Tabela de Honorarios - oabmt.org.br .O valor da URH será anualmente atualizado pela variação do

  • View
    212

  • Download
    0

Embed Size (px)

Text of Tabela de Honorarios - oabmt.org.br .O valor da URH será anualmente atualizado pela variação do

  • O valor da URH ser anualmente atualizado pela variao do INPC do IBGE apurada no primeiro dia do ms subseqente ao aniversrio da aprovao da presente.

    RESOLUO N 096, DE 27 DE JULHO DE 2007.

    O Conselho da ORDEM DOS ADVOGADOS DO BRASIL, SECCIONAL DE MATO GROSSO, no uso das atribuies que lhe so conferidas pelo artigo 58, I e V, da Lei n. 8.906, de 04.07.94, bem como pelo art. 111 do Regulamento Geral do EAOAB, reunido em Sesso Plenria realizada em 27 de julho de 2007; CONSIDERANDO o disposto no art. 22, da Lei n. 8906/94 e no art. 41 do Cdigo de tica e Disciplina da OAB; CONSIDERANDO a necessidade da atualizao dos valores constantes da TABELA DE HONORRIOS aprovada pela Resoluo 08/2002, de 28 de outubro de 2002; CONSIDERANDO a necessidade de preservar a dignidade da classe, e visando obstar o aviltamento dos valores dos servios profissionais e manter a justa remunerao do advogado; CONSIDERANDO a necessidade de fixar e uniformizar os valores mnimos de honorrios cobrados pelos Advogados de Mato Grosso, resolve: Art. 1 Aprovar as Normas Gerais e TABELA DE HONORRIOS, constantes dos anexos I e II, respectivamente, que serviro de referncia a todos os advogados inscritos nesta Seccional, orientandoos na contratao de seu trabalho profissional, a fim de evitar excessos, e principalmente, o aviltamento nos valores, de modo que no atentem contra a dignidade da Advocacia. Pargrafo primeiro: A Tabela destina-se, ainda, a prestar auxlio aos Juzes na fixao de honorrios de Advogado Dativo e do Assistente Judicirio, bem como a servir de referncia nos arbitramentos judiciais de honorrios advocatcios, nos casos em que a legislao o determinar ou possibilitar, no se prestando todavia como referncia fixao de piso salarial do advogado. Pargrafo segundo: Os valores constantes da Tabela so fixados em URH Unidade Referencial de Honorrios, instituda por esta Resoluo, cujo valor inicial fixado em R$ 380,00 (trezentos e oitenta reais), e ser anualmente atualizado pela variao do INPC do IBGE apurada no primeiro dia do ms subseqente ao aniversrio da aprovao da presente. Art. 2 A presente resoluo dever ser publicada na imprensa oficial, no site e no jornal da OAB Seccional Mato Grosso, entrando em vigor na data de sua publicao no Dirio Oficial do Estado de Mato Grosso. Art. 3 Ficam revogadas as disposies em contrrio. Cuiab-MT, 27 de julho de 2007. FRANCISCO ANIS FAIAD Presidente da OAB/MT JOS ANTNIO TADEU GUILHEM Vice-Presidente da OAB/MT LUCIANA SERAFIM DA SILVA OLIVEIRA Secretrio-Geral da OAB/MT

  • O valor da URH ser anualmente atualizado pela variao do INPC do IBGE apurada no primeiro dia do ms subseqente ao aniversrio da aprovao da presente.

    DANIEL PAULO MAIA TEIXEIRA Secretrio-Geral Adjunto da OAB/MT HELCIO CORREA GOMES Tesoureiro da OAB/MT

  • O valor da URH ser anualmente atualizado pela variao do INPC do IBGE apurada no primeiro dia do ms subseqente ao aniversrio da aprovao da presente.

    ANEXO I

    Normas Gerais Art. 1 Os honorrios advocatcios devem se contratados por escrito, previamente execuo dos servios, observadas as regras do Cdigo de tica Disciplina, da Lei n. 8906/94, do Regulamento Geral do EAOAB, do Cdigo de Processo Civil e desta Tabela. Pargrafo nico. admissvel, mas desaconselhvel, o pacto verbal. Art. 2 A presente Tabela fixa honorrios mnimos na contratao dos servios, devendo ser levado em considerao a maior ou menor complexidade da causa, o trabalho e o tempo necessrio, a importncia do interesse econmico e os conhecimentos do Advogado, a sua experincia e o seu conceito como profissional e a condio econmica do cliente. Art. 3 Os honorrios sero contratados tomando por base a URH Unidade Referencial de Honorrios, cujo valor ser fornecido anualmente pela Diretoria da Seccional. Art. 4 lcito ao Advogado contratar valor superior ao previsto na Tabela. Cumpre, entretanto, obrigatoriamente, ao Advogado, em atendimento ao dever de zelar pela dignidade da profisso, observar os limites mnimos aqui fixados, no contratando honorrios a eles inferiores (concorrncia desleal), sob pena das sanes legais. Art. 5 aconselhvel incluir no contrato de prestao de servios clusulas relativas ao valor dos honorrios, ao reajustes, s eventuais majoraes por acrscimo dos servios inicialmente previstos, s condies e forma de pagamento, inclusive hiptese de acordo, s despesas com custas, dirias de viagens etc. Tambm aconselhvel incluir no contrato clusulas relativas forma e s condies de resgate dos encargos gerais, judiciais e extrajudiciais, inclusive eventual remunerao de outro profissional, advogado ou no, para desempenho de servio auxiliar ou complementar tcnico e especializado, ou com incumbncia, pertinente fora da Comarca. Art. 6 A celebrao do contrato de servios advocatcios, bem como a respectiva fixao dos honorrios, regem-se pelas seguintes disposies: I Os honorrios so devidos ainda que na ausncia de contrato escrito, caso em que, devem ser arbitrados ou convencionados tendo em vista a Tabela constante do Anexo II. II A prtica de honorrios abaixo dos limites mnimos fixados na Tabela constante do Anexo II considerada aviltante e atenta contra a dignidade de advocacia. III Para a estipulao dos valores, devem ser levadas em conta a importncia e a complexidade da causa, alm do local onde os servios sero prestados. IV A cobrana de valor referente consulta apresentada pelo cliente prtica salutar dignidade da advocacia, devendo ser observada por todos os profissionais. Se, em decorrncia da consulta, sobrevier prestao de servios, o valor despendido naquela poder, a critrio das partes, ser deduzido da verba honorria.

