Secretaria de Estado da Saúde - SES/GO ?· NR-17 –ERGONOMIA. Normas Regulamentadoras PRINCIPAIS ...…

  • View
    213

  • Download
    0

Embed Size (px)

Transcript

  • Juliana A. NepomucenoEng. de Seg. do Trabalho

    Cood. SESMT/SES

    SESMT

    Secretaria de Estado da Sade - SES/GO

  • SESMT O que ?

    Servio Especializado emEngenharia deSegurana e emMedicina doTrabalho

  • EQUIPES

    SEGURANA DO TRABALHO

    Engenheiro de Segurana do Trabalho

    Tcnico de Segurana do Trabalho

    SADE OCUPACIONAL

    Mdico do Trabalho

    Enfermeiro do Trabalho

    Tcnico de Enfermagem do Trabalho

    MNIMA - NR-4

  • SES-GO

    Superintendncia de Gerenciamento das Unidades Assistenciais de Sade - SUNAS

    Gerncia de Gesto de Riscos - GERISCO

    SESMT Central da SES

  • SES-GO

    SESMT Central da SES

    SESMT Locais

    Portaria n 295/2011 - GAB

  • EQUIPE MULTIPROFISSIONAL

    FISIOTERAPEUTA

  • EQUIPE MULTIPROFISSIONAL

    PSICLOGO

  • EQUIPE MULTIPROFISSIONAL

    ASSISTENTE SOCIAL

  • LEGISLAO

  • Legislao

    CELETISTAS

    Lei n 6514, de 22/12/77 Altera o Cap. V do TtuloII da CLT - Segurana e Medicina do Trabalho

    Portaria n 3214, de 08/06/78 Aprova as NormasRegulamentadoras (NR) - MTE

  • Normas Regulamentadoras

    PRINCIPAIS

    NR-4 SESMT

    NR-5 CIPA

    NR-6 EPI

    NR-7 PCMSO

    NR-9 PPRA

    NR-17 ERGONOMIA

  • Normas Regulamentadoras

    PRINCIPAIS

    NR-23 Proteo Contra Incndios

    NR-24 Condies Sanitrias e de Conforto nosLocais de Trabalho

    NR-32 Segurana e Sade no Trabalho emEstabelecimentos de Sade

  • SERVIDOR PBLICO

    Decreto n 5757, de 21/05/2003

    Programa Sade no Servio Pblico

    Coord.: GESPRE/SEGPLAN

    mbito da Adm. Pblica Estadual

    Legislao

  • Aes do Programa Sade no Servio Pblico

    CIPA

    Comisso Interna dePreveno deAcidentes

  • PROGRAMAS

    Segurana do Trabalho

    Programa de Preveno de Riscos Ambientais -PPRA

    Programa de Controle Mdico de Sade Ocupacional - PCMSO

    Sade Ocupacional

    Aes do Programa Sade no Servio Pblico

  • Antecipao

    Reconhecimento

    Avaliao

    Qualitativa Quantitativa

    Medidas de Controle

    Coletivas Administrativas Individuais

    Etapas:

    PPRA

  • Admissional

    Peridico

    Demissional

    De Retorno ao Trabalho

    De Mudana de Funo

    Exames Mdicos:

    ASO

    PCMSO

  • Riscos Comuns

    Servios Pblico

  • Riscos Comuns

    Servios de Sade

  • Riscos Comuns

    Servios de Sade

  • Controle

    Modificao do Processo

    Enclausuramento da Fonte

    Eliminao ou Neutralizao do Risco

    Reduo do Risco

    Reduo da Intensidade do Risco na Fonte

    Interceptao do Risco na Trajetria

    Medidas Coletivas - EPCControle do Risco na Fonte ou na Trajetria:

  • Controle

    Medidas Coletivas - EPCControle do Risco na Fonte ou na Trajetria:

    Equipamentos de Proteo Coletivas - EPC

    So os equipamentos que neutralizam o risco na fonte,dispensando, em determinados casos, o uso dos Equipamentos deProteo Individual.

    Quando instalamos, por exemplo, uma parede baritada, estamosatuando sobre o ambiente de trabalho, esta medida chamadade proteo coletiva, pois protge o conjunto de trabalhadores.

  • Controle

    Uso do EPI

    O Servidor tem Contato Direto com a Fonte Geradora

    Medidas de Controle Coletivas Insuficientes

    Exames Mdicos

    Medidas Individuais Controle do Risco no Servidor:

  • Controle

    Medidas Individuais Controle do Risco no Servidor:

    Equipamentos de Proteo Individual

    todo meio ou dispositivo de uso individual, destinadoa proteger a sade e a integridade fsica do trabalhador.Quando no for possvel eliminar o risco, ou neutraliz-loatravs de medidas de proteo coletiva, implanta-se oEquipamento de Proteo Individual - EPI.

    Como exemplo temos a proteo contra respingo desecreo nos olhos, quando no for possvel adotarmedida coletiva, adota-se o uso de culos de proteo.

