of 60 /60
balanço social 2008 riosulense.com.br

RIOSULENSE | Balanco Social 2008

Embed Size (px)

DESCRIPTION

Balanco Social 2008

Text of RIOSULENSE | Balanco Social 2008

  • balano social 2008

    r iosulense.com.br

  • 02

    PALAVRA DO PRESIDENTE

  • 03

    O ano de 2008 foi um palco de desafios para a Riosulense.

    Grandes projetos como a concluso da Fundio II e a compra dos

    equipamentos necessrios exigiram significativos investimentos.

    Tambm focamos em treinamentos e na modernizao dos processos

    de gesto em todos os setores e no fortalecimento da instituio

    visando a sustentabilidade da empresa no futuro.

    Um panorama otimista pelos avanos substanciais tecnolgicos e

    comerciais nos primeiros meses do ano foi entremeado pela necessidade de

    reajustes e adequaes diante da nova ordem econmica mundial instalada

    no ltimo trimestre do ano.

    Mesmo com uma histria de seis dcadas, e j habituada s oscilaes da

    economia mundial, a Riosulense permaneceu atenta diante deste quadro, se

    ajustou e buscou o equilbrio necessrio para manter a sua sustentabilidade.

    Alm do cumprimento de seus acordos comerciais nacionais e internacionais

    e da satisfao de seus clientes, a Riosulense permaneceu com seu papel

    social diante de seus pblicos internos e externos e da comunidade em geral.

    A transparncia e a clareza de suas aes nesse ano que misturou progressos e

    exigiu maturidade, criatividade e uma viso focada no seu papel dentro dos

    contextos econmico, tecnolgico, social e humano deram o tom para a

    transposio de todos os desafios.

    Sendo assim, 2008 foi o ano em que a Riosulense foi testada e aprovada pela

    consistncia da construo de sua sustentabilidade, que envolveu

    investimentos em tecnologias, qualidade operacional e gesto estratgica de

    pessoas.

    Sabemos que muitos outros desafios viro e estamos prontos para encar-los

    com a mesma energia empregada at agora.

    Porque, alm de sua histria e da fora de sua marca, a Riosulense possui um

    capital humano que fortalece sua base: as pessoas que fazem parte de sua

    histria. Composto por seus acionistas, clientes, representantes, instituies

    oficiais e associativas, fornecedores, parceiros, colaboradores e comunidade

    local e regional, esse patrimnio d o real suporte a sua existncia.

    Presindente

    Joo Stramosk

    um palco cheio de desafios2008

    r iosulense.com.br

  • A diretoria

    Um ano atpico onde no houve tempo para o desnimo ou

    insegurana. A ampliao da fbrica e da capacidade de produo da

    Riosulense em um primeiro momento e as exigncias de uma nova

    ordem econmica mundial no final do ano, exigiram agilidade, foco e

    muita pesquisa de mercado.

    A quebra de paradigmas mercadolgicos, o acompanhamento dos

    movimentos internos e externos dos mercados, a busca de novos

    negcios, as tomadas de decises diante da adaptao s novas

    demandas foram exerccios de crescimento que solidificaram a Riosulense.

    Diretor Superintendente

    Luis Antonio Stramosk

    Os esforos empreendidos na gesto da Riosulense resultaram em

    estratgias que possibilitaram a superao de importantes e difceis

    desafios em 2008. De um lado, grandes investimentos para torn-la

    competitiva e de outro, o trabalho de ajuste uma nova ordem

    mundial. E, nesse perodo de transio a organizao pde, apesar dos

    resultados abaixo das expectativas do ltimo trimestre, fortalecer sua

    imagem pela manuteno da qualidade de seus produtos,

    cumprimento de prazos e transparncia na relao com seus clientes. A

    adaptao aos novos tempos modernizou e solidificou a Riosulense em

    sua competncia na gesto, tornando-a mais flexvel, permitindo uma resposta

    rpida diante dos novos cenrios.

    Diretor Administrativo e Financeiro

    Nilo Meneghelli

    Investimentos na ampliao de sua estrutura

    fsica e tecnolgica, adequao s demandas

    internas com capacitao e treinamento,

    programas de melhorias contnuas e uma gesto

    com um mesmo foco, uma mesma linguagem e um

    mesmo objetivo trouxeram crescimento

    Riosulense em 2008.

    Alm do seu fortalecimento, a Riosulense ampliou sua

    capacidade de atender s rgidas exigncias

    mercadolgicas e as necessidades de seus clientes e se projetou para a

    realizao de novos negcios. Uma conquista coletiva e o passaporte para

    novos desafios.

    Diretor Industrial

    Luciano Marcial Dalla Nora

    04

  • 05

    Experincia aliada a planejamento...

    solidez para o futuro

    r iosulense.com.br

  • 06

    Ser uma empresa com solidez financeira,

    proporcionando um retorno que satisfaa ao

    acionista e permita um crescimento sustentvel.

    Agilidade e flexibilidade em fundidos e usinados.

    Gerar produtos com agilidade e flexibilidade,

    buscando a satisfao dos usurios e a

    preservao sustentvel da empresa.

  • Valores Riosulense

    CAPITAL HUMANO

    CLIENTES

    ACIONISTAS

    AUTO-SUSTENTABILIDADE

    MEIO AMBIENTE E COMUNIDADE

    TECNOLOGIA

    Pessoas satisfeitas e com sentimento de realizao

    pessoal e profissional.

    Garantir a plena satisfao dos clientes internos e

    externos.

    Garantir a remunerao do capital investido na

    companhia, gerando valor para o Investidor.

    Garantir resultados com solidez financeira.

    Respeito, preservao e promoo.

    Trabalhar em sistemas de parcerias, para gerar

    solues que aumentem a competitividade das

    empresas envolvidas.

    07

    r iosulense.com.br

  • 08

    A sustentabilidade no se constri apenas com o

    cumprimento de metas anuais e o alcance dos

    objetivos previstos no seu planejamento

    estratgico.

    A ratificao da imagem da Metalrgica

    Riosulense S/A o resultado de sua histria de

    63 anos e da sua adaptao permanente para o

    futuro, que visa cumprir seu papel social,

    econmico e tecnolgico junto aos seus clientes,

    acionistas, fornecedores, colaboradores e

    comunidade em geral.

    GESTO

    PARA O

    FUTURO

  • E essa busca se d pela soma de aes que se complementam e se ajustam s

    demandas nacionais e internacionais com o objetivo de satisfazer as

    exigncias de seus clientes e, dessa forma, permitir a manuteno de sua

    marca, a empregabilidade de seus colaboradores, a capacidade de

    desenvolvimento de novos projetos e os benefcios sociais desencadeados

    pelas suas atividades.

    Para pensar o futuro a Riosulense estabeleceu projetos que permitem o seu

    fortalecimento com a excelncia de seus produtos, com a capacitao e

    comprometimento de suas equipes de trabalho.

