of 14 /14
SEJAM BEM VINDOS Profª Anna Pinho

Técnicas basicas de cozinha

Embed Size (px)

Text of Técnicas basicas de cozinha

SEJAM BEM VINDOSProf Anna Pinho

Tcnicas Bsicas de Cozinha

Apresentao

Tcnicas Bsicas de Cozinha - 2012/1Prof Esp. Anna Pinho Anhembi Morumbi, So Paulo SP. University of Central Florida, FL USA. Universidade de Cuiab, Cuiab MT.

Plano de ensino: ementa da disciplina

Organizao,

estrutura fsica e hierrquica da cozinha. Reconhecimento de utenslios e equipamentos bsicos. Cortes e nomenclaturas de alimentos. Tcnicas de pr-preparo. Mise en place de produo, mtodos de coces. Elaborao e montagem de pratos em relao s matrias primas, ao equipamento de transformao, tradio gastronmica e aos servios.

Plano de Ensino: objetivo da disciplina A disciplina tcnicas bsicas de cozinha, possibilitar ao aluno

conhecer as tcnicas de preparo dos alimentos, os termos culinrios, as preparaes bsicas, e as noes de mise en place. Esses conhecimentos bsicos daro suporte para as demais disciplinas prticas do curso que visam a produo de pratos culinrios.

Plano de ensino: contedo programticoUnidades de EnsinoI Estrutura fsica e hierarquica de uma cozinha; II Equipamentos e utenslios de cozinha; III Agentes aromticos, legumes e verduras; IV Fundos, agentes espessantes e molhos; V Ovos; VI Gros e cereais; VII Massas; VIII Carne bovina; IX Carne suna, caprina e ovina; X Aves; XI Pescados e frutos do mar; XII Tcnicas de coco.

Plano de ensino: referncias bibliogrficas

BOTTINI, Renata. Receitas que impressionam: a cozinha trivial com mais sabor.So

Paulo: SENAC.2004 FRANCE, Cristine. O livro definitivo de dicas e sugestes de Cozinha. Ed. Marco Zero, 1997. WRIGHT, Jeni & TREUILLE, Eric. Todas as Tcnicas Culinrias Le Condon Bleu. 4 reimpresso. Marco zero: 2002. HAZAN, Marcella. Fundamentos da cozinha italiana clssica. So Paulo: Martins Fontes. 2002

Regras de boa convivncia Manter o celular desligado ou no silencioso na sala de aula e

no labortorio de gastronomia; No ser permitido atender em horrio de aula, caso seja urgente solicite ao professor; Sair da sala apenas se for extremamente necessrio; Chegada (tolerncia de 15 min.), aps esse horrio o aluno ficar com falta; A chamada ser feita no incio e ao trmino da aula, aps a organizao do laboratrio de gastronomia; Aulas prticas: uso do uniforme completo, sem adornos (brincos, piercings, anis, aliana, fitas de promessas), sem maquiagem, com unhas aparadas e sem esmaltes; Os rapazes devem estar barbeados e com unhas aparadas;

Reposio de aula

A reposio de aula em horrio diferente do matriculado, s

ser permitida mediante solicitao por escrito entregue a coordenao para avaliao do colegiado. Programe-se!

Avaliao PROVA PARCIAL: todas as aulas.

PROVA OFICIAL 1: 14 de abril. PROVA OFICIAL 2: 18 de junho. PROVAS DE 2 CHAMADA: 02 07 de julho. EXAME FINAL: 09 14 de julho. CRITRIO DE NOTAS:

4,0 a 6,9 para ir para prova final; 3,9 reprovado sem exame.

Vista de prova

Ser feita ao final da primeira aula aps a prova, com todos os

alunos; Reclamaes e correes de notas sero feitas somente nesta data.

ABONO DE FALTAS PERODO INFERIOR A 7 DIAS: o aluno dever procurar o

professor no dia seguinte a falta, apresentando atestado ou justificativa, solicitando trabalho para abono das mesmas (cabe ao professor aceitar ou no); PERODO SUPERIOR A 7 DIAS: o aluno dever entregar atestado no SAA, no prazo mximo de 48hs aps a ocorrncia, solicitando tema para trabalho de abono de faltas;No se abona falta sem reposio do contedo perdido.

Estudo dirigido Importante para a formao holstica do aluno, exigncia do

MEC. Atividade via portal somente presena; Atividade presencial (avaliao escrita) nota e presena; Nota portal somente 1 nota, referente a prova presencial. S poder fazer a segunda chamada quem estiver de licena maternidade ou outra justificativa aceita pelo regimento da universidade; Para colar grau o aluno deve ter concludo todos os EDs.

Sejam bem vindos!CST EM GASTRONOMIA 2012/1