SPSS_o_essencial_Paulo_Margotto_Manual pratico

Embed Size (px)

Text of SPSS_o_essencial_Paulo_Margotto_Manual pratico

HIPOTIREOIDISMO CONGNITO

Clculos estatsticos bsicos

relacionados ao Risco Relativo

( Braile, DM & Godoy, MF) ** verso 1999 **

EVENTO

simno

Ateno:

Gr.Estudo

150122

272

Digitar apenas nas caselas verdes

Gr.Controle

130180

310

Todos os clculos so feitos automaticamente280302582

IC95%

Taxa de eventos no G. Estudo (EER) = a/(a+b)

55,1

%

49,261,1

Taxa de eventos no Gr.Controle (CER) = c/(c+d)

41,9

%

36,447,4

Risco relativo (RR)=EER / CER

1,321,11 1,56

Reduo do risco relativo (RRR) = (CER-EER)/CER

0,320,56 0,11

Reduo do risco absoluto (ARR) =CER-EER

13,2

%

21,35,1

Nmero Necessrio p/tratamento(NNT)=(100/ARR)

8

195

Observao: Valores em Vermelho so valores negativos

Clculo de ODDS RATIO e Intervalo de Confiana 95% (DPP Braile Biomdica)

Evento

PresenteAusenteTOTAL

Estudo304070

Grupo

Controle504090

TOTAL8080160

ODDS RATIO=0,60

IC 95% =0,321,13

Utilizeapenasas caselas de cor laranjapara digitar os dados.

ESTATSTICA COMPUTACIONAL

USO DO SPSSClculos estatsticos bsicos

para Testes Diagnsticos (verso 1999)

( Braile, DM & Godoy, MF)

PadroOuro

+-

Ateno:

Teste

+

302151

Digitar apenas nas caselas verdes

diagnstico

-

443074

Todos os clculos so feitos automaticamente7451125

IC95%

% Sensibilidade = a/(a+c)

40,5

%

29,451,7

% Especificidade = d/(b+d)

58,8

%

45,372,3

% Probabilidade pr-teste = (a+c)/(a+b+c+d)

59,2

%

50,667,8

% Valor preditivo positivo = a/(a+b)

58,8

%

45,372,3

% Valor preditivo negativo =d/(c+d)

40,5

%

29,451,7

% Acurcia = (a+d)/(a+b+c+d)

48,0

%

39,256,8

ODDS pr-teste= prob prteste/(1-prob prteste)

1,451

Likelihood ratio para teste posit=sensib/(100-especif)

1,0

Likelihood ratio para teste negat=(100-sensib)/especif

1,0

Estatstica Kappa (grau de concordncia corrigido)

-0,01

-0,180,16

(0,80=muito boa)

(STATISTICAL PACKAGE FOR THE SOCIAL SCIENCES): O ESSENCIALPaulo R. Margottowww.paulomargotto.com.brpmargotto@gmail.com

Professor do Curso de Medicina da Escola Superior de Cincias da Sade (ESCS)/SES/DF

I- INTRODUO

II- COMO CRIAR UM COMANDO DE DADOS

III- ESTATSTICAS DESCRITIVAS

-tipo de variveis

IV- MANIPULAO E CRIAO DE NOVAS VARIVEIS

V- ESTATSTICA ANALTICA

-teste de hipteses

-tamanho da amostra

V-1-Teste t de Student

V-2- Anlise de Varincia

V-3- Qui-quadrado

V-4- Risco Relativo e Odds Ratio

VI- CORRELAO E REGRESO LINEAR SIMPLES

VII- REGRESSO LOGSTICA BINRIA

VIII-TESTES NO PARAMTRICOS

-teste de Kolmogorov-Smirnov e Shapiro-Wilk para testar normalidade

VIII-1-Teste Binomial

VIII-2-Teste U de Mann- Whitney

VIII-3-Teste T de Wilcoxon

VIII-4- Teste de Kruskal-Wallis

VIII-5-Teste de Friedman

VIII-6-Coeficiente de correlao de Spearman

VIII-7-Teste de McNemar IX-CURVA DE KAPLAN-MEIER

X-CURVA ROC XI-ESTATSTICA k: XII-REFERNCIAS BIBILIOGRFICAS

Braslia, 01 janeiro de 2012ESCOLA SUPERIOR DE CINCIAS DA SADESECRETARIA DE ESTADO DE SADE DO DISTRITO FEDERAL

ESTATSTICA COMPUTACIONAL

USO DO SPSS

(STATISTICAL PACKAGE FOR THE SOCIAL SCIENCES): O ESSENCIAL(utilizamos os conceitos de Wagner MB, Motta VT e Dornelles C em SPSS-Passo a Passo, Editora da Universidade de Caxias do Sul, 2004., com exemplo na base de dados do estudo de Margotto PR e cl, ainda no publcado sobre Uso do Corticosteride Pr-natal na Maternidade do Hospital Regional da Asa Sul)

Torture os nmeros e eles admitiro qualquer coisa

Paulo R. Margotto

Professor do Curso de Medicina DA Escola superior de Cincias da Sade (ESCS)/SES/DF

O SPPS um programa que executa anlises estatsticas , desde as simples estatsticas descritivas (mdia, desvio-padro e tabelas de frequencias) a mtodos avanados (anlise de variancia, modelos de regresso multivaravel e outros). O programa pode gerar tabelas e grficos que resumem os dados.I- INTRODUO

Como iniciar o SPSS

Ao clicar no programa (SPSS for Windows) ser aberta a janela SPSS for Windows, contendo no centro, a Caixa de Dilogo (Fig.1)

Fig. 1-Janela SPSS for Windows com a Caixa de DilogosA partir desta caixa de dilogos, escolha o que voc deseja fazer e clicar em [OK].-run the tutorial: iniciar o tutorial-type in data: digitar os dados, criando assim um novo arquivo de dados

-run na existing query: importar dados a partir de uma base de dados

-open an existing data source: abrir um arquivo de dados j existentes

-open another type of file: abrir outro tipo de arquivo

Com o melhor conhecimento do programa podemos usar um maior nmero de opes que esto disponveis por meio de acesso s janelas e aos menus do SPSS. Na barra de tarefas do SPSS encontram-se os seguintes menus:File: comanda todo o gerenciamento de arquivos (criar, abrir, ler, salvar e imprimir arquivos)

Edit: utilizado para copiar ou colar informaes, bem como apagar as informaes das clulas; a opo option permite configurar as sadas do output (tamanho da fonte, bordas das tabelas, definio do padro dos tipos de variveis)

View: possibilita a visualizao ou no de barras de ferramentas (Toolbars) e barra de estado (Status Bar) nas janelas; ativa e desativa linhas de grade; mostra os tipos de fontes utilizadas; estabelece a apresentao de rtulos de variveis e valores (variable and value labels)Data: permite a definio de variveis, ordenar os dados segundo algum critrio escolhido, inserir ou retirar observaes ou variveis, unir arquivos (merge files), criar subgrupos para anlise (split file), selecionar casos especficos (select cases). As mudanas so temporrias, a no ser que sejam salvasTransform: cria novas variveis a partir das existentes, modifica dados e variveis por meio de clculos. As mudanas so temporrias a no ser que sejam salvas.Analyze: aqui encontramos os diversos procedimentos estatsticos realizados pelo SPSS (regresso, anlises descritivas, testes de comparao). A cada nova verso do SPSS novos testes so agregados, aumentando o alcance do SPSS.

Graphs: usado para criar e modificar grficos; h vrias opes de grficos, como barra, linha, coluna, torta, histograma, disperso, etc, devendo ser escolhido aquele que melhor representa os dados e as variveis em estudo. Um duplo clique no mouse sobre o objeto abrir a janela Chart Editor, onde possvel modificar as fontes, cores, escalas e tamanho dos diversos elementos do grfico.Utilities: permite a obteno de informaes sobre as variveis e o banco de dados (opo variables)

Window: mostra as janelas que esto em execuo no SPSS

Help: contem uma janela de ajuda que contem informaes como usar o SPSS

II - COMO CRIAR UM BANCO DE DADOS

No SPSS os dados podem ser tanto digitados no teclado como lidos de um arquivo externo. O formato do SPSS *.sav.Os dados no SPSS so digitados diretamente na janela Editor de Dados (Data Editor), como numa planilha eletrnica .Assim possvel criar um arquivo no SPSS (*.sav) (Figura 2) As variveis podem ser quantitativas (altura, peso), categricas (sexo), de data 9tipo calendrio) ou alfanumricas (letra).

Fig.2. Janela Editor de Dados (Data Editor)

Ao se criar um banco de dados, o primeiro passo definir as variveis, no Variable view (visualizao das variveis). Na coluna Nome (Name), criar um nome para a varivel com o mximo de 8 caracteres. Em Type definir se numrica, especificando o nmero de casos decimais(Decimals). Se a varivel for categrica, especificar o nmero de caracteres que compem o nome de cada categoria (Width). Na coluna Label (rtulo da varivel), voc pode digitar o nome completo da varivel e ser este nome que vai aparecer na janela de output (resultados). Em Values podem ser criados rtulos para as variveis. Os valores Missing (valores omissos) podem ser representados por vazios na hora da digitao. Align determina o alinhamento da informao dentro da clula. A coluna Measure classifica a varivel em escalar, ordinal ou nominal (veja resumo na Tabela 1)).

Tabela 1. Opes nas definies das variveis (Wagner MB e cl, 2004)Lembrar que cada coluna representa uma varivel e cada linha uma observao ou um caso.Seja o exemplo: digitar na primeira coluna o nome das variveis que esto apresentadas na Tabela 2Sexo: (1)feminino; (2) masculino; peso em kg; altura em cm; glicemia em mg%Tabela 2.Dados de cinco sujeitos de um estudo (Wagner MB e cl, 2004Aps digitar cada varivel, pressionar Enter e o SPSS automaticamente assume o tipo de varivel. No final, a tela Data Editor na opo Variable View, dever ficar como na Figura 3.

Figura 3. Visualizao da tela do Data Editor na opo Variable View para as variveis do Exemplo 1 (Tabela 1)

A seguir, ir para o Data Editor na opo Data View para inserir os dados da Tabela 2. As informaes devem ser digitadas conforme apresentadas na Figura 4.

Fig. 4.Opo Data View da janela Data Editor com os nomes das variveis no cabealho e os d