    Inovar e direcionar sua gesto estratgica e das pessoas envolvidas no seu

    processo, foi o foco da Riosulense em 2008.

    A Gesto do futuro da Riosulense desafiou crises, inovou, unificou discurso e

    viso corporativa com o mesmo foco: satisfazer seus clientes que, atravs dos

    produtos da Riosulense, deram andamento a seus projetos com qualidade e

    segurana.

    09

    r iosulense.com.br

  • 10

    Investimentos e inovao

  • Alm da viso que toda organizao persegue atravs

    do lucro e da competitividade mercadolgica, a

    Riosulense projeta seu foco na capacitao das

    pessoas e, desta maneira, nos benefcios que a

    sustentabilidade de seus negcios garantem a todos

    os stackholders.

    A adoo de tecnologias cada vez mais avanadas, a

    evoluo dos sistemas de gesto, o aprimoramento

    dos mecanismos de controle de qualidade e a

    reduo dos impactos ambientais, visam

    principalmente a melhoria da qualidade de vida das

    pessoas.

    O cumprimento de todos os negcios, a garantia do

    trabalho, renda e aprimoramento dos colaboradores,

    a reduo de impactos ambientais energticos, a

    gerao das contribuies tributrias foca nas

    pessoas, acionistas, colaboradores, fornecedores e

    comunidades do entorno local e regional.

    Essa viso atinge os clientes, seja atravs de suas

    empresas ou no indivduo comum, annimo que

    utiliza veculos montados ou recuperados com os

    produtos Riosulense.

    Investir Dar

    sustentabilidade ao futuro

    11

    r iosulense.com.br

  • 12

    INVESTIMENTOS & INOVAO

  • A busca da SUSTENTABILIDADE ultrapassa dados

    meramente contbeis e est embutida numa crena

    maior, cujos valores fortalecem a Riosulense ao apostar

    no Ser Humano e na sua capacidade de transformao do

    planeta pelo trabalho e renda, educao e sade, justia e

    segurana e que significam uma vida melhor.

    Para cumprir com esta viso, em 2008, a Metalrgica

    Riosulense investiu R$ 27,7 milhes na ampliao de sua

    rea fabril com a construo da Fundio II e, com isso,

    ampliou sua capacidade de fundidos em 40 por cento.

    Isso atendeu as metas definidas pelo planejamento

    estratgico para o prximo quinqunio. Estes

    investimentos vieram acompanhados de outras medidas

    visando a modernizao e adequao da Gesto

    Corporativa s novas demandas e momentos da economia

    mundial, j que a empresa est inserida neste contexto

    global.

    13

    r iosulense.com.br

  • Uma nova fbrica, uma realidade!

    A Riosulense se estrutura para acompanhar os movimentos do panorama mundial

    onde est inserida e solidifica seus valores - Capital Humano, Clientes, Comunidade,

    Acionistas, Meio Ambiente, Tecnologia e Auto-Sustentabilidade.

    A conquista desta sustentabildiade estar completa quando, pela concretizao

    real dos investimentos realizados em 2008, todos os stackholders e as comunidades

    dos bairros localizados no entorno da fbrica e tambm da microrregio do Alto Vale

    do Itaja, tenham uma mesma viso e se beneficiem de forma equnime do projeto,

    seja atravs da gerao de trabalho e renda, capacitao e profissionalizao de

    colaboradores, gerao de impostos, manuteno da qualidade e novas

    oportunidades de negcios.

    A globalizao dos negcios e o novo formato das relaes corporativas derrubaram

    paradigmas e reformataram o papel social das empresas. A Riosulense absorveu

    esses novos conceitos e se fez pioneira nessa viso difusa e multiplicadora de

    benefcios que substituiu o conceito ortodoxo do trip lucro, empregos e impostos.

    Investiu na ampliao da nova planta ou Fundio II com 10 mil metros quadrados,

    modernizou e aperfeioou o processo de fundio da empresa a comear pela

    melhoria das condies do ambiente de trabalho dos colaboradores, nos aspectos

    ergonmicos, de segurana, luminosidade, e com isso um layout mais funcional.

    14

    INVESTIMENTOS & INOVAO

  • A antiga fundio, hoje denominada

    Fundio I, com rea de 3.500 m

    ser devidamente reformada e

    destinada expanso da usinagem

    dentro de um cronograma com

    previso de trmino no decorrer de

    2010.

    Vrias melhorias fsicas imputaro

    mais qualidade a ambincia

    f u n c i o n a l e l a b o r a l p e l a s

    adequaes ergonmicas realizadas

    e os treinamentos oferecidos

    tambm fizeram a diferena.

    A nova proposta de gesto

    transformou colaboradores em

    parceiros. A Riosulense adotou uma

    nova filosofia de trabalho, onde

    todos tem a viso no mesmo foco e

    os processos tem a participao

    coletiva.

    Isso fortalece o trabalho de equipe e

    as decises tomadas em conjunto

    direcionam as aes para o mesmo

    objetivo - a sustentabilidade da

    organizao, sua rentabilidade e

    empregabilidade.

    A aquisio de novos equipamentos e

    tecnologias e os treinamentos

    realizados na Unidade II permitiram a

    implantao de sistemas que geram a

    simulao virtual completa do processo

    de fundio dos produtos, em menor

    tempo e agiliza os clculos de custos. A

    empresa tambm investiu na linha de

    moldagem semi-automtica e novos

    centros de usinagem, assim como na

    aquisio de tornos CNC, que ampliaram

    a produtividade em 30%.

    r iosulense.com.br

    15

  • Ampliao

    da Capacidade Produtiva

    Os substanciais investimentos da

    Riosulense em 2008 permitiram a

    ampliao da sua produtividade.

    ndices de crescimento de

    aproximadamente 16%, a

    quebra de recordes de produo

    de fundidos e a otimizao de

    todos os sistemas contriburam

    para as melhorias dos processos.

    Todas estas conquistas no se

    deram apenas com a ampliao

    do parque fabril, e decorrem,

    p r i n c i p a l m e n t e , d o s

    investimentos realizados em

    paralelo. A capacitao das

    pessoas, seja nos treinamentos e

    aperfeioamentos operacionais

    ou nos novos programas de

    gesto garantiram o alcance de

    suas projees numricas.

    16

    INVESTIMENTOS & INOVAO

  • 17

    r iosulense.com.br

    Esses investimentos foram extensivos

    comunidade local e regional ultrapassando os

    benefcios indiretos s famlias dos funcionrios.

    As parcerias em pesquisas, o apoio a eventos

    corporativos, cientficos, culturais e desportivos, o

    incentivo ao incremento dos setores de prestao

    de servios a clientes e terceirizados mostram os

    avanos da Riosulense na conquista da

    sustentabilidade.

    Mesmo com as atribulaes financeiras

    globalizadas registradas no final de 2008 no setor

    automobilstico, a Riosulense no desviou de seu

    foco na busca da excelncia de seus produtos, na

    manuteno de seus mercados e em paralelo, a

    prestao de servios a seus clientes, nas

    adaptaes s novas demandas e exigncias

    tecnolgicas.