  • O valor da URH ser anualmente atualizado pela variao do INPC do IBGE apurada no primeiro dia do ms subseqente ao aniversrio da aprovao da presente.

    V O desempenho da atividade advocatcia de meios, no de resultados. Assim, os honorrios contratados so devidos, independentemente do resultado da demanda ou desfecho do assunto tratado. VI Os honorrios relativos sucumbncia pertencem ao advogado, e no excluem os contratados. VII Salvo estipulao em contrrio, os honorrios estabelecidos no compreendem os trabalhos de interposio e acompanhamento de recursos em geral, revises criminais e aes rescisrias. VIII Se os honorrios constarem de uma parte fixa e outra varivel, a primeira levar em conta o tempo e o trabalho que podero ser exigidos do profissional, o valor da causa e a condio econmico-financeira do cliente, e a parte varivel atender principalmente o resultado obtido. IX Na hiptese do item anterior, o pagamento da parte varivel, ou clusula de xito, ficar condicionado ao trnsito em julgado da deciso ou a sua integral satisfao, com obedincia ao pargrafo nico do artigo 38 do Cdigo de tica e Disciplina. X Munido de poderes para substabelecer, o advogado tem a faculdade de utilizar-se da colaborao de outros profissionais, por sua conta e risco. XI O advogado substabelecido com reservas de poderes deve contratar seus honorrios com o advogado substabelecente. XII Todas as despesas, judiciais e extrajudiciais, tais como a de locomoo, dirias, alimentao, hospedagem e viagem, cpias, certides, gastos com auxiliares, etc., devem ser suportadas pelo cliente, nos termos e formas estipuladas na Tabela constante do Anexo II, ficando o advogado com o dever de prestar contas. XIII Quando se tratar de pessoas jurdicas de qualquer natureza que mantenha, a seu servio, dois ou mais advogados, a verba de sucumbncia dever ser destinada a um caixa nico e partilhado pro-rata. Recomenda-se que, em havendo advogado-chefe, 10% (dez por cento) do montante deve ser-lhe reservado, repartindo-se os demais 90% (noventa por cento) entre todos os advogados, inclusive o que exerce a chefia. XIV Na hiptese de inadimplemento contratual, acordo celebrado diretamente pelo cliente com parte adversa ou revogao de mandato, o contrato ser considerado rescindido, cabendo ao advogado a percepo integral dos honorrios estipulados, inclusive as parcelas vincendas sejam consideradas vencidas, mais os encargos previstos. XV - Havendo acordo entre as partes revelia do Advogado, este no ter compromisso de reduo de honorrios. XVI Se o decurso do tempo ou a supervenincia de circunstncias imprevisveis poca do ajuste, tornarem o contrato de honorrios excessivamente oneroso para o advogado, seu contedo pode ser submetido reviso. XVII - Salvo estipulao diversa, um tero dos honorrios devido no incio do trabalho, outro tero at a deciso de primeiro grau e o restante no final.

  • O valor da URH ser anualmente atualizado pela variao do INPC do IBGE apurada no primeiro dia do ms subseqente ao aniversrio da aprovao da presente.

    XVIII - Quando no for ajustado em contrrio, os honorrios pactuados compreendem somente o patrocnio da causa em primeiro grau e interposio ou resposta de recurso para o segundo grau, no estando includa a sustentao oral perante o Tribunal. XIX - Nos honorrios pactuados, salvo estipulao diversa, no esta compreendida a prestao de servios em quaisquer processos acessrios, preventivos ou incidentes XX - vedado ao advogado custear a causa, exceto quando o no-pagamento das despesas implicar arquivamento, desero ou qualquer prejuzo para o cliente, sem que isto constitua obrigao do profissional nem o sujeite a penalidades. XXI - Havendo necessidade de arbitramento e cobrana judicial dos honorrios advocatcios, deve o Advogado renunciar ao patrocnio da causa.

    Art. 7. A Tabela destina-se a prestar auxlio aos Juzes na fixao de honorrios de Advogado Dativo e do Assistente Judicial, bem como a servir de referncia nos arbitramentos judiciais de honorrios advocatcios, nos casos em que a legislao o determinar ou possibilitar, no se prestando todavia como referncia fixao de piso salarial do advogado.

  • O valor da URH ser anualmente atualizado pela variao do INPC do IBGE apurada