RF Longevidade

  • View
    24

  • Download
    2

Embed Size (px)

Transcript

  • UNIVERSIDADE CAMILO CASTELO BRANCO

    Curso de Psicologia

    Longevidade. E como viver bem o restante de vida?

    So Paulo

    2013

  • ii

    UNIVERSIDADE CAMILO CASTELO BRANCO

    Curso de Psicologia

    NGELA FELICETE BRUNA CRISTINA PAZ DE OLIVEIRA FERNANDA MARIA COSTA OLIVEIRA

    MARIA LUZINETE RODRIGUES DE MACDO ALVES NAYARA DOS SANTOS

    RAMOM ALVES DE OLIVEIRA SILVA

    Longevidade. E como viver bem o restante de vida?

    Relatrio Final do Estgio Bsico Supervisionado da disciplina de Psicologia da Idade Adulta e Maturidade do

    Curso de Psicologia da Universidade Camilo Castelo

    Branco Unicastelo, sob orientao do Prof. Jos Angelo

    Ortelan CRP 06-12934.

    So Paulo

    2013

  • iii

    Sumrio

    Lista de figuras ........................................................................................................................ iv Resumo .................................................................................................................................... v

    1 Introduo .......................................................................................................................... 07 2 Longevidade ...................................................................................................................... 08 3 Terceira Idade .................................................................................................................... 12 4 Resultados obtidos ............................................................................................................ 21 5 Concluso ......................................................................................................................... 34 6 Referncias bibliogrficas ................................................................................................ 36 6.1 Referncias literrias ...................................................................................................... 36 6.2 Referncias eletrnicas ................................................................................................... 36 6.3 Referncias visuais ......................................................................................................... 38

    7 Anexos ...............................................................................................................................

    Projeto de pesquisa .................................................................................................................. Relatrios de atividades em campo ......................................................................................... Tabulao de dados .................................................................................................................

    Entrevistas ...............................................................................................................................

    Termo de esclarecimento e livre consentimento .....................................................................

  • iv

    Lista de figuras

    Figura 1 Grfico Censo Demogrfico 2010 Aumento populao de idosos no Brasil ..... 08 Figura 2 Mapa Geogrfico do Brasil .................................................................................... 09 Figura 3 Tabela Expectativa de Vida no Brasil por Regio ................................................. 10 Figura 4 Grfico Projeo Expectativa de Vida no Brasil.................................................... 11 Figura 5 Grfico Grupo Total de Entrevistados por Idade ................................................... 21 Figura 6 Grfico Grupo Total de Entrevistados por Sexo .................................................... 21 Figura 7 Grfico de Queixas Dificuldades ........................................................................ 22 Figura 8 Grfico de Queixas Desprazer ............................................................................ 23 Figura 9 Grfico de Queixas Desejo de Mudana ............................................................. 24 Figura 10 Grfico Obstculos Familiares ............................................................................. 26 Figura 11 Grfico Obstculos Sociais .................................................................................. 26 Figura 12 Grfico Produtividade Trabalho Remunerado .................................................. 27

    Figura 13 Grfico Produtividade Trabalho Voluntrio ..................................................... 27 Figura 14 Grfico Produtividade Novos Conhecimentos .................................................. 28 Figura 15 Grfico Conquistas Prazeres ............................................................................. 29 Figura 16 Grfico Conquistas Realizao de Sonhos ........................................................ 30 Figura 17 Grfico Conquistas Planos Futuros ................................................................... 31

  • v

    Resumo

    Hoje, diante de tantas tecnologias o progresso traz novas tcnicas e formas de se viver bem contribuindo cada vez mais para se ter uma vida longa...e prspera? Nem sempre o que vemos acontecer, mesmo diante de tanta tecnologia e outros fatores sociais que surgem para facilitar o nosso dia-a-dia e trazer maiores benefcios ao homem. A longevidade a cada dcada se torna maior, e como ser que essa novidade encontra hoje as pessoas idosas que foram ontem os jovens do passado e que hoje, vivem uma expectativa de vida diferentes de sua juventude, ultrapassados por uma nova cultura e gerao? Em nossa cultura os jovens no possuem o hbito de fazerem planos para posteridade que incluam uma data to longnqua de mais de 30 ou 40 anos aps a fase adulta. Costumamos planejar nossa vida adulta entre os 40 a 60 anos, depois disso deixamos a vida nos levar, e mais do que saber para onde iremos a questo como e o qu faremos com este final que nos resta, que se torna cada vez maior. Os resultados obtidos pela pesquisa demonstraram que h diversos fatores implicados para dar conta de uma vivncia bem sucedida na velhice, sem que seja impossvel de se realizar, mas que h necessidade de estratgias articuladas para se ter uma vida no s longa, e sim tambm para vive-la com prosperidade.

    Tema

    Pesquisa qualitativa sobre como possvel viver bem na terceira idade, com um grupo de 33 pessoas idosas a partir de 60 anos, considerando o aumento da mdia de vida e expectativa de vida maior.

    Objetivo Geral

    Verificar e compreender como possvel viver bem na terceira idade, frente a uma sociedade que

    se desenvolve a cada dia, transformando e criando novos meios sociais diferentes do habitual desse grupo etrio, produzindo novas tecnologias e subsdios que nos conduzem a uma

    longevidade cada vez maior.

  • vi

    Objetivos Especficos

    Verificar quais as atividades que produzem maiores benefcios e bem-estar para as pessoas da terceira idade.

    Averiguar quais os projetos de vida para essa faixa etria. Compreender quais so os obstculos e barreiras que o grupo encontra para alcanar uma

    vida prspera na terceira idade.

    Analisar os resultados presentes com uma perspectiva para o futuro desse grupo etrio.

    Metodologia

    A pesquisa teve como populao alvo pessoas da terceira idade que demonstraram ter uma vida ativa e tinham interesse em manter-se produtivos nessa faixa etria, considerando dentro desse perfil os idosos que se enquadravam em algum dos segmentos abaixo:

    Possuem independncia financeira;

    So responsveis por alguma atividade que beneficie terceiros;

    Mantm ou possuiu nessa faixa etria algum tipo de atividade intelectual;

    Possuem desenvoltura ou autonomia em gerir sua vida social.

    Como procedimento foi aplicado um roteiro de entrevistas com perguntas abertas, conforme anexo.

    Caracterizao da Instituio

    A pesquisa no foi realizada em nenhuma entidade. A populao alvo foi com pessoas autnomas, escolhidas aleatoriamente por indicao do nosso crculo social, e pessoas associadas a grupos comunitrios que realizam projetos e atividades especficas para esta faixa etria.

  • 7

    1 Introduo

    Ao nos reunirmos para elaborarmos um tema para pesquisa relacionada a disciplina de Psicologia da Idade Adulta e Maturidade, lembramos de nossa infncia, principalmente os integrantes mais velhos do grupo. Recordamos que quando indagados ou ao pensarmos na velhice, logo vinha em nossa mente a ideia de uma pessoa de 50 e poucos anos com um aspecto desanimador, caqutico, j tendo vivido toda sua histria de vida e sem muito mais a acrescentar que valesse a pena, estando praticamente no limiar da morte.

    O interessante que quanto mais velho o membro do grupo, menor ficava a idade entendida como fim de carreira. Hoje, essa percepo infantil que tnhamos desse quadro da velhice mudou. Isso talvez se d ao fato de que vivemos em outro contexto social, com novas estruturas e papis sociais alterados, alm do progresso cientfico e social que promoveu diversos benefcios na rea da sade, um dos fatores que levaram ao crescente aumento da mdia de vida nas ltimas dcadas. Por isso, resolvemos partir desse princpio para direcionar nossa pesquisa, a longevidade.

    Porm a questo ainda permanecia. Quais mudanas a atualidade trouxe para essa fase da vida, a velhice, para que ela no nos encontre naquele antigo quadro que tnhamos na infncia, sem nimo e caquticos? Pior agora tnhamos um agravante, a de uma existncia maior. Hoje, a expectativa de vida no Brasil chega aos 73 anos, com variaes entre homens e mulheres, ento... Se antes tnhamos em mente um quadro de uma pessoa deteriorada em seus 50 anos, como seria levar essa vida adiante por ainda 20 anos, ou mais, sem cairmos no