  • Fortalecimento da comunicao

    As melhorias focadas na satisfao dos clientes oportunizaram benefcios aos

    colaboradores e demais pblicos internos e externos.

    Um exemplo foi o fortalecimento do sistema de comunicao organizacional,

    via Revista Institucional e revista dos colaboradores, site, eventos e feiras,

    palestras tcnicas e outras aes em consonncia com as novas propostas de

    gesto da organizao.

    18

    INVESTIMENTOS & INOVAO

  • r iosulense.com.br

    19

    A linguagem clara e transparente junto aos seus diversos pblicos da

    Riosulense definiu sua linha de conduta na discusso de temas pontuais e

    rotineiros na busca de solues simples, e garantiu a conquista de sua

    maioridade organizacional ao quebrar paradigmas, replanejar e redirecionar

    programas e aes visando seu fortalecimento.

    A melhoria contnua, a reduo dos impactos ambientais, o uso racional da

    energia renovvel, a adaptao dos processos, dentro dos critrios e padres

    internacionais dos clientes, foram as molas propulsoras para o crescimento

    individual e coletivo das equipes da Riosulense.

    Essas aes se refletiram na comunidade pois os avanos tecnolgicos

    fortaleceram a marca Riosulense que ampliou seus mercados e, dessa forma, a

    circulao de capital, a gerao de trabalho e renda e aes sociais diretas e

    indiretas.

  • CLIENTES & RELACIONAMENTO

    O respeito e a transparncia no relacionamento da Riosulense

    com seus pblicos sempre foi prioridade na sua histria e na

    preservao de seus mercados.

    A qualidade das relaes com seus clientes e a clareza de suas

    estratgias comerciais para os segmentos automotivos onde

    atua fazem parte das rotinas da sua equipe.

    O roteiro de visitas permanentes pela equipe Riosulense, a

    atuao dos representantes e a busca do aperfeioamento

    contnuo no atendimento de pr e ps-vendas, assim como a presena em

    eventos e parceria com associaes automotivas so metas da organizao.

    Perseguir a melhoria dos seus sistemas de comunicao fez parte das

    estratgias estabelecidas para 2008. E esses mecanismos atenderam, antes

    de tudo, as necessidades dos clientes e estabeleceram estratgias

    especficas em respeito s particularidades de relacionamento para cada

    segmento.

    20

    INVESTIMENTOS & INOVAO

  • O programa de Gesto

    de Relacionamento com

    Clientes implantado

    em 2008, tem como

    objetivo sistematizar

    uma srie de atividades

    d i r e c i o n a d a s a o s

    clientes em toda a

    cadeia automotiva do

    segmento de reposio.

    Nos segmentos de exportao e montadoras

    foi intensificado o sistema de visitas aos

    clientes nacionais e internacionais, assim

    como o reforo no convite para que estes

    conheam o parque fabril da Riosulense. Vale

    ressaltar ainda o aprimoramento dos

    programas (softwares) de troca de

    informaes entre clientes e fbrica a fim de

    agilizar e manter a credibilidade de dados.

    Outro projeto desencadeado em 2008 e

    direcionado ao segmento de reposio foi a

    implantao do programa Gesto de

    Relacionamento com Clientes, baseado na

    filosofia de CRM Customer Relantionship

    Managment.

    r iosulense.com.br

    21

  • 22

    INVESTIMENTOS & INOVAO

    Dentro desse programa a Riosulense desenvolve um banco de

    dados nico, cuja coleta se embasa em diversas fontes - pesquisas,

    representantes, contatos gerais com cliente. Unificadas, essas

    informaes so compartilhadas com todas as reas da empresa e

    significam ferramentas para estratgias de ao com o foco da

    satisfao do cliente. E isso d suporte para uma viso conjunta e

    equilibrada.

    O programa de Gesto de Relacionamento com Clientes est

    subdivido em dois projetos que vo atender pblicos distintos

    dentro do mesmo segmento.

    O denominado Central de Atendimento ao Cliente, um servio

    pro ativo que tem o intuito de reforar o relacionamento entre

    fbrica e cliente direto, isto , os distribuidores da marca Riosulense

    em todo pas. Num trabalho paralelo destinado a todos os

    distribuidores permanece a atuao da Fora de Vendas, cuja

    equipe de representantes refora o atendimento in loco de maneira

    fundamental e estratgica.

    PROGRAMA

    Gesto de Relacionamento com Clientes

    Central de Atendimento

    Riosulense

    Programa de Fidelizao de

    Clientes Finais

    DADOS x ESTRATGIAS

    SATISFAO DO CLIENTE

    DISTRIBUIDORES APLICADORES

  • J o programa de Fidelizao de Clientes Finais visa a aproximao do aplicador final.

    Esta aproximao realizada atravs de nossa fora de vendas (representantes), com

    visitas in loco e atravs de contatos peridicos diretamente da fbrica ao aplicador.

    Estes trabalhos realizados, com distribuidores ou aplicadores, do a Riosulense

    subsdios que, transformados em estratgias de mercado, alcanaram um dos seus

    principais objetivos: a satisfao do cliente.

    Outra ao desenvolvida em 2008 para fortalecer o relacionamento com todos os

    clientes foi o Programa de Palestras Tcnicas Riosulense. Realizadas em parceria com

    Distribuidores e Conarem - Conselho Nacional de Retficas e Motores, totalizou 49

    Palestras destinadas a um pblico de quatro mil participantes em todo pas.

    A proposta das Palestras Tcnicas Riosulense levar aos seus clientes e aplicadores finais

    a adoo de prticas corretas na aplicao final dos produtos MR o que garante maior

    aproveitamento e, consequentemente, melhor resultado final e satisfao do cliente.

    Os eventos tambm oportunizaram trocas de ideias, sugestes e a ampliao do

    dilogo, o que fortalece o relacionamento entre empresa e cliente.

    Seguindo sua meta de aproximao com seus

    clientes diretos e indiretos no segmento de

    reposio, a Riosulense utilizou da estratgia de

    participao em Feiras Regionais. Desta maneira

    em 2008, a Riosulense se fez presente em eventos

    nos estados do Rio de Janeiro, Minas Gerais e

    Goinia em 2008. Com resultados excelentes

    alcanou seus objetivos de estar prximo de seus

    pblicos - sejam representantes, distribuidores

    ou aplicadores finais e promover trocas que

    fortalecero, cada vez mais, a sinergia entre

    todas as partes de seu processo industrial at o

    usurio final de suas peas e componentes.

    r iosulense.com.br

    23

  • 24

    QUALIDADE OPERACIONAL

  • Inovar para fortalecer

    o foco

    Ao focar em Gesto de Pessoas a Riosulense investiu em

    mudanas estruturais para unificar a viso de todos os

    colaboradores e planejar a sua sustentabilidade com a

    conquista da qualidade pela motivao e envolvimento de

    todos no cumprimento de metas e objetivos.

    O aprimoramento do processo produtivo, atravs da

    capacitao e motivao das equipes, para uma

    linguagem e viso alinhada dos conceitos e metas,

    permitiu avanos significativos em 2008.

    As inovaes implantadas desencadearam um

    crescimento de produtividade apesar dos resultados

    decrescentes registrados no final do ano em funo da

    crise mundial.

    Alm dos investimentos na ampliao de sua rea fsica a

    empresa se municiou de muitas ferramentas e programas

    de qualificao, treinamento e motivao de todos os

    colaboradores.

    A atuao focada nas melhorias contnuas e para uma

    conscincia coletiva direcionada para a qualidade

    operacional teve o suporte de substanciais investimentos

    e no treinamento das equipes.

    r iosulense.com.br

    25

  • A proposta inicial foi, atravs desses mecanismos, convocar o colaborador a ser

    parceiro e capaz de interagir nas diversas reas da empresa na busca de maior

    produtividade e qualidade dos produtos atravs da cooperao mtua.

    Uma das ferramentas introduzidas nesse processo foi o sistema KAIZEN que garante

    o maior aproveitamento e produtividade dos equipamentos. Para tal, implantou

    uma gesto integrada com a participao multissetorial e multidisciplinar com

    autonomia de todos os colaboradores nas solues rotineiras da empresa.

    Essas equipes buscam solues para ampliar o aproveitamento das mquinas, dos

    espaos, ergonomia, segurana, ambiente de trabalho que proporcionem ndices

    operacionais compatveis com as demandas e metas definidas.

    A implementao de um sistema KAMBAN Piloto para controle de reduo de

    estoques agilizou a introduo da produo puxada, base do Lean manufacturing,

    outra ferramenta implementada pela Riosulense.

    QUALIDADE OPERACIONAL

    26

  • Tambm foram ampliadas as

    auditorias de produto para

    g a r a n t i r e f o r t a l e c e r a

    confiabilidade da produo

    conforme as normas pr -

    estabelecidas pelos clientes.

    As melhorias tambm chegaram

    as embalagens com sistemas

    desenvolvidos pela Engenharia da

    Empresa para atender as

    necessidades dos clientes.

    E s s a s n o v a s f e r r a m e n t a s

    s u b s t i t u r a m r o t i n a s q u e

    buscavam o aperfeioamento dos

    sistemas e a melhoria da

    qualidade. O conjunto destas

    aes resultou em conquistas de

    produtividade, qualidade e

    reduo de custos tornando a

    Riosulense mais competitiva.

    Melhorias contnuas

    nos processos

    r iosulense.com.br

    27

  • As questes ambientais tambm foram includas nos planos de ao da Riosulense

    em 2008.

    O incio de estudos para o fornecimento de produtos especficos para motores

    ecologicamente corretos e direcionados para novas matrizes energticas, como o

    biodiesel e os geradores eletricidade, ampliou oportunidades de negcios e

    fortaleceu o comprometimento da Riosulense com o futuro do planeta.

    Tecnologias de ponta, profissionais habilitados e uma marca forte no mercado

    deram experincia e a certeza de que a empresa amadureceu e se fortaleceu

    atravs de seus novos mecanismos de gesto voltados para a sustentabilidade de

    suas atividades.

    Dessa forma, os mercados de Reposio, Montadoras e Exportao foram

    atendidos dentro dos compromissos assumidos. Os projetos de melhorias

    contnuas, trabalhados em paralelo s novas demandas, deram-se pelo

    comprometimento da Riosulense com seus acionistas, colaboradores, clientes e

    parceiros.

    A fim de assegurar a qualidade dos seus produtos a Riosulense reforou, em 2008,

    os programas de FMEA (Anlise de Efeito e Modo de Falha), MSA (Analise de

    Sistemas de Medio), CEP (Controle Estatsticos de Processo) e tambm iniciou as

    atividades de projetos Seis Sigmas. Com esta sistemtica sero aplicadas

    ferramentas de estatstica, experimentos prticos, anlise detalhada das causas

    dos problemas, objetivando reduo de falhas.

    Essas metodologias no atuam de forma isolada. So necessrios envolvimento,

    disciplina e dedicao de todos os colaboradores.

    Qualidade e

    comprometimento total

    QUALIDADE OPERACIONAL

    28

  • A Riosulense iniciou programas de capacitao com o curso de Green Belts.

    Os colaboradores que se destacaram pela implantao de projetos de melhoria

    sero selecionados para Black Belts e passaro a dedicar tempo integral ao Seis

    Sigma.

    Para 2009 o objetivo dar continuidade a este projeto e at 2010 capacitar todos

    os gestores de acordo com a metodologia das ferramentas Lean e Seis Sigma.

    Pois, em conjunto com as ferramentas de qualidade j utilizadas, contribuiro

    para aumentar o conhecimento em novas metodologias para a conquista de

    metas mais desafiadoras.

    Esta proposta iniciou com a adoo de novas ferramentas de gesto voltadas para

    a sensibilizao, motivao e mudanas comportamentais que permitiram a

    manuteno do Certificado ISO/TS 16949:2002.

    r iosulense.com.br

    29

  • 30

    GESTO ESTRATGICA

    E SUSTENTABILIDADE

  • r iosulense.com.br

    31

    O ano de 2008 iniciou com excelentes

    perspectivas de rendimentos para todo

    setor automotivo e a Riosulense se

    beneficiou deste panorama otimista.

    Diante das expectativas promissoras

    investiu na expanso de seu parque

    fabr i l , na aqu is i o de novos

    equipamentos, inovou na capacitao e

    treinamento de seus colaboradores e

    obteve retornos concretos tanto em

    produtividade quanto no fortalecimento

    de sua marca.

    E esse quadro promoveu at o incio do

    ltimo trimestre um retorno com nveis e

    lucratividade dentro das metas

    projetadas.

    Com a queda no ritmo desencadeada

    pelas oscilaes da economia global,

    que se fez sentir em todos os setores e,

    principalmente, no automotivo, a

    Riosulense adotou novas estratgias e

    redirecionou suas diretrizes.

    Novos projetos

    novos mercados

  • GESTO ESTRATGICA E SUSTENTABILIDADE

    E, ao fazer isso, conseguiu manter o retorno necessrio dos investimentos

    realizados e, paralelamente, estabelecer as metas e atividades planejadas para

    2009 a despeito da situao econmica que desestabilizou a economia mundial.

    32

  • Esse panorama de indefinies e mudanas incessantes levou a

    Riosulense a focar com mais nfase em estratgias voltadas para o

    mercado independente de reposio nacional.

    Os investimentos para concretizar a complementao de algumas linhas

    foram ampliados, estudos para o lanamento de novos produtos

    ganharam ainda mais ateno, para ampliar o portfolio de produtos

    oferecidos com a marca MR.

    Mesmo que o ltimo trimestre no tenha atendido as expectativas

    iniciais, o ano de 2008 foi palco de grandes conquistas para todo mercado

    automotivo, e principalmente, para o segmento de montadoras, onde a

    Riosulense se encontra como fornecedora das

    principais marcas instaladas no pas e

    exterior.

    r iosulense.com.br

    33

  • GESTO ESTRATGICA E SUSTENTABILIDADE

    34

    Neste processo de adequao ao cenrio mundial

    um dos maiores desafios da organizao foi

    adaptar seus objetivos de negcios e

    investimentos s novas demandas de mercado do

    setor automotivo.

    Com isso, solidificou seu esforo na manuteno

    da parceria com os atuais clientes e deu

    sustentabilidade aos projetos em andamento.

    Estudos de novas oportunidades de negcios

    voltados a nichos diferenciados - para os quais a

    empresa j possui a tecnologia necessria,

    despontam como alternativas para 2009.

    C o m i s s o , a R i o s u l e n s e a p o s t o u n o

    desenvolvimento de linhas de produtos para

    mercados que no esto totalmente atrelados ao

    segmento automobilstico o que permite que

    atue em diferentes negcios e mercados.

  • r iosulense.com.br

    35

    A Riosulense deu, em 2008, continuidade as suas estratgias de promover estudos

    de novos mercados. O panorama mundial ampliou esse esforo com novos contatos

    e pesquisas voltadas para novos negcios.

    Com um foco centrado na excelncia de seus produtos e na manuteno da

    liderana nos mercado onde atua, um trabalho de equipe apostou na criatividade,

    inovao e na consistncia da marca Riosulense para diversificar.

    Diversificao nos negcios para

    ampliar possibilidades

    Foco centrado

    na excelncia

    de seus

    produtos

    Dessa forma, 2008 foi palco de estudos para

    lanamento de novos itens que vo agregar valor ao

    pacote fornecido pela Riosulense e que ser

    implementado em 2009.

    O fechamento de contratos com grandes clientes nos

    mercados internos e externos foram promissores e

    levaram a Riosulense ao topo do Hemisfrio Norte, onde passou a abastecer uma

    grande montadora de motores da Finlndia.

  • GESTO ESTRATGICA E SUSTENTABILIDADE

    36

    O modelo atual de gesto da Riosulense, cujo projeto foi desencadeado em

    2006 e culminou em 2008, oportunizou um controle cada vez maior, tanto

    nas questes corporativas quanto na transparncia das informaes de

    indicadores e metas definidos e alcanados.

    Esse processo que iniciou com a qualificao dos gestores e teve como

    conseqncia o fortalecimento da empresa, pois direcionou aes de

    melhorias constantes em todos os setores da companhia.

    Em 2008 essa ferramenta chegou a todas as linhas de superviso e garantiu

    um maior entrosamento e uma comunicao mais efetiva entre os gestores.

    Gesto Corporativa

  • r iosulense.com.br

    37

    A adoo desse modelo de gesto

    permitiu a toda corporao uma

    v isual izao s is temat izada das

    estratgias, objetivos e metas em todos

    os nveis e contribuiu para resultados

    finais de produtividade elevada.

    No caminho desse processo, a

    governana corporativa mereceu

    ateno com a formatao de um novo

    modelo que culminar com a migrao

    da gesto da empresa para a adoo de

    preceitos da governana corporativa.

  • A preocupao da Riosulense com as questes ambientais e o

    direcionamento de projetos e aes que permitam a efetiva

    implantao da ISO 14001 mereceu ateno em 2008.

    O treinamento de funcionrios para serem auditores internos

    permanentes garantiu o fortalecimento de uma viso corporativa que

    atende s exigncias dessa certificao, que faz parte do

    planejamento estratgico da empresa.

    A aquisio de um novo recuperador de areia para a Fundio II e a

    implantao do projeto KAIZEN resultou na reutilizao de 95% da

    areia utilizada.

    Um controle dos dejetos industriais e o incio da construo de uma

    nova Estao de Tratamento de gua ETA - fazem parte dos

    investimentos na rea ambiental.

    MEIO AMBIENTE

    GESTO ESTRATGICA E SUSTENTABILIDADE

    38

  • r iosulense.com.br

    39

    A Riosulense manteve em 2008 vrios

    programas de melhoria continua como:

    ELO (Empresa Limpa e Organizada), CICE

    (Comisso Interna de Conservao de

    Energia), Coleta Seletiva, Plantio

    Comemorativo, Semana Interno do Meio

    Ambiente, dentre outras aes pontuais

    desenvolvidas periodicamente pelos

    colaboradores da empresa.

    No foram aes isoladas, projetos nicos.

  • A parceria com a APREMAVI - Associao

    de Preservao do Meio Ambiente do

    Alto Vale do Itaja, cone da educao e

    preservao ambiental catarinense foi

    um dos pontos de destaque de 2008.

    A APREMAVI garante a coleta de

    sementes, produo de mudas e

    reposio de espcies nativas na regio

    para recuperao de reas degradadas,

    dando coerncia s suas prticas no

    quesito defesa e preservao do

    ecossistema.

    Eventos internos e externos

    p e r m i t i r a m o d e b a t e e

    fortalecimento dos conceitos

    preconizados pela Riosulense.

    A parcer ia da R iosu lense

    direcionada manuteno do Parque

    Mata Atlntica 2000, localizado no

    municpio de Atalanta / SC, prximo a

    cidade de Rio do Sul, onde est situado o

    parque fabril da Riosulense.

    (www.apremavi.org.br)

    Parcerias Inteligentes

    GESTO ESTRATGICA E SUSTENTABILIDADE

    40

  • A Educao Ambiental interna e das

    comunidades locais e regionais

    d e s e n v o l v i d a p o r O r g a n i z a e s

    governamentais e no governamentais

    tiveram o apoio da Riosulense.

    A empresa patrocinou a produo de uma

    Cartilha de Educao Ambiental editada

    pela Secretaria de Desenvolvimento

    Regional do Governo do Estado de Santa

    Catarina. O material foi distribudo a todos

    os alunos da rede de ensino fundamental

    dos municpios de Rio do Sul, Lontras,

    Aurora, Laurentino, Agronmica,

    Agrolndia, Rio do Oeste, Pouso Redondo,

    Atalanta, Trombudo Central e Presidente

    Nereu.

    Essa ao permitiu a construo de um

    novo olhar para a explorao racional e

    sustentvel do meio ambiente, promoveu

    a disseminao de idias junto s famlias

    rurais e urbanas e criou novos conceitos e

    adoo de novos comportamentos

    ecologicamente mais responsveis.

    Projetos Comunitrios

    r iosulense.com.br

    41

  • GESTO ESTRATGICA E SUSTENTABILIDADE

    42

    INCENTIVOS

    E VALORES

    Num mundo globalizado onde a incluso

    dos grupos em desvantagem ocorre pela

    participao da iniciativa privada, a

    Riosulense cumpre seu papel social. E faz

    isso atravs de aes fomentadoras de

    valores que preparam para a cidadania

    integral pelo mrito do estudo, da

    capacitao para o trabalho e pela

    responsabilidade.

    Um dos caminhos que fortalece a crena

    desses valores o apoio ao esporte como

    preparao e descoberta de valores

    promissores.

    A adoo de hbitos saudveis, do

    treinamento fsico e mental, da disciplina,

    do desafio superao de limites e metas,

    da valorizao do ser humano integral e

    inserido no seu contexto ambiental so

    atributos do esporte. Os resultados

    obtidos comprovam essa viso e do

    sustentabilidade aos programas sociais

    de incentivo ao esporte da Riosulense.

  • Um dos projetos apoiados pelos programas de responsabilidade social da

    Riosulense a Escola de Atletismo da Fundao Municipal de Desporto de Rio do

    Sul, que atende 50 jovens e crianas. O patrocnio de transporte, alimentao e

    equipamentos esportivos abriu portas descoberta e desenvolvimento de

    grandes talentos esportivos.

    Conquistas em eventos locais, nacionais e internacionais do sustentabilidade ao

    seu desenvolvimento integral e se baseiam no trinmio "educao, esporte e

    sade" que a base da construo de um cidado equilibrado e produtivo e

    influenciam toda a famlia e comunidade.

    Quando a Riosulense aposta no desenvolvimento desses jovens, refora sua

    confiana num planeta mais justo, equnime e capaz de se transformar pela

    conscincia coletiva.

    Outro exemplo o papel da Riosulense na vida da jovem enxadrista Vanessa

    Feliciano, 17 anos, de Rio do Sul, que faz parte da equipe brasileira de Xadrez e

    disputar a Olimpada da modalidade, na Alemanha em novembro deste ano. A

    sua referncia e o incentivo a este jogo motivou centenas de alunos nas escolas

    pblicas, trazendo como conseqncia o desenvolvimento de aptides e talentos.

    O patrocnio a pilotos e eventos automobilsticos nos mbitos estadual e

    nacional refora a valorizao ao esporte, competio e incentiva a

    pesquisa e o desenvolvimento de novas tecnologias dentro do

    setor automotivo.

    ATLETISMO, XADREZ E NOVAS VIDAS

    Trabalhar com essa viso multifacetada

    imprime na marca Riosulense a tica

    globalizada de suas aes na satisfao

    dos interesses difusos da sociedade.

    r iosulense.com.br

    43

  • GESTO DE PESSOAS

    44

  • A sustentabilidade de uma organizao passa,

    necessariamente, pela sua capacidade de focar tanto em

    tecnologias e equipamentos quanto em pessoas e nos

    processos de gesto que transformam as suas atividades

    em oportunidades de crescimento coletivo.

    Quando a Metalrgica Riosulense definiu em 2008 o foco

    de seu planejamento estratgico apostou no

    desenvolvimento da empresa e das pessoas que, direta ou

    indiretamente, se beneficiam de suas atividades.

    Pois, independentemente dos investimentos em

    mquinas, equipamentos e tecnologias somente as

    pessoas podem oportunizar e garantir que os objetivos

    organizacionais sejam alcanados.

    Para tal, a Riosulense apostou no desenvolvimento das

    lideranas e na sua transformao em agentes coletivos

    das mudanas organizacionais.

    A capacitao e desenvolvimento de seus colaboradores

    beneficiou e reforou os valores relacionados a incluso

    social pelo trabalho, na prtica da preservao ambiental

    e no respeito ao coletivo.

    Ao intensificar sua atuao no desenvolvimento de seu

    capital intangvel, por considerar este a base fundamental

    para sustentar o crescimento da organizao, a

    Riosulense cumpre com sua funo social junto com seus

    pblicos internos e externos, os stakeholders,

    promovendo a Sustentabilidade do negcio e da

    comunidade.

    r iosulense.com.br

    45

  • Mudanas conceituais

    foram alinhadas em todos

    os nveis hierrquicos

    atravs de programas

    e s p e c f i c o s d e

    desenvolvimento para

    criar uma nova linguagem

    d e a p r o x i m a o ,

    sensibilizao e mudana

    comportamental.

    Um novo

    foco

    Para alcanar seus objetivos a MR

    inovou no processo de gerenciar seus

    R e c u r s o s H u m a n o s , p a r t e

    imprescindvel de seu capital.

    Inicialmente, transformou cada

    colaborador num parceiro da empresa

    atravs da conscincia de que os

    objetivos pessoais e da organizao

    tm o mesmo significado quando se

    objetiva qualidade, crescimento,

    sustentabilidade, empregabilidade e

    mercado. E isso s se alcana quando

    todos tm a mesma viso e conceito.

    46

    GESTO DE PESSOAS

  • r iosulense.com.br

    47

    Compartilhar a gesto e quebrar barreiras

    fizeram do novo modelo uma ferramenta

    capaz de ampliar as perspectivas de

    crescimento de todos e, consequentemente,

    da empresa.

    O Programa oportunizou s lideranas da

    Metalrgica Riosulense conhecerem novos

    modelos de gesto e a aplicao dos que mais

    se adaptaram s demandas, com o princpio

    bsico de aproximar para a maior

    participao e dessa forma, oferecer desafios

    e metas em busca de resultados .

    A adoo de novos mtodos

    de gesto, Projetos Seis

    Sigma, Kaizens, dentre

    outros, conduziram a

    e m p r e s a p a r a u m a

    m u d a n a c u l t u r a l ,

    envolvendo cada vez mais

    seus colaboradores nas

    d e c i s e s e m e l h o r i a

    contnua, ampliando os

    resultados positivos e

    desenvolvendo uma nova

    viso global e sistmica do

    negcio.

  • 48

    GESTO DE PESSOAS

    Gestores e colaboradores compartilham as metas a serem alcanadas e, dessa

    forma, passam a ser responsveis pelos resultados da organizao.

    Esse caminho possibilita a participao e est ligado Avaliao Gerencial

    Mensal - o acompanhamento contnuo dos resultados que envolve diretoria e

    gerncias e, posteriormente, discutida com suas equipes. O processo permite

    discutir metas, estratgias e a avaliao dos resultados, facilitando a correo

    das rotas com agilidade e rapidez necessrias.

    Outra ferramenta importante para desenvolver gestores foi o Job Rotation

    (Rodzio de funo) que, em 2008, foi implantada como projeto piloto em dois

    setores: Tuchos-Usinagem e Metrologia e ser estendida a diversos setores em

    2009. O objetivo principal desenvolver as competncias para o fortalecimento

    da Viso do Negcio, trabalho em equipe, negociao, flexibilidade e viso

    sistmica.

    Ferramentas

    utilizadas

    Se a participao transformou cada

    colaborador num parceiro da empresa, o

    projeto de Contrato de Resultado Individual foi

    ao inovadora, cujas metas permitem a

    empresa alcanar os resultados definidos em

    seu planejamento estratgico.

  • r iosulense.com.br

    49

    Desenvolvimento

    de Competncias

    A empresa, para atender as demandas do seu Planejamento Estratgico em

    inovao, flexibilidade e resultados, definiu outras competncias, alm das

    organizacionais e das individuais.

    Planejamento e organizao, desenvolvimento do negcio, iniciativa, trabalho de

    equipe, comunicao, negociao, flexibilidade, criatividade e comprometimento,

    so as competncias que promovem a interrelao entre as estratgias

    organizacionais e determinam a vantagem competitiva

    da empresa e dos colaboradores, que juntos, alcanam

    seus objetivos agregando valor aos indivduos e ao

    negcio.

    A gesto desse processo foi impulsionada pelos

    programas SEIS SIGMA, CONTRATO DE RESULTADO

    INDIVIDUAL, KAIZEN, JOB ROTATION, dentre outros que

    permitiram maior aproximao, envolvimento e

    comprometimento dos colaboradores e a delegao das

    responsabilidades de acordo com suas habilidades.

    Essas ferramentas de desenvolvimento utilizadas no

    trabalho de equipes multifuncionais permitiram o

    alinhamento de aes individuais e coletivas, pois todos

    so corresponsveis pelo resultado final.

  • 50

    Gesto de Desempenho

    A Gesto de Desempenho, implantada em 2006,

    atravs de aes anuais, mensuram conhecimento,

    habilidades e atitudes dos colaboradores e

    oportunizaram a avaliao do desempenho do

    colaborador e, consequentemente, da empresa.

    As comparaes dos dados coletados nesse perodo

    permitiram o acompanhamento da evoluo do

    patrimnio humano, que, junto com os investimentos

    tecnolgicos e de gesto, permitiram a evoluo da

    organizao. A produtividade decorreu da qualidade

    da mo-de-obra e da sinergia para os resultados.

  • r iosulense.com.br

    51

    A comunicao interna entre gestores e colaboradores, com feedback formal,

    permitiu que estes conhecessem os parmetros de seu desenvolvimento,

    sentiram-se valorizados e reconhecidos, e contribuiram para o

    aprimoramento de suas buscas como indivduos parceiros da organizao.

    O Programa de Recrutamento Interno mais uma oportunidade de ascenso e

    crescimento profissional. Motivado, assume a responsabilidade e desenvolve

    competncias e habilidades, pois sabe que poder crescer dentro da

    organizao.

  • 52

    GESTO DE PESSOAS

    Educao e

    capacitao

    A medida que o colaborador

    v i s lumbra poss ib i l idades de

    crescimento, investe mais em sua

    educao formal, profissionalizao

    e capacitao.

    Com o levantamento dos 'Gaps'

    (diferena entre a competncia atual

    e a desejada dos colaboradores),

    atravs da avaliao de desempenho,

    a empresa apresenta aes de

    desenvolvimento individual que

    facilita seu crescimento pessoal e

    profissional.

    A Riosulense, atravs do Centro Educacional Metalrgica Riosulense e em parceria

    com o SESI, oferece os seus colaboradores, familiares e terceirizados o ensino

    fundamental e mdio.

    Esse incentivo da Riosulense abriu um leque de possibilidades a todos os

    colaboradores. Ampliou sua empregabilidade e suas chances como cidados

    participativos, crticos e aptos a novos conceitos e desafios, assim como a

    desenvolver novas habilidades. E renovados, estimulam e oportunizam s suas

    famlias interagir, crescer junto e conquistar novos espaos dentro da sociedade,

    mudando a cultura.

    Assim como incentiva o crescimento, a empresa tambm possui uma poltica de

    incluso social clara e democrtica. Todos recebem tratamento igualitrio e

    garantia de acessibilidade empregatcia e mobilidade dentro da planta industrial.

  • r iosulense.com.br

    53

    Quando atrai, retm e agrega valor aos seus colaboradores a Riosulense oferece

    vrios programas que garantem sua segurana, qualidade de vida, perspectivas de

    crescimento e, acima de tudo, reconhecimento e valorizao e incluso social.

    A Metalrgica Riosulense investiu em 2008 R$ 6.129.000,00 em programas e

    benefcios a seus colaboradores. As aes vo desde recrutamento, capacitao e

    educao, promoo e valorizao da sade e integridade fsica atravs de Planos de

    Sade extensivos a famlia, seguro, ambulatrio e Brigada de Segurana,

    restaurante, transporte, lazer e incentivos.

    Benefcios

    A Riosulense implantou ainda o programa de Gesto da Diversidade que, dentre seus

    objetivos, inclui a contratao de pessoas com deficincias.

    O programa uma parceria com o SESI e oferece oportunidades de trabalho a

    indivduos com perfil fsico diferenciado. No entanto, o programa tambm incentiva

    o respeito e a aceitao s diferenas atravs do respeito por idias, posturas,

    religiosidade, opo sexual e caractersticas intelectuais.

    Gesto da Diversidade

  • Concluso

    54

  • Ao investir em tecnologias para a

    a m p l i a o d e p r o d u t i v i d a d e e

    sustentabilidade organizacional, a

    Metalrgica Riosulense S.A. refora a sua

    viso de promover o desenvolvimento

    social, econmico, cientfico e permitir o

    crescimento integral de todos os seus

    pblicos sejam eles os internos quanto os

    externos - fornecedores, terceirizados e

    servios.

    Como geradora de trabalho e renda a

    Metalrgica Riosulense agrega valor s

    suas aes de responsabilidade social ao

    ser a segunda maior empresa pagadora de

    tributos no municpio de Rio do Sul e, dessa

    forma, multiplicar benefcios sociais

    atravs dos servios pblicos voltados para

    educao, sade, segurana, lazer,

    esportes, cultura.

    Essa contribuio tangvel, porque se

    expressa em nmeros, superada pela

    quebra de paradigmas, no acesso ao

    trabalho profissional, na busca da

    qualidade de vida pela mudana de valores

    disseminadas atravs de suas aes

    internas, que podem ser contabilizadas

    como benefcios.

    r iosulense.com.br

    55

  • 56

    Quando apostou na gesto de pessoas e incentivou o crescimento

    profissional de seus colaboradores a Riosulense no vislumbrou

    apenas a melhoria e rentabilidade de suas aes. Investiu no

    equilbrio social desencadeado pela evoluo coletiva

    proporcionada pela sua sustentabilidade projetada para o futuro:

    o crescimento da organizao, o fortalecimento de sua marca e

    sua capacidade de empregabilidade responsvel.

    Investir em colaboradores uma rotina histrica da Riosulense e

    um dos seus diferencias.

    Proporcionar uma nova viso do trabalho capacitado, da cidadania

    pela insero intelectual, cultural e esportiva atravs de conceitos

    e valores disseminados no seu entorno pela coerncia de suas

    prticas um fato intangvel, mas perceptvel.

    Investir em pessoas pela educao e pela busca de um futuro

    perpetuado pela capacidade de crescimento individual e coletivo

    um avano que fez diferena.

    Sendo assim, o que torna a Riosulense mais forte e com mais

    sustentabilidade para planejar em longo prazo acreditar no

    capital humano, que cresce em valor e capacidade de trabalho

    pela conscincia e pelo comprometimento.

    A Riosulense S.A. Cumpriu em 2008, a despeito dos revezes

    inerentes ao momento econmico mundial, o seu papel junto a

    comunidade local e regional. Implementou e respeitou os direitos

    difusos no s nos termos sociais, mas tambm ambientais e,

    dessa forma justificou o discurso que deflagra ao longo de sua

    histria, o respeito s pessoas que desencadeia produo e

    crescimento responsvel e sustentvel.

  • r iosulense.com.br

    57

    Receitas 149.767.925

    Vendas de mercadorias, produtos e servios 149.344.177

    Outros resultados 423.748

    Insumos adquiridos de terceiros (65.235.474)

    Matrias-primas consumidas (41.884.673)

    Materiais, energia, servios de terceiros e outras despesas operacionais (23.350.801)

    Valor Adicionado Bruto 84.532.451

    Depreciaes e amortizaes (5.270.970)

    Valor Adicionado Lquido 79.261.481

    Valor Adicionado Recebido em Transferncia 4.640.523

    Receitas financeiras e variaes cambiais 4.640.523

    Valor Adicionado Total a Distribuir 83.902.005

    Distribuio do valor adicionado

    Pessoal 32.721.834

    Remunerao direta 25.346.874

    Benefcios 5.419.633

    FGTS 1.697.634

    Participao no resultado 257.693

    Impostos, taxas e contribuies 24.397.325

    Federais 13.912.435

    Estaduais 10.441.435

    Municipais 43.455

    Remunerao de capitais de terceiros 44.380.421

    Juros, variaes cambiais e monetrias 43.490.571

    Despesas de aluguis e arrendamento 889.849

    Remunerao de capitais prprios (17.597.575)

    Prejuzo do exerccio (17.597.575)

    Valor Adicionado Total Distribudo 83.902.005

    METALRGICA RIOSULENSE S.A.

    DEMONSTRAO DO VALOR ADICIONADO

    DO EXERCCIO FINDO EM 31 DE DEZEMBRO 2008

    (Em Milhares de Reais)

  • CONCLUSO

    58

    BALANO SOCIAL ANUAL / 2008

    EMPRESA: METALRGICA RIOSULENSE SA

    1 - Base de Clculo

    Receita lquida (RL)

    Resultado operacional (RO)

    Folha de pagamento bruta (FPB)

    2 - Indicadores Sociais Internos

    Alimentao

    Encargos sociais compulsrios

    Previdncia privada

    Sade

    Segurana e sade no trabalho

    Educao

    Cultura

    Capacitao e desenvolvimento profissional

    Creches ou auxlio-creche

    Participao nos lucros ou resultados

    Outros

    Total - Indicadores sociais internos

    3 - Indicadores Sociais Externos

    Educao

    Cultura

    Sade e saneamento

    Esporte

    Combate fome e segurana alimentar

    Outros

    Total das contribuies para a sociedade

    Tributos (excludos encargos sociais)

    Total - Indicadores sociais externos

    4 - Indicadores Ambientais

    Investimentos relacionados com a produo/ operao da empresa

    Investimentos em programas e/ou projetos externos

    Total dos investimentos em meio ambiente

    Quanto ao estabelecimento de metas anuais para minimizar resduos,

    o consumo em geral na produo/ operao e aumentar a eficcia na

    utilizao de recursos naturais, a empresa

    5 - Indicadores do Corpo Funcional

    N de empregados(as) ao final do perodo

    N de admisses durante o perodo

    N de empregados(as) terceirizados(as)

    N de estagirios(as)

    N de empregados(as) acima de 45 anos

    N de mulheres que trabalham na empresa

    % de cargos de chefia ocupados por mulheres

    N de negros(as) que trabalham na empresa

    % de cargos de chefia ocupados por negros(as)

    N de portadores(as) de deficincia ou necessidades especiais

    Valor (mil) % sobre FPB % sobre RL

    2.351 7,23% 2,03%

    7.162 22,03% 6,19%

    5 0,02% 0,00%

    2.016 6,20% 1,74%

    489 1,51% 0,42%

    162 0,50% 0,14%

    0 0,00% 0,00%

    98 0,30% 0,08%

    0 0,00% 0,00%

    258 0,79% 0,22%

    750 2,31% 0,65%

    13.291 40,89% 11,49%

    Valor (mil) % sobre RO % sobre RL

    96 -0,55% 0,08%

    6 -0,03% 0,01%

    0 0,00% 0,00%

    68 -0,39% 0,06%

    0 0,00% 0,00%

    75 -0,43% 0,07%

    246 -1,40% 0,21%

    31.521 -179,12% 27,24%

    31.766 -180,51% 27,45%

    Valor (mil) % sobre RO % sobre RL

    5.151 -29,27% 4,45%

    28 -0,16% 0,02%

    5.179 -29,43% 4,48%

    2008

    2008 Valor (Mil reais)

    115.719

    (17.598) 32.509

    ( ) no possui metas (X) cumpre de 51 a 75%

    ( ) cumpre de 0 a 50% ( ) cumpre de 76 a 100%

    1.146

    287

    1

    6

    60

    48

    0,00%

    15

    58

    8,57%

    ( ) no possui metas (X) cumpre de 51 a 75%

    ( ) cumpre de 0 a 50% ( ) cumpre de 76 a 100%

    Valor

    Valor

    Valor

    12.450

    28.189

    28.451

    (mil)

    2.331

    6.730

    1.714

    (mil)

    (mil)

    2.068

    2.104

    468

    139

    124

    151

    788

    106

    262

    5

    0

    0

    28

    0

    42

    0

    86

    36

    2007 Valor (Mil reais)

    % sobre FPB

    % sobre RO

    % sobre RO

    2007

    23,98%

    44,36%

    830,80%

    838,52%

    60,95%

    62,01%

    8,31%

    0,02%

    6,11%

    1,67%

    0,50%

    0,00%

    0,44%

    0,00%

    0,54%

    2,81%

    3,12%

    0,83%

    0,00%

    1,24%

    0,00%

    2,53%

    7,72%

    1,06%

    % sobre RL

    % sobre RL

    % sobre RL

    2,18%

    6,29%

    0,00%

    1,60%

    0,44%

    0,13%

    0,00%

    0,12%

    0,00%

    0,14%

    0,74%

    11,63%

    0,10%

    0,03%

    0,00%

    0,04%

    0,00%

    0,08%

    0,24%

    26,34%

    26,58%

    1,93%

    0,03%

    1,97%

    107.022

    28.067

    0,00%

    0,00%

    3.393

    1.070

    447

    12

    49

    47

    15

    38

    2

  • r iosulense.com.br

    59

  • r iosulense.com.br