Tome uma atitude - ?· vos, saber onde se quer chegar e analisar os caminhos que se precisa percorrer”.…

  • View
    212

  • Download
    0

Embed Size (px)

Transcript

  • Tome uma atitude para o seu bem-estar, filie-se ao Sindjus.

    Filiado Sindjus tem benefcios:

    Aopoltica Um trabalho de credibilidade junto aos poderes e sociedade

    Histria Uma histria reconhecida pela defesa intransigente de seus associados

    Parceirosocial Combatividade em sintonia com os interesses da categoria

    Atendimentojurdicogratuito Advogados solucionam causas pessoais dos associados

    Conquistas Uma atuao marcada por mobilizao e seriedade

    Cefis O clube de campo sinnimo de mais qualidade de vida

    Convnios Dezenas de parcerias com instituies de ensino e de entretenimento

    Comunicao Mdia impressa e eletrnica transparentes

    Cultura Valorizao do associado na vida profissional e pessoal

    w w w . s i n d j u s d f . o r g . b r

  • 4 5Revista do Sindjus Outubrode2007N43 Revista do Sindjus Outubrode2007N43

    Embora o governo relute, a presso do grupo de entidades sindicais tem se fortalecido e as ne-gociaes em torno do PLP 01, que congela o salrio dos servidores pblicos num perodo de dez anos, comea a mostrar resultados: o Ministrio do Planejamento e o prprio relator, Jos Pimentel (PT/CE), j falam em mudanas no texto.

    Mas esta no a nica luta do Sindjus nos ltimos meses. Outra batalha grande contra a emen-da n 2 do PL 319/07. O relator Rodrigo Maia (DEM/RJ), a pedido dos tribunais superiores, criou uma emenda possibilitando mudanas no ndice de no-concursados nos cargos em comisso.

    A briga por uma ascenso funcional justa e transparente e contra a PEC 02 um tema que no sai da pauta do sindicato que, em nome da moralidade e da valorizao do servidor, tem envidado esforos em vrias frentes.

    Mas isso no tudo. Ainda no ms de Setembro, o Sindjus ajuizou aes que beneficiaro todos os associados do sindicato. Tratam da isonomia de reajustes (que chegam a 27%) e da correo da VPNI dos quintos, para as carreiras e para cargos em comisso.

    O pacote de aes tambm pede reviso de vencimento de 14,23%; afastamento da cobrana do IR sobre atrasados; extenso de Gratificao de Atividade de Segurana (GAS) para os aposenta-dos e pensionistas; e a extenso de percentual de 3% aos servidores do Poder Judicirio e do MPU.

    Como se no bastasse, a idia do governo de criar um fundo de previdncia para servidores pbli-cos outro assunto que preocupa a categoria. Motivo pelo qual, durante reunio com delegados sin-dicais, reforamos o argumento de que, segundo a Constituio, a previdncia complementar para os servidores pblicos no precisa ser regulamentada.

    Por tudo isso, se voc achou que Setembro foi agitado, prepare-se: o Sindjus est elaborando um calendrio de mobilizaes para Outubro. Fique atento!

    RobertoPolicarpoCoordenador-geraldoSindjus

    A matria Qualidade Abaixo da Mdia, na ltima edio da revista, sobre o fato de que apenas 7% dos cursos autorizados pelo MEC recebem parecer favorvel da OAB demonstra a crua e difcil realidade que somos obrigados a enfrentar com a banalizao das faculdades. JosCavalcante

    Muito tem se falado sobre trem da alegria. Te-nho observado que o Sindjus completamente contrrio ao ingresso sem concurso pblico. Aprovo a coragem do Sindjus em lutar por quem se esforou, quem se dedicou, quem no tem nenhum padrinho poltico e penso que poderamos fazer uma campanha com botons e camisetas sou concursado para inibir essa prtica de transformar os tribunais em um cabide de empregos.MrciaAlencar

    Como possvel ter uma ascenso funcional sem que ela seja taxada de trem da alegria? O Sindjus fala em ascenso funcional demo-crtica, mas como privilegiar os servidores do Judicirio sem excluir futuros pretendentes ao judicirio?CristianoQuadros

    Tenho lido com freqncia nas matrias que o Sindjus tem combatido a regulamentao da previdncia complementar. S que a compo-sio do Congresso est plenamente desfavo-rvel aos servidores. Infelizmente, estamos na mo de bancadas que no representam os tra-balhadores. Deixo aqui o meu protesto com um legislativo que no representa a populao.AmricoLima

    Eu vou frequentemente ao clube campes-tre do sindicato, o Cefis, e apreciei muito as mudanas, inclusive a criao do restaurante. S queria dar como sugesto, quando tivessem shows, que eles fossem realizados em outro ambiente. timo almoar ouvindo msica sertaneja, por exemplo, mas se fosse realizado em outro local do clube mais pessoas poderiam aproveitar.RenataCesse

    A entrevista com o deputado Flvio Dino na edio passada me trouxe uma lucidez extra sobre certos assuntos, como a questo da reforma do estatuto da magistratura. De fato, a reforma do Judicirio precisa tambm aconte-cer de dentro para fora.IsaacAmaral

    Eu no tive oportunidade de participar da enquete sobre o que cada pessoa pode fazer para ajudar o mundo a ser um lugar melhor para se viver, que foi vinculada na edio passada da revista. Escrevo para dizer que o mundo poderia ser um lugar melhor se todos praticassem uma palavra mobilizao para alm dos discursos. AndrLima

    Fico contente em receber uma revista que fala da minha categoria. As matrias tratam de temas que nos aproximam do sindicato. Mas queria que ela fosse alm. O funcionrio pblico tem todo um preconceito a respeito de que trabalha pouco e ganha muito, a revista poderia dar espaos para matrias que colabo-rarem para desmistificar essa idia. VicenteLeito

    A revista do Sindjus um importante espao para divulgar as aes do sindicato. Mas gosta-ria que ela abrisse as portas para os servidores poderem participar. J tive a resenha de um livro publicada e gostaria que fosse criada uma seo para textos assinados pelos leitores.FernandoNetto

    Parabenizo a revista do Sindjus pela criao desta seo de cartas para expormos a nossa opinio sobre o que vem acontecendo em nossa luta diria. Que tenha a democracia e a transparncia do sindicato. Vida longa a esse espao.AlineSobral

    EXPE

    DIE

    NTE

    carTascarTa ao lEITor

    CoordenadoresgeraisAna Paula Barbosa Cusinato (MPDFT) Roberto Policarpo Fagundes (TRT) Wilson Batista de Arajo (TRE/DF) CoordenadoresdeAdministraoeFinanasBerilo Jos Leo Neto (STJ) Cledo de Oliveira Vieira (TRT) Jailton Mangueira de Assis (TJDF) CoordenadoresdeAssuntosJurdicoseTrabalhistasEliza de Sousa Santos vila (STF) Jos Oliveira Silva (TJDF) Newton Jos Cunha Brum (TST) CoordenadoresdeFormaoeRelaesSindicaisCarlos Alberto de Arajo Costa (TJDF) Eliane do Socorro Alves da Silva (TRF) Raimundo Nonato da Silva (STM) CoordenadoresdeComunicao,CulturaeLazerOrlando Noleto Costa (TSE) Sheila Tinoco Oliveira Fonseca (TJDF) Valdir Nunes Ferreira (MPF)

    RedatorresponsvelTT CataloReg. Prof. 685-DF

    AssistenteCynthia de Lacerda Borges

    TextosHylda CavalcantiDaniel CamposKiara RodriguesEunice Pinheiro

    FotosValcir RosaBruno Fernandes

    ProjetoGrfico

    3033-5255

    Tiragem10.000 exemplares

    SDSEd.VenncioVBI.RSalas108a114CEP70393-900BrasliaDFPABX(61)3224-9392www.sindjusdf.org.br

    Abatalhaporuma

    ascensofuncional

    justa,transparente

    econtraaPEC02

    umtemaquenosai

    dapautadelutado

    Sindjus.Nasltimas

    semanas,foram

    realizadasdiversas

    reuniesparaqueno

    secrieumtremda

    alegrianoJudicirio.

    Envieseuscomentriosousugestesdepautaparacartas@sindjusdf.org.br

    Setembroagitado,outubromaisainda

  • 6 7Revista do Sindjus Outubrode2007N43 Revista do Sindjus Outubrode2007N43

    Finanas

    Especialistas em Finanas e Administrao j de-ram, h muito tempo, o recado: dinheiro, apenas, no traz felicidade. Mas o equil-brio financeiro , realmente, o caminho para uma vida mais tranqila para todas as pessoas. Esse caminho, porm, ainda percorrido de forma tortuosa por muitos brasileiros, sobretu-do os servidores pblicos, cada vez mais apertados com defa-sagens salariais e emprstimos, cujas parcelas so consignadas em folha de pagamento.

    As pesquisas internas so alarmantes e chegam a mos-trar casos de instituies onde mais de 76% do total do qua-dro funcional se encontra, atualmente, endividado.

    Os percentuais apurados em tais entidades so omitidos nesta matria em respeito

    privacidade dos servidores. Mas essa tendncia decorrente das facilidades oferecidas pelos ban-cos - tm causado preocupao e despertado a todos para a necessidade de buscar orienta-o e ajuda. Os ensinamentos compreendem desde dicas so-bre como administrar as contas a explicaes sobre melhores opes para a resoluo de pen-dncias financeiras - mediante juros mais baixos e taxas menos exploratrias.

    O objetivo destas iniciativas, j observadas na Cmara dos Deputados e no Banco Cen-tral, comea a ser percebido de forma mais bem delineada, tambm, em diversos tribunais e rgos do Ministrio Pblico da Unio (MPU), como o caso do Tribunal Superior do Trabalho (TST), da Procuradoria Geral da Repblica (PGR), do Superior

    Tribunal de Justia (STJ) e do Tribunal Superior Eleitoral (TSE), entre vrios outros.

    Quando se fala em educa-o financeira, esse termo pas-sa a idia de que poupar parece coisa de rico, diante de uma classe mdia achatada e cada dia mais seduzida pelo consu-mismo, que prefere investir os ganhos imediatos em compras parceladas e quitar dvidas em emprstimos de longo prazo. Alguns destes financiamentