Sabonete Liquido

  • View
    373

  • Download
    3

Embed Size (px)

Text of Sabonete Liquido

Sabonetes lquidosFabricando sabonetes lquidos

Projeto Gerart 2009

Fabricando sabonetes lquidos / Ricardo Mercadante, Ivanete Daga Cielo, Fabiana Severo da Silva, Katia Fabiane Rodrigues, Ana Caroline Franz, Patrcia Hahn e Sandra Regina Kchesinski Bueno.

Sabonetes lquidosFabricando sabonetes lquidos

Nesta apostila ser visto o processo artesanal de produo de sabonetes lquidos naturais e sintticos.

A todos um BOM ESTUDO!

Projeto Gerart2009

SumrioOs sabonetes lquidos ...............................................................1 Os principais componentes do sabonete lquido sinttico .........2Tensoativos ............................................................................................. 2Tensoativos aninicos ............................................................................................................2 Tensoativos no inicos.........................................................................................................3 Tensoativos catinicos ...........................................................................................................3 Tensoativos anfteros ............................................................................................................4

Espessantes ............................................................................................ 4 Sequestrantes ......................................................................................... 4 Conservantes........................................................................................... 4 Hidrtopos............................................................................................... 5 Controlador de pH ................................................................................... 5

Problemas comuns ....................................................................5pH alcalino .............................................................................................. 5 Ponto de turvao elevado ...................................................................... 5 Precipitao ............................................................................................ 6 Viscosidade baixa .................................................................................... 6 Mudana na cor ....................................................................................... 6 Pouca espuma ......................................................................................... 6

Produo do sabonete sinttico ................................................7Equipamentos ............................................................................................................................7 Materiais ......................................................................................................................................7 Procedimentos na produo do sabonete sinttico .....................................................8

Os principais componentes do sabonete lquido natural ............9leos ....................................................................................................... 9 Purificao do leo .................................................................................. 9 Soda ...................................................................................................... 10 cido brico .......................................................................................... 10 Acar ................................................................................................... 10 Glicerina ................................................................................................ 10

Produo do sabonete natural.................................................10Equipamentos ..........................................................................................................................11 Materiais ....................................................................................................................................11 Procedimentos para fazer sabonete lquido natural ................................................. 12

Neutralizando o sabonete lquido .......................................................... 13 Percentagem de diluio ....................................................................... 14

Sabonetes lquidos: fabricando sabonetes lquidos

OS SABONETES LQUIDOSAs principais formas com que os sabonetes so apresentados so: slidos, lquidos ou pastosos. Cada um deles tem uma finalidade especfica, sendo os sabonetes slidos mais utilizados no banho e para lavar mos, rosto e regies ntimas; os sabonetes pastosos so utilizados principalmente para fazer a barba e depilaes; os sabonetes lquidos podem ser utilizados para todos os fins e a cada ano vem sendo mais utilizados, principalmente em banheiros pblicos devido a questes de higiene. Nesta apostila vamos ver como produzir dois tipos de sabonetes lquidos: Sintticos: so os sabonetes produzidos a partir de compostos previamente processados a partir do petrleo ou de plantas. Naturais: so os sabonetes produzidos por reao direta entre leos e um lcali. Entre as vantagens de se produzir sabonetes lquidos sintticos podem-se citar: Controle do pH: permitem fcil controle do seu pH para que fique prximo ao da pele humana, neutro ou mesmo bsico. Viscosidade: podem-se obter sabonetes bastante lquidos, densos ou na forma de gel. Aditivos: os aditivos, como extratos gliclicos, essncias e corantes, entre outros, so facilmente incorporados. Custo: o custo da matria prima para a fabricao de sabonetes lquidos sintticos so relativamente baratos. Preparo: o processo de produo dos sabonetes lquidos sintticos fcil e rpido. Entre as vantagens de se produzir sabonetes lquidos naturais podem-se citar: Textura: os sabonetes lquidos naturais apresentam textura inigualvel. Ressecamento: naturalmente mantm a umidade da pele sem causar ressecamentos. Viscosidade: apresentam uma viscosidade intensa e adequada ao uso sem a necessidade de se acrescentar sais.

1

Sabonetes lquidos: fabricando sabonetes lquidos

Custo: o custo de produo mais baixo que o do sabonete lquido sinttico. Valor: o processo de produo dos sabonetes lquidos no fcil nem rpido, contudo agrega mais valor ao produto final.

Por que produzir sabonetes lquidos? O principal motivador para a produo de sabonetes lquidos sintticos ou naturais consiste em atingir um mercado crescente destes produtos, alm da facilidade e diversidade de seu uso, melhor condies de preservao aps iniciado seu uso e maiores condies de higiene quando o produto for utilizado coletivamente. Existem basicamente trs formas de preparar sabonetes lquidos: os que so produzidos a partir dos compostos fundamentais, os verdadeiros sabonetes lquidos, os que so produzidos a partir de compostos sintticos e os que so produzidos a partir da reciclagem de sabonetes slidos. Aqui sero vistos os dois primeiros tipos.

OS PRINCIPAIS COMPONENTES DO SABONETE LQUIDO SINTTICOFaremos aqui uma breve descrio dos principais componentes dos sabonetes lquidos sintticos, procurando destacar suas funes na produo do sabonete.

TensoativosOs sabonetes lquidos sintticos so compostos por produtos chamados tensoativos, os tensoativos so responsveis pela propriedade de tirar sujeiras e dar espumosidade. Existem quatro tipos de tensoativos: Aninicos. No-inicos. Catinicos. Anfteros.

Tensoativos aninicosOs tensoativos aninicos so os mais utilizados na produo de sabonetes lquidos.

2

Sabonetes lquidos: fabricando sabonetes lquidos

O linear dodecil benzeno sulfonato (LAS) o tensoativo mais utilizado, comumente chamado de cido sulfnico. Praticamente, todos, os detergentes so formulados a partir dele. Sua popularidade se deve tanto ao baixo custo de produo como a sua excelncia como detergente, agente emulsionante, promotor de espuma e agente molhante. O LAS apresenta uma elevada capacidade de remoo de gorduras corporais. Podem ser utilizados em guas salobras. Alm de tudo so compostos biodegradveis. O lauril ter sulfato de sdio (LESS), apresenta uma baixa capacidade de remoo das gorduras de constituio da pele, sendo por isso menos agressivo no uso humano. A associao entre o LESS e o LAS, acarreta numa melhoria do poder de espessamento, diminuio da irritabilidade da pele e melhoria na capacidade de limpeza. Tambm so compostos biodegradveis. O lauril sarcosinato de sdio um tensoativo com boa capacidade de limpeza, suave e excelente formador e estabilizador de espuma.

Tensoativos no inicosAs alquil poliglicosdeos so bons formadores de espuma, possuem alta solubilidade em meio alcalino ou cido, alta tolerncia a eletrlitos, tm boa capacidade umectante e aumentam a viscosidade de outros tensoativos. Os tensoativos derivados dos alcois graxos polietoxilados possuem excelente poder detergente e so solveis em gua, podendo ser utilizados como solubilizantes de fragrncias. So compostos facilmente biodegradveis. A dietanolamida de cido graxo de coco em particular, excelente doadora de viscosidade, estabilizadores de espuma, sobreengordurantes e solubilizantes de leos e essncias.

Tensoativos catinicosEm meio cido, adquirem caractersticas catinicas mais acentuadas, podendo apresentar incompatibilidades com alguns tensoativos aninicos. Em pH neutro ou alcalino so totalmente compatveis com os aninicos. Um exemplo deste tipo de tensoativo so as aminas oxidas. Estes tensoativos proporcionam efeitos como aumento de viscosidade, condicionamento e efeito antiesttico. Os efeitos variam em funo do tamanho da cadeia carbnica das aminas. So utilizados na formulao de condicionadores.

3

Sabonetes lquidos: fabricando sabonetes lquidos

Tensoativos anfterosEstes tensoativos tm uma notvel compatibilidade com a pele. Proporciona aumento de viscosidade e estabilizao