Tabela de Honorários OABMG

  • View
    6.636

  • Download
    3

Embed Size (px)

Text of Tabela de Honorários OABMG

Ordem dos Advogados do Brasil - Seo de Minas Gerais

Remunerao justa. Valorizao de todos.

Honorrios - Remunerao justa. Valorizao de todos.

Apresentao Pelo artigo 22 do Estatuto da Advocacia, a prestao do servio profissional assegura aos inscritos na OAB o direito aos honorrios convencionados, aos fixados por arbitramento judicial e aos de sucumbncia. No que toca aos parmetros para fixao destes honorrios o Estatuto tambm prev seja competncia do egrgio Conselho Seccional estabelecer e atualizar a tabela dos honorrios advocatcios. Cumprindo o seu mister estatutrio, a Seccional mineira da OAB traz a lume, atualizada, a tabela de honorrios dos advogados, esperando que os valorosos colegas dela se utilizem para que a tica a respeito da cobrana dos honorrios seja observada. Evidentemente sem se esquecer do que est previsto no nosso Cdigo de tica ao determinar que os honorrios sejam fixados com moderao, atendidos os elementos previstos no artigo 36 do Cdigo de tica e Disciplina da OAB. Os colegas advogados devem tambm evitar o aviltamento de valores dos servios profissionais, no os fixando de forma irrisria ou inferior ao mnimo estabelecido nesta tabela, salvo motivo plenamente justificvel, como determina o artigo 41 do mesmo Cdigo. Afinal, remunerao justa, valorizao de todos. Raimundo Cndido JniorPresidente da Ordem dos Advogados do Brasil Seo de Minas Gerais

Relatores Luiz Fernando Vallado Nogueira Stanley Martins Fraso

Comisso Especial Stanley Martins Fraso Myriano Henriques de Oliveira Francisco Shimabukuro Junior

Acesse o endereo abaixo para fazer o download do modelo de contrato: www.oabmg.org.br/secretaria/modelos.aspx

Ordem dos Advogados do Brasil - Seo de Minas Gerais

Dispe sobre a Tabela de Honorrios Advocatcios no Estado de Minas GeraisResoluo n CP/01/08 O Conselho da Ordem dos Advogados do Brasil, Seo Minas Gerais, no uso de suas atribuies, visando justa remunerao dos servios de advocacia e salvaguarda da dignidade da profisso e do elevado nvel de relacionamento de todos os seus inscritos, atendendo ao fundamento legal contido no artigo 58, V, da Lei n 8.906, de 04.07.94, para os fins do artigo 272 da Constituio do Estado de Minas Gerais e para os fins da Lei Estadual n. 13.166, de 20.01.1999 e do Decreto Estadual n. 42.718, de 04/07/2002, na sesso realizada em 25 de fevereiro de 2008, aprovou a seguinte resoluo, que contm a TABELA DE HONORRIOS ADVOCATCIOS MNIMOS no Estado de Minas Gerais: CONSIDERANDO que a Lei Federal n 8.906, de 4 de julho de 1994, em seu captulo VI, dispe sobre honorrios advocatcios (arts.22 a 26); CONSIDERANDO que o Cdigo de tica e Disciplina da OAB trata sobre o mesmo assunto, em seu captulo V (arts. 35 a 43); CONSIDERANDO que a Resoluo n 21/CS/99, do Conselho Seccional da OAB/ MG, de 17 de dezembro de 1999, contm a Tabela de Honorrios Advocatcios Mnimos para o Estado de Minas Gerais. CONSIDERANDO que a remunerao do Advogado deve ser compatvel com o trabalho e o valor econmico da questo, no podendo ser inferior ao estabelecido na Tabela organizada pelo respectivo Conselho Seccional, inclusive quando inexiste contrato, caso em que os honorrios devero ser fixados por arbitramento judicial; CONSIDERANDO que, para a fixao dos Honorrios Advocatcios, alguns requisitos devem ser previamente observados, a saber: a) a reputao da capacidade e probidade do Advogado; b) a dificuldade, o tempo e o mrito do trabalho a ser prestado; c) estudo para avaliao do contedo econmico da coisa; d) a gravidade e a multiplicidade das questes tratadas; e) o valor econmico da causa.

Honorrios - Remunerao justa. Valorizao de todos.Art. 1. O Advogado deve, sempre que possvel, contratar, previamente e por escrito, a prestao de seus servios profissionais e respectivos honorrios (art. 35 do Cdigo de tica Profissional). Art. 2. O objetivo primordial da presente tabela a fixao de honorrios mnimos para evitar o aviltamento da profisso. Art. 3. aconselhvel incluir, no contrato de honorrios, as seguintes clusulas: A - o valor dos honorrios, a forma de pagamento e o ndice de reajustamento; B - a parte varivel, se houver, ser cobrada quando da efetiva satisfao do julgado; C - que correm por conta do cliente as custas e despesas judiciais, inclusive honorrios de outro advogado para acompanhar precatrias ou diligncias em comarca que no a do feito e, bem assim, para defesa do recurso nos rgos de Segundo Grau de Jurisdio, Supremo Tribunal Federal, Superior Tribunal de Justia, Tribunal Superior do Trabalho e Tribunal Superior Eleitoral; D - se a causa exigir servios fora da comarca sede, ficar ressalvado ao advogado o direito de execut-los pessoalmente ou por substabelecimento, pagando o cliente os encargos respectivos; E - nas hipteses de anistia, remisso ou transao em matria tributria, os honorrios de xito contratados devero ser reduzidos metade. Art. 4. Salvo o ajuste em contrrio, os honorrios contratados no compreendem os trabalhos de interposio e acompanhamento de recursos em local diverso daquele em que se desenrola a causa. O mesmo ocorrer em relao manifestao de Recursos Extraordinrio e Especial, Reviso Criminal, Recurso de Revista e Ao Rescisria. Art. 5. O desempenho da advocacia de meios, no de resultados, razo pela qual, independentemente do xito ou no, os honorrios contratados no sero devolvidos. Art. 6. Salvo ajuste em contrrio, a sucumbncia relativa a honorrios advocatcios pertence ao advogado vencedor da lide, sem qualquer reduo nos honorrios contratados. Art. 7. Havendo revogao do mandato antes do trmino do servio, os honorrios pendentes sero devidos integralmente, salvo previso contratual diversa. Art. 8. aconselhvel que o advogado cobre sempre o valor da consulta, quando alguma matria jurdica ou ligada profisso lhe for apresentada. Se, em funo