  • Controle

    Treinamento

    Conhecimento das Limitaes dos EPI

    Normas

    Insero de Pausas

    Rodzio

    Campanhas de Segurana

    Inspees de Segurana

    Alteram o Tempo de Exposio

    Influenciam na Conscientizao do Servidor

    Medidas Administrativas

  • Controle

    Indicao e Advertncia a respeito dos Riscos

    Complemento do EPC

    Sinalizao

    Alerta PermanentePara determinados tipos de riscos

    Ex.: Raio-X, Risco de Exploso, Alta Tenso

    Alerta TemporrioEm situaes de risco de curta durao ou enquanto tomam-se medidas definitivas

    Ex.: Piso Molhado

  • AES DO SESMT

  • Aes do SESMT

    PREVENO

    Suporte tcnico a CIPAAvaliar e

    controlar riscos ambientais

    Controle estatstico

    Especificar EPI Palestras e treinamentos de conscientizao de

    segurana

    Inspecionar locais de trabalho

    Aplicar as NR

    Realizar exames

    Emitir CAT

    Analisar e investigar acidentes

  • ATRIBUIES

    Responsabilizar-se, tecnicamente, pela orientao

    quanto ao cumprimento do disposto nas Normas

    Regulamentadoras aplicveis s atividades

    executadas pelas Unidades/Superintendncias;

    Esclarecer e conscientizar os servidores sobre

    acidentes do trabalho e doenas ocupacionais,

    estimulando-os em favor da preveno;

    Aes do SESMT

  • ATRIBUIES

    Orientar os responsveis pela compra de

    Equipamentos de Proteo Individual (EPI)

    adequados aos riscos existentes, bem como orientar

    e treinar os servidores quanto ao uso adequado,

    guarda e conservao dos mesmos.

    Aes do SESMT

  • ATRIBUIES

    Constituio de CIPA/SES

    Processo Eleitoral da CIPA

    Posse das CIPA

    Treinamento

    Apoio

    Aes do SESMT

  • ATRIBUIES

    Gerenciamento e adequao dos Sistemas dePreveno de Incndios

    Levantamento dos extintores das Unidades da SES Goinia Licitao

    Aes do SESMT

  • ATRIBUIES

    Programas: PPRA E PCMSO

    Plano de Atendimento a Emergncias e Catstrofes

    PROERGO / Ginstica Laboral

    Programas de Apoio Psicossocial

    Aes do SESMT

  • Elaborao de Laudos Periciais

    Insalubridade /Periculosidade

    e Pareceres Tcnicos

    Condies de segurana

    Aes do SESMTATRIBUIES

  • INTERFACES E RESPONSABILIDADES

  • Interfaces do SESMT

    SESMT

    Engenharia Clnica

    CCIH e Biossegurana

    Especificar EPI

    Engenharia e Arquitetura

    Recursos Humanos

    Comisso de Licitao

    Gerncia de Compras

    Controle e Estoque

    Farmcia e Almoxarifados

    Servidores

  • Responsabilidades

    Da SES e da Diretoria/Superintendncia da Unidade:

    A respeito do EPI:

    Adquirir o tipo adequado aos riscos;Fornecer EPI aprovado pelo MTE;Orientar e treinar o servidor -uso adequado, guarda e conservao;Tornar obrigatrio o seu uso;

    Substitu-lo, quando necessrio;Responsabilizar-se pela sua higienizao e manuteno peridica;

    Comunicar ao MTE qualquer irregularidade observada.

  • Responsabilidades

    Us-los apenas para a finalidade a que se destina;

    Responsabilizar-se por sua guarda e conservao;

    Comunicar ao Gestor qualquer alterao que o torneimprprio para o uso;

    Cumprir as determinaes sobre o seu uso adequado.

    A respeito do EPI:

    Dos Servidores:

  • Responsabilidades

    Proporcionar aos membros da CIPA os meios necessrios ao desempenho de suas atribuies, garantindo tempo suficiente para a realizao das tarefas constantes do plano de trabalho.

    A respeito da CIPA:

    Da SES e da Diretoria/Superintendncia da Unidade:

  • Responsabilidades

    Eleger seus representantes na Comisso;

    Colaborar com a gesto da CIPA;

    Indicar CIPA, ao SESMT e Diretoria/ Superintendnciasituaes de riscos e apresentar sugestes para melhoria dascondies de trabalho;

    Observar e aplicar no ambiente de trabalho as recomendaesquanto preveno de acidentes e doenas decorrentes dotrabalho.

    A respeito da CIPA:

    Dos Servidores:

  • Responsabilidades

    Observar e cumprir as normativas e disposies gerais OSS etc

    Utilizar corretamente mquinas e equipamentos, substncias e produtos perigosos

    Zelar pela sua segurana e sade e pelos demais

    Participar das campanhas e capacitaes oferecidas emsegurana e sade do trabalho

    Geral:

    Dos Servidores:

  • REFLEXO

  • Quantas vezes voc pensa em segurana

    ao realizar um trabalho?

    Quantas vezes voc procura ver coisas que

    possam causar acidentes?

    Voc est disposto a investir um pouco do seu tempo em segurana?

    Conscientizao de Segurana algo que seaprende. Significa tomar o tempo para analisarcomo tudo que est ocorrendo e que afeta asua segurana e a sade dos demais.

    REFLEXO

  • O QUE IMPORTANTE PARA VOC ?

    A sua sade e a da sua

    famlia?A certeza de que voc

    estar l por eles ...

    O bem estar das pessoas que

    voc ama? ... e para eles

  • Tudo depende de voc

    A cada minuto decidimos

    nossas vidas...

    A grandeza da pessoa est

    nos seus pequenos atos

    ... E a nossa maneira de agirE para todos os nossos atos

    h uma consequncia ...

  • No espere a perda para perceber

    que voc pode fazer a diferena...

  • SESMT Central /SES(62) 3201-7530 / 7534

    Sesmtcentral@gmail.com

    Muito obrigada!