of 36 /36
Revista Conceitual Ano 2 | Edição 11 Março 2012 Questão de tempo! Guaratinguetaense já brilha como artilheiro do São Paulo nas categorias de base. Especial | pag. 24 Bem Estar | pag. 14 Dia da Mulher Video Game: benefícios para seu filho

Revista O Mosaico - Março | 2012 - Edição 10

Embed Size (px)

DESCRIPTION

Muitas novidades nessa nova edição da Revista O Mosaico!!!

Citation preview

Page 1: Revista O Mosaico - Março | 2012 - Edição 10

Revista ConceitualAno 2 | Edição 11 Março 2012

Questão de

tempo!Guaratinguetaense

já brilha como artilheiro do São Paulo nas

categorias de base.

Especial | pag. 24

Bem Estar | pag. 14

Dia da Mulher Video Game: benefícios para seu filho

Page 2: Revista O Mosaico - Março | 2012 - Edição 10
Page 3: Revista O Mosaico - Março | 2012 - Edição 10
Page 4: Revista O Mosaico - Março | 2012 - Edição 10

Editorial

Índice REVELAÇÃO!Olá! Esse mês traremos na capa para vocês Paulo Marcelo, a

revelação das categorias de base do São Paulo Futebol Clube,

que promete ir de Guará para o mundo, e está se encaminhan-

do para isso!

Na coluna Pet Shop continuamos sempre ao seu lado falando

um pouco sobre a raça Akita, uma ótima raça para quem tem

espaços pequenos e quer ter um cachorro grande.

Sônia Marreco nos trás uma receita peruana deliciosa de carne

com coentro para nos deliciar.

Vamos mostrar na coluna de Moda, como roupas básicas e ex-

tremamente simples quando combinadas com os acessórios

certos, podem formar looks incríveis para diversas situações

do cotidiano.

Veremos na coluna Bem Estar os benefícios das atividades físi-

cas para a terceira idade, e os cuidados para sua prática para

evitar acidentes.

Teremos muitas fotos dos eventos dentro e fora do carnaval

além da nossa já conhecida coluna social feita pela nossa ami-

ga Carol Kfouri.

E finalmente vamos parabenizar as mulheres por todas as lutas

que já travaram comemorando junto com elas o seu dia! 8 de

Março, Parabéns mulheres!!

Esperamos poder continuar desfrutando da sua credibilidade e

interesse caros leitores!

Um sincero OBRIGADO, e APROVEITEM!!!

Revista Conceitual

revelação (re.ve.la.ção)sf (revelar+ção) 1 Ação ou efeito de revelar ou revelar-se. 2 A própria coisa revelada. 3 Ato de mostrar-se ou patentear-se. 4 Manifestação, prova, testemunho. 5 Declaração ou divulgação de coisa que estava em segredo ou era ignorada. 6 Denúncia. 7 Conhecimento súbito; inspiração. 8 Teol Conjunto de verdades sobrenaturais manifestadas por Deus ao homem através da inspiração e iluminação ou pelo ensino oral, comunicado aos patriarcas, profetas, apóstolos e santos.

Obs: É de inteira responsabilidade do anunciante quaisquer informações contidas em seu anúncio, isentando a Revista O Mosaico de quaisquer ações referentes a alguma possível irregularidade.

04. Editorial

06. Questão de Tempo

14 a 16. Bem Estar

24. Esporte Olímpico

26. Dia da Mulher

20 e 22. Carnaval de Guaratinguetá

12. Moda10. Culinária

18 e 19. Social

08. Entretenimento / Arte do Leitor

9. Pet Shop

Diretor comercial - Rony Barbosa (12) 7817-8818 • 90*91961Gerente Geral / Comercial - Matheus Torres (12) 7814-0285 • 82*103375Jornalista Responsável - Leonardo Quissak - MTB 17265Diagramação - Saulo Zumerle Reliquías Design - Rodrigo FandangosJornalista (Estagiária) - Talita Galvão Comercial: Mateus Almeida 125*44929 / 7818-0612Mateus Dias 964*6618 / 7816-6267 Colunista Culinária - Sônia Marreco Colunista Social - Carol KfouriFotógrafo - Ricardo Nishimura

Tiragem - 10.000 exemplaresDistribuição - Gratuita e Dirigida (Lorena, Guaratinguetá, Cunha, Aparecida, Potim e Roseira)• [email protected] | [email protected]

Expediente

Page 5: Revista O Mosaico - Março | 2012 - Edição 10
Page 6: Revista O Mosaico - Março | 2012 - Edição 10

Guarde este nome: Paulo Marcelo Souza Alves; Natural de Guaratinguetá, o menino de apenas 16 anos é uma grande promessa no futebol brasileiro.

Filho do comerciante Paulo Henrique Alves e da advo-gada Alessandra Alves, Paulo Marcelo sempre contou com o apoio da família para seguir carreira no futebol, e não é para menos, com tanto tal-ento, hoje o menino de apenas 16 anos, é a grande revelação das categorias de base do São Paulo.

O Currículo já é grande, atualmente é centroavante (jogador) do sub-17 do São Paulo, recebeu propostas para jogar em outros grandes times como Santos e Corin-thians, sem contar os times do Paraná Clube, Olé Brasil de Ribeirão Preto e as propostas internacionais, foi chamado para jogar na Itália, proposta

esta que Paulo Marcelo não descarta, mas primeiro pensa em investir na carreira nacio-nal, que por sinal anda dando bons frutos. Mesmo jogando

pelo sub-17, Paulo Marcelo participou da Copa São Paulo de 2012, jogando pelo sub-20, uma categoria acima da sua; já participou em competições fora do país, esteve no México em 2011, campeonato que fi-cou em 3º lugar e foi campeão

no Japão pelo sub-14. Ainda no ano de 2011, na Copa 2 de Julho, na Bahia, além do título de campeão, foi artilheiro com 13 gols, sendo que em todos os jogos balançou a rede.

Sempre focado e com os pés no chão para conseguir os seus objetivos, Paulo Marcelo revela que seu ídolo é o Ronal-do Fenômeno, mas toma como exemplo para sua vida profis-sional e pessoal a postura do jogador Kaká.“Além de ser um ótimo jogador em campo, acho legal a postura que o Kaká tem no dia a dia, um jogador que além de cuidar da sua imagem, tem muita fé, são duas coisas que também valorizo na minha vida e pego como exemplo”, afirma Paulo Marcelo.

Atualmente, o jogador do sub-17 do São Paulo mora em Cotia, cidade que se localiza o Centro de Treinamento. Ele conta que é preciso ter dis-

ciplina e que seu dia a dia é preenchido com treinamento, academia, curso de inglês e escola. “Amo o futebol, mas não me esqueço das minhas obrigações, estudo, faço cur-sos e quando me formar no ensino médio, pretendo fazer faculdade de educação física”.

Paulo Marcelo também revela a revista O MOSAICO, que há momentos difíceis, mas com o apoio da família e a for-ça dos amigos, ele já consegue ver o reconhecimento das pes-soas. “Viver longe da família e dos amigos não é fácil, mas a paixão pelo futebol me acom-panha desde 4 anos de idade, por isso, mesmo na hora da saudade, penso no meus obje-tivos e mantenho o meu foco, se Deus quiser ainda irei vestir a camisa da seleção brasileira, representando o Brasil dentro de campo”.

Questão de tempo!Com 17 anos, Paulo Marcelo é o grande destaque da base tricolor e tem tudo pra ser o novo grande camisa 9 são paulino.

...acho legal a postura que o Kaká tem no

dia a dia, um jogador que além de cuidar da

sua imagem, tem muita fé, são duas coisas que também

valorizo na minha vida e pego como exemplo”,

‘‘

‘‘

Page 7: Revista O Mosaico - Março | 2012 - Edição 10
Page 8: Revista O Mosaico - Março | 2012 - Edição 10

Entretenimento

Na escola, a professora falava dos animais: * Para que serve a ovelha, Marcinha? * Pra nos dar a lã, fessora... * E para que serve a galinha, Marquinho? * Pra nos dar os ovos... * E para que serve a vaca, Joãozinho? * Pra nos passar o dever de casa...

------------------------------------------------------------------------

A professora pergunta ao Joãozinho: - Quantos ovos uma galinha põe por dia? - Não sei, fessora. E com ironia ela diz: - Te peguei. Ele também faz uma pergunta: - Fessora, quantas tetas tem uma porca? - Não sei. - Viu, tu me pega pelos ovo que eu te pego pelas tetas!!!

------------------------------------------------------------------------

Alô, a minha sogra quer se atirar da janela. - Enganou-se no núme-ro, aquié da carpintaria.. - Eu sei, mas é que a janela não abre..

