Click here to load reader

Roteiro de mobilização para adesão ao Programa Mais Educação

  • View
    218

  • Download
    2

Embed Size (px)

Text of Roteiro de mobilização para adesão ao Programa Mais Educação

  • ROTEIRO DE MOBILIZAO PARA ADESO

    PROGRAMA MAIS EDUCAO 2013

    MINISTRIO DO DESENVOLVIMENTO SOCIAL E COMBATE FOME

    MINISTRIO DA EDUCAO

    Parcerias:

    Programa Bolsa Famlia

    Programa Mais Educao

    Acompanhamento da Incluso Escolar

  • 1

    Sumrio INTRODUO ..................................................................................................................... 2

    UNIDADE 1 .......................................................................................................................... 3

    Ofertas Formativas PME/ Educao Integral ........................................................................ 3

    1. Bases Conceituais .......................................................................................................... 3

    2. Procedimentos para adeso 2013 ................................................................................... 4

    3. Critrios para seleo das novas escolas urbanas e do campo: ..................................... 6

    UNIDADE 2 .......................................................................................................................... 7

    O que o Programa Bolsa Famlia ........................................................................................ 7

    UNIDADE 3 .......................................................................................................................... 9

    Aes Intersetoriais da parceria ............................................................................................. 9

    UNIDADE 4 ........................................................................................................................ 12

    O papel dos atores ............................................................................................................... 12

    Siglas

    CONSED Conselho Nacional de Secretrios de Educao.

    EEX Entidade Executora.

    FNDE Fundo Nacional de Desenvolvimento da Educao.

    GT Grupo de Trabalho.

    IDEB ndice de Desenvolvimento da Educao Bsica.

    MDS Ministrio do Desenvolvimento Social e Combate Fome.

    MEC Ministrio da Educao.

    OMM Operador Municipal Mster.

    PBF Programa Bolsa Famlia.

    PDDE Programa Dinheiro Direto na Escola.

    PME Programa Mais Educao.

    SEB Secretaria de Educao Bsica.

    SECADI Secretaria de Educao Continuada, Alfabetizao, Diversidade e Incluso.

    SENARC Secretaria Nacional de Renda de Cidadania.

    SIGPBF Sistema de Gesto do Programa Bolsa Famlia.

    SIMEC Sistema Integrado de Monitoramento, Execuo e Controle.

    UNDIME Unio Nacional dos Dirigentes Municipais de Educao.

  • 2

    INTRODUO

    A Educao Integral em sua essncia e qualidade aquela que forma o ser humano

    em sua integralidade e para sua autonomia crtica, atendendo suas necessidades educativas

    durante o processo formativo, estabelecendo uma relao orgnica entre escola e

    comunidade. A proposta de Educao Integral, enquanto currculo e projeto poltico-

    pedaggico apresenta uma viso capaz de levar escola contempornea uma ampliao

    das necessidades formativas do sujeito, contemplando as dimenses afetiva, tica, esttica,

    social, cultural, poltica e cognitiva.

    por meio do Programa Mais Educao (PME) que se estabelece a oferta da

    ampliao da jornada escolar para, no mnimo, sete horas dirias aos estudantes das escolas

    pblicas. Mediante a ampliao da jornada faz-se imprescindvel a consolidao de um

    arranjo educativo local entre a escola e a comunidade, articulando aes nas reas da

    cultura, do esporte, dos direitos humanos e do desenvolvimento social e sustentvel. Nesta

    perspectiva, a parceria entre o Programa Bolsa Famlia (PBF) e o Programa Mais Educao

    fortalece: a atuao intersetorial, a pactuao federativa e o foco da rea educacional para

    crianas e adolescentes em situao de vulnerabilidade social.

    O objetivo deste roteiro orientar os atores da parceria PME e PBF no

    desenvolvimento das aes intersetoriais para maior convergncia entre as polticas

    pblicas e a priorizao das escolas que atendem a estudantes em situao de maior

    vulnerabilidade social. Os esforos de articulao entre as diversas oportunidades ofertadas

    pelo territrio, seus produtos e servios pblicos requer um modelo de gesto que acontece

    mediante o dilogo entre diversas instncias do governo e secretarias.

    O foco deste material, portanto, est nas aes intersetoriais, especialmente no

    processo de mobilizao para adeso ao Programa Mais Educao. Os temas esto

    organizados por unidades independentes, na unidade 1 apresentamos os procedimentos

    gerais para a adeso e os critrios de seleo das escolas, o prazo para adeso e as metas de

    expanso do Programa em 2013.

    Na unidade 2 h informaes sucintas do Programa Bolsa Famlia e suas aes

    complementares. A unidade 3, onde falamos das aes intersetoriais, listamos os

    documentos que respaldam as aes. Finalmente, a unidade 4 sintetiza a atuao dos atores

    das reas.

  • 3

    UNIDADE 1

    Ofertas Formativas PME/ Educao Integral

    1. Bases Conceituais

    O Programa Mais Educao operacionalizado pela Secretaria de Educao Bsica

    (SEB/MEC), por meio do Programa Dinheiro Direto na Escola (PDDE), do Fundo

    Nacional de Desenvolvimento da Educao (FNDE), para as escolas prioritrias.

    Trata-se de uma ao estratgica do Governo Federal para induzir a efetivao da

    Educao Integral enquanto poltica pblica. Assim, por meio do repasse de recursos,

    garante a ampliao de tempos, espaos e oportunidades educativas. Consequentemente,

    busca contribuir para a melhoria da aprendizagem no ensino fundamental, bem como

    fomentar a reflexo sobre novas metodologias de trabalho, novos olhares aos currculos e

    prticas pedaggicas.

    Para garantir a efetividade do PME e a conexo de suas atividades ao projeto

    poltico-pedaggico da escola, o Programa ofertar em 2013 sete Macrocampos1 para

    escolas urbanas que participaram da adeso ao Mais Educao em 2012:

    Acompanhamento Pedaggico (orientao de estudos e leitura);

    Educao Ambiental, Desenvolvimento Sustentvel e Economia Solidria e

    Criativa/Educao Econmica;

    Esporte e Lazer;

    Educao em Direitos Humanos;

    Cultura, Artes e Educao Patrimonial;

    Promoo da Sade;

    Comunicao e Uso de Mdias, Cultura Digital e Tecnolgica;

    As atividades ofertadas pelo Programa Mais Educao para as escolas do campo

    esto distribudas nos seguintes macrocampos:

    Acompanhamento Pedaggico;

    Agroecologia;

    Iniciao Cientfica;

    1 Para as novas escolas, includas no Programa Mais Educao em 2013, sero disponibilizados cinco (05)

    Macrocampos: Acompanhamento Pedaggico; Educao Ambiental, Desenvolvimento Sustentvel e Economia Solidria

    e Criativa/Educao Econmica; Esporte e Lazer; Comunicao, Uso de Mdias e Cultura Digital e Tecnolgica; Cultura,

    Artes e Educao Patrimonial.

  • 4

    Educao em Direitos Humanos;

    Cultura, Artes e Educao Patrimonial;

    Esporte e Lazer; e

    Memria e Histria das Comunidades Tradicionais.

    2. Procedimentos para adeso 2013

    2.1 Estados, Municpios e Distrito Federal

    Aps o recebimento do ofcio enviado pela Secretaria de Educao Bsica (SEB)

    do Ministrio da Educao (MEC), a Entidade Executora - EEx (Secretaria de Educao

    Estadual ou Prefeitura) dever confirmar a adeso ao Programa Mais Educao e nomear

    dois tcnicos da Secretaria Estadual, Distrital ou Municipal de Educao, sendo a) um o

    coordenador responsvel pelas atividades realizadas nas escolas participantes do Programa

    e b) o responsvel pelo funcionamento administrativo do Programa.

    Um destes tcnicos ser o coordenador do Programa na Secretaria e estar

    responsvel pela disponibilizao das senhas dos diretores (via SIMEC), por acompanhar

    os dirigentes das escolas no preenchimento do Plano de Atendimento e a tramitao dos

    documentos no Sistema Integrado de Monitoramento, Execuo e Controle - SIMEC.

    Cabe a Secretaria Estadual, Municipal ou Distrital de Educao disponibilizar um

    professor (da rede) vinculado escola, com dedicao de no mnimo vinte horas, chegando

    preferencialmente a quarenta horas, que ser denominado "Professor Comunitrio",

    responsvel pelo acompanhamento pedaggico e administrativo do Programa. Os custos

    dessa coordenao referem-se contrapartida a ser oferecida pela EEx.

    2.2 Escolas

    Para confirmar a adeso ao programa, as escolas pr-selecionadas pela SEB do

    MEC e validadas pelas respectivas EEx, conforme os critrios relacionados no item 3,

    devero preencher o Plano de Atendimento, disponvel no stio simec.mec.gov.br,

    declarando macrocampos e atividades que iro implementar, nmero de estudantes

    participantes e demais informaes solicitadas.

    Os Planos de Atendimento devero ser definidos de acordo com o projeto poltico-

    pedaggico das unidades escolares e desenvolvidos, por meio de atividades, dentro e fora

    do ambiente escolar, ampliando tempo, espao e oportunidades educativas, na perspectiva

    da Educao Integral do estudante.

  • 5

    2.3 Liberao de Senhas e Perfis Mais Educao no SIMEC

    As escolas que foram indicadas a participar do Programa Mais Educao, mas que

    ainda no iniciaram o cadastramento dos Planos de Atendimento, devem realiz-lo o

    quanto antes no SIMEC. Se ainda no possuir acesso ao perfil Mais Educao, necessrio

    que o

Search related