Territorio e Economia Politica

  • View
    59

  • Download
    25

Embed Size (px)

DESCRIPTION

Livro do Prf. Edilson Alves Pereira Junior

Transcript

  • TERRITRIO EECONOMIA POLTICA

    TER

    RIT

    R

    IO E

    EC

    ON

    OM

    IA P

    OLT

    ICA

    UMA ABORDAGEM A PARTIRDO NOVO PROCESSO DEINDUSTRIALIZAO NO CEAREDILSON PEREIRA JNIOR

    ED

    ILS

    ON

    PE

    RE

    IRA

    JN

    IOR

    Territorio.indd 1 01/03/13 12:46

  • TERRITRIO E ECONOMIA POLTICA

    Territorio_e_economia_politica_MIOLO_15abr2013.indd 1 17/04/13 17:49

  • Conselho Editorial Acadmico

    Responsvel pela publicao desta obra

    Profa. Dra. Margarete Cristiane da Costa Trindade Amorim

    Prof. Dr. Bernardo Manano Fernandes

    Prof. Dr. Eliseu Saverio Sposito

    Prof. Dr. Raul Borges Guimares

    Profa. Dra. Rosangela Aparecida de Medeiros Hespanhol

    Prof. Dr. Everaldo Santos Melazzo

    Territorio_e_economia_politica_MIOLO_15abr2013.indd 2 17/04/13 17:49

  • TERRITRIO E ECONOMIA POLTICAUMA ABORDAGEM A PARTIR

    DO NOVO PROCESSO DE INDUSTRIALIZAO NO CEAR

    EDILSON PEREIRA JNIOR

    Territorio_e_economia_politica_MIOLO_15abr2013.indd 3 17/04/13 17:49

  • 2013 Editora Unesp

    Cultura Acadmica

    Praa da S, 10801001-900 So Paulo SPTel.: (0xx11) 3242-7171Fax: (0xx11) 3242-7172www.editoraunesp.com.brfeu@editora.unesp.br

    Este livro publicado pelo Programa de Publicaes Digitais da Pr-Reitoria de Ps-Graduao da Universidade Estadual Paulista Jlio de Mesquita Filho(Unesp)

    CIP Brasil. Catalogao na fonteSindicato Nacional dos Editores de Livros, RJ

    P489a

    Pereira Jnior, Edilson.

    Territrio e economia poltica : uma abordagem a partir do novo processo de industrializao no Cear / Edilson Pereira Jnior. So Paulo : Cultura Acadmica, 2012.

    480 p. : il.

    Inclui bibliografiaISBN 978-85-7983-373-1

    1. Desenvolvimento econmico 2. Poltica econmica 3. Industrializao I. Ttulo.

    12-9175. CDD: 330.98131 CDU: 338.1(813.1) 041594

    Territorio_e_economia_politica_MIOLO_15abr2013.indd 4 17/04/13 17:49

  • Denise Bomtempo, que, ao tecer com delicadeza as pequenas coisas do presente, resgatou

    profundamente as minhas saudades do futuro.

    Ao pequeno Caio, que, na sua grandeza, compreendeu generosamente a necessidade da ausncia e da distncia.

    Aos meus pais, por compreenderem e confiarem.

    Territorio_e_economia_politica_MIOLO_15abr2013.indd 5 17/04/13 17:49

  • Territorio_e_economia_politica_MIOLO_15abr2013.indd 6 17/04/13 17:49

  • SUMRIO

    Prefcio 9

    Introduo 15

    1 Espao e territrio no contexto do projeto de modernizao no Cear 27

    2 Reestruturao territorial e produtiva: as demandas da nova configurao de acumulao capitalista 117

    3 As normas e o territrio: a transescalaridade da economia poltica da industrializao 227

    4 As sinergias do territrio e a expanso da produo caladista 355

    Consideraes finais 433

    Referncias 451

    Territorio_e_economia_politica_MIOLO_15abr2013.indd 7 17/04/13 17:49

  • Territorio_e_economia_politica_MIOLO_15abr2013.indd 8 17/04/13 17:49

  • PREFCIO

    A industrializao brasileira tema importante para os gegra-fos. No momento em que se v uma repetio constante de estu-dos sobre processos como a mundializao e o modo de produo flexvel, que so esboos tericos para se compreender as diferen-tes formas como aparece a produo industrial, o estudo da indus-trializao no Cear se justifica por si s.

    O autor, Edilson Pereira Jnior, realizou seu doutorado no Pro-grama de Ps -Graduao em Geografia da Faculdade de Cincias e Tecnologia da Universidade Estadual Paulista (Unesp), no cam-pus de Presidente Prudente, e defendeu sua tese com segurana e conhecimento do tema em 2011. A tese recebeu o ttulo Territrio e economia poltica: uma abordagem a partir do novo processo de in-dustrializao no Cear.

    O que motivou o autor a realizar o estudo foi, em primeiro lu-gar, compreender as transformaes recentes no territrio cearense. Para isso, era preciso estabelecer algumas premissas que direcio-nassem o plano de investigao. O objeto, ento, surgiu da neces-sidade de compreender o projeto de modernizao do Cear, ou seja, da definio de uma resposta do estado ao processo de mun-dializao do capital. Nesse ponto, destacou -se o papel do poder pblico, principalmente por meio de estmulos implantao de

    Territorio_e_economia_politica_MIOLO_15abr2013.indd 9 17/04/13 17:49

  • 10 EDILSON PEREIRA JNIOR

    estabelecimentos industriais procedentes do Centro -Sul do Brasil, que procuravam territrios onde os fatores de localizao lhes fos-sem favorveis. Por conta de renncias fiscais e, tambm, do baixo preo da fora de trabalho, estabelecimentos industriais foram ins-talados onde ainda no existiam.

    Dessa maneira, o estudo feito privilegia a instalao de estabeleci-mentos industriais por meio de subvenes, abordando tanto aqueles que utilizam modelos tradicionais de fabricao quanto aqueles que se modernizaram nos processos produtivos todos visando po-tencialidade e ao baixo custo da fora de trabalho. Isso levou, logi-camente, criao de inmeros empregos e, no final, ao aumento da remunerao de parte da populao que se atrelou s empresas, cujos salrios so mais altos que as mdias anteriores ao processo de industrializao.

    Para organizar seu estudo, o autor se preocupou com a cons-truo de uma matriz metodolgica de pesquisa e se empenhou na elaborao dos passos para obter a informao geogrfica. Ele fez importante pesquisa documental e estatstica; coletou dados e os sistematizou para a gerao de tabelas e figuras que se tornaram fontes bsicas para sua interpretao; e viajou para as reas onde mais se concentram os empregos industriais, realizando, em for-ma de trabalho de campo, entrevistas para o reconhecimento das dinmicas territoriais. Indo e vindo, vindo e indo, estabelecendo dilogos, estudando relatrios e ouvindo relatos, conhecendo per-sonagens importantes para as tomadas de decises assim, o au-tor pde realizar sua investigao compreendendo o que se passa nos estabelecimentos industriais, raciocinando do particular para o geral e, nos momentos de leituras e confronto de teorias para a interpretao de seu recorte, movendo o raciocnio do geral para o particular. E, desse modo, ele demonstrou, por meio da anlise de um projeto estimulado pelas elites polticas cearenses, que a moder-nizao conduziu o estado do Cear a um modelo de desenvolvi-mento que pode ser considerado atual e novo, pelo menos nas reas definidas para a localizao dos estabelecimentos industriais.

    Territorio_e_economia_politica_MIOLO_15abr2013.indd 10 17/04/13 17:49

  • TERRITRIO E ECONOMIA POLTICA 11

    Visando leitura das multidimensionalidades do territrio, o autor tambm estabeleceu uma matriz terica como espinha dorsal de sua interpretao, o que o auxiliou a compreender a acumula-o capitalista, articulando a dimenso poltica e a ideolgica dos governos e seu papel na elaborao de leis, sem deixar de lado a di-menso econmica e as metas de acumulao das empresas na rea-lizao de suas atividades. J no que concerne transescalaridade do territrio, ele privilegiou trs escalas. Primeiro, a escala global, vista pela configurao de acumulao por meio de aes compe-titivas e financeiras provocadas pela reestruturao produtiva que modificou as relaes de trabalho. Segundo, a escala nacional, com-preendida pela desregulamentao de normativas que facilitaram a abertura econmica em relao ao exterior e a outros estados do Brasil, contribuindo para o surgimento de novas estratgias de acu-mulao por meio da produo industrial. Terceiro, a escala regio-nal, abordada por meio das polticas econmicas e das vantagens competitivas decorrentes das aes dos governos estaduais que se apresentaram como modernizadores do territrio.

    Com isso, pode se dizer que o Cear passou por processos de reestruturao territorial por causa do papel exercido por seu se-tor industrial, principalmente pelos ramos de calados e de tecidos (que tm como caracterstica incorporar pouca inovao tecnol-gica) e pela montagem de um complexo petroqumico e siderr-gico (que incorpora inovaes tecnolgicas). Para explicar esses processos, Edilson Pereira Jnior descreve e interpreta a formao histrica do Cear, no se esquecendo das polticas econmicas das ltimas dcadas, que derivaram nas estratgias de renncia fiscal para a indstria. Privilegiando a indstria de calados, ele explica como se deram as estratgias de difuso dos estabelecimentos pelo territrio, tanto em cidades mdias como na aglomerao urbana da capital.

    Para cumprir o encaminhamento metodolgico esboado pelo autor, este livro foi organizado em quatro captulos. No Captulo 1, em que se abordam o espao e o territrio no contexto do processo de modernizao do Cear, so apresentadas reflexes sobre dois

    Territorio_e_economia_politica_MIOLO_15abr2013.indd 11 17/04/13 17:49

  • 12 EDILSON PEREIRA JNIOR

    conceitos importantes para os estudos geogrficos (espao e territ-rio) vistos pelo projeto de modernizao das elites cearenses. No Captulo 2, a indstria e a reestruturao produtiva so enfocadas para se compreender as demandas da acumulao capitalista. J no Captulo 3, o enfoque privilegia a transescalaridade na industriali-zao, focalizando as normas e seus rebatimentos no territrio. Por fim, no Captulo 4, o assunto , diretamente, a indstria caladista e suas sinergias territoriais.

    Para enfocar o tema e explicar a industrializao no Cear mes-mo que pelo recorte de um ramo especfico, o caladista , o autor utilizou ampla e adequada bibliografia, que serve como refern cia para qualquer estudioso avanar em trabalhos de pesquisa de di-ferentes ramos industriais. Isso significa, em outras palavras, que este texto serve de referncia para novas pesquisas que busquem compreender as dinmicas territoriais por meio da implantao de estabeleciment