-------------------------------------------------------------------------

O marido chega em casa vindo do hospital, onde visitou sua sogra. Sua mulher pergunta: - Como esta a minha mãe? O marido responde: - Sua mãe está muito bem, saudável como um cavalo e ainda viverá por muito tempo. Na semana que vem ela receberá alta do hospital e virá morar conosco por muitos e muitos anos. A mulher, surpresa, pergunta: - Como pode ser? Ontem mesmo ela parecia estar no seu leito de morte e a equipe médica dizia que ela deveria ter poucosdias de vida!? O marido responde: - Eu não sei como estava ontem, mas hoje, quando perguntei ao médico sobre o estado de sua mãe, ele me respondeu que deveríamos nos preparar para o pior.

• M

arç

o |

20

12

g.0

8

Page 9: Revista O Mosaico - Março | 2012 - Edição 10

“Eu sou apaixonada pelo meu Akita”. Em entrevista a revista O MOSAICO, a dentis-ta Marina Carvalho declarou sua paixão pelo seu cão da raça Akita. Não é difícil ver toda essa paixão declarada entre o dono e a raça Akita, na internet há um site conhecido como “Clube Akita” nomeado “Akita - o Guardião Japonês”, esse clube traz todas as in-

formações sobre a raça, como curiosidades, cuidados e história.

O Akita é um cão bem so-cializado, educado e um ótimo guardião, já que se destaca pelo seu censo de território e espaço. Marina explica que se trata de uma raça indepen-dente. “Sempre gostei muito de cachorro, um dia pes-quisando sobre raças, com-ecei a ler sobre o Akita, achei curiosa e pedi um de presente para meu namorado, e o que eu li estava certo, a raça não é de muitos movimentos, não

Pet Shop

“Akiteiros” de plantão!

A raça também chama atenção por

se tratar de um cão que não precisa de muitos

exercícios físicos,...

‘‘

‘‘• PREÇO FILHOTE: R$ 1.500,00

• LONGEVIDADE: 12 anos

• PESO: 40 quilos

• PAÍS DE ORIGEM: Japão

fica atrás do dono, realmente te acompanham com os ol-hos”.

Nomeados como Akiteiros, pessoas apaixonadas pela raça assim como Marina, são chamadas desta forma na pá-gina da internet do “Clube do Akita”. Ainda de acordo com informações do site, antes de ser reconhecida como a pri-meira raça a ser considerada um Monumento Natural e Patrimônio Nacional Japonês, a raça era nomeada como Odate- Inú ou Kazino- Inú.

No Japão com o fim da 2º Guerra Mundial, que aba-lou toda a estrutura do país, a raça voltou a ter a atenção dos japoneses em prol dos cuidados e da pureza. Hoje há filiais com o objetivo de cuidar da história e da representa-ção da raça no país.

A raça também chama at-enção por se tratar de um cão que não precisa de muitos exercícios físicos, já que ficar deitado observando o que acontece próximo dele é ativi-dade preferida do Akita. Mes-mo tratando-se de uma raça de porte grande, pessoas que moram em apartamentos ou casas pequenas podem ter um, já que não se trata de um cão agitado.

Page 10: Revista O Mosaico - Março | 2012 - Edição 10

Culinária

Modo de preparo:

Temperar a carne cortada em cubos, deixando algumas horas descansando.

Fritar carne até dourar bem.

Colocar, em seguida, a ce-bola bem picada para fritar junto.

Bater 1/2 liquidificador de

água com o coentro virando na carne já frita com a cebola.

Deixar cozinhar na pane-la de pressão até amolecer a carne.

Em seguida acrescente as batatas cortadas em 4 partes e descascadas, deixando cozi-nhá-las bem.

No final na hora de servir, acrescenta 1/2 lata de ervilha.

Carne com Coentro (Comida Peruana)

Por Sônia MareccoCulinarista

• M

arç

o |

20

12

g.1

0

Ingredientes1 kg coxão duro2 maços de coentroSal com alhoPimenta do reinoMolho InglêsTemperos à gosto4 Cebolas grandes picadas4 Batatas½ Lata ervilha

Page 11: Revista O Mosaico - Março | 2012 - Edição 10
Page 12: Revista O Mosaico - Março | 2012 - Edição 10

Moda & Beleza

Em um guarda-roupa que se preze não pode faltar as con-hecidas peças básicas como uma blusinha branca, o bom e velho amigo jeans e o tão fa-moso vestidinho preto básico.

São peças fundamentais que se bem montadas transformam em um look bem legal para ir estudar, trabalhar ou até mes-mo para a badalação. Mas para este look sair da categoria dos

look simples e ficar mais fashion é preciso in-vestir nos

acessórios.

Isso mesmo que você aca-bou de ler! Óculos, lenços, co-lares, anéis, brincos, bolsas e

chapéus, são alguns detalhes que podem fazer toda diferença na hora de se arrumar. O legal dos acessórios é que procu-rando e sabendo pesquisar você pode encontrar coisas incríveis e baratas. A rua 25 de Março em São Paulo, apesar do grande movimento, é uma ótima pedida para quem quer ter opções e

variedades de preço. Mas para quem não pode ir até 25 de Mar-ço, aqui na região o que não falta são lojas que oferecem grandes variedades de acessórios e sa-bendo comprar você consegue ter uma variedade de looks. Pode abusar da prata, do dou-rado, do colorido, vai depender do seu gosto, mas jamais se

esqueça, os acessórios têm que compor o look e não fazer com que as pessoas achem que a ár-

vore de natal ganhou vida.Brincadeiras a parte, aqui

vai uma dica simples, mas bem legal para deixar o visual mais diferente, abuse dos lenços não só na cabeça, mas também na alça da bolsa e como pulseira de relógio, é algo simples que pode fazer diferença na composição do seu visual.

Abuse dos acessórios

O legal dos acessórios é que

procurando e sabendo pesquisar você pode

encontrar coisas incríveis e baratas.

‘‘

‘‘

• M

arç

o |

20

12

g.1

2

Page 13: Revista O Mosaico - Março | 2012 - Edição 10
Page 14: Revista O Mosaico - Março | 2012 - Edição 10

• M

arç

o |

20

12

g.1

4

Considerado há muito tempo como vilão da saúde, o videogame evoluiu e mostrou que também pode ser extremamente positivo, tanto para crianças quanto adul-tos. Há diversas pesquisas recen-tes que comprovam a eficiência de alguns modelos, mas - é claro - todo jogo deve ser bem dosado.Confira esses benefícios e apro-veite para brincar com ele.

Raciocínio lógico

Jogos de estratégia, em que é preciso encontrar a solução cer-teira, estimulam o raciocínio. “Para ultrapassar os obstáculos do videogame, é preciso tomar as atitudes certas, o que favorece o pensar lógico.

Mais tolerância a frustrações

É normal perder uma partida de videogame e pode acontecer pe-los erros mais bobos. “Por colocar a perda de uma maneira clara e oferecer a possibilidade de re-começar, os jogos ajudam a crian-ça a saber perder e saber ganhar.

Agilidade

Ultrapassar obstáculos, encon-trar a saída ou achar a resposta com rapidez faz com que a mente fique mais rápida. Além disso, joguinhos que colocam limite de

Video Game: benefícios para o desenvolvimento do seu filho

Fatores genéticos influenciam na quantidade de álcool que se consome

Bem Estar

Há fatores biológicos que fazem

uma pessoa beber mais. Por causa da genética,

há pessoas que têm facilidade para digerir e

metabolizar o álcool, e por consequência,

têm maior tolerância.

‘‘

‘‘

tempo são ainda mais eficientes para desenvolver esse aspecto.

Vale como exercício físico

Alguns aparelhos modernos, como o Nintendo Wii, estimulam a ativi-dade física e até oferecem jogos que orientam exercícios, como yoga e treinamento muscular.

Convívio com a família

O videogame pode ser útil para unir a família, não apenas por ter possibilidade de jogos em grupo, mas porque permitem que os pais se envolvam no universo da cri-ança. Pais e filhos ganham juntos, perdem juntos e se divertem jun-tos. Isso aumenta a cumplicidade e a parceria.

Convívio com outros colegas

Quem nunca convidou um amiguinho para ir brincar lá em casa? Pois é, já que a onda agora é o videogame, vale chamá-lo para disputar uma partida. “Os games também podem ser joga-dos online, o que estimula o con-tato com outras pessoas e até com novos conhecimentos.

Coordenação

Quem já tentou jogar videogame sabe que não é fácil apertar os botões certos na hora certa. Os estímulos visuais, auditivos e, em alguns jogos, sensoriais, surgem todos ao mesmo tempo.

Atenção

Qualquer jogo oferece um desa-fio à atenção. Até no simples Te-tris é preciso se concentrar para encaixar as pecinhas no melhor lugar possível.

O álcool interfere no equilí-brio e na concentração, mes-mo em pequenas quantidades. Por isso, ninguém deve beber

antes de dirigir, fazer trabalhos perigosos ou qualquer outra situação que envolva risco. Mas a bebida tem influência sobre o organismo de várias outras formas.

Há fatores biológicos que fazem uma pessoa beber mais. Por causa da genética, há pessoas que têm facilidade para digerir e metabolizar o ál-cool, e por consequência, têm maior tolerância. O meio social em que a pessoa vive – in-fluência da família e dos ami-gos – também pode fazer com http

://ww

w.m

inhavid

a.co

m.b

r

http://g

1.g

lob

o.co

m/b

em

esta

r/

que o consumo aumente. Há ainda fatores psicológicos: os sentimentos podem levar uma pessoa ao álcool.

Segundo os médicos, o corpo vai ficando cada vez

mais tolerante, na medida em que o consumo de álcool aumenta. Isso faz com que a pessoa busque doses cada vez maiores e mais frequentes para ter o mesmo efeito. É o primeiro caminho para a de-pendência.

Em excesso, a bebida faz mal para a saúde. Bebidas são calóricas e engordam, e a obe-sidade pode gerar ou agravar doenças, como a diabetes. Os hipertensos devem ter cuidado, pois o álcool interfere com al-guns dos medicamentos. Além disso, ele desidrata, o que é ruim para quem tem pressão alta.

Page 15: Revista O Mosaico - Março | 2012 - Edição 10

Os benefícios da atividade física para a saúde e lon-gevidade são intuitivamente conhecidos desde o princípio dos tempos. Existem benefí-cios bem demonstrados sobre vários parâmetros que afetam a saúde e longevidade. Vários documentos já enfatizaram a importância da ação dos profissionais de saúde e en-tidades governamentais no estímulo a atividade física, as-sim como seu impacto sobre a

saúde. A atividade física regu-lar pode contribuir muito para evitar as incapacidades asso-ciadas ao envelhecimento. A prática de exercícios orienta-dos pode ser muito importante

para controlar a doença, evitar sua progressão, e/ou reabilitar

o paciente. Independente da idade, homens e mulheres pos-suem ganho similar na força muscular nos treinamentos de resistência, assim como ganho no VO2 máximo no treinamen-to aeróbico. (VO2máx é o vol-ume máximo de oxigênio que o corpo consegue “pegar” do ar que está dentro dos pulmões, levar até os tecidos através do sistema cardiovascular e usar na produção de energia, numa unidade de tempo).

Apesar de todos os bene-fícios, foi documentada uma

redução na prática de ativi-dade física e paralelamente vem ocorrendo um aumento na prevalência de obesidade. Além disso quanto maior a idade, menor a chance do in-divíduo estar engajado em alguma atividade física regu-lar. Para completar o ciclo, os médicos e profissionais de saúde não abordam rotineira-mente o problema da inativi-dade.

Riscos do exercício

Os riscos potenciais as-sociados a atividade física são variados, porém os benefícios para a saúde são tão grandes que superam em muito os riscos potenciais. Entre eles podemos citar as lesões ortopédicas (a idade é um dos fatores de risco para lesões); Arritmias cardíacas (principalmente nos portadores de cardiopatia); Infarto agudo do miocárdio (basicamente in-divíduos não treinados e por-

tadores de múltiplos fatores de risco em atividade física vigoro-sa); Morte súbita (complicação muito rara, aproximadamente 1 chance para cada 1,5 milhão de episódios de exercício).

A recomendação de ativi-dade física para os idosos deve ser individualizada. Além dos benefícios os idosos ainda apresentam um efeito favoráv-el sobre o equilíbrio e a marcha, diminuindo o risco de quedas e fraturas, menor dependência para realização de atividades de vida diária, melhora na au-to-estima e autoconfiança, el-evando de forma significativa a qualidade de vida.

Atividade Física e Envelhecimento

Bem Estar

A atividade física regular pode

contribuir muito para evitar as incapacidades

associadas ao envelhecimento.

‘‘

‘‘

Por Carla CastroFisioterapeuta Estagiária

• M

arç

o |

20

12

g.1

5

Page 16: Revista O Mosaico - Março | 2012 - Edição 10

• M

arç

o |

20

12

g.1

6

Você já parou para pensar que o julgamento mais importante da sua vida é aquele que você faz sobre si mesmo? A autoestima se refere justamente a esse jul-gamento.

Ter uma boa autoestima contribui para a sensação de fe-licidade e de realização pessoal. Esse é um dos fatores que mais influencia as pequenas e grandes decisões que tomamos na vida. Como a vida depende em grande parte das escolhas que fazemos, então é hora de pensarmos em como anda a visão que temos a nosso próprio respeito.

Infelizmente, essa é uma ca-racterística que não nasce co-nosco. Ela vai sendo construída de acordo com os incentivos, olhares, elogios e conquistas que vamos acumulando dentro de nós. Nenhuma pessoa é total-mente carente de autoestima. Assim como não existe ninguém que tenha 100% de autoestima positiva.

Existem diversos graus de au-toestima e isso pode mudar com o tempo. Qualquer pessoa pode melhorar a sua.

O segredo da autoestima

Um dos maiores segredos para elevar a autoestima não está no exterior, como muitos

Segredo da autoestima em dia está em visão realista de si próprio

Suplementos:cada vez mais populares (Parte 2)

Bem Estar

Seu corpo será sempre o reflexo do

estilo de vida que você adotar.

‘‘

‘‘

Quando negamos uma dificuldade, ela se

torna muito maior e continua em nós, a nos incomodar.

‘‘

‘‘

acreditam. É claro que gostar da própria aparência faz parte, mas não é só isso. A capacidade de viver conscientemente e agir se-gundo aquilo que se enxerga da realidade é um dos fatores mais importantes para estar satis-feito consigo mesmo. Podemos escolher entre negar aquilo que vemos da realidade, mas também podemos escolher enxergar, mes-mo que nos desagrade.

A forma como lidamos com a nossa consciência é o maior determinante para termos au-toconfiança, autorespeito e au-toestima. Quanto mais negamos aquilo que vemos, mais o nosso senso de valor próprio sofre. Essa consciência diz respeito a não fechar os olhos para os fatos da realidade - ao contrário, se trata de tentar compreender aquilo que afeta as nossas atitudes, propósitos, valores e metas. É comportar-se de acordo com aq-uilo que se percebe.

A autoaceitação é uma parte importante dessa tomada de consciência. É a capacidade de tomar consciência sobre quem somos, com nossas qualidades, defeitos, imperfeições e atitudes negativas. Significa não negar os nossos defeitos e comportamen-tos maus, aceitar a nossa imper-feição e a nossa humanidade.

Quando negamos uma dificul-dade, ela se torna muito maior e continua em nós, a nos incomo-dar. Toda vez que conseguimos olhar com boa vontade para al-gum defeito ou dificuldade nossa e conseguimos enxergar a reali-dade que está em volta, estamos dando um passo importante para aumentar a nossa autoestima.

Nessa segunda parte da maté-ria, traremos mais dicas sobre o mal uso na administração de suplementos alimentares. Aproveitem!!!

Tomar creatina antes do tre-ino visando melhorar a perfor-mance naquele momento.Sempre observo muitas pes-soas utilizarem a creatina logo antes do treino, acreditando

que ela irá influenciar positi-vamente a performance do exercício naquele momento. O efeito da creatina ocorre ape-nas depois que houver satura-ção celular, o que leva alguns dias de suplementação. Por-tanto, o efeito da suplemen-tação é crônico, não agudo. A ingestão de creatina pode ser realizada em qualquer horário do dia, preferencialmente em conjunto com algum alimento fonte de carboidrato simples. Uma sugestão é acrescentar a creatina em conjunto com o shake pós treino, que deveria ter como base a whey protein e dextrose. Administrar whey protein com água antes de dormir.Como já discutimos acima, a whey protein é uma proteína de rápida absorção, sendo que seus aminoácidos não per-manecem durante um período

http://m

de

mu

lher.a

bril.co

m.b

r/

considerável no plasma san-guíneo. Antes de dormir, con-siderando um sono em torno de oito horas, precisaríamos de uma fonte protéica com absor-ção mais lenta. Carne vermel-ha, peito de frango e claras de ovos seriam exemplos de boas fontes alimentares, enquanto caseína e albumina seriam op-ções suplementares. Ambas seriam ótimas medidas. Usar um determinado suple-mento e creditar todo a esper-ança e sucesso a ele.É bem comum observarmos o “magrinho” depositar toda sua esperança no pote de hipercalóri-co/whey protein ou o “gordin-ho” no CLA/termogênico. Va-mos deixar claro, mais uma vez, que nenhum suplemento fará milagre por ninguém. O que ele

pode fazer é auxiliar na elabo-ração de uma dieta nutricio-nalmente adequada para cada pessoa. Para atingir o sucesso na busca pelo seu objetivo, são inúmeros os fatores que precisam agir sinergicamente, como treinamento, dieta e, principalmente, o estilo de vida. Seu corpo será sempre o re-flexo do estilo de vida que você adotar. Portanto, o que você está esperando?

Page 17: Revista O Mosaico - Março | 2012 - Edição 10
Page 18: Revista O Mosaico - Março | 2012 - Edição 10
Page 19: Revista O Mosaico - Março | 2012 - Edição 10
Page 20: Revista O Mosaico - Março | 2012 - Edição 10
Page 21: Revista O Mosaico - Março | 2012 - Edição 10
Page 22: Revista O Mosaico - Março | 2012 - Edição 10
Page 23: Revista O Mosaico - Março | 2012 - Edição 10
Page 24: Revista O Mosaico - Março | 2012 - Edição 10

De quatro em quatro anos, o mundo pára para acompa- nhar os Jogos Olímpicos. O nacionalismo é misturado com a torcida e mesmo as mo-dalidades esportivas menos populares passam a ser acom-panhadas pelos meios de co-municação e a fazer parte do patriotismo, já que os países participantes das Olimpíadas passam a ganhar visibilidade pelo resto do mundo, durante

o evento. E 2012 é o ano de focar novamente as atenções para as Olimpíadas, que desta vez será sediada em Londres.

Voltando a falar das di-versas modalidades esporti-vas existentes, nem todas são consideradas olímpicas. Quem define o programa Olím-pico, ou seja, quem decide se um esporte entra ou não nas Olimpíadas, é o Comitê Olím-pico Internacional, o COI. A regra mostra que, um esporte

é considerado olímpico se ele é praticado por homens em, no mínimo, 75 países e quatro continentes e, no caso das mulheres, se é praticado, no mínimo em 40 países e três continentes.

São aproximadamente 32 esportes divididos em modali-dades. No caso da ginástica, por exemplo, é considerado um esporte em que se tem a modalidade artística com dife-rentes provas.

A ginástica, é um dos es-portes mais apreciados pelo público durante as Olimpía-das. O Brasil não poderia fi-car fora dessa, com represen-tantes, o país possuí grandes destaques, principalmente na Ginástica Artística, nomes como a ginasta Daiane do Santos, 5º lugar no solo na Olimpíada de Atenas-2004, Diego Hypólito, bi-campeão mundial e Jade Barbosa, 7º lugar nos Jogos Olímpicos em Pequim, são grandes promes-sas que representam o Brasil nos jogos.

A origem desta modali-dade está ligada ao Egito An-tigo e contou com a presença de artistas circenses e suas acrobacias. O alemão Friedrich Ludwig Jahn é considerado o pai da ginástica, que no iní-cio do século 19 dedicou-se a esta modalidade esportiva, estabelecendo as primeiras regras. Jahn criou uma série de aparelhos que foram moderniza-

dos ao longo dos anos e são usados até hoje, como as bar-ras “paralela e horizontal”.

Para não atingir um grande número de esportes, o COI decidiu que só entra um novo esporte se outro sair. Assim, mesmo fazendo parte do pro-grama não significa que de-terminado esporte fará parte dos próximos Jogos Olímpicos.

Novamente essa decisão de quem entra ou sai é realizada pelo COI, que analisa cada mo-dalidade viabilizando a orga-nização do evento.

Outra regra é que nenhum esporte é incluído no pro-grama no ano de realização dos Jogos. O esporte deve ser admitido no programa, com 7 anos de antecedência dos Jo-gos, no caso a ginástica, pas-sou a integrar o programa de Jogos Olímpicos em 1896.

Agora de olho nas Olimpía-das de 2012, é hora de pre-parar a torcida, não apenas para os atletas da ginástica, mas para todos que irão re-presentar o Brasil diante do mundo.

Esporte

Ginástica artística, uma das modalidades mais apreciadas durante os Jogos Olímpicos

A origem desta modalidade está

ligada ao Egito Antigo e contou com a

presença de artistas circenses e suas

acrobacias.

‘‘

‘‘

CURIOSIDADESOLÍMPICAS

Atentado ao PudorNas Antigas Olimpíadas, por volta do ano 720 a.C., os atletas corriam todos com longas túnicas. Até que um belo dia, Orsippus, percebendo que perderia a prova, sabiamente, despiu-se no meio do percurso. E peladinho da Silva, venceu com facilidade o evento. A partir daí, todos os atletas passaram a competir “sem roupas” nas provas da mo-dalidade.

Cala a Boca HitlerEm Berlim-1936, Adolf Hit-ler usou os Jogos Olímpicos como uma forma de propa-ganda do regime nazista e pensava em fazer do atle-tismo a grande bandeira. Mas o que o ditador não contava é que um norte americano negro, chamado Jesse Owens, ganhasse quatro ouros e torna-se o primeiro homem a vencer os 100 m, 200 m, salto em distância e o reveza-mento 4×100 m na mesma Olimpíada.

Presença FemininaFoi na capital francesa, Paris, em 1900, que os jo-gos olímpicos tiveram a primeira participação de atletas do sexo feminino.

MaratonaA maratona foi incluída nos Jogos Olímpicos em homenagem ao soldado grego Feidípides. Segundo a lenda, ele teria corrido cerca de 40 km da planície de Maratona, onde gregos e persas guerreavam, até Atenas para informar os atenienses da vitória. Ele cumpriu sua missão, mas morreu em seguida.

• M

arç

o |

20

12

g.2

4

Page 25: Revista O Mosaico - Março | 2012 - Edição 10
Page 26: Revista O Mosaico - Março | 2012 - Edição 10
Page 27: Revista O Mosaico - Março | 2012 - Edição 10

“A mulher é uma substância tal, que, por mais que a estudes,

sempre encontrarás nela alguma coisa totalmente nova”

Frase de Léon Tolstoi.

O novelista russo Léon tem razão ao afirmar que sempre encontrará algo novo em uma mulher, porque faz parte do perfil feminino ser contrária a mesmice, a busca por algo novo é diária, ir além, querer mudar e querer fazer a dife-rença são fortes característi-cas de uma mulher.

É por isso, que a Organiza-ção das Nações Unidas (ONU) oficializou o dia 8 de março como o dia Internacional da Mulher, é para reconhecer a luta e a busca das mulheres por reconhecimento, melhoria de vida e igualdade perante a sociedade.

É claro que não se pode fechar os olhos para as dificul-dades que ainda existem na luta por igualdade, mas atu-almente aqui no Brasil elas já são a maioria e mostram que essas diferenças são cadê vez menores; nos deparamos com mulheres líderes no trab-

alho, em casa, na economia, na política, enfim em quase todos os setores, mostrando que o perfil da mulher do século XXI, é o perfil de uma mulher ágil, guerreira que não tem medo das dificuldades.

Hoje elas têm direito a educação, ao voto, a proteção, a saúde, mas ao longo dos anos a história nos mostra que essas conquistas não foram fáceis e muito menos aconteceram de um dia para

o outro, desta forma, nunca é demais valorizar e reconhecer a luta de quem sempre busca o melhor pra si e para o próximo.

O Brasil é um grande exem-plo da conquista feminina, hoje temos eleita a primeira presi-dente mulher no país, temos também a presença das mulheres em grandes e importantes car-gos do poder, o passado tam-bém proporciona uma lista enorme de grandes exemplos de luta e perseverança no Bra-sil e no mundo. Olga Benário é uma delas, quem não se sur-preende ao ler sobre a comu-nista e guerreira Olga, ou as-sistir o filme de sua vida, enfim, poderíamos gastar várias pá-ginas para falar só sobre mul-heres, porque o que não falta são elogios e qualidades, as-sim a revista o MOSAICO quer deixar registrado a admiração pelas mulheres. Parabéns pelo seu dia!

...faz parte do perfil feminino ser contrária

a mesmice, a busca por algo novo é diária, ir além, querer mudar

e querer fazer a diferença são fortes

características de uma mulher.

‘‘

‘‘

8 de Março é marcado pelo Dia Internacional da Mulher!

Especial

• M

arç

o |

20

12

g.2

7

Page 28: Revista O Mosaico - Março | 2012 - Edição 10
Page 29: Revista O Mosaico - Março | 2012 - Edição 10
Page 30: Revista O Mosaico - Março | 2012 - Edição 10
Page 31: Revista O Mosaico - Março | 2012 - Edição 10
Page 32: Revista O Mosaico - Março | 2012 - Edição 10

Guia de Serviços

Page 33: Revista O Mosaico - Março | 2012 - Edição 10

Guia de Serviços

Page 34: Revista O Mosaico - Março | 2012 - Edição 10
Page 35: Revista O Mosaico - Março | 2012 - Edição 10
Page 36: Revista O Mosaico - Março | 2012 - Edição 10