of 504/504
A oferta mais vasta do mercado em iluminação Março 2015. Portugal Lighting Tabela 2015

Tabela de Preços 2015

  • View
    527

  • Download
    56

Embed Size (px)

Text of Tabela de Preços 2015

  • LisboaLagoas Parque, edifcio 142740-262 Porto SalvoPortugal Tel.: 21 423 77 00Fax.: 21 423 59 77

    PortoRua Eng. Ferreira Dias, 251, 24100-247 PORTOTel.: 226 165 662Fax.: 22 616 56 66

    www.philips.pt/iluminacao

    2015 Koninklijke Philips N.V. Todos os direitos reservados.

    Tabela d

    e Ilum

    inao

    Pro

    ssion

    alM

    aro 20

    15. Po

    rtugal

    A oferta mais vastado mercadoem iluminao

    Maro 2015. Portugal

    Foto de capa: Hotel Fnix Music, Lisboa

    LightingTabela 2015

  • 1www.philips.pt/catalogos Tabela Iluminao Profissional 2015

    Luminrias 49

    Sistemas de Controlo 268

    Lmpadas e Equipamentos 307

    Tabela de Iluminao Profissional

    Philips Maro 2015

    O nosso compromisso, na Philips Lighting, o de um desenvolvimento contnuo de solues inovadoras, a par da crescente transformao tecnolgica demonstrada pela indstria da iluminao nos ltimos anos, o que nos faz estar em constante evoluo.

    Por isso, como em anos anteriores, pomos disposio de todos os nossos clientes uma atualizao peridica on-line (formato PDF) da Tabela de Iluminao Profissional 2015 que agora apresentamos, com o fim de vos manter sempre informados acerca das ltimas solues de iluminao da Philips no nosso mercado.

    Essa atualizao encontra-se permanentemente disponvel na nossa pgina Web:

    www.philips.pt/catalogos

    TABELA PHILIPS LIGHTING (ILUMINAO) 2015 - ATUALIZAO DIGITAL PDF

    Por este motivo, e em previso de eventuais futuras alteraes em relao edio impressa que agora pomos sua disposio, atravs da Philips Lighting recomendamos perentoriamente a todos os nossos clientes a utilizao e consulta contnua desta verso on-line.

    A partir do dia 15 de Maro de 2015 o presente documento anula e substitui o anterior : Tabela de Preos de Iluminao Profissional Philips 2014, publicada at data.

    Qualquer informao publicada ficar consequentemente anulada e substituda pela indicada, a qualquer momento nessa Web, sendo portanto esta a nica que tem validade e vigncia das gamas e preos de venda recomendados RI.

    IMPO

    RTA

    NT

    E

  • 3www.philips.pt/catalogos Tabela Iluminao Profissional 2015

    Esta Tabela tem a finalidade de servir de base para facturao Rede de Distribuio Profissional e poder servir aos Instaladores para a valorizao dos seus projectos se assim o considerarem oportuno. Os preos correspondem aos EOC e embalagens que figuram neste documento. Para qualquer outro tipo de embalagem,

    necessrio consultar os respectivos preos. O critrio da gesto que partilhamos o de que a determinao do preo de venda recomendado, seja sempre, prorrogativa exclusiva o ltimo escalo de Distribuio Profissional e s a este corresponde, basicamente em funo do jogo da oferta e da procura, a sua fixao definitiva em cada caso.

    GeralAo fazer qualquer pedido aplicar-se-o as seguintes condies

    gerais. Outras condies, sero acordadas conjuntamente com a

    Philips.

    Prazos de entregaOs prazos de entrega confirmar-se-o no momento de fazer o

    pedido e sero sempre a ttulo orientativo, pelo que os atrasos que

    puderem existir no implicaro o cancelamento do pedido nem a

    imputao de penalizaes.

    Cancelamento de pedidosUma vez recebido um pedido nas nossas fbricas e colocado nos nossos

    sistemas de produo, este no poder ser cancelado, nem modificado.

    AmostrasAs amostras devero ser solicitadas mediante pedido e ser devolvidas

    em perfeito estado.

    TransporteAs entregas sero realizadas com custos suportados pela Philips

    com a agncia de transportes e logstica habitual. Os distribuidores

    que o necessitem podero solicitar a seu cargo:

    Uma agncia especial de transporte.

    Servio de transporte urgente.

    No caso de envio com Portes Pagos, a responsabilidade do

    transporte do Comprador pelo que se entende que, em caso

    de avarias e perdas, o tratamento da incidncia ser entre o

    Comprador e a Transportadora. Se o pedido for inferior a 500

    Euros acrescentam-se os portes na factura, assim como nos pedidos

    de colunas inferiores a 10 unidades. Os envios de mercadorias

    consignados a um ponto diferente ao da direco da empresa

    solicitante, devero ser autorizados previamente pela Philips e sero

    sempre por conta da empresa solicitante. As entregas realizam-se na

    direco indicada no pedido. Os custos originados pela solicitao

    transportadora de uma nova direco correro a cargo do cliente.

    Entrada em vigor15 Maro de 2015.

    Incidncias na entregaO comprador tem a obrigao de inspecionar e verificar as

    mercadorias no ato da entrega e de completar o preenchimento da

    guia de entrega do transportador com o carimbo da sua empresa

    e a data. Caso no exista carimbo dever colocar o nome e NIF

    da pessoa que receciona o material e a data. Na guia de entrega

    do transportador deve ser anotada qualquer anomalia detetada na

    entrega da mercadoria. No caso de avarias e perdas no manifestas

    na entrega e detetadas posteriormente, a reclamao de qualquer

    anomalia dever ser comunicada nas 48 horas naturais seguintes

    hora da entrega atravs do Dpt. de Assistncia ao Cliente

    (Incidncias) da Philips.

    DevoluesS sero aceites as devolues de produtos que tenham sido

    expressamente autorizadas por escrito pela Philips.Para essa autorizao, a Philips verificar que os produtos a devolver

    pelo cliente cumprem as seguintes condies:

    a. Para Lmpadas e Equipamentos: Que estejam assinalados na

    tabela vigente.

    b. Para Luminrias: No um produto feito a pedido. A Philips

    verificar sempre se o artigo solicitado procede de stock prvio

    da Philips ou se foi fabricado depois da receo do pedido

    original do cliente. Os produtos fabricados expressamente para

    um pedido no podero ser devolvidos.

    c. Se esto em perfeito estado.

    d. Se a embalagem, o rtulo e a fita so os originais

    e. Se a venda do artigo a devolver foi efetuada nos 12 meses

    anteriores data da solicitao de devoluo. imprescindvel

    indicar o nmero da guia de entrega ou da fatura.

    As devolues s sero creditadas depois de que o nosso armazm tenha

    verificado que foram cumpridas as condies anteriormente mencionadas.

    Os portes da devoluo sero suportados pelo Comprador e ser

    aplicada uma depreciao de 25%.

    No caso de que a devoluo seja fruto de um erro da Philips,

    o Comprador comunicar a irregularidade atravs do Dpt. de

    Assistncia ao Cliente de acordo com as indicaes escritas na

    seco Incidncias na Entrega. Depois de a Philips confirmar

    o erro, encarregar-se- da recolha do material a devolver sem

    nenhum custo para o solicitante e tambm no ser aplicada

    nenhuma depreciao.

    ForoPara todas as discrepncias com origem na presente operao,

    comprador e vendedor submetem-se expressamente competncia

    dos juzes e tribunais de Lisboa.

    Directiva ComunitriaAssinalamos em cada caso e individualmente o efeito dos gastos

    meio-ambientais previstos na Directiva Comunitria 2002/96 sobre

    resduos de aparelhos elctricos e electrnicos, e das suas normas

    de implementao e desenvolvimento.

    IVAEstes preos no incluem IVA.

    Condies gerais de venda e fornecimento

  • 4 Tabela Iluminao Profissional 2015 www.philips.pt/catalogos

    OURO

    aos10

    horas40.000

    PRATA

    BRONZE

    A Philips Iluminao actualizou recentemente a poltica de garantias de todos os seus produtos, aproveitando agora a nova Tabela de Preos de 2015 para resumir os seus pontos principais, convidando-o de seguida a conhecer todos os detalhes e diferentes critrios nos documentos completos disponveis na nossa pgina web (www.philips.pt/catalogos):

    A. Perodo de garantia

    Sujeito s disposices definidas nos Termos e Condices da Garantia, o Comprador recebe a garantia pelo periodo aplicvel, conforme descrito na tabela seguinte:

    Poltica de garantia da Philips Iluminao

    A classe Ouro, conta com uma garantia standard para o mdulo LED de 10 anos ou 40.000 horas de utilizao (o que ocorra primeiro) aplicando o ndice L80F10.

    A validade da garantia aplica-se quando a depreciao lumnica inferior a 80% do

    rendimento luminoso inicialmente instalado.

    Classe Ouro10 anos40.000 horas

    Classe Prata5 anos20.000 horas

    Classe Bronze3 anos12.000 horas

    A classe Prata tem uma garantia standard para o mdulo e driver LED de 5 anos ou 20.000 horas de funcionamento (o que ocorra antes) aplicando

    o ndice L80F10. A garantia aplicada quando a depreciao lumnica

    inferior a 80% do rendimento luminoso inicialmente instalado.

    A classe Bronze, est coberta por uma garantia standard de 3 anos ou 12.000 horas de funcionamento (o que ocorra

    primeiro). A garantia aplicada quando a depreciao luminosa

    inferior a 80% do rendimento lumnico inicialmente instalado.

    Poltica de garantia para luminrias de interior

    Garantia para lmpadas LED (*)

    Poltica de garantia para luminrias de exterior

    A Philips oferece-lhe um programa de garantias standard que est dividido em duas categorias principais:

    Luminrias LED Luminrias Convencionais

    A principal razo para termos realizado esta separao a optimizao da nossa tecnologia LED, graas qual podemos prolongar a esperana de vida das nossas luminrias LED. Assim, estamos na disposio de oferecer um perodo de garantia alargado, ao mesmo tempo que reduzimos o risco no investimento em iluminao LED.

    Para alm deste programa standard, voc pode ampliar a garantia do produto consoante as suas necessidadesPor isso disponibilizamos os nossos servios de ciclo de vida ou programa de extenso de garantia. Consulte o seu representante Philips ou visite a nossa pgina web de catlogos no link Poltica de Garantias em:

    www.philips.pt/catalogos

    Programa de garantia standard para LEDA garantia standard da Philips para luminrias LED classifica o perodo garantido em trs nveis (ouro, prata e bronze). Dependendo do rendimento previsto durante a vida til das nossas luminrias LED disponibilizamos-lhe um de trs nveis:

    Servio de extenso de garantiasPode optar pelo nosso servio de extenso de garantias. Com esta garantia, voc pode definir um perodo mais flexvel que se adapte aos requisitos dos seus projectos no que respeita ao sistema completo.

    (*) A garantia baseia-se em 4.000 horas de utilizao anuais.

    5AN

    OS GARAN

    TIA

    3AN

    OS GARAN

    TIA

    2AN

    OS GARAN

    TIA

    1AN

    OS GARAN

    TIA

    >35 khrs5 Anos de garantia

    20 khrs3 Anos de garantia

    =15 khrs2 Anos de garantia

  • 5www.philips.pt/catalogos Tabela Iluminao Profissional 2015

    Clusula Anti-suborno

    Cumprimento da FCPA. O cliente confirma que atuou e

    continuar a atuar em conformidade com a Lei sobre Prticas

    Corruptas dos E.U.A. no estrangeiro. (FCPA, segundo as suas

    siglas em ingls), incluindo, sem carter exaustivo, as relaes

    do cliente com qualquer funcionrio pblico. De acordo com

    a FCPA, ilegal qualquer suborno ou pagamento para fins

    corruptos a um funcionrio Pblico (segundo a definio mais

    frente) feito com a finalidade de obter qualquer vantagem

    comercial. Do mesmo modo o cliente compromete-se a atuar

    em conformidade com qualquer lei nacional aplicvel em

    matria de corrupo (includa a legislao espanhola).

    O cliente declara e garante que no ofereceu, pagou,

    entregou, fez promessas de pagamento ou autorizou o

    pagamento, de modo direto ou indireto, de dinheiro,

    presentes ou qualquer objeto de valor a:

    a) uma Pessoa Sujeita a Restries (qualquer Funcionrio

    Pblico, partido poltico ou cargo de partido poltico, ou a

    um candidato a um cargo poltico em qualquer pas), ou

    b) uma pessoa sabendo-se que todo ou parte do pagamento

    entregue ou prometido, de modo direto ou indireto, ser

    oferecido a uma Pessoa Sujeita a Restries.

    Por Funcionrio Pblico entender-se- com carter geral

    qualquer pessoa que atue com carter oficial em nome ou

    em representao de um organismo ou entidade pblica de

    qualquer tipo.

    O cliente declara e garante igualmente que nenhuma Pessoa

    Sujeita a Restries participar, direta ou indiretamente,

    nalguma das retribuies a pagar ao Cliente no que diz

    respeito a s relaes comerciais com a Philips.

    O Cliente responsvel pela formao necessria para

    cumprir a FCPA. Se assim lhe for solicitado, a Philips

    compromete-se a prestar formao relativa FCPA sem custo

    para a sociedade durante as relaes comerciais com a Philips.

    O Cliente confirma que tambm cumpre as leis sobre o

    controlo de importaes e exportaes, transporte de

    materiais perigosos, preveno do branqueamento de

    dinheiro, assim como as leis fiscais.

    O incumprimento pelo Cliente de qualquer disposio

    mencionada anteriormente ser causa de trmino das

    relaes comerciais; se for este o caso, (1) a Philips no estar

    obrigada a fornecer produtos ao Cliente; (2) o Cliente ser

    responsvel e dever indemnizar a Philips por quaisquer

    danos, reclamaes, multas ou outras perdas (includos os

    honorrios de advogados) que se exijam Philips ou que

    esta deva suportar como resultado do incumprimento desta

    clusula por parte do Cliente, e (3) a Philips ter direito a

    quaisquer outros recursos disponveis no que diz respeito ao

    Direito ou equidade.

    A Philips s far negcios com as sociedades que respeitem

    a lei e adiram s normas e princpios ticos. No caso de a

    Philips receber quaisquer informaes sobre o contrrio,

    informar o Cliente e este compromete-se a cooperar e

    proporcionar todas as informaes necessrias para que a

    Philips decida se a denncia recebida tem base e se se devem

    manter as relaes comerciais. Essas informaes incluem, sem

    carter exaustivo, livros de contabilidade, atas, documentos e

    outros arquivos.

    Clusula de controlo de Exportaes

    Os nossos clientes tm conscincia de que certas operaes

    da Philips esto sujeitas a leis e normas de controlo de

    exportaes como, por exemplo, a ttulo meramente

    enunciativo e no limitativo, as leis e normas de controlo de

    exportaes das Naes Unidas, da Europa e dos Estados

    Unidos (doravante, as Normas sobre Exportao),

    que probem a exportao ou desvio de determinados

    produtos e tecnologias para determinados pases. Todas e

    cada uma das obrigaes da Philips de exportar, reexportar

    ou transferir produtos assim como qualquer assistncia

    tcnica, formao, investimento, assistncia financeira,

    financiamento e intermediao estaro sujeitas em qualquer

    aspeto a essas normas sobre Exportao e essas normas

    regero oportunamente a licena e a entrega de produtos e

    tecnologias no estrangeiro por pessoas sujeitas jurisdio das

    autoridades competentes responsveis pela aplicao dessas

    Normas sobre Exportao. No caso de o fornecimento de

    produtos, servios ou documentao estar sujeita concesso

    de uma licena de exportao ou de importao por parte

    das autoridades administrativas competentes ou restringido

    ou proibido de qualquer outra forma por normas de controlo

    de exportaes/importaes, a Philips pode suspender as

    suas obrigaes e os direitos do Cliente e/ou do utilizador

    final at que tal licena tenha sido concedida ou durante o

    tempo em que estas proibies ou restries permaneam

    em vigor. Alm disso, a Philips pode incluso cancelar o pedido

    em questo, em qualquer caso sem incorrer em nenhuma

    responsabilidade relativa ao Cliente ou ao utilizador final.

    Os nossos Clientes devem garantir que cumpriro essas

    normas sobre Exportao assim como a adoo das medidas

    necessrias para garantir que nenhum comprador ou utilizador

    final incumpre essas normas de exportao.

    Mais informao:

    www.philips.pt/catalogos

    Clusulas legais

  • 6 Tabela Iluminao Profissional 2015 www.philips.pt/catalogos

    No dia 10 de Dezembro de 2004, foi publicado no D.R. o Decreto-Lei N 230/204 que faz a transposio para o direito interno da Directiva REEE da U.E. sobre aparelhos Elctricos e Electrnicos e a gesto dos seus resduos com a qual se pretende melhorar o comportamento ambiental de todos os agentes (produtores, distribuidores e utilizadores) que intervm no ciclo de vida dos citados aparelhos e em particular, o dos agentes directamente implicados na gesto dos resduos derivados destes aparelhos.

    No Decreto-Lei, que inclui as Directivas Europeias 2002/96/CE, de 27 de Janeiro de 2003, e a Directiva 2003/108/CE, de 08 de Dezembro de 2003, estabelecem-se medidas de preveno desta fase de Design e fabricao dos aparelhos electrnicos para limitar a incluso, nestes, de substncias perigosas, que sero exigveis aos aparelhos que vo para o mercado a partir de 01 de Julho de 2006. Determina-se tambm como gerir estes aparelhos para minimizar o impacto ambiental dos seus resduos, com especial nfase aos procedentes das habitaes, devido sua percentagem maioritria no computo total de resduos destes aparelhos. A norma aprovada estabelece que os ltimos possuidores podem devolver os aparelhos, sem custo, aos distribuidores ou s entidades locais. Posteriormente os produtores devem encarregarse destes, e proceder sua correcta gesto, directamente ou mediante gestores autorizados. Tendo em conta o princpio de quem contamina paga o produtor deve encarregar-se dos custos da gesto, incluindo a recolha desde as instalaes de armazenamento temporrio estabelecidas localmente

    ou dos Pontos de Recolha, dos resduos que se forem gerando devido ao uso desses aparelhos, que sejam colocados no mercado a partir de 13 de Agosto de 2005. A partir dessa data, os aparelhos que se colocaram no mercado foram marcados para identifi car o seu produtor para constatar que foram colocados no mercado a partir da referida data e foram etiquetados com o smbolo indicativo da necessria recolha selectiva e diferenciada do resto dos resduos urbanos. Prev-se ainda o fi nanciamento dos custos de gesto dos resduos provenientes de produtos colocados no mercado antes de 13 de Agosto de 2005; nos aparelhos postos no mercado a partir da entrada em vigor do Decreto-Lei N 230/2004, os produtores devem informar os utilizadores sobre a repercusso dos custos de gesto dos aparelhos existentes no mercado antes da referida data, devendo esta informao ser especifi cada nas facturas. Esta actuao poderia manter-se at 13 de Fevereiro de 2011, com algumas excepes em que o prazo seria at 13 de Fevereiro de 2013. De acordo com o exposto, o Sector de Iluminao da Philips

    Portuguesa S.A. Incluir nas suas facturas os valores correspondentes a Tratamento e Reciclagem, de forma no visvel. A incluso do valores facturados e incluidos nos preos devem implicar que nenhum cliente dever ver prejudicados os clculos relativos aos objectivos previstos no Acordo Comercial e Financeiro para 2015. Assim essa parte do preo ser incluida tanto no Objectivo de Negcio estabelecido, como nos valores ( a descontar) que constituem a base de clculo das bonificaes e descontos acordados. A base desta modificao na forma de realacionamento entre a Philips e os seus clientes assenta no princpio de que nenhuma das partes dever ser prejudicada nem benefi ciada pela incluso dos valores relativos a tratamento e reciclagem nos preos dos produtos facturados.

    todos os produtores tenham entregue a uma entidade, devidamente credenciada para o efeito, que seja responsvel pelo tratamento de todos os resduos de todos os produtos que incluam pilhas e/ou acumuladores, aplicando os Eco-valores correspondentes a essa plataforma de tratamento de resduos. Os Eco-valores relativos s pilhas, tal como os REEEs no sero tidos em conta para efeitos dos objectivos previstos no acordo comercial e financeiro para 2015. Os Eco-valores a aplicar, relativos a pilhas e acumuladores esto de acordo com os praticados na EcoPilhas e constam da tabela de classificao acima exposta.

    Decreto - Lei sobre aparelhos elctricos e electrnicos e a gesto dos seus resduos

    Decreto-lei sobre pilhas e acumuladores e a gesto dos seus resduosO Decreto-lei n62/2001, de 19 de Fevereiro, transps para a ordem jurdica a Directiva n98/101/CE, da Comisso, de 22 de Dezembro, que adaptou ao progresso tcnico a Directiva n91/157/CEE, do Conselho, de 18 de Maro, relativa a pilhas e acumuladores contendo determinadas substncias perigosas, tendo entrado em vigor a 7 de Janeiro de 2009. Este Decreto-lei determina que a partir de Setembro de 2009,

    Categoria A: Pilhas Standard LR03 = 12gr Categoria B: 51 - 400gr Categoria C: 600 - 1000gr

    Categoria D: > 1000gr - 2000gr Categoria E: > 2000gr - 4000gr E

  • 7www.philips.pt/catalogos Tabela Iluminao Profissional 2015

    Farenheit. Adequada para a montagem em superficies normalmenteinflamveis.

    Airflux

    Etiqueta Eficiencia EnergticaEEE

    Simbologia

    Produto de alta rotao.

    Luminrias com lmpada includa.

    Luminria homologada pelo Instituto Astrofsico de Canrias.

    Quando nas tabelas de cada produto no aparece U.P. (Unidade depedido) ou aparece em branco, entende-se que uma unidade.

    Rotao horizontal.

    Ajuste vertical.

    Orientvel.

    Sem transformador.

    ENEC.: Produto com Certificao Europeia de Normalizao Elctrica. considerado pelos pases aderentes to vlido como a marca do prprio pas.

    Dimetro de encastramento.

    Dimenses de encastramento.

    ndices de proteco:Primeiro dgito0: No protegida contra a penetrao de corpos slidos.1: Protegida contra os corpos slidos superiores a 50 mm.2: Protegida contra os corpos slidos superiores a 12 mm.3: Protegida contra os corpos slidos superiores a 2,5 mm.4: Protegida contra os corpos slidos superiores a 1,0 mm.5: Protegida contra o p.6: Hermtica ao p.

    Segundo dgito0: No protegida contra a penetrao de gua.1: Protegida contra os pingos de gua verticais.2: Protegida contra os pingos de gua com uma inclinao mximade 15.3: Protegida contra a chuva, at 30 da vertical.4: Protegida contra os salpicos.5: Protegida contra os jactos de agua presso.6: Protegida contra fortes tempestades. 7: Protegida contra os efeitos da imerso.8: Protegida contra o temporal.

    Produto que satisfaz os requisitos e normativas Europeiasacreditadas em matria de segurana e funcionamento.

    Peso em kg.

    Proteco contra choques mecnicos.

    Cdigo IK Energia de choque Descrio

    IK01 0,15 J

    IK02 0,2 J Standard

    IK03 0,3 J

    IK04 0,5 J Standard plus

    IK05 0,7 J

    IK06 1 J

    IK07 2 J Reforada

    IK08 5 J Protegida contra vandalismo

    IK09 10 J

    IK10 20 J Resistente ao vandalismo

    UV-BLOCKUV-BLOCK

    100% Reciclvel

    Estas luminrias tm pelo menos um isolamento normal de conjunto e polo de terra, e para luminrias desenhadas para ligao com cabo flexvel ou chicote previstas, pode ser com alimentao fmea com polo de terra, ou com cabo flexvel inseparvel, ou chicote com condutor de terra e alimentao com contacto de terra..

    Com duplo isolamento ou isolamento reforado de conjunto sempolo de terra.

    Desenho especial para ligao de circuitos de muito baixa tenso,sem outros circuitos internos ou externos que operem a outrastenses diferentes da mencionada.

    Embalagem Duo

    Embalagem Individual

    EcoBoost

    Produto LEDs.

  • 8 Tabela Iluminao Profissional 2015 www.philips.pt/catalogos

    Produtos Standard

    Produtos de Especificao

    Produtos de Alta Especificao

    Cdigo de cores da coluna euros

    Configurao caixa exterior

    IMPORTANTEEsta Tabela de Preos ILUMINAO PROFISSIONAL 2015 entra em vigor em 15 de Maro de 2015 e ser actualizada pela Philips Portuguesa de forma bimensal na pgina web www.philips.pt/catalogos. Estas actualizaes peridicas podem afectar os dados tcnicos aqui referidos mas principalmente reportar a incluso de novidades de produto ou possveis actualizaes dos nossos preos (comunicados antes da sua entrada em vigor). (VER ACTUALIZAO DIGITAL-PDF TABELA ILUMINAO PROFISSIONAL 2015 - PG. 1).

    Categorias ECOREEE para luminrias

    ECOREEE

    Lmpadas

    Categoria A: 6 kg

    *De acordo com a legislao em vigor os Eco-valores esto includos nos Preos de Venda Recomendados.

    Categorias ECOPILHAS por uso de baterias e pilhas Categoria A: Pilhas Standard LR03 = 12gr Categoria B: 51 - 400gr Categoria C: 600 - 1000gr - 400gr

    Categoria D: > 1000gr - 2000gr Categoria E: > 2000gr - 4000gr E

    D

    EOC - Cdigo de pedido Europeu a identificao clara e inequvoca dos produtos em toda a organizao Philips Iluminao facilitada pela implantao do sistema standard EOC. Um nico cdigo comercial de 8 dgitos. O EOC proporciona coerncia, j que o pode encontrar na parte posterior de todos os nossos documentos (documentos de envio, facturas), nas etiquetas de embalagem, (tanto em produtos individuais como em caixas exteriores), nos catlogos, nas listas de preos e nos folhetos. O EOC identifica o produto comercial na sua configurao primria de embalagem. Os 2 ltimos dgitos identificam a configurao da caixa externa. Com este cdigo nico, poder pedir, receber, armazenar e vender os nossos produtos de forma eficaz e sem erros.

    Suspendidas y Adosables

    Alumbrado Pblico

    Luminarias Empotrables

    Downlights Downlights

    Luminarias SuspendiasAdosables

    Alumbrado Residencial

    Gasolineras Seguridad y OrientacinEmergencias Decorativo

    Tneles Balizas

    Proyectores para Embellecimiento

    Proyectores para Deportes y Areas

    Regletas Decorativas

    Carriles y Regletas 2 Luminarias Estancas Luminarias Salas Limpias Pantallas LED Creativas

    Luminrias decorativas

    Iluminao residncial

    Iluminao pblica

    Downlights

    Balizadores

    Projectores para gasolineiras

    Suspendidas y Adosables

    Alumbrado Pblico

    Luminarias Empotrables

    Downlights Downlights

    Luminarias SuspendiasAdosables

    Alumbrado Residencial

    Gasolineras Seguridad y OrientacinEmergencias Decorativo

    Tneles Balizas

    Proyectores para Embellecimiento

    Proyectores para Deportes y Areas

    Regletas Decorativas

    Carriles y Regletas 2 Luminarias Estancas Luminarias Salas Limpias Pantallas LED Creativas

    Suspendidas y Adosables

    Alumbrado Pblico

    Luminarias Empotrables

    Downlights Downlights

    Luminarias SuspendiasAdosables

    Alumbrado Residencial

    Gasolineras Seguridad y OrientacinEmergencias Decorativo

    Tneles Balizas

    Proyectores para Embellecimiento

    Proyectores para Deportes y Areas

    Regletas Decorativas

    Carriles y Regletas 2 Luminarias Estancas Luminarias Salas Limpias Pantallas LED Creativas

    Suspendidas y Adosables

    Alumbrado Pblico

    Luminarias Empotrables

    Downlights Downlights

    Luminarias SuspendiasAdosables

    Alumbrado Residencial

    Gasolineras Seguridad y OrientacinEmergencias Decorativo

    Tneles Balizas

    Proyectores para Embellecimiento

    Proyectores para Deportes y Areas

    Regletas Decorativas

    Carriles y Regletas 2 Luminarias Estancas Luminarias Salas Limpias Pantallas LED Creativas

    Suspendidas y Adosables

    Alumbrado Pblico

    Luminarias Empotrables

    Downlights Downlights

    Luminarias SuspendiasAdosables

    Alumbrado Residencial

    Gasolineras Seguridad y OrientacinEmergencias Decorativo

    Tneles Balizas

    Proyectores para Embellecimiento

    Proyectores para Deportes y Areas

    Regletas Decorativas

    Carriles y Regletas 2 Luminarias Estancas Luminarias Salas Limpias Pantallas LED Creativas

    Suspendidas y Adosables

    Alumbrado Pblico

    Luminarias Empotrables

    Downlights Downlights

    Luminarias SuspendiasAdosables

    Alumbrado Residencial

    Gasolineras Seguridad y OrientacinEmergencias Decorativo

    Tneles Balizas

    Proyectores para Embellecimiento

    Proyectores para Deportes y Areas

    Regletas Decorativas

    Carriles y Regletas 2 Luminarias Estancas Luminarias Salas Limpias Pantallas LED Creativas

    Projectores e carris

    Projectores para embelezamento

    Rguas decorativas

    Campnulas

    Luminrias estanquesSuspendidas y Adosables

    Alumbrado Pblico

    Luminarias Empotrables

    Downlights Downlights

    Luminarias SuspendiasAdosables

    Alumbrado Residencial

    Gasolineras Seguridad y OrientacinEmergencias Decorativo

    Tneles Balizas

    Proyectores para Embellecimiento

    Proyectores para Deportes y Areas

    Regletas Decorativas

    Carriles y Regletas 2 Luminarias Estancas Luminarias Salas Limpias Pantallas LED Creativas

    Suspendidas y Adosables

    Alumbrado Pblico

    Luminarias Empotrables

    Downlights Downlights

    Luminarias SuspendiasAdosables

    Alumbrado Residencial

    Gasolineras Seguridad y OrientacinEmergencias Decorativo

    Tneles Balizas

    Proyectores para Embellecimiento

    Proyectores para Deportes y Areas

    Regletas Decorativas

    Carriles y Regletas 2 Luminarias Estancas Luminarias Salas Limpias Pantallas LED Creativas

    Suspendidas y Adosables

    Alumbrado Pblico

    Luminarias Empotrables

    Downlights Downlights

    Luminarias SuspendiasAdosables

    Alumbrado Residencial

    Gasolineras Seguridad y OrientacinEmergencias Decorativo

    Tneles Balizas

    Proyectores para Embellecimiento

    Proyectores para Deportes y Areas

    Regletas Decorativas

    Carriles y Regletas 2 Luminarias Estancas Luminarias Salas Limpias Pantallas LED Creativas

    Suspendidas y Adosables

    Alumbrado Pblico

    Luminarias Empotrables

    Downlights Downlights

    Luminarias SuspendiasAdosables

    Alumbrado Residencial

    Gasolineras Seguridad y OrientacinEmergencias Decorativo

    Tneles Balizas

    Proyectores para Embellecimiento

    Proyectores para Deportes y Areas

    Regletas Decorativas

    Carriles y Regletas 2 Luminarias Estancas Luminarias Salas Limpias Pantallas LED Creativas

    Suspendidas y Adosables

    Alumbrado Pblico

    Luminarias Empotrables

    Downlights Downlights

    Luminarias SuspendiasAdosables

    Alumbrado Residencial

    Gasolineras Seguridad y OrientacinEmergencias Decorativo

    Tneles Balizas

    Proyectores para Embellecimiento

    Proyectores para Deportes y Areas

    Regletas Decorativas

    Carriles y Regletas 2 Luminarias Estancas Luminarias Salas Limpias Pantallas LED Creativas

    Carris e rguas

    Projectores para desportos e reas

    Projectores para tneis

    Luminrias salas limpas

    Luminrias encastrveis

    Luminrias suspensas e salientes

    Suspendidas y Adosables

    Alumbrado Pblico

    Luminarias Empotrables

    Downlights Downlights

    Luminarias SuspendiasAdosables

    Alumbrado Residencial

    Gasolineras Seguridad y OrientacinEmergencias Decorativo

    Tneles Balizas

    Proyectores para Embellecimiento

    Proyectores para Deportes y Areas

    Regletas Decorativas

    Carriles y Regletas 2 Luminarias Estancas Luminarias Salas Limpias Pantallas LED Creativas

    Suspendidas y Adosables

    Alumbrado Pblico

    Luminarias Empotrables

    Downlights Downlights

    Luminarias SuspendiasAdosables

    Alumbrado Residencial

    Gasolineras Seguridad y OrientacinEmergencias Decorativo

    Tneles Balizas

    Proyectores para Embellecimiento

    Proyectores para Deportes y Areas

    Regletas Decorativas

    Carriles y Regletas 2 Luminarias Estancas Luminarias Salas Limpias Pantallas LED Creativas

    Suspendidas y Adosables

    Alumbrado Pblico

    Luminarias Empotrables

    Downlights Downlights

    Luminarias SuspendiasAdosables

    Alumbrado Residencial

    Gasolineras Seguridad y OrientacinEmergencias Decorativo

    Tneles Balizas

    Proyectores para Embellecimiento

    Proyectores para Deportes y Areas

    Regletas Decorativas

    Carriles y Regletas 2 Luminarias Estancas Luminarias Salas Limpias Pantallas LED Creativas

    Suspendidas y Adosables

    Alumbrado Pblico

    Luminarias Empotrables

    Downlights Downlights

    Luminarias SuspendiasAdosables

    Alumbrado Residencial

    Gasolineras Seguridad y OrientacinEmergencias Decorativo

    Tneles Balizas

    Proyectores para Embellecimiento

    Proyectores para Deportes y Areas

    Regletas Decorativas

    Carriles y Regletas 2 Luminarias Estancas Luminarias Salas Limpias Pantallas LED Creativas

    Suspendidas y Adosables

    Alumbrado Pblico

    Luminarias Empotrables

    Downlights Downlights

    Luminarias SuspendiasAdosables

    Alumbrado Residencial

    Gasolineras Seguridad y OrientacinEmergencias Decorativo

    Tneles Balizas

    Proyectores para Embellecimiento

    Proyectores para Deportes y Areas

    Regletas Decorativas

    Carriles y Regletas 2 Luminarias Estancas Luminarias Salas Limpias Pantallas LED Creativas

    Suspendidas y Adosables

    Alumbrado Pblico

    Luminarias Empotrables

    Downlights Downlights

    Luminarias SuspendiasAdosables

    Alumbrado Residencial

    Gasolineras Seguridad y OrientacinEmergencias Decorativo

    Tneles Balizas

    Proyectores para Embellecimiento

    Proyectores para Deportes y Areas

    Regletas Decorativas

    Carriles y Regletas 2 Luminarias Estancas Luminarias Salas Limpias Pantallas LED Creativas

    Interruptor on/off Possibilidade de montagem horizontal ou vertical

    Regulador incorporado Possibilidade de montagem no tecto ou na parede

    Compatvel com regulador de parede Sensor infravermelho

    No regulvel Feixe de luz bidirecional

    Altura ajustvel Possibilidade de montagem vertical para cima ou para baixo

    Fonte de luz orientvel Produto de alta rotao

    Gira completamente Produto de fcil montagem

    Simbologia

  • 9www.philips.pt/catalogos Tabela Iluminao Profissional 2015

    Cada ponto de luz uma fonte de dados que

    configuram uma rede inteligente

    Personalizao de cada ambiente, melhorandoo conforto, a segurana

    e a eficincia

    Liga as pessoas umas s outras, com os seus espaos de trabalho

    ou com o seu lar

    Imagine um mundo interligado pela luz

    As possibilidades da iluminao em rede ajudam as empresas a melhorar os espaos por elas geridos, proporcionando aos utilizadores mais comodidade, personalizao e segurana, aumentando tambm a produtividade e a eficincia energtica. Cada utilizador pode regular a iluminao do seu espao de trabalho com um smartphone, adaptando-a s necessidades mesmo em escritrios open-space. Atravs da rede, o administrador obtm dados sobre a ocupao do edifcio, o que lhe permite gerir a iluminao em tempo real ou program-la em funo dos dados registados.

    ConnectedLighting

    A rede de iluminao inteligente serve de

    itinerrio para dadose servios

    Empresas mais produtivas e eficientes

    Gesto dinmica e inteligente da iluminao para otimizar facilmente a iluminao pblica e rodoviriaem termos de eficincia energtica e reduo dos custos operacionais. Personalizao de cada ambiente em funo das necessidades, tornando as cidades mais seguras e habitveis para quem nelas vive e mais atraentes e acolhedoras para quem as visita. Regulao da iluminao em vias urbanas e autoestradas, adaptando-a s condies do trnsito, bem como personalizao da iluminao em zonas residenciais.

    Cidades mais seguras e habitveis

    Em cidades e iluminao urbana: Monitorizao centralizada e remota Controlo ponto a pontoServios baseados na localizaoRegulao em funo das necessidadesAnlises preditivas de necessidades futuras

    Em edifcios e ambientes de trabalho:

    Personalizao da luz atravs de smartphoneMotor de pesquisa de salas de reunies vazias atravs de app Informao em tempo real de zonas ocupadasRegisto de dados de ocupao do edifcio

    Servios de localizaoUtilizao em lojas atravs de app

    Para clientes: Localizao da loja num mapa Navegao/pesquisa de produtos Promoes/informao sobre produtos

    Para os colaboradores da empresa: Anlise do trfego de clientes Expositores sem produto/reposies Pedido de ajuda do cliente/resposta

    Ferramentas de gesto

    Padres de ocupao/suporte tcnico Otimizao do espao utilizado Preferncias definidas pelo utilizador

    Transformar espaosConnected Lighting contribui para criar novas experincias em ambientes urbanos, reforar a imagem de marca com efeitos de iluminao em edifcios, aumentar a concentrao e a produtividade no trabalho e criar ambientes para descontrair no lar. uma ferramenta fundamental para motivare envolver o cliente em hotis, restaurantes e lojas, com a criao de diferentes sensaes em funo dos objetivos, que podero ser: criar conforto, chamar a ateno sobre determinados produtos ou produzir uma diferenciao atravs de uma imagem exclusiva.

  • Bem vindo fbrica Philips em Valladolid

    Philips tem uma slida reputao como um dos principais fabricantes de iluminao na Europa. Em 2012 a fbrica de Valladolid iniciou um processo de integrao na estructura da Philips oferecendo no s um amplo catlogo de solues avanadas de iluminao como uma forte capacidade produtiva.

    Quase 90% da produo da fbrica de Valladolid est destinada exportao para os cinco continentes.

    A fbrica da Philips em ValladolidOrgulhosos do nosso passado. Comprometidos com o futuro

    Sabia que?

    Foi fundada em Valladolid em 1950 e em 2012 passou a fazer parte da Philips.

    62 anos

    Contacte com o seu distribuidor Philips Lighting habitual para preparar

    uma visita fbrica de Valladolid. Poder ver como se fabricam as

    luminrias LED e assistir execuo das duras provas a que so

    submetidas para homologao.

    Interessado em visitar a fbrica de Valladolid?

    De Valladolid para o mundo

    10 Tabela Iluminao Profissional 2015 www.philips.pt/catalogoswww.philips.es/catalogos

  • Stela o produto mais popular da Philips. Estima-se que mais de 100.000 unidades desta luminria foram instaladas em todo o mundo.

    A fbrica de Valladolid produz componentes electrnicos LED de ltima gerao, numa nova instalao capaz de produzir 35.000 circuitos electrnicos ao ano, para luminrias LED.

    Nmero 1

    Produo de solues de iluminao LED

    A nossa fbrica conta com um avanado laboratorio fotomtrico homologado e independente, nicona Pennsula Ibrica, onde se ensaiam e certificam as luminrias Philips antes de serem comercializadas.

    Laboratrio fotomtrico prprio

    11www.philips.pt/catalogos Tabela Iluminao Profissional 2015

  • Porqu escolher a Philips para lmpadas LED?

    Folleto lmparas LED 2015.indd 6 22/12/14 11:08

    Porque damossolues completas de iluminao

    Temos luminrias para aplicaes de interior e exterior, lmpadas e sistemas de controlo.

    Porque oferecemosapoio tcnico

    Atravs do nosso departamento tcnico para a implementao do projetos.

    Porque a nossa qualidade/preo muito competitiva

    O nosso compromisso o de estar adaptados ao mercado oferecendo preos muito competitivos.

    Porque temos dois nveis de gama

    Lmpadas prossionais MASTER LED e lmpadas Core-Pro LED para aplicaes genricas.

    Porque ns oferecemos produtos de alta rotao

    Prontamente disponveis e facilmente armazenados para distribuio imediata.

    Porque ns projetamos produtos inovadores

    Antecipar as necessidades do mercado com solues altamente ecientes.

    12 Tabela de Iluminao Profissional 2015 www.philips.pt/catalogos

  • Folleto lmparas LED 2015.indd 7 22/12/14 11:08

    Porque temos a maior equipa de vendas da indstria

    Para atender pessoalmente e dar-lhe solues para os seus problemas de iluminao.

    Porque os nossos produtos LED tm garantia de at5 anos

    Ao decidir utilizar a nossa iluminao LED no correr riscos.

    Porque fabricamos produtos LEDna Ibria

    Comprometido com o desenvolvimento econmico e criao de emprego.

    Porque ns oferecemos formao tcnica

    Para que os seus funcionrios sejam peritos em iluminao.

    Porque os nossos produtos so altamente reconhecidos e valorizados

    Sendo periodicamente distinguidos pela qualidade e design pelos IF Design awards e Xataca.

    Porque a nossa marca tem grande prestgio em todo o mundo

    Philips est na posio n 40 em prestgio e reconhecimento da marca em todo o mundo graas sua inovao.

    13www.philips.pt/catalogos Tabela de Iluminao Profissional 2015

  • 14 Tabela Iluminao Profissional 2015 www.philips.pt/catalogos

    O que so os LEDs? Possibilidades de iluminao com LEDA sigla LED corresponde a Diodo emissor de luz. Um diodo um dispositivo electrnico formado por dois materiais semiconductores diferentes que permitem circular corrente elctrica numa s direo. Este movimento provoca uma libertao de energia que se manifiesta na forma de luz.

    Os LED de alta potncia, diferentes dos LED de sinalizao desenvolvidos nos anos 50, so capazes de proporcionar uma quantidade de luz suficiente para iluminar.

    A evoluo desta gama de diodos especialmente durante a ltima dcada permite a sua utilizao massiva em mltiplas aplicaes de iluminao.

    Dois dos principais marcos dentro do mundo da iluminao com LEDs tm vindo a ser superados ao longo do tempo: (1) desenvolvimento do branco regulvel, tanto na verso mais quente como em temperaturas de cor frias, e (2) valores de eficcia luminosa significativos (medida em lmens/watt) para oferecer solues de iluminao inclusivamente nas aplicaes mais exigentes (iluminao viria, iluminao desportiva, etc.).

    Potencial e vantagens dos LEDs A iluminao com LED tem-se vindo a impr gradualmente nos ltimos anos em todo o mundo. Assim, espera-se que em 2015 cerca de 50% do total de iluminao a nvel mundial se realize com solues baseadas em tecnologia LED.

    Dentro das principais vantagens que nos oferecem estes dispositivos, em relao s lmpadas com tecnologia convencional, podemos destacar as seguintes:

    Durao - a vida til dos LEDs muito superior do resto das fontes de luz tradicionais. Dimenso - a sua reduzida dimenso permite o desenvolvimento de solues com design compacto e fceis

    de utilizar e manter, ao mesmo tempo que facilitam um controlo preciso da direco do feixe de luz em cada aplicao.

    Acendimento imediato - ao contrrio de outras lmpadas conhecidas, os LED acendem de forma instantnea. Possibilidade de regulao e controlo, incluindo alteraes e variaes de cor sem limitao. Mnima irradiao de calor no feixe luz luz, o que os torna muito adequados como alternativa para outras

    fontes de luz em certas aplicaes.

    Na Philips Lighting a nossa aposta na inovao e em solues baseadas em LED nos ltimos anos determinada. Sem abandonar o desenvolvimento e comercializao das fontes de luz e luminrias tradicionais com lmpadas fluorescentes ou de descarga, com contnua eficcia, a nossa actividade em I+D+i baseia-se em grande parte no desenvolvimento de novas propostas de iluminao baseadas em tecnologia LED.

    Ao longo das seguintes pginas pode comprovar a proliferao de mltiplas e inovadoras solues LED que colocam a nossa empresa na vanguarda da inovao dentro do mundo da iluminao mundial.

    Iluminao LED

    Iluminao tradicional2015

    50%

    50%2010

    13%

  • 15www.philips.pt/catalogos Tabela Iluminao Profissional 2015

    O melhor LEDPhilips Standard Fosca (COREPro LEDBulb) a mais premiada no teste de lmpadas LED. A sua tecnologia LED de 9,5W em conjunto com a sua longa durao, coloca-a frente de todas as outras lmpadas testadas.

    custo anual, incluindo o consumo de energia eltrica

    3,23

    COREPro LEDBulbO teste assegura que, ao fim de 6 anos, continua a garantir luz e com a mesma intensidade, mesmo ligando e desligando muitas vezes o interruptor.

    O MELHOR LED DO TESTE

    Lmpadas Philips, as melhores de acordo com revistas de consumo

    Todos os dados nesta pgina foram obtidos a partir do teste feito pela Associao Portuguesa para a Defesa do Consumidor e publicado na revista Proteste No. 362, novembro 2014. Foram testados 24 modelos de lmpadas de diversos fabricantes.

    As lmpadas Philips foram premiados como das melhores em termos de eficincia energtica, poupana, luminosidade e fator de potncia num teste feito pela revista Proteste Novembro 2014 .

    horas de durao

    At

    12.000

    Philips Tornado EspiralDestaca a quantidade de luz

    emitida e baixo consumo de energia. uma das mais

    eficientes. O seu custo anual de 2,60 euros,

    incluindo o consumo de energia eltrica.

    uM DOS MELHORES DO TESTE

    Maior duraoA melhor combinao de eficincia energtica e tamanho compacto. Longa vida, at 12.000 horas de durao. Mais luz para a mesma tenso, comparando com outras lmpadas de baixo consumo. Melhor distribuio da luz que uma Lmpada tubular comum de baixo consumo.

    Como foi o testeForam medidos o fluxo luminoso, a eficincia e a naturalidade das cores reproduzidas pela luz. Em caso da durabilidade, foi verificado se as lmpadas continuam a funcionar e com a mesma intensidade ao fim de um tempo de vida de 5.000 no caso das lmpadas LED. Nas amostras de halogneo, foi verificada a intensidade lumnica aps 2000 horas.

    Aposte nas lmpadas LED para luz ambiente de qualidade. As LED tm uma longa durao. Feitas as contas, por ano, as LED acabam por ser a opo mais barata. Com um baixo custo anual de utilizao por lmpada, j pode equipar os candeeiros de casa com uma das lmpadas Philips comparvel a uma antiga incandescente de 40 watts.

    Poupana mxima com lmpadas Philips

  • 16 Tabela Iluminao Profissional 2015 www.philips.pt/catalogos

    Recursos digitais para o profissional da iluminao

    Atualizao contnua da Tabela de Iluminao Profissional 2015www.philips.pt/catalogos

    Transferncia de catlogos de iluminao, fichas tcnicas de produtos, folhetos e manuais de aplicao. Apps para iluminao. Casos prticos. e-Newsletters. Bases de dados para DIALux e Calculux.

    OnLine

    www.philips.pt/iluminacao

    www.philips.pt/masterledlamps

    www.philips.pt/catalogos

  • 17www.philips.pt/catalogos Tabela Iluminao Profissional 2015

    A Philips Lighting tem uma forte equipa profissional de pessoas especializadas em iluminao profissional. A nossa equipa de consultores poder ajudar na realizao de diferentes tipos de projetos de iluminao em diferentes diferentes aplicaes, tanto de exterior como de interior.

    Em 2012 a Philips adquiriu a Indal, multinacional espanhola fabricante de

    luminrias de exterior com um slido prestgio. A fbrica de Valladolid produz 240.000 luminrias por ano fabricando luminrias LED com sistemas de controlo, tanto para aplicaes de iluminao exterior como interior.

    O laboratrio fotomtrico da fbrica de Valladolid um dos mais avanados na Europa, e dispe de sofisticados

    equipamentos para a homologao de luminrias LED.

    A Philips est presente em toda a cadeiade valor da iluminao: a partir do fabricoat sua comercializao, passando pela realizao de projetos e consultadoria em eficincia energticaem iluminao.

    O seu melhor parceiro em soluesde eficincia energtica em iluminao A Philips uma companhia que, desde 1891, desenvolve solues inovadoras para negcios como o seu. Somos uma companhia inovadora e lder em muitos campos como a vigilncia cardaca, os cuidados intensivos, a sade no ambiente domstico, mquinas de barbear, cuidados pessoais masculinos, cuidados orais e desenvolvimento de solues de iluminao energeticamente eficientes, assim como novas solues de iluminao.

    A Philips em nmeros

    A nossa fbrica produz 240.000 luminrias por ano

    A Philips Lighting em Portugal: presentes em toda a cadeia de valor

    Fabrico

    Comercializao

    Consultadoriaem EcinciaEnergtica

    Realizaode projetos

    pases100

    Presenteem mais de

    Fundada em

    1891

    4122012

    118.000

    50.000pessoas trabalham

    na Philips,das quais

    a Philips Lightinginvestiu

    Em

    trabalham para adiviso deiluminao

    milhes de eurosem inovaestecnolgicas

    pases100

    Presenteem mais de

    Fundada em

    1891

    4122012

    118.000

    50.000pessoas trabalham

    na Philips,das quais

    a Philips Lightinginvestiu

    Em

    trabalham para adiviso deiluminao

    milhes de eurosem inovaestecnolgicas

    pases100

    Presenteem mais de

    Fundada em

    1891

    4122012

    118.000

    50.000pessoas trabalham

    na Philips,das quais

    a Philips Lightinginvestiu

    Em

    trabalham para adiviso deiluminao

    milhes de eurosem inovaestecnolgicas

  • 18 Tabela Iluminao Profissional 2015 www.philips.pt/catalogos

    Uma ampla gama deservios ao seu alcance Com mais de 120 anos de experincia no campo da iluminao, contamos com uma ampla equipa de especialistas que podero ajud-lo desde a consultadoria da soluo, at execuo, colocao em funcionamento e monitorizao do seu projeto, totalmente medida das suas necessidades.

    Operaes

    Monitorizao 24x7

    Plataforma de gesto de ativos

    Anlise dos dados e melhoria contnua

    Helpdesk

    Consultadoria

    Plano de eficincia energtica

    Estudos de viabilidade

    Imagem de marca

    Infraestruturas inteligentes

    Financiamento e assessoria

    Arrendamento de equipamentos

    Procura de financiamento e assessoria

    Manuteno de sistemas

    Servio de suporte e manuteno

    Preveno inteligente (diagnstico do sistema e alertas) de forma remota

    Atualizao e colocao em funcionamento (S/W e redes)

    Incidncias e gesto de garantias

    Design

    Cidade / Plano Diretor

    Experincia em iluminao

    Design criativo

    Escritrio tcnico de iluminao

    Sistemas de controlo

    Chave na mo

    Project Management

    Engenheiros especialistas

    Protocolos EVO

    Certified Energy Management (CEM)

    Garantias

    Consumos

    Depreciao lumnica

    Garantia extensiva e sem limites

    Call center de rendimento

    Auditoria

    Qualidade da luz

    Consumo de energia

    Normas e segurana

    Formao e certificao

    Formao em iluminao

    Formao relativa ao sistema de controlo

    Novos modelos de negcio

  • 19www.philips.pt/catalogos Tabela Iluminao Profissional 2015

    Componentes

    LEDrendimiento120-160

    lm/W

    Vida til del LED (L70B50) hasta 150.000 h. Vida til distribuidor hasta 100.000 h.

    Componentes

    LEDrendimiento120-160

    lm/W

    Vida til del LED (L70B50) hasta 150.000 h. Vida til distribuidor hasta 100.000 h.

    Componentes

    LEDrendimiento120-160

    lm/W

    Vida til del LED (L70B50) hasta 150.000 h. Vida til distribuidor hasta 100.000 h.

    Controlos

    Poupana de energia (15-50%) Poupana em manuteno (0-50%)

    Luminrias

    Luminriarendimento50-115

    lm/W

    Vida til (L80F10) at 100.000 h. Temperatura ambiente

    Driver

    Driverrendimento65-130

    lm/W

    Reduo trmica (10-15%) Reduo tica (10-30 %) Reduo de equipamentos (10-50%)

    Componentes

    LEDrendimento120-160

    lm/W

    Vida til do LED (L70B50) at 150.000 h. Vida til do equipamento at 100.000 h.

    Componentes

    LEDrendimiento120-160

    lm/W

    Vida til del LED (L70B50) hasta 150.000 h. Vida til distribuidor hasta 100.000 h.

    Componentes

    LEDrendimiento120-160

    lm/W

    Vida til del LED (L70B50) hasta 150.000 h. Vida til distribuidor hasta 100.000 h.

    Componentes

    LEDrendimiento120-160

    lm/W

    Vida til del LED (L70B50) hasta 150.000 h. Vida til distribuidor hasta 100.000 h.

    Componentes

    LEDrendimiento120-160

    lm/W

    Vida til del LED (L70B50) hasta 150.000 h. Vida til distribuidor hasta 100.000 h.

    Componentes

    LEDrendimiento120-160

    lm/W

    Vida til del LED (L70B50) hasta 150.000 h. Vida til distribuidor hasta 100.000 h.

    Poupanasadicionais

    at50%

    Iluminao e poupana energtica

    Centros educativos

    Centros hospitalares

    Centros desportivos

    15% 13%12%

    25%35%

    Equipamentos

    Piscinas e AQSClimatizao

    Iluminao Outros

    23% 27%

    20%14%

    16%

    Aquecimento

    AQS

    Refrigerao

    IluminaoOutros

    28% 17%

    55%

    Centros comerciais

    Aquecimento

    IluminaoOutros

    17% 15%

    60%

    5%3%

    Aquecimento

    AQS

    Refrigerao

    Iluminao Outros

    Centros educativos

    Centros hospitalares

    Centros desportivos

    15% 13%12%

    25%35%

    Equipamentos

    Piscinas e AQSClimatizao

    Iluminao Outros

    23% 27%

    20%14%

    16%

    Aquecimento

    AQS

    Refrigerao

    IluminaoOutros

    28% 17%

    55%

    Centros comerciais

    Aquecimento

    IluminaoOutros

    17% 15%

    60%

    5%3%

    Aquecimento

    AQS

    Refrigerao

    Iluminao Outros

    Centros desportivos Centros educativos

    Centros educativos

    Centros hospitalares

    Centros desportivos

    15% 13%12%

    25%35%

    Equipamentos

    Piscinas e AQSClimatizao

    Iluminao Outros

    23% 27%

    20%14%

    16%

    Aquecimento

    AQS

    Refrigerao

    IluminaoOutros

    28% 17%

    55%

    Centros comerciais

    Aquecimento

    IluminaoOutros

    17% 15%

    60%

    5%3%

    Aquecimento

    AQS

    Refrigerao

    Iluminao OutrosCentros educativos

    Centros hospitalares

    Centros desportivos

    15% 13%12%

    25%35%

    Equipamentos

    Piscinas e AQSClimatizao

    Iluminao Outros

    23% 27%

    20%14%

    16%

    Aquecimento

    AQS

    Refrigerao

    IluminaoOutros

    28% 17%

    55%

    Centros comerciais

    Aquecimento

    IluminaoOutros

    17% 15%

    60%

    5%3%

    Aquecimento

    AQS

    Refrigerao

    Iluminao Outros

    Centros comerciaisCentros hospitalares

    3 mega tendncias impulsionam o nosso

    negcio

    Solues de iluminao eficientes paraum desenvolvimento sustentvel A Philips Lighting adiciona valor a toda a cadeia desde os componentes at aos sistemas de controlo

    Consumos energticos por rea de aplicao

    Estima-se que na atualidade do consumo eltrico mundial provm da iluminao 20%

    Mais luz Estima-se que a populao mundial aumentar em mil milhes daqui a 2025. Quanto maior o rendimento, mais gente pode desfrutar da luz. Novas aplicaes que necessitam de mais luz: depurao da gua, alimentao, cuidados de sade.

    Luz mais eficiente em termos energticos Os governos fomentam ativamente a migrao para tecnologias como os LEDs com maior eficincia energtica. Calculamos que o consumo mundial de energia poderia reduzir-se at 16%, metade atravs da utilizao de LEDs e a outra metade atravs dos sistemas de controlo.

