of 26/26
TECNOLOGIA DE APLICAÇÃO DE DEFENSIVOS AGRICOLAS

TECNOLOGIA DE APLICAÇÃO DE DEFENSIVOS AGRICOLAS

  • View
    126

  • Download
    0

Embed Size (px)

Text of TECNOLOGIA DE APLICAÇÃO DE DEFENSIVOS AGRICOLAS

TECNOLOGIA DE APLICAO DE DEFENSIVOS AGRICOLAS

DEFENSIVOS AGRICOLAS

InseticidasHerbicidas Antibiticos

SELEO DE BICOS Tipo do Defensivo Agrcola. ngulo de Aplicao: 65 110 (+) Condies meteorolgicas.

Presso 0,7 a 20 bar.

TIPOS DE BICOS CNICO - Alta presso (Alto Volume e Baixo Volume)- Cone Cheio (Inseticidas) - Cone Vazio (Fungicidas)

PLANO - Baixa presso (Faixa continua e descontinua) - Bico Leque (Herbicidas) - Bico Impacto - Bico Defetlor

EQUIPAMENTOS DE APLICAO

PULVERIZADORES O lquido bombeado sob presso para o bico e parte-se ao ser lanado ao ar, por DESCOMPRESSO.Constam de: - Tanque ou depsito, - Bomba, - Tmara de ar, - Tubulaes, - Bicos, - Registro.

ATOMIZADORESAs partculas produzidas pelos atomizadores no enfrentam o ar, mas so carregadas em turbilhonamento at o local de sua deposio, pela corrente de ar produzida pela ventoinha. As partculas, em revoluo no ar, atingem uma superfcie foliar maior do que a conseguida com outro aparelho, atingindo tambm melhor a face inferior das folhas.

CALIBRAO

DETERMINAO DO VOLUME

Q (L/ha) = 600 x q (L/min.) Vel.(Km/h) x f (m)

Onde: Q = Volume de pulverizao (L/ha). q = Vazo (L/min). V = Velocidade do trator (Km/h). f = Faixa de pulverizador (metros).

DETERMINAO DA VAZO

q (L/min) = Vel.(Km/h) x faixa (m) 600

Onde: Q = Volume de pulverizao (L/ha). q = Vazo (L/min). V = Velocidade do trator (Km/h). f = Faixa de pulverizador (metros).

DETERMINAO DA VELOCIDADE

V (Km/h) = 600 x q (L/min) f (m) x Q (L/ha)

Onde: Q = Volume de pulverizao (L/ha). q = Vazo (L/min). V = Velocidade do trator (Km/h). f = Faixa de pulverizador (metros).

EXEMPLO: Sabendo que o espaamento de 4 x 7 m, que a velocidade varia de 1,5 a 4,8 Km/h e a vazo de 15 a 150 L/minuto, calcule o volume.

Q (L/ha) = 600 x q (L/min.) Vel.(Km/h) x f (m)

Q (L/ha) = 600 x 70 3x7

Q (L/ha) = 4.200 21

Q (L/ha) = 2.000 L/ha

Q = 2.000 L/ha 357 (pl./ha)

Q = 5,6 L/pl.

PULVERIZAO AREAPodem-se conseguir aplicaes com ps secos, granulados, misturas lquidas em alto e baixo volume, com auxlio de barra dotada de vrios bicos e UBV.

Logo aps as chuvas, as mquinas terrestres no podem entrar nas lavouras, mas o avio pode executar a pulverizao, protegendo a lavoura nesse perodo;

Proteo mais rpida. Em pouco tempo o avio protege extensas reas, o que levaria 10 vezes mais tempo com outros equipamentos; Necessidade de grandes reas, para ser econmica;

Sofre maior influncia dos Fatores Meteorolgico;

Os perigos de DERIVA so maiores.

CUIDADOS GERAIS