Supermercado Moderno

  • View
    10

  • Download
    0

Embed Size (px)

Text of Supermercado Moderno

  • 16/4/2014 Supermercado Moderno

    http://www.sm.com.br/Editorias/Negocios/Produtos-Nobres-19898.html 1/8

    2.6/5 (43 avaliaes)

    Tamanho do texto A- A A+

    Voc est em: Pgina inicial Editorias Negcios

    NEGCIOS

    Produtos NobresPor Fernando Salles - 28/02/2013

    O brasileiro est mais disposto a adicionar valor agregado cesta de compras. E essa disposio

    tende a aumentar ainda mais, segundo estudo da Mckinsey. Por isso, a indstria lana os 'premium'

    e por isso voc deve arregalar os olhos para esse segmento

    O MERCADO PREMIUM

    Ao discutir as grandes oportunidades do varejo at 2020, no d para ignorar o papel dos produtos

    premium. Eles contribuiro (e muito) para puxar as vendas em valor, conforme mostra a McKinsey em

    seu estudo City Nav. O mesmo estudo sinalizou que o Brasil ter anos dourados e levou SM a criar

    essa srie. A ideia ajud-lo a aproveitar tudo o que o futuro promete

    BISCOITOS

    Verso nobre dentro da categoria, os cookies tm conquistado maior ateno por parte da indstria e

    tambm maior espao na cesta de compras do shopper que valoriza o sabor

    Ao mapear as tendncias para 45 categorias de bens de consumo, no estudo CityNav Brasil, a

    consultoria internacional McKinsey constatou que, at 2020, os produtos que entregarem mais

    benefcios ao consumidor iro crescer mais em faturamento do que os itens tradicionais. uma clara

    consequncia do momento econmico brasileiro, no qual a renda de boa parte da populao est em

    alta. "Com mais dinheiro no bolso, a populao comea a sofisticar a alimentao", diz Fabio Stul,

    scio da McKinsey. A valorizao dos 'nobres' aparece tambm no consumo de itens de higiene

    pessoal e at nos de limpeza.

    Outro estudo, da Kantar WorldPanel, mostra que as verses premium cresceram 10 pontos

    percentuais em participao na cesta de compra, entre 2001 e 2011. E hoje j respondem por 37% do

    que adquirido nos domiclios do Pas premium so os produtos cujo preo de vendas pelo menos

    10% superior mdia. Nesta reportagem, voc encontra exemplos de itens 'nobres", entende os

    hbitos do consumidor e fica sabendo o que preciso fazer para ganhar mais.

    Ol, visitante

    Faa Login Cadastre-se

    BUSCA

    Publicidade

    TEMAS MAIS COMUNS

    Categorias Consumo

    Coooperao

    CrescimentoEconomia Expanso

    Faturamento Gesto

    Indstria Investimento Loja

    Lucro Mix parceria Pesquisa

    Promoo RankingSortimento Varejo

    Vendas

    EDITORIAS

    ltimas Notcias

    Consumo

    Categorias

    Marketing

    Novos Produtos

    Ponto de Venda

    Megamercado

    Voc

    SM Responde

    Cenas do Varejo

    Negcios

    Gesto

    Entrevista

    Volta ao Mundo

    Tecnologia

    Leis & Tributos

    Com a Palavra

    BLOGS

    Blog da Redao

    Blog Dicas Prticas

    SERVIOS

    Downloads

    Assinatura da Revista

    Cadastro Newsletter

    SM no tablet

    ANUNCIANTES

    Mdia Kit

    CONTATOS

    Fale Conosco

    REVISTA SM

    ABRIL -

    Ranking...

    04/2014

    OK

    16/04/2014

    Ranking 2014 - Pequenos e mdios

    16/04/2014

    Ranking 2014 - Bilionrias

    16/04/2014

    Ranking 2014 - Regionais

    16/04/2014

    Ranking 2014 - Gigantes

    16/04/2014

    Ranking 2014 - Hiper! Super!!

    Atacarejo!!!

    Publicidade

    Sumrio

    Folheie

    REVISTA SM EVENTOS SM GUIA PRTICO DE SORTIMENTO GUIA DE FORNECEDORES RANKING SUPERMERCADOS

    + recentes + lidas + enviadas

  • 16/4/2014 Supermercado Moderno

    http://www.sm.com.br/Editorias/Negocios/Produtos-Nobres-19898.html 2/8

    QUEM NOBRE SEMPRE APARECE

    Alguns grupos de produtos se destacam mais do que outros nas vendas de verses premium. o

    caso daquele com apelo indulgncia, como biscoitos, justamente por intensificar o prazer, a

    autopremiao. Outro o de 'sade ' com verses como a do po de forma integral com gros. E h as

    linhas que atendem o desejo de beleza, um dos mais marcantes entre os brasileiros. Sabonete lquido

    e shampoo profissional so bons exemplos. Existem ainda produtos que agregam benefcios a tarefas

    chatas, como lavar roupa. Sabo lquido e alvejantes tira-machas esto entre eles. Para voc entender

    melhor, veja o potencial de vendas de seis grupos, a maioria com itens premium. A McKinsey estimou o

    crescimento anual em valor de cada um deles at 2020.

    GRANDES FABRICANTES CONFIRMAM AVANO DO SEGMENTO PREMIUM

    Empresa Categoria Crescimento em valor em 2012

    BRF Iogurte (com ingredientes naturais) 61%

    Seven Boys Po industrializado (12 gros sem acar) 40%

    Unilever* Creme dental (branqueadores) 26%

    Hersheys Chocolate (60% de cacau) 25%

    P&G Sabo para roupa (verso lquida) 17%

    * 2011 X 2010

    DESTILADOS

    Segundo a Diageo, o mercado de bebidas premium apresenta forte crescimento, sobretudo em valor.

    o brasileiro disposto a gastar mais com destilados de qualidade

    CONSUMIDOR

    Pela qualidade ou por status, brasileiro est se acostumando a levar itens nobres para casa

    Premium, sim. Exclusivo, nem tanto. Apesar de ainda ser comum a ideia de que o consumo de

    produtos nobres se restringe s classes A e B sobretudo das grandes cidades , hoje esse

    esteretipo no passa de uma meia verdade: as classes de menor renda tambm compram, mesmo

    que apenas em determinadas ocasies. "No so s as pessoas 'premium' que compram produtos

    premium. Na verdade, compra quem tem alguma renda livre, quer presentear, entre outros fatores",

    comenta Rafael D'Andrea, scio-diretor da ToolBox. Com os consecutivos ganhos de renda da

  • 16/4/2014 Supermercado Moderno

    http://www.sm.com.br/Editorias/Negocios/Produtos-Nobres-19898.html 3/8

    populao brasileira, a tendncia de que sobre cada vez mais uma certa quantia para experimentar

    itens de qualidade superior. Sebastian Concha, diretor de pesquisa da Mintel na Amrica Latina,

    acrescenta que a deciso de compra de produtos do segmento premium obedece a uma srie de

    fatores internos e externos, entre os quais a convico de que a qualidade melhor e o status conferido

    a quem serve marcas premium famlia e a amigos. O pblico das classes D e E pode no consumir

    as marcas mais famosas de refrigerante todos os dias, mas em ocasies como churrascos e festas

    de aniversrio, elas certamente estaro na mesa. "O processo de eleger ocasies especiais, porm,

    aparece em todos os nveis sociais. Afinal, a classe alta tambm no consome champagne todos os

    dias", afirma.

    Mais de 30% dos lares que consomem itens bsicos de iogurte tambm levam para casa produtos

    premium, ainda que em menor volume e com menor frequncia. No caso dos chocolates, cada vez

    mais comum a compra de caixas de bombom para presente. Isso at entre a baixa renda

    Desejo possvel

    Com desemprego em baixa e salrios em alta, cada vez mais comum as famlias brasileiras

    inclurem no carrinho de compras verses de alto valor agregado. Bom para o ticket mdio e para as

    margens.

    Troca gradativa

    Para Sebastian Concha, da Mintel, a converso para a compra de itens premium no ocorre do dia para

    a noite. Bom exemplo so os detergentes para roupa. "Na Inglaterra quase todo o mercado da verso

    lquida e concentrada. Mas esse processo demorou anos: comeou com barra, depois p, lquido e

    concentrado". O Brasil ainda vive a fase de troca para a verso lquida. Os consumidores tendem a ser

    conservadores, sobretudo com escolhas que implicam mais gastos", resume.

    Jovens gostam de cerveja importada

    Em diversas categorias, o pblico jovem se mostra disposto a experimentar produtos com algum

    diferencial em relao aos itens bsicos. Isso acontece, por exemplo, no segmento de cervejas.

    Segundo pesquisa feita pela empresa global de inteligncia de mdia Mintel, 49% do pblico entre 18 e

    34 anos consome cervejas importadas. Entre os brasileiros com mais de 45 anos, esse ndice no

    chega sequer a 20%.

  • 16/4/2014 Supermercado Moderno

    http://www.sm.com.br/Editorias/Negocios/Produtos-Nobres-19898.html 4/8

    CATEGORIAS

    Itens de alto valor agregado j representam parcela importante das vendas no autosservio

    Por muito tempo o produto premium foi tratado pelo varejo como item que atende apenas um nicho de

    mercado. Agora, com a maior parte da populao brasileira na classe mdia, h oportunidades de

    trabalhar estratgias mais amplas para esses produtos, analisa Rafael D'Andrea, da ToolBox. Segundo

    ele, trata-se de um processo natural: com mais renda disponvel, as pessoas passam, em um primeiro

    momento, a consumir categorias que antes ficavam de fora da cesta de compras. O passo seguinte

    escolher verses mais sofisticadas dentro de cada categoria. "Hoje produtos como chocolate j

    integram a 'cesta bsica' do shopper", exemplifica. Com o consumo se tornando habitual, as

    necessidades mudam. No por acaso, a gndola dessa categoria foi invadida por verses com

    frmulas mais elaboradas. Na fabricante Hershey's, apenas no ano passado cresceram em 25% as

    vendas das linhas de chocolate premium: as verses para presentear e o Special Dark com 60% de

    cacau. Segundo Victoria Gabrielle, gerente de marketing da Hershey's, esses itens geram maior

    rentabilidade ao varejo. "O retorno est na alta lucratividade por unidade, enquanto nos itens regulares,

    cujas margens so menores, est na venda de grandes volumes", resume. Outro resultado importante

    que a maior venda de itens nobres proporciona ao varejo a possibilidade de aumentar o ticket mdio.

    Lucro. esse o papel das categorias premium. Segundo a BRF, a diferena de preo