    Luz digital Impulsionada pela crescente digitalizao da sociedade. Possibilidade de ter funcionalidades e controlo adicionais porque os pontos de luz podem ser ligados entre si.

    Disseminao massiva da iluminao LED (estima-se uma penetrao LED de 45% para 2015). A integrao de software abre a via para novas funes, solues e servios.

    1

    2

    3

    O mundo necessita de:

  • 20 Tabela Iluminao Profissional 2015 www.philips.pt/catalogos

    Solues financeiras depagamento por poupana

    Alm disso podemos incluir na nossa ofertaos seguintes servios:

    Consequncias de uma ou outra opo: Opo 1 Opo 21. Poupana econmica durante o primeiro ano: 0 9.900 (825 / ms x 12 meses)

    2. Poupana econmica durante os trs primeiros anos: 0 29.700 (9.900 / ano x 3 anos)

    3. Poupana econmica global* durante os cinco primeiros anos: 66.660 49.500

    * Descontando o investimento inicial

    Opo 1 Custo INICIAL do projeto de iluminao Philips: 100.000

    Poupana potencial anual conseguida aps a implementao do projeto: 33.333 / ano

    Retorno do investimento: 3 anos

    Opo 2Modelo de pagamento por poupanas a 5 anos (60 quotas fixas)

    Quota mensal FIXA: 1.955 / ms Poupana mensal depois da substituio: 2.780 / ms

    Cash flow: 2.780 / ms 1.955 / ms = 825 / ms

    Com os modelos de financiamento que lhe propomos por meio do pagamento atravs de poupanas, poder dispor da tecnologia mais eficiente do mercado, sem efetuar nenhum investimento inicial. Desta forma poder poupar na sua fatura eltrica desde o primeiro instante.

    Para este efeito estudamos as suas necessidades e selecionamos a soluo ideal em relao ao potencial de poupana energtica da sua instalao e ao investimento para o atingir.

    Reduzimos o seu investimento inicial a zero, proporcionando-lhe a possibilidade de comear o projeto apoiando-se num financiamento a 3 ou 5 anos (quotas mensais fixas) inteiramente gerida pela Philips.

    Desenvolvimento do conceito e consultadoria tendo em considerao a sua integrao.

    Realizao de teste piloto a pequena escala, para demonstrar os benefcios da soluo.

    Instalao especializada, rpida e adaptada s suas necessidades.

    Manuteno da instalao e extenso de garantias.

    Gesto de fundos locais e nacionais relacionadas com a sustentabilidade e a eficincia energtica.

  • 21www.philips.pt/catalogos Tabela Iluminao Profissional 2015

    Os sistemas de controlo autnomos utilizam a contribuio da luz natural e a deteo de presena para a regulao e comutao automtica da luz.Estes sistemas permitem obter uma poupana considervel com um investimento reduzido mas, alm disso, ajudam a cumprir a legislao vigente

    Os sistemas de controlo em rede oferecem a maior poupana energtica possvel proporcionando uma flexibilidade mxima graas integrao. Isto supe que cada ponto de luz possa ser controlado de forma individual e que, ao mesmo tempo, possa haver um controlo e monitorizao completos do sistema. Adicionalmente, as solues em rede proporcionam um maior conforto uma vez que permitem o controlo pelo utilizador e otimizam a iluminao adequando-a a cada atividade para criar um ambiente seguro e bem iluminado.

    Ativar a poupana energtica no seu edifcio

    Iluminao de interiores de forma sustentvel

    Cerca de 35% de toda a eletricidade utilizada na maioria dos edifcios corresponde iluminao, o que a converte num dos pontos mais interessantes para poupar energia.A renovao da iluminao , alm do mais, uma das aes mais simples e econmicas de levar a cabo no mbito da reabilitao energtica de uma instalao. Quer fazendo substituies das luminrias ou das lmpadas existentes ponto a ponto, quer realizando a implantao de novos sistemas de

    iluminao que reduzam a potncia instalada, pode-se conseguir reduzir drasticamente o consumo de um edifcio.Estas solues, em conjunto com as possibilidades de gesto, racionalizao da utilizao da energia e interao com o resto dos sistemas do edifcio que proporcionam os sistemas de controlo, permitem reduzir sensivelmente a necessidade energtica das instalaes dos edifcios gerando rpidos retornos do investimento.

    Poupana energtica imediata para o seu negcio com o investimento mnimo

    Mxima poupana, flexibilidade total e manuteno contnua do seu edifcio

    55%de poupana

    de energia

    Solues

    Em Rede

    30-50%de poupanade energia

    SoluesLigar ePronto

    Renovaes da iluminao em Escritrios e na Indstria: Edifcio de escritrios mdio

    Atual Recriao do conceito de iluminao

    (linha base) Nova conceo da iluminao Controlos

    Atualizao das luminrias e redi-mensionamento da instalao

    Regulao por luz diurna e deteo de presena

    Automatizaodo edifcio

    Descrio Fluorescncia EM (luminrias e downlights)

    Luminrias e downligths LED +Controlo Ligar e Pronto

    +Controlo em rede BMS

    Potncia instalada (kW) 29,6 5,4 5,4 5,4

    Consumo eltrico (kW/h) 107.998 19.654 13.758 9.827

    TCO (anos) 0 2,83 2,88 3,30

    Emisses CO2 (Ton) 124 23 16 11

    Cash flow positivo por ano () 0 13.059 14.332 14.676

    AtualMaioreficincia

    Mximaeficincia

  • Os sistemas de controlo autnomos permitem obter importantes poupanas atravs do aproveitamento da luz natural e da deteo de movimento, garantindo sempre o nvel de luz adequado no seu estabelecimento. A inteligncia deste tipo de solues torna desnecessria a utilizao de interruptores fornecendo maior conforto aos seus empregados.

    Os sistemas multi-site proporcionam trs importantes vantagens: poupana em gasto energtico, poupana em custos operativos e homogeneidade na experincia dos utilizadores de uma cadeia de estabelecimentos. Tudo isto conseguido por meio da superviso, da gesto e da otimizao distncia do consumo energtico, graas integrao dos sistemas de HVAC, iluminao, equipamentos de medio e outros dispositivos

    Ativar a poupana energtica no seu estabelecimento

    Criando espaos comerciais eficientes e irresistveis Cerca de 20% de toda a eletricidade utilizada num estabelecimento de Retalho como, por exemplo, um supermercado, corresponde iluminao. Neste ambiente existe um grande potencial de evoluo para solues mais eficientes a partir da otimizao da iluminao, a utilizao de fontes de luz mais eficientes e a aplicao de sistemas de controlo. Alm disso, uma boa iluminao no s permite atrair aos clientes mas tambm influi no seu estado de espirito, pelo que, criar um ambiente sugestivo, que se torne nico e que transporte a sua imagem de marca, um fator chave em qualquer

    estabelecimento de Retalho. Portanto, a escolha do sistema de iluminao adequado deve servir para melhorar a experincia dos consumidores e, alm disso, consegui-lo atravs da poupana energtica. As nossas solues de eficincia energtica para o seu setor proporcionam os melhores resultados com o menor consumo de energia e de disperso lumnica e foram concebidas a partir da nossa longa experincia em iluminao de lojas. Assim, conseguimos que o seu estabelecimento se destaque em relao aos outros somando experincia de compra dos seus clientes a sustentabilidade do seu negcio.

    Poupana energtica imediata para o seu negcio com o investimento mnimo

    Gesto energtica remota de instalaes mltiplas

    10%de poupande energia

    Solues

    Multi-site

    30-50%de poupanade energia

    SoluesLigar ePronto

    Renovaes de iluminao em Retalho: Posto de gasolina de tamanho mdio

    Atual Recriao do conceito de iluminao

    (linha base)Nova conceo da iluminao Controlos

    Atualizao das luminrias e redi-mensionamento da instalao

    Regulao por luz diurna e deteo de presena Gesto energtica

    DescrioFluorescncia EM

    (luminrias e downlights)

    Iodetos metlicos EM

    Halogneo EM

    Luminrias, downlights, iluminao de acentuao e projetores LED

    para montras

    +Controlo Ligar e Pronto

    +Controlo em rede EMS

    Potncia instalada (kW) 8,46 3,61 3,61 3,61

    Consumo eltrico (kW/h) 45.601 19.469 14.781 13.302

    TCO (anos) 0 2,70 2,90 3,18

    Emisses CO2 (Ton) 16 7,3 5,2 4,7

    Cash flow positivo por ano () 0 6.180 6.955 7.148

    AtualMaioreficincia

    Mximaeficincia

    22 Tabela Iluminao Profissional 2015 www.philips.pt/catalogos

  • Ativar a poupana energtica no seu estabelecimento

    Solues inteligentes de iluminao para uma iluminao eficiente

    A Philips proporciona-lhe a possibilidade de controlar e monitorizar todos os pontos de luz da sua rede. Alm disso, poder verificar as poupanas e o correto funcionamento da instalao. A plataforma CityTouch gere de forma remota diferentes pontos da luz exterior em autoestradas, estradas, ruas e zonas residenciais. Esta plataforma extrai informaes teis do sistema de controlo e monitorizao da iluminao para fornecer concluses e tomar a melhor deciso.

    Qualidade de vida: o repto de um urbanismosem precedentes

    Solues de iluminao exterior

    H um sculo no chegava a 10% a percentagem da populao que vivia nas cidades. No incio do sculo XXI a quantidade tinha-se elevado para 50% e, a meados do sculo, espera-se que seja superior a 75%. Perante esta expanso sem precedentes, as Cmaras Municipais de todo o mundo reconhecem a necessidade de revitalizar o ambiente urbano combatendo a delinquncia e o vandalismo, promovendo o turismo, desenvolvendo os negcios das zonas e fomentando o orgulho e a identidade dos moradores

    Com a Philips, o lder em iluminao e tecnologias LED, tem um parceiro fivel nos seus negcios. Os produtos e servios de alta qualidade da Philips garantem a poupana que proporcionam, assim como uma satisfao mxima dos cidados.

    A Philips, parceiro tecnolgico num modelode empresa de servios energticos

    Servios de consultadoria: Planos diretores e estudos de viabilidade

    Ajudamos a realizar a melhor proposta atravs de um estudo do inventrio da instalao que apoie a tomada de decises e ajude a conseguir uma melhoria da eficincia em simultneo com uma boa qualidade lumnica. Desenvolvemos os diferentes cenrios de investimento e poupana para ajudar a obter a viabilidade esperada do projeto sem esquecer as necessidades de habitabilidade dos cidados.

    Servios de gesto e implementaodo projeto

    A Philips pe sua disposio servios de Project Management para que a sua empresa possa dirigir-se a uma nica pessoa como interlocutor no suporte aos seus projetos, o qual dispe de informaes em primeira mo sobre o mesmo para resolver qualquer dvida e conseguir alcanar de forma eficiente e com qualidade os objetivos, os custos e o tempo. O objetivo do Project Management, alm de atender os requisitos assinalados no projeto, o de coordenar todas as funes internas da empresa para fazer mais com menos recursos e no menor espao de tempo possvel.

    Cmara Municipal com 1000 pontos de luz com VH / VSAP Soluo LED Poupana Total

    Percentagemde poupana (%)

    Consumo anual (kWh) 609.991 kWh 141.949 kWh 468.043 kWh 77%

    Custo eltrico anual ()* 79.299 18.453 60.846 77%

    Custo da manuteno anual () 45.000 25.000 20.000 44%

    Emisses de ECO2 (Kg)** 365.995 Kg 85.169 Kg 280.826 Kg 77%

    * 0,13 por kWh** 0,60 Kg por KWhPoupana anual 80.846

    Sistemasinteligentes

    de iluminao

    50%de poupanade energia

    Consultadoria

    Planos diretores Estudos de viabilidade

    Gesto de projetos

    Project Management

    23www.philips.pt/catalogos Tabela Iluminao Profissional 2015

  • 24 Tabela Iluminao Profissional 2015 www.philips.pt/catalogos

    Philips Lighting Academy

    A indstria de iluminao est em constante mutao, atravs da introduo de novas normas europeias, tem-se prestado maior ateno ao Meio Ambiente, desenvolvendo novos produtos de forma a poupar energia. Todos estes produtos so desenhados a pensar em si, nos seus clientes e nos utilizadores finais. Mas antes que estas inovaes se possam por em prtica, os profissionais da iluminao, como voc, devem explicar aos respectivos clientes como e porqu iro beneficiar destas inovaes, quanto dinheiro iro poupar ou ganhar. Assim a Philips iluminao criou a Philips Lighting University o instituto de formao que o ajudar a responder de forma apropriada e eficiente s questes do negcio da iluminao.

    A Philips Lighting Academy propem-se a cumprir trs misses:

    Partilhar conhecimento sobre iluminao.

    Proporcionar-lhe aptido de identificar as solues de iluminao mais adequadas.

    Oferecer-lhe as ferramentas para calcular a poupana de custos a longo prazo.

    Os nosso cursos esto divididos em dois nveis: Profissional e Master, que esto desenhados para satisfazer as necessidades dos nossos clientes.

    Em cada nvel os seus contedos modulares permitem-nos direccionar a formao de forma a que v de encontro aos seus requisitos especficos, focando principalmente os princpios da luz e da iluminao, novos produtos, ferramentas para vender com valor acrescentado, tendncias nas instalaes de iluminao e o projecto de iluminao.

    Mdulo Durao (horas) Preo

    Principios Bsicos da luz e da Iluminao A Luz e Cor, Viso e percepo, quantidade e unidades luminotcnicas, lmpadas, breve introduo das pticas e Luminrias.

    8 350

    Introduo aos Equipamentos para Lmpadas fluorescentes Iniciao em questes tcnicas relacionadas com equipamentos, diferenas entre equipa-mentos electrnicos e electromagnticos: Poupana, efeito na vida das lmpadas, Segurana, Vinculao com o sistemas de controlo, regulao, flexibilidade.

    2 100

    Introduo aos Equipamentos para Lmpadas de descarga Introduo a questes tcnicas relacionadas com os equipamentos, diferenas entre equipa-mentos electrnicos e electromagnticos: Poupana, efeito na vidas da lmpadas, Segurana, vinculao com o sistemas de controlo, regulao, flexibilidade.

    2 100

    Vender com Valor Acrescentado O objectivo deste curso dot-lo dos conhecimentos tcnicos, a confiana e o entusiasmo necessrios para vender produtos, com base no valor do produto e no no preo. Permitir-lhe propor as melhores solues aos seus clientes, com base em argumentos slidos de venda.

    4 200

    Iluminao e Meio ambiente Conhecer as tendncias europeias em questes ambientais e fomentar solues de Iluminao que se enquadrem nestas tendncias. Conhecer as solues de Iluminao que se adaptam legislao vigente.

    2 100

  • 25www.philips.pt/catalogos Tabela Iluminao Profissional 2015

    Mdulo Durao (horas) Preo

    Bases do Clculo Luminotcnico. Clculo luminotcnico bsico, mtodo do fluxo, estudo preliminar da quantidade de Luminrias a instalar, critrios para o clculo mediante programas informticos.

    2 120

    pticas Conhecimento dos diversos tipos de pticas, materiais e tipologia. Metal ou plstico; lentes e refratores, controlo do encandeamento.

    2 120

    Gesto e Mantenuteno das InstalaesPerodos de manuteno, reposio pontual ou global. Vidas e depreciao de lmens. Clculos econmicos.

    2 120

    Norma UNE 12464-1 Anlise da norma e o como cumpri-la.

    4 240

    Norma EN13201Anlise da norma.

    4 240

    Iluminao de Escritrios Problemtica e normas na Iluminao de escritrios. Ergonomia, percepo e pticas.

    4 240

    Iluminao de IndstriaProblemtica e normas relacionadas iluminao de indstria. Segurana, tipologia construtiva e tarefas, percepo de movimento.

    4 240

    Iluminao de Lojas e superfcies comerciaisProblemtica e tendncias relativas iluminao de lojas e grandes superfcies comerciais.

    Aspectos psicolgicos. Escaparates e montras.4 240

    Iluminao de Hotis e Restaurantes Problemtica e tendncias relativas iluminao de hotis e restaurantes.

    4 240

    Iluminao RodoviriaProblemtica e normas para a iluminao rodoviria. Manuteno da iluminao rodoviria.

    4 240

    Embelezamento de Cidades Problemtica e tendncias relativas ao embelezamento de cidades, monumentos e elementos arquitectnicos, a luz como elemento decorativo.

    4 240

    Iluminao para Centros EducativosProblemtica da iluminao relativa aos centros educativos.

    4 240

    Iluminao em Hospitais e Centros de Sade Problemtica da iluminao de hospitais e os beneficios da luz nos mesmos.

    4 240

    Tecnologia da iluminao no Estado Slido (LEDs) Tecnologia da iluminao no Estado Slido. Caractersticas dos LEDs e aplicaes.

    4 240

    Sistemas de Controlo Tipos de sistemas de controlo, sistemas para poupar energia, sistemas de luz dinmica, automatizao de edifcios, automatizao, integrao das solues, uso prtico.

    4 240

    Nvel Master

    Pacotes Formativos Durao (horas) Preo

    Programa Formativo Bsico* 16 3.500

    Jornada Formativa* 8 1.750

    Jornada Formativa* 4 875

    Pacotes Formativos Personalizados

    Os pacotes de formao personalizados constituem uma grande oportunidade para que as empresas possam organizar jornadas de formao para os seus colaboradores na sua prpria sede. Para ter acesso aos pacotes formativos deve reunir no mnimo 15 participantes por curso.

    Por exemplo, para um grupo de 15 pessoas o Programa Formativo Bsico* permite organizar um programa de formao que comprenda os 5 cursos de nvel Profissional a um preo muito vantajoso 3.500 face a 850x15 =12.750 .

    * O Programa de Formao Bsico agrupa em 16 horas (dois dias ou quatro meios dias), os cursos de Nivel Profissional.

    * Jornada Formativa de 8 horas, permite combinar os cursos at cumprir as 8 horas como se considere mais adequado, por exemplo o Mdulo Profissional de 4 horas Vender Valor acrescentado com o mdulo Master de 4 h. Iluminao de Escritrios.

  • 26 Tabela Iluminao Profissional 2015 www.philips.pt/catalogos

    A aparncia de cor de uma lmpada refere-se cor da

    luz que emite. A luz branca que produz uma lmpada pode

    variar desde tonalidades quentes a frias, definidas assim em

    funo das sensaes psicolgicas que nos transmitem.

    Nas fontes de luz incandescentes, a temperatura de cor da

    luz est estreitamente relacionada com a temperatura fsica

    do filamento (medida em Kelvin). Ao variar a temperatura

    do filamento varia tambm a aparncia da luz. Quanto mais

    baixa a temperatura do filamento mais quente ou dourada

    nos parece a luz enquanto que ao aumentar a temperatura

    a luz parece-nos mais fria ou azulada.

    Nas Lmpadas de descarga no h filamentos, por isso a

    temperatura de cor no pode ser determinada por uma

    temperatura fsica real. Estabelece-se a temperatura de cor

    correlacionada, que se obtm por comparao com uma

    fonte incandescente ou corpo negro que tenha a mesma

    aparncia de cor que a lmpada de descarga que se est

    a analisar.

    Com frequncia pensa-se que uma vez escolhida a

    temperatura de cor, a impresso de cor fica determinada,

    na realidade no assim.

    Deve selecionar-se tambm a capacidade de reproduzir as

    cores da fonte: o ndice de Restituo Cromtica (IRC). A

    temperatura de Cor e o ndice de Restituo Cromtica

    so parmetros completamente independentes. Como

    exemplo podemos pensar na diferena entre a luz solar e

    uma lmpada incandescente. Ambas tm uma reproduo

    cromtica excelente, uma vez que no espectro se encontram

    todas e cada uma das cores, mas a aparncia de cor

    diferente, j que no caso da luz solar a sua temperatura

    de cor ao meio dia fria, nas Lmpadas incandescentes

    quente, pelo que produzem diferentes sensaes sobre os

    espaos e cores iluminados.

    A maioria das Lmpadas de descarga tem um espectro

    descontnuo, isto o espectro no contm todas as cores.

    Em funo das cores que contm o espectro, a reproduo

    da cor pode ser desde muito deficiente, como no caso das

    Lmpadas de sdio a baixa presso, at excelente, como

    o caso das Lmpadas fluorescentes de Gama 90 ou da

    famlia MASTER Colour.

    O ndice de Restituo Cromtica e a Temperatura de Cor vm indicados segundo a Norma Europeia pelo cdigo que aparece depois da potncia na nomenclatura da lmpada.

    Exemplo: Master TL-D Super 80 36W / 840

    Caractersticas tcnicas das lmpadasTemperatura de cor e ndice de restituo cromtica

    ndice de Restituo Cromtica

    O primeiro dgito 8, indica que a Ra da lmpada superior a80. O que significa que as cores dos objectos iluminados comeste tipo de luz, sero muito aproximadas s que veramossob a luz natural, que tem a mesma temperatura de cor queesta lmpada. O ndice de Restituo Cromtica obtm-se como uma notatecnica. Esta nota resultado da comparao de 8 ou 14 coresdisponveis. IRC 100 significa que todas as cores se reproduzemperfeitamente, e quando nos afastamos de 100, existir maiordisperso sobre todas as cores que, por consequncia, teropior reproduo.Podemos esperar em funo da Ra a seguinte restituocromtica:

    Ra < 60 pobre60 < Ra < 80 boa80 < Ra < 90 muito boa90 < Ra < 100 excelente

    Temperatura de Cor

    Os dois dgitos seguintes: 40 ou 65 fazem referncia (x100) Temperatura de Cor da lmpada, indicam que esta de 4.000 Kou 6.500 K respectivamente.

    Para as aplicaes gerais de iluminao de interior, a normaDIN 5035 divide a luz em trs classes de cor :

    Branco quente (Tc < 3.300 K)Branco neutro (3.300K < Tc < 5.000 K)Luz fria (Tc > 5.000 K)

    Atualmente existem temperaturas de cor muito frias, superiores a 6.500 K, como o caso das lmpadas ActiViva Active e Natural, de 17.000 e 8.000 K respetivamente.

  • 27www.philips.pt/catalogos Tabela Iluminao Profissional 2015

    Caractersticas tcnicas das lmpadas

    Vida das lmpadas

    Existem vrias formas de definir a vida de uma lmpada ou

    de um conjunto de Lmpadas includas numa instalao de

    Iluminao, em que podemos destacar as seguintes:

    Vida individual: Nmero de horas de funcionamento depois

    da qual uma determinada lmpada morre.

    Vida mdia: Valor mdio estatstico que resulta da anlise

    e ensaio de uma populao de Lmpadas a trabalhar em

    condies de laboratrio.

    Define-se como o tempo decorrido at que falham 50%

    das Lmpadas de um lote representativo a trabalhar em

    condues especficas.

    A metodologia de ensaio inclui sempre um ciclo de

    comutao, que varia de acordo com o tipo de lmpada e

    que est relacionado com as condies de trabalho previstas.

    Para Lmpadas fluorescentes so muitas vezes utilizados

    ciclos de comutao de 3 horas (2 horas e 45 minutos

    acesas e 15 minutos apagadas), para as de descarga o ciclo

    geralmente pode ser de 12 horas (11 horas acesas e 1

    hora apagada).

    A variao destes ciclos nas aplicaes onde esto instaladas

    as Lmpadas pode fazer aumentar ou diminuir a vida prevista

    pelo fabricante.

    Vida til: a referncia que determina os perodos de

    reposio. Fixa-se estudando as curvas de depreciao e

    de sobrevivncia. Normalmente fixa-se quando as perdas

    entre as duas curvas somam 20% ou 30%.

    As principais causas de falha de uma lmpada de descarga

    so duas: a degradao dos electrodos, resultante do

    esgotamento do material emissor de eletres ou a mudana

    gradual na composio do gs de enchimento. Em ambos

    os casos torna-se necessrio uma tenso do arco superior

    que pode proporcionar a fonte de alimentao. No caso

    das Lmpadas de descarga a alta presso podem produzir-

    -se falhas, pela fuga do material emissor, devido corroso

    dos fios passantes ou fadiga do material que constitui o

    tubo de descarga.

    Fluxo luminoso

    O fluxo luminoso expressa a quantidade total de luz emitida

    por segundo, por uma fonte de luz ponderado com respeito

    sensibilidade espectral do olho humano. Isto devido

    capacidade do olho humano, de enviar informao ao

    crebro sobre a imagem que v, diferente em funo da

    cor que produz o estmulo.

    A unidade de fluxo luminoso o lmen (lm).

    Sensibilidade do olho humano.

    Influncia da temperatura no fluxo das lmpadas fluorescentes

    No processo de gerao de luz das Lmpadas fluorescentes

    a temperatura tem uma influncia muito importante.

    Para cada tipo de lmpada fluorescente existe uma

    temperatura ptima para que o fluxo luminoso seja o

    mximo. A temperatura ambiente ptima para as Lmpadas

    de 26 e 38 mm de dimetro de 25C. A nova gerao

    de Lmpadas TL5 est optimizada para uma temperatura

    ambiente de 35C.

    Acima ou abaixo da temperatura ptima existem perdas

    de fluxo importantes. Este o motivo pelo qual o design

    das Luminrias as capacita para evacuar o calor gerado

    pela lmpada ou para o utilizar para manter a temperatura

    dentro do espao adequado, se se trata de aplicaes a

    baixas temperaturas, to importante no caso de Lmpadas

    fluorescentes.

    AZUL VERDE AMARELO VERMELHO

  • 28 Tabela Iluminao Profissional 2015 www.philips.pt/catalogos

    A presso de vapor de mercrio no interior do tubo de descarga definida pela temperatura dentro dele. Quando a temperatura ambiente baixa, o nmero de tomos de mercrio em estado gasoso que podem interagir com os eletres libertados insuficiente e a sada de luz decresce rapidamente (especialmente abaixo dos 15C - 25C). Quando a temperatura excessivamente alta (superior a 30C - 40C) o nmero de tomos de mercrio em estado gasoso demasiado alto e absorvem a energia radiada entre si convertendo-a em calor, provocando um decrscimo do fluxo luminoso.

    A presso do vapor mercrio no interior da lmpada est relacionada directamente com o ponto mais frio da lmpada, tambm chamado ponto frio.

    Funcionando horizontalmente, o ponto frio das Lmpadas TL-D de 26 mm. de dimetro est situado no meio da lmpada, Como para as Lmpadas TL5 de 16 mm de dimetro o ponto frio encontra-se num dos extremos. A posio de funcionamento da lmpada influi na localizao do ponto frio.

    Influncia da temperatura no fluxo das Lmpadas fluorescentes:

    Intensidade luminosa

    A intensidade luminosa o fluxo luminoso radiado por uma fonte de luz numa direco especfica. um conceito que expressa a concentrao de luz numa direco concreta. A

    intensidade luminosa expressa-se em candelas (cd).

    Nas Lmpadas reflectoras a magnitude que informa sobre a quantidade de luz irradiada pela lmpada a intensidade luminosa e no o fluxo, j que o reflector faz com que a luz seja emitida numa determinada direco.

    A abertura de feixe, que se expressa em graus (), determina a concentrao ou a disperso da luz produzida pela lmpada, um feixe muito estreito concentrar a luz numa direco muito concreta, conforme se aumenta a abertura do feixe menos concentrao se ter. Feixes largos utilizam-se frequentemente para Iluminao geral ou iluminao a curta distncia, enquanto que os feixes estreitos se empregam em Iluminao de acentuao ou quando a distncia at superficie ou objecto que se quer iluminar grande.

  • 29www.philips.pt/catalogos Tabela Iluminao Profissional 2015

    A Unio Europeia (UE) tem vindo a emitir cada vez mais regulamentos com o objectivo de reduzir o consumo de energia e a emisso de gases de efeito de estufa. Na Philips, comprometemo-nos a liderar o mercado da iluminao de forma sustentvel e apoiando totalmente esta estratgia. Estas so as principais alteraes na legislao da iluminao.

    Desempenho e embalagem da iluminaoA directiva 2009/125/CE de Ecodesign da UE para Produtos relacionados com Energia (ErP) requer que fontes de luz ineficazes sejam faseadas de acordo com os regulamentos CE 244/2009 e CE 1194/2012. Tambm define os padres de desempenho mnimos para as suas alternativas de poupana de energia. Desde Setembro de 2013, a directiva de Etiquetas de Eficincia Energtica tambm entrou em vigor, introduzindo duas novas classes de eficincia energtica: A+ e A++.

    As alteraes mais importantes desde 1 de Setembro de 2013 so: Para fontes de luz no direccionais que utilizam

    halogneo e tecnologia fluorescente compacta, os requisitos de desempenho foram restringidos (fase 5 da regulamentao 244/2009 da UE).

    Para fontes de luz direccionais (lmpadas reflectoras), entrou em vigor a regulamentao 1194/2012 da UE.

    Isto significa que: As lmpadas com menor eficincia energtica sero

    banidas. Desde Setembro de 2013, isto afecta as lmpadas reflectoras incandescentes de 75 W e superiores, bem como focos de 50 W de halogneo de 12 V de baixa

    eficincia. A partir de Setembro de 2014, todas as outras potncias tiveram o mesmo destino.

    So necessrias informaes ao consumidor alargadas na embalagem e na prpria lmpada bem como no Web site pblico da marca. Isto inclui, por exemplo, o fluxo luminoso da lmpada, expresso em lmens num ngulo de 90 As lmpadas direccionais para finalidades especiais esto isentas.

    Para lmpadas LED, a 1194/2012 da UE define os requisitos de desempenho e funcionalidades mnimos para fontes de luz direccionais e no direccionais.

    Entra em vigor a directiva 874/2012 renovada para Etiquetas de Eficincia Energtica. Isto introduz a classe A+/A++ luz da evoluo contnua da tecnologia LED. O mbito do requisito de etiquetagem estende-se agora a todas as lmpadas (reflectoras) direccionais e todas as lmpadas de halogneo de 12 V. De acordo com as lmpadas no direccionais, os termos como poupana de energia s podem ser utilizados para lmpadas direccionais com classe energtica A ou superior. Esta limitao aplica-se embalagem e todos os Web site pblicos.

    Regulamentaes da UE recentes relacionadas com produtos de iluminao

    EEL

    ABCDEFG

    Energ aeyi

    Antigo Novo Catlogo

  • 30 Tabela Iluminao Profissional 2015 www.philips.pt/catalogos

    AlGaAsAllnGaP

    InGaN

    3.50 3.25 3.00 2.75 2.50 2.25 2,00 1.75

    350 400 450 500 550 600 650 700 750 800

    LEDs Informao tcnica

    Conhecimentos bsicos sobre a mais recente

    tecnologia em iluminao: SSL ou LEDs

    A terminologia SSL (Solid State Lighting) faz referncia ao

    facto de que a luz num LED emitida por um objecto slido,

    no lugar de um gs, como o caso dos tubos fluorescentes

    ou Lmpadas de descarga de alta intensidade.

    O que um LED?

    LED vem da sigla em ingls Light Emitting Diode (Diodo

    emissor de Luz). O LED um diodo semicondutor que

    ao ser atravessado por uma corrente elctrica emite

    luz. O comprimento de onda da luz emitida e a cor

    depende basicamente da composio qumica do material

    semicondutor utilizado.

    Quando a corrente atravessa o diodo liberta-se energia em

    forma de foto. A luz emitida pode ser visvel, infravermelho

    ou quase ultravioleta.

    Os LEDs convencionais esto feitos com base numa

    grande variedade de materiais semicondutores inorgnicos

    produzindo as seguintes Cores:

    Como geramos luz branca

    Concludo que a luz que obtemos de um LED monocromtica, que o mesmo que dizer, que uma vez fabricado o chip s emite numa determinada cor das anteriormente citadas, uma pergunta interessante sem dvida : como podemos produzir com um LED luz branca e de boa reproduo de cor? Podemos faz-lo mediante dois mtodos:

    A mistura da luz de trs chips: um chip azul, outro verde e outro vermelho ou mediante a combinao de um chip azul ou ultravioleta e fsforo como se faz com o principio da Fluorescncia.

    O primeiro caso raras vezes se usa para produzir um LED branco, embora se utilize para realizar jogos de cores, certo que regulando a intensidade de cada um deles podemos passar por todo o espectro de cores.

    Mediante o segundo caso podemos obter luz branca fria ou quente em funo dos fsforos utilizados. Se usamos LED azul com fsforos amarelos, teremos um LED branco frio e relativamente de boa reproduo cromtica. Ra superior a 80. No caso de usar fsforo vermelho e verde junto ao chip azul podemos obter um LED branco quente de melhor reproduo cromtica, Ra > 80 mas conseguiremos menos fluxo.

    vermelho

    azul

    verde

    azul royal

    mbar

    laranja

    cyan

    Materiais e cores Tcnica

    Vantagens de usar LEDs

    Gerais:

    Vida longa (at 50.000 horas) Reduo de custos de manuteno Maior eficcia que as lmpadas incandescentes e de halogneo Sem radiao IR nem UV Pode-se usar pticas de alta eficincia

    Segurana/baixas temperaturas:

    Capaz de acender a baixas temperaturas (at -40C) Trabalha a baixa tenso em continua Alta eficcia em ambientes frios Selado para a vida em luminrias estanques

    Meio ambiente:

    No contm mercrio

    Arquitectura/design:

    Flexibilidade no design, luzes ocultas Cores saturados sem uso de filtros Luz directa que aumenta a eficincia do sistema Robustez, segurana nas vibraes. Fonte de estado slido Menor disperso de luz no hemisfrio superior devido a um melhor controlo ptico Luz dinmica Regulao total sem alteraes na cor Arranque instantneo 100% luz Sem perdas nos filtros Instalar e esquecer

    Mistura de Red-Green-Blue (RGB)

    LED Azul com um fsforo branco/amarelo

    LED Azul com um fsforo RG

    Energia do electro em [eV]

    Comprimento de onda [nm]

    Gap no amarelo: No existem LEDs entre 550 e 585 nm.

  • 31www.philips.pt/catalogos Tabela Iluminao Profissional 2015

    Variao da cor

    Diminuo do fluxo luminoso: permanente

    Ex.: envelhecimento do fsforo

    Gesto do calor

    Os LEDs no seu feixe de luz, emitem luz fria, ou seja no