Separaأ§أ£o de misturas - Separaأ§أ£o de misturas homogأھneas Sأ³lido-liquido ou liquido-liquido 1

  • View
    0

  • Download
    0

Embed Size (px)

Text of Separaأ§أ£o de misturas - Separaأ§أ£o de misturas homogأھneas Sأ³lido-liquido ou...

  • Separação de

    misturas misturas

    heterogêneas

  • Sólido – Sólido

    1. TAMISAÇÃO OU PENEIRAÇÃO 2. LEVIGAÇÃO 3. IMANTAÇÃO OU SEPARAÇÃO

    MAGNÉTICAMAGNÉTICA 4. DISSOLUÇÃO FRACIONADA 5. FLOTAÇÃO 6. CATAÇÃO 7. SUBLIMAÇÃO

  • 1. Tamisação ou Peneiração

    �Sólidos de diferentes tamanhos.

    Ex: Areia fina + areia grossa

  • 2. Levigação�Densidade diferentes. EXEMPLO: usado para a

    extração de ouro nos garimpos.

    O ouro é encontrado juntamente com uma porção

    de terra ou areia.

    Para separá-los tritura-se as substâncias em um recipiente

    próprio e aplica-se uma corrente de água a ela.

    A parte menos densa é carregada pela água (terra,

    areia), enquanto amais densa fica depositada no fundo do

    recipiente.

  • 3. Separação Magnética

    �Usado para separar metais

    ferromagnéticos;

    �Empregado em �Empregado em usinas, indústrias ferros-velhos, etc.

    Exemplo: pregos e sal

  • imã

    limalha

    areia

  • 4. Dissolução Fracionada �Dois ou mais sólidos.

    EXEMPLO: como seria possível separar a mistura de sal e areia do mar?

    Adiciona-se água na mistura, o sal irá se dissolver e a areia não.irá se dissolver e a areia não.

    Com o auxilio de um filtro de papel, filtra-se o sistema, a areia fica na

    retida, separando-se da água salgada.

    Se quisermos o sal puro, é só aquecer a água até que ela se

    evapore, o sal ficará depositado no fundo do recipiente.

  • 5. Flotação Areia e sabão em pó, como separar?

    I – submete-se os ingredientes a uma dissolução, coloque-os numa vasilha e acrescenta-se água.

    A parte mais densa (o sabão em pó) dissolve-se na água e flutua, enquanto que a parte mais densa (areia) fica submersa no fundo da vasilha.

    Empregada na mineração para separar os minérios de suas

    impurezas. A rocha a ser explorada é submetida a uma trituração e

    adiciona-se óleo. As partículas do minério retiradas da rochas, fixam- se ao óleo. Se acrescentar água ao conjunto, as partículas fixadas no

    óleo vão para a superfície e as impurezas ficam no fundo do

    recipiente.

  • 6. Catação �sólido-sólido;

    �substâncias são separadas manualmente com uma pinça, colher, ou outro objeto auxiliador;

    �utilizada na separação de grãos bons e ruins de feijão, separação dos diferentes tipos de materiais dos diferentes tipos de materiais que compõem o lixo: vidro,metais, borracha, papel, plásticos, etc, para serem destinados à reciclagem.

  • 7. Sublimação

    Basta aquecer a mistura ou solução à

    temperatura adequada e recolher os vapores

    que, quando arrefecem, se vêem arrefecem, se vêem submetidos a uma

    sublimação regressiva, ou seja, passam

    diretamente de gás a sólido.

  • Misturas Heterogêneas Sólido -

    Líquido

    1.Decantação 2.Centrifugação 2.Centrifugação

    3.Filtração 4.Sifonação

  • 1. Decantação

    �dois líquidos ou de um líquido e de um sólido,

    � aproveitando a sua diferença de densidade.

    �um líquido de um sólido de maior densidade deixa-se repousar durante

    certo tempo, para o sólido se depositar no fundo do recipiente.

    Utilizada para separar líquidos que não se misturam. Para isso, coloca-se a mistura a

    ser separada num funil de separação. Quando a superfície de separação das

    camadas líquidas estiver bem nítida, abre- se a torneira e deixa-se escoar o líquido da

    camada inferior, conforme o desenho:

    no fundo do recipiente. Inclina-se o recipiente com cuidado até se verter o líquido sem que o sólido seja

    arrastado.

  • 2. Centrifugação

    Os sólidos possuem uma dimensão muito pequena, não são úteis nem a filtragem nem a decantação.

    O pequeno tamanho das partículas sólidas provoca uma obstrução dos poros do filtro, tornando a

    filtragem muito lenta .

    Por outro lado, a pequena dimensão das partículas Por outro lado, a pequena dimensão das partículas faz com que sejam retidas pelo líquido, de modo que podem demorar muito tempo a depositar-se

    no fundo do recipiente, tornando ineficaz a decantação.

    Neste caso, introduz-se a mistura em tubos de ensaio que, colocados numa centrifugadora, giram em posição quase horizontal a grande velocidade, aumentando assim a rapidez com que se deposita o sólido compactado no fundo do tubo. Verte-se o líquido que sobrenada e fica completa a separação.

  • 3. Filtração

    �Permite separar sólidos de líquidos.

    �Passando café

  • 4. Sifonação

    Um processo usado para separar as fases da

    mistura heterogênea sólido/líquido e líquido/líquido. líquido/líquido.

  • Separação de misturas

    homogêneas

    Sólido- liquido ou liquido-liquidoSólido- liquido ou liquido-liquido

    1. Evaporação 2. Destilação Simples 3. Destilação Fracionada

  • 1. Evaporação

    �Deixa-se evaporar o liquido.

    Exemplo: secagem da roupa no varal, ciclo da chuva

  • 2. Destilação simples - Cristalização

    É usada para separar misturas homogêneas em que a diferença entre o ponto de ebulição dos componentes é

    bastante acentuada.

  • -A solução é aquecida no balão de destilação.

    -Aumentando-se a temperatura da solução, esta chega a ebulição, e o vapor é forçado a passar pelo

    condensador.

    - Dentro do balão são adicionadas - Dentro do balão são adicionadas algumas pedrinhas de porcelana,

    que, devido a alta porosidade fornecem uma grande superfície de contado para as microbolhas

    que se formam na solução, controlando-as, evitando um

    excesso de turbulência na ebulição.

  • 3.Destilação Fracionada

    - empregada quando a diferença entre os pontos de ebulição dos líquidos da mistura é menor do que 80°C;

    - um aparelho mais sofisticado e um pouco mais de tempo são necessários.tempo são necessários.

    Exemplo: ar atmosférico; petróleo; nos alambiques onde se retira o álcool mosto (garapa da cana), suco da cana que passa por um processo de decomposição por

    microorganismos de fermentação.

  • EXEMPLO: Separação dos componentes do petróleo. O petróleo é uma substância oleosa, menos densa que a água,

    formado por uma mistura de substâncias.

    O petróleo bruto é extraído do subsolo da crosta terrestre e pode estar misturado com água salgada, areia e argila.

    - Por decantação separa-se a água salgada; - por filtração a areia e a argila;- por filtração a areia e a argila;

    - Após, é submetido a um fracionamento para separação de seus componentes, por destilação fracionada.

    As principais frações obtidas na destilação do petr óleo são : fração gasosa, na qual se encontra o gás de cozinha;

    fração da gasolina e da benzina; fração do óleo diesel e óleos lubrificantes, e resíduos como a

    vaselina, asfalto e pixe.

  • Processo de Extração

    1) Descobrindo onde está o petróleo: Para isso, existe a sísmica. Um navio percorre milhares de quilômetros rebocando cilindros com ar comprimido e dispara rajadas de tempos

    em tempos. É como uma explosão, que gera ondas sonoras que batem no solo e

    voltam;

    2) Os hidrofones, rebocados pelo navio, recebem as ondas sonoras e 2) Os hidrofones, rebocados pelo navio, recebem as ondas sonoras e as decodificam, transformando-as em imagens, representações das camadas do solo através delas os especialistas descobrem se há

    petróleo incrustado entre as rochas e, se houver, onde está. Aí perfuram o poço para tentar chegar ali;

    3) Perfuração começa com a instalação do BOP no poço. É um conjunto de válvulas para controlar a pressão da perfuração e impedir que o óleo vaze. Quando a perfuração termina, o BOP é trocado por

    uma estrutura parecida com uma árvore de natal, que controla a extração;

  • 4) No início da perfuração são usadas brocas largas, com cerca de 20 polegadas (50 cm) de diâmetro. Elas são feitas de aço e, na ponta, têm pedacinhos de diamante, o minério mais duro que existe. Durante a perfuração elas são resfriadas por uma lama especial, que, além de lubrificar, leva pedaços de rocha para a superfície, onde são analisados;

    5) As perfurações são interrompidas para troca de brocas ou injeção de cimento, que reveste o duto, sustentando as paredes do poço. Isso é feito assim: o cimento desce pelo tubo por onde passa a broca e sobe pelos vãos laterais, formando a parede. Em seguida, uma broca menor pelos vãos laterais, formando a parede. Em seguida, uma broca menor continua a perfuração;

    6) O petróleo de Tupi está em uma camada geológica acumulada antes do sal: o pré-sal. Para chegar lá, o desafio é atravessar a espessa camada de sal pastoso, que se movimenta e pode até tapar os poços. A saída é fazer uma perfuração horizontal. Assim, evita-