Click here to load reader

sobre mapas conceituais · PDF fileMapas conceituais são ferramentas que auxiliam na organização e representação de conhecimentos (NOVAK, 1977) e são fundamentados na teoria

  • View
    217

  • Download
    0

Embed Size (px)

Text of sobre mapas conceituais · PDF fileMapas conceituais são ferramentas que auxiliam na...

  • Sobre mapas conceituais (Ronaldo Barbosa)

    Utilizamos mapas conceituais como ferramenta de design na

    construo deste trabalho, a descrio abaixo recupera algumas ideias sobre esta

    ferramenta e busca justificar essa utilizao.

    Mapas conceituais so ferramentas que auxiliam na organizao e

    representao de conhecimentos (NOVAK, 1977) e so fundamentados na teoria da

    aprendizagem significativa, desenvolvida por AUSUBEL (1968 apud MOREIRA,

    2006).

    A representao grfica comum de mapas conceituais ocorre por meio de uma

    estrutura hierrquica bidimensional, um diagrama que remete a uma rvore invertida.

    A posio de um conceito no diagrama est relacionada sua

    abrangncia e integrao com outros conceitos, estabelecendo relaes de

    subordinao ou superordenao.

    Ao olharmos para um mapa conceitual perceberemos que, em sua

    poro superior, os conceitos tendem a ser mais abrangentes e integradores enquanto

    na poro inferior, tendemos a encontrar conceitos pouco inclusivos, como elementos

    que exemplifiquem os conceitos mais genricos ou mesmo exerccios para verificao

    da aprendizagem.

    De acordo com uma concepo comum sobre mapas conceituais, o

    conceito parte integrante de uma unidade semntica denominada proposio que

    corresponde a dois conceitos ligados por uma palavra, texto curto ou, at mesmo, uma

    frmula matemtica.

  • Figura 1: Um modelo para mapeamento conceitual segundo a teoria

    de Ausubel. Adaptado de MOREIRA(2006).

    No processo de aprendizagem ou representao, pode-se percorrer

    ou completar um mapa tanto de baixo para cima quanto de cima para baixo, o que no

    significa que, ao escolher o sentido, o interpretante precise percorrer o mapa em sua

    totalidade, ao contrrio, ele pode, no percurso de subida, descer, ou vice-versa. Esta

    movimentao pode modificar a concepo do prprio mapa segundo a representao

    do conhecimento do aluno, na viso de AUSUBEL (1968 apud MOREIRA, 2006).

    Vamos buscar um exemplo na Geologia, com base no tema da

    classificao de minerais.

    Figura 2: Mapa conceitual para classificao de minerais Modif. de

  • http://cmapsinternal.ihmc.us/rid=1114439324882_1704710800_10579/. Acesso em

    15.08.2011.

    Um material instrucional ou curso poderia se iniciar pela

    apresentao deste mapa conceitual. No desenrolar do curso, talvez no incio de cada

    nova unidade de estudo, o professor poderia revisitar o mapa, aprofundando sua

    exposio, destacando os conceitos em foco, suas relaes, interdependncias e

    revisando pontos importantes. A cada nova edio ou apresentao do material, outras

    tcnicas e elementos podem ser incorporados a esta estrutura, permitindo seu

    aperfeioamento.

    Nas mos do aluno, a utilizao da tcnica de mapas conceituais

    permitiria representar a estrutura cognitiva em relao a esta classificao,

    modificaes no mapa traduziriam o desenvolvimento desse aprendizagem e o mapa

    final desenvolvido pelo aluno poderia estar correto ainda que no coincidisse com o

    mapa pr-concebido pelo professor.

    Como, para Ausubel, a aprendizagem novo depende

    fundamentalmente do que o sujeito j sabe, o mapa pr-existente deve crescer

    segundo novos acoplamentos de conceitos, o que ocorre sob os efeitos de integrao

    ou diferenciao conceitual, entre outros (MOREIRA, 2006).

    Entendemos a ao do pesquisador semelhante a de um estudante

    que deva elaborar mapas conceituais. No h um mapa pronto para ele se basear, ao

    contrrio, necessita articular suas aes a partir de um ponto inicial, um mapa que no

    est em branco mas que exige revises e novos acoplamentos, ora sob os efeitos de

    integrao ora de diferenciao conceitual.

    Na pesquisa que resultou nesta tese, utilizamos mapas conceituais

    em diferentes momentos, para facilitar o encadeamento das ideias, pesar escolhas,

    regular as aes e, por ltimo, na arquitetura dos captulos do texto final.

    Acoplamentos foram sendo incorporados o tempo todo resultando em mudanas s

    vezes sutis, s vezes radicais.

  • Apresentamos uma sntese ao final de cada captulo com um mapa

    conceitual bastante livre, resultante dos acoplamentos at ali, o mapa em uma verso

    mais estvel, conveniente mas no definitiva.

    O conjunto de mapas conceituais ao longo do texto se conectam

    como um nico mapa conceitual que representa o projeto e que procura dar coerncia

    interna ao trabalho como um todo.