Seção 1ª - Doutrina da vocação - ?· CAPÍTULO VII - ORDENS DA IGREJA Seção 1ª - Doutrina da…

Embed Size (px)

Text of Seção 1ª - Doutrina da vocação - ?· CAPÍTULO VII - ORDENS DA IGREJA Seção 1ª - Doutrina...

  • Boletim Dominical n 20 ano 138 15 de maio de 2016 Fundada em 10 de agosto de 1873 Organizada em 11 de agosto de 1878

    Pastor Emrito: (in memorian)Rev. Benedito Matos

    Equipe pastoralPastor Efetivo:

    Rev. Cludio AlbuquerquePastores Auxiliares:Rev. Iclayber AlvesRev. Lutero Rocha

    Pastores Evangelistas:Rev. Relrison Domingos - Aldeia

    Pastor Missionrio:Rev. Arthur Braga - NazarMissionrios Plantadores:

    Miss. Mrcio Cristino - ItamaracMiss. Jaidson Arajo - Aliana

    Miss. Cosmo S - VicnciaMiss. Lamrcio Martins - Itamb

    EndereoRua das Creoulas, 120, Graas,

    Recife PE / CEP: 52011-270Telefone: (81) 3221.1583

    www.primeiraigreja.org.br pipr@primeiraigreja.org.br

    Dados bancrios Banco Ita, Ag 1247

    Conta: 33375-8 (Dzimos)Conta: 54370-3 (Construo)

    Plantao de IgrejasIlha de Itamarac

    R. Padre Machado, 302 A Pilar, Itamarac / PE

    Nazar da Mata Av. Coronel Luiz Incio, S/N

    Nazar da Mata / PEAliana

    R. Jos Correia de Azevedo, 80, Centro, Aliana / PE

    Vicncia R. Treze de Maio, n 122 A,

    Centro, Vicncia / PEItamb

    R. M. Falco, 05, Centro, Itamb / PE

    AldeiaEstrada de Aldeia, 9,5 Km

    Aldeia/PE

    ELEIO PASTORAL CRITRIOS PARA INDICAO

    O Conselho da PIPR convocou a Igreja para a eleio

    de seu pastor efetivo. O sistema presbiteriano presa pela

    clareza e liberdade de expresso de seus membros. Os ofcios

    ( P r e s b t e r o s d o c e n t e s , r e g e n t e s e d i c o n o s ) n o

    presbiterianismo brasileiro tm tempo determinado (cinco

    anos).

    O mandato do pastor efetivo, Rev. Cludio

    Albuquerque, vence em 31 de dezembro de 2016. Por esta

    razo a PIPR ter a liberdade de avaliar se deseja continuar

    com o seu atual pastor ou buscar outro, no suprimento de suas

    necessidades. Eis uma boa oportunidade para que seja

    avaliado o trabalho que o atual pastor vem desenvolvendo.

    Seja qual for a orientao que Deus der a Igreja, os

    critrios para avaliao e/ou indicao devem seguir sempre

    os parmetros da Palavra de Deus. Observando sua

    orientao a nossa Igreja andar segura em sua deciso na

    busca de discernir a vontade de Seu Deus.

    O ministro indicado deve ser algum que no seja

    passvel de repreenso nas seguintes reas da vida, em

    conformidade com o ensino das Escrituras: Algum que seja

    irrepreensvel (Tito 1:6a); pois, necessrio que o bispo seja

    irrepreensvel (1 Timteo 3:2); isso porque indispensvel

    que o bispo seja irrepreensvel como despenseiro de Deus (Tito

    1:7a).

    Po r t a n t o , n e c e s s r i o q u e a p e s s o a s e j a

    irrepreensvel nas seguintes reas de sua vida:

    1.No Exemplo de Vida Familiar

    Fidelidade Conjugal Esposo de uma s mulher (Tt

    1:6b; 1Tm 3:2b)

  • 2| Pastoral

    BD

    15

    mai

    o 2

    016

    P

    rim

    eira

    Igre

    ja P

    resb

    iter

    ian

    a d

    o R

    ecif

    e PASTORAL

    Educao & Princpios Familiares Tenha filhos crentes... Que no so

    acusados de dissoluo... nem so insubordinados (Tt 1:3c). Que governe bem

    a prpria casa, criando os filhos sob disciplina, com todo respeito, pois, se

    algum no sabe governar a prpria casa, como cuidar da igreja de Deus?

    (1Tm 3:4)

    2.Na Conduta Pessoal e na Vida Espiritual

    No seja algum arrogante e soberbo no arrogante (Tt 1:7b); no seja

    nefito, para no suceder que se ensoberbea e incorra na condenao, [...]

    oprbrio e no lao do diabo (1Tm 3:6,7).

    No seja uma pessoa iracunda no irascvel (Tt 1:7)

    No seja tendente a embriagus no dado ao vinho (Tito 1:7; 1Tm 3:3a)

    No seja algum violento no violento, porm cordato (Tt 1:7; 1Tm 3:3b)

    No seja uma pessoa avarenta e gananciosa no cobioso de torpe

    ganncia (Tito 1:7c) no avarento (1Tm 3:3c). Ao contrrio:

    Deve ser uma pessoa amigvel antes, hospitaleiro (Tt 1:8a; 1Tm 3:2c)

    Deve ser uma pessoa bondosa amigo do bem (Tt 1:8b); inimigo de

    contendas (1Tm 3:3c)

    Deve ser algum modesto modesto (1Tm 3:2)

    Deve ser algum sensato e equilibrado sbrio e temperante (1Tm 3:2; Tt

    1:8)

    Deve ser uma pessoa justa justo (Tt 1:8)

    Deve ter uma vida piedosa piedoso (Tt 1:8c)

    Deve ter boa reputao que tenha bom testemunho dos de fora (1Tm 3:7a)

    Deve ter autocontrole que tenha domnio de si (Tt 1:8d)

    3.No Preparo Teolgico

    Ser um homem apegado a Palavra apegado a Palavra (Tt 1:9a)

    Ser fiel para com a Escritura fiel [para com a Palavra] (Tt 1:9a)

    Ter firmeza doutrinria e teolgica Algum segundo a doutrina (Tt 1:9b)

    Deve ser competente para ensinar, exortar e convencer, aos que

    contradizem as verdades de Deus, pela correta exposio das Escrituras

    apto para ensinar (1Tm 3:2d); de modo que tenha poder tanto para exortar,

    pelo reto ensino, como para convencer os que contradizem (Tt 1:9c) as

    verdades de Deus.

    Rev. Cludio Albuquerque

  • BD

    15

    mai

    o 2

    016

    P

    rim

    eira

    Igre

    ja P

    resb

    iter

    ian

    a d

    o R

    ecif

    e

    Constituio IPB | 3

    CONSTITUIO DA IGREJA PRESBITERIANA DO BRASIL (continuao)

    CAPTULO VII - ORDENS DA IGREJA

    Seo 1 - Doutrina da vocao

    Art.108 - Vocao para ofcio na Igreja a chamada de Deus, pelo Esprito Santo, mediante o testemunho interno de uma boa conscincia e a aprovao do povo de Deus, por intermdio de um Conclio.

    Art.109 - Ningum poder exercer ofcio na Igreja sem que seja regularmente eleito, ordenado e instalado no cargo por um conclio competente. 1 - Ordenar admitir uma pessoa vocacionada ao desempenho do ofcio na Igreja de Deus, por imposio das mos, segundo o exemplo apostlico e orao pelo conclio competente. 2 - Instalar investir a pessoa no cargo para o qual foi eleita e ordenada. 3 - Sendo vrios os ofcios eclesisticos, ningum poder ser ordenado e instalado seno para o desempenho de um cargo definido.

    Seo 2 - Eleies de Oficiais

    Art.110 - Cabe assemblia da Igreja local, quando o respectivo Conselho julgar oportuno, eleger pastor efetivo, presbteros e diconos.

    Art.111 - O Conselho convocar a assemblia da Igreja e determinar o nmero de oficiais que devero ser eleitos, podendo sugerir nomes dos que lhe paream aptos para os cargos e baixar instrues para o bom andamento do pleito, com ordem e decncia.Pargrafo nico - O pastor, com antecedncia de ao menos trinta dias, instruir a Igreja a respeito das qualidades que deve possuir o escolhido para desempenhar o ofcio.

    Art.112 - S podero votar e ser votados nas assemblias da Igreja local os membros em plena comunho, cujos nomes estiverem no rol organizado pelo Conselho, observado o que estabelece o Art.13 e seus pargrafos.

    Seo 3 - Ordenao e Instalao de Presbteros e Diconos

    Art.113 - Eleito algum que aceite o cargo e, no havendo objeo do Conselho, designar este o lugar, dia e hora da ordenao e instalao, que sero realizadas perante a Igreja.

    Art.114 - S poder ser ordenado e instalado quem, depois de instrudo, aceitar a doutrina, o governo e a disciplina da Igreja Presbiteriana do Brasil, devendo a Igreja prometer tributar-lhe honra e obedincia no Senhor, segundo a Palavra de Deus e esta Constituio.

    CONSTITUIO IPB

  • BD

    1

    5 m

    aio

    20

    16

    Pri

    mei

    ra Ig

    reja

    Pre

    sbit

    eria

    na

    do

    Rec

    ife

    4 | Espao missionrio

    ESPAO MISSIONRIO

    VII ENCONTRO DE OBREIROS DA JMN | Acontecer nos dias 17 a 20/05/16 o 7 Encontro de Obreiros da Junta de Misses Nacionais. Neste encontro vem obreiros de diversos estados so eles: Alagoas, Bahia, Cear, Paraba, Pernambuco, Rio Grande do Norte e Sergipe. Ore por mais este evento promovido pelo Ministrio de Misses e participe do Culto de abertura que ser na tera-feira (17/05) s 20h.

  • BD

    15

    mai

    o 2

    016

    P

    rim

    eira

    Igre

    ja P

    resb

    iter

    ian

    a d

    o R

    ecif

    e

    Notcias de primeira e Crianas de primeira | 5

    NOTCIAS DE PRIMEIRA FALECIMENTO | Faleceu no dia 09/05 a sogra do Pb Davi das Mercs, D. Avilina Pereira, me de Izabel Cristina. Que o Senhor conforte a famlia.CANTATA | Hoje teremos o 1 ensaio da cantata Apocalipse, aps a EBD, no templo. Quem est inscrito no deixe de participar, e se voc tem interesse e ainda no se inscreveu, nesse dia ser o ltimo dia de inscrio. Haver almoo aps o ensaio, mas apenas para aqueles que avisarem com antecedncia (Maiores informaes com Anne - 99748-3899).CASAIS DE PRIMEIRA | No dia 28/05 haver mais uma atividade do Ministrio Casais de Primeira. Agende essa data e se programe.FAMLIA SECRETA DE ORAO| A descoberta da famlia ser dia 29/05 com um lanche aps o culto da noite. Mais informaes ou dvidas procure Anne, Cludia Neiva ou Cludia Lyra . Ao pegar sua famlia secreta lembre de orar por ela, aproveite e ore em famlia.MISSES | Estamos precisando reabastecer o armarinho.DOAO | A Congregao de Aliana est precisando de uma mquina de costura, caso algum possa doar falar com Norma Lacerda.VALE DO SENHOR | A SAF est realizando uma campanha para arrecadar material escolar para o Vale do Senhor. Quem puder contribuir favor procurar Socorro Arcoverde, Cludia Neiva ou Cybelle Dures.MINISTRIO DA MATURIDADE | Queridos irmos, nosso ministrio est passando por uma reformulao. Em breve, com a graa de Deus, teremos novidades. Queremos continuar contando com sua participao entusiasmada em nossas programaes.NOITE DO PIJAMA | E est chegando mais uma n