Ordem dos Advogados do Brasil - Seo de Minas Geraisda consulta, sobrevier a prestao de servios, a critrio das partes, o valor da consulta poder, ou no, ser abatido dos honorrios a serem contratados. Art. 9. O advogado poder receber como honorrios, quando for difcil ou impossvel o recebimento em moeda corrente, parte de bens ou coisas, objeto da causa ou no, desde que previamente determinado em contrato de honorrios, ou mediante acordo escrito, mesmo assinado aps a concluso da causa, concordando todos os seus constituintes no feito. Art. 10. Para solues de casos omissos na presente tabela, aplicam-se os dispositivos dos Captulos VI e VIII, da Lei 8.906/94, e as regras contidas nos arts. 258 a 261 do Cdigo de Processo Civil. Art. 11. Nos casos em que a tabela indicar o valor de honorrios em percentual e, tambm, em valor determinado, dever-se- entender o primeiro como sendo o percentual mdio e o segundo como o valor mnimo, habitualmente praticado pela classe. Art. 12. Aplicam-se os valores desta tabela aos honorrios fixados com base no art. 272 da Constituio do Estado de Minas Gerais e na Lei Estadual n. 13.166, de 20 de janeiro de 1999, e no Decreto Estadual n. 42.718, de 04/07/2002, nas nomeaes de advogados dativos. Art. 13. Esta resoluo entra em vigor em 08 de abril de 2008, ficando revogadas as disposies em contrrio. Belo Horizonte, 08 de abril de 2008.

I - PARTE ESPECIAL1- AES DE JURISDIO CONTENCIOSA OU QUE ASSUMAM ESTE CARTER Salvo outra disposio em contrrio, em todas as aes contenciosas ou que assumam esse carter, devero ser cobrados honorrios entre 10% e 20% sobre o VALOR REAL da causa: Mnimo - R$ 1.500,00. A) Para a fixao desse VALOR REAL sero atendidos o valor estimado para a causa e o proveito econmico que poder advir ao cliente, valor este que no ser, necessariamente, o mesmo atribudo ao para os efeitos fiscais;

Honorrios - Remunerao justa. Valorizao de todos.B) Nas aes em que houver condenao ao pagamento diferido, calculado em prestaes mensais, a percentagem incidir sobre o valor vencido mais aquele correspondente a 12 (doze) prestaes vincendas, salvo se por menor prazo for fixado; C) Os honorrios de sucumbncia pertencem ao advogado e sero exigveis independentemente dos honorrios contratados ou arbitrados, salvo estipulao expressa em contrrio.

2- CARTAS PRECATRIAS Nos processos que demandem expedio de Cartas Precatrias, sero devidos honorrios ao prprio advogado ou quele a quem se incumbir de faz-las cumprir, observando-se os seguintes valores, independentes das despesas e custas para seu cumprimento: A) Para simples citaes, intimaes, notificaes ou interpelaes: Mnimo - R$ 400,00. B) Para outros fins: Mnimo - R$ 500,00. 3 - RECURSOS - MANDATRIO EXPRESSAMENTE CONSTITUDO OU SUBSTABELECIDO A) Interposio de qualquer recurso: Mnimo R$ 1.500,00. B) Contra-razes de qualquer recurso: Mnimo R$ 1.000,00. C) Elaborao de memorais: Mnimo - R$ 1.000,00. D) Sustentao oral: Mnimo - R$ 1.500,00.

Ordem dos Advogados do Brasil - Seo de Minas GeraisE) Simples acompanhamento de recurso: Mnimo - R$ 380,00. Nota 1: Esses valores so cumulativos. Nota 2: Na hiptese de interposio, acompanhamento e sustentao oral perante Tribunal localizado fora do domiclio do advogado, alm do reembolso das despesas de viagem, alimentao e estada. Mnimo R$ 1.000,00. 4 - EXAME DE PROCESSOS EM GERAL, Com posterior comunicao ao colega ou ao cliente: Mnimo R$ 500,00.

II - ADVOCACIA EM MATRIA CVEL1- MEDIDAS CAUTELARES A) dos honorrios previstos para a causa principal, se esta no vier a ser promovida: Mnimo - R$ 1.000,00. B) Se vier a ser promovida, 1/3 dos honorrios previstos para a causa principal: Mnimo - R$ 1.000,00. C) Notificaes, interpelaes, protestos, pedidos de prestao de cauo: Mnimo - R$ 1.500,00. D) Arresto, seqestro, busca e apreenso, pedido de exibio de livros, coisas e documentos, produo antecipada de provas, justificao, sustao de protesto, atentado, vistoria e arbitramento sero cobrados honorrios entre 10% e 20% do valor econmico: Mnimo - R$ 1.500,00.

Honorrios - Remunerao justa. Valorizao de todos.E) Homologao de penhor legal, apreenso de ttulo, ratificao