equi-pamentos industriais, compressores, caixas de redu-o, transmisses, bombas, guindastes e empilhadei-ras, sistemas hidrulicos que no usam fluidos ba-se de glicis, bem como operaes de estampagem e conformao profunda, pois protege contra risca-mento. Tufoil Brasil Ltda., Porto Alegre, RS.Tel.: 51 3019-4584 | [email protected]: tufoilbrasil.com.br

  • 34 NEI | Setembro 2014

    Manuteno

    Testadora de mancaistrabalha com at 150 mmDisponvel nos mode-los BCM-6050, para dimetros de furo de 7 a 50 mm, e BCM-6150, para dimetros de furo de 40 a 150 mm, utiliza o mtodo de medio de vibraes, nas fre-quncias de 25 a 10.000 Hz. Para a checagem de mancais de rolamento, novos ou usados, antes de sua montagem, faz o registro e a anlise em 15 a 60 s, operando com PC base de Pentium IV ou superior. Com dimenses de 1.015 x 950 x 1.473 mm e peso de 600 kg, utiliza estaes de teste concebidas em base dos padres e mto-dos de medio conforme a ISO 15242. Baltech GmbH, Lbeck, Alemanha.Tel.: 49 451 370 87 700 | [email protected]: baltech.biz

    Macho para roscasproduz cavacos curtos

    indicado para a usinagem de roscas em furos ce-gos em materiais de cavacos longos, prevenindo a m formao de cavacos, que ocasiona a parada da mquina para sua retirada. Para isso, o Paradur Short Chip HT (high tensile) possui uma srie de ca-ractersticas, como hlice de 9 graus reduzida com sada retificada no chanfro, arestas de corte com n-gulo de sada ajustado e refrigerao interna axial, auxiliando a sada segura dos cavacos pelos canais helicoidais. Permite profundidade acima de 3,5xD, sendo adequado para usinagem de aos de cavacos longos com resistncia trao de 850 a 1.250 N/mm. Tambm pode ser usado em materiais de me-nor resistncia trao (~500 N/mm) e, como apli-cao secundria, em ligas de alumnio ou ferro fun-dido. Walter do Brasil Ltda., Sorocaba, SP.Tel.: 15 3224-5700 | [email protected]: walter-br.com.br

  • NEI | Setembro 2014 35

    Inversor para solda MIG/SticKfornece corrente at 500 A Equipado com fonte de alimentao trifsica de 380 V e fabrica-do com tecnologia IGBT, apresenta inversor de alta frequncia, modo PWM de controle de corrente de pico em loop fechado e mecanismo alimentador de fio incorporado no gabinete. O mo-delo MIG-500C1 tambm trabalha com hastes de 1,0, 1,2 e 1,6 mm de dimetro, fornece corrente de 50 a 500 A e opera com po-tncia de entrada de 25 kVA. fornecido com tocha, redutor de presso de gs, cabos de soldagem e aterramento e cabo de con-trole. Kaierda Group Co., Ltd., Hangzhou, China.Tel.: 86 57186927333 | [email protected] | site: kaierda.com.cn

    Adesivo monocomponentecura com comprimento de onda de 405 nmDe componente nico e operante na faixa de -50 a 121C, o LED403Med curvel com LED, por expo-sio a fontes de luz de comprimento de onda de 405 nm, sem inibies quanto ao oxignio. Uma vez curado, apresenta estabilidade dimen-sional, resistncia a produtos qumicos e aderncia a vidro, policarbonatos, acrlicos, metais e outros plsticos, satisfazendo as especificaes USP Classe VI para biocompa-tibilidade. Opticamente transparente, pode ser usado como adesivo, vedante, revesti-mento e encapsulante. Master Bond Inc., Hackensack, NJ, EUA.Tel.: 1 201 343-8983 | [email protected] | site: masterbond.com

    Tocha MIG refrigeradatem suporte giratrio esfricoPossui corpo compacto, ergonmico, leve e resistente, do-tado de isolamento trmico e eltrico, e aloja suporte gira-trio esfrico que possibilita mais movimento. A SU 601 Precision est disposio com diversos modelos de bo-cais e pode ser utilizada em soldas pesadas, sob altas correntes, usando arames sli-dos, tubulares, de alumnio e ao inoxidvel com dimetros de 0,8 a 1,6 mm. Reali-za ciclos de trabalho operando com 550 A/60% (CO2) e 500 A/60% (argnio e mis-turas). Sumig - Solues para Solda e Corte Ltda., Caxias do Sul, RS.Tel.: 54 3220-3900 | [email protected] | site: sumig.com

    Osciloscpio digitalalcana 50 MHzO OD-4000 testa circuitos eletrnicos com visua-lizao instantnea de sinais em display de LCD TET de 7, operando na faixa at 50 MHz, 500 Mas/s, com taxa de amostragem em tempo real. Dotado de interface com hospedagem USB, oferece aprimoramento firmware. Incorpora dispositivo USB para dar suporte ao controle remoto e impresso PictBridge e RS-232. Trabalha com profundidade de canal de 24 kpts (meio canal) e 12 kpts (cada canal); tempo de aumento

  • 36 NEI | Setembro 2014

    ManutenoManutenoEmenda para cabos isoladospermite montagem a frio

    Para cabos eltricos de mdia tenso at 36 kV, a Emex Torq do tipo pr-moldado, com a recom-posio do isolamento, o confinamento e o con-dicionamento do campo eltrico feitos em uma s pea de silicone puro, permitindo montagem a frio. Apresenta todo o trecho de emenda recober-to com capa termocontrtil selante. Serve para ca-bos nas bitolas de 16 at 630 mm. Atende as nor-mas EN 50180 EN 50181 e DIN 47636, sendo tes-tada conforme norma VDE 0278 parte 629-1. Elos Eletrotcnica Ltda., So Jos dos Pinhais, PR.Tel.: 41 3383-9290 | [email protected]: elos.com.br

    Indicador de fora e torquepossui sensores remotosCom ampla variedade de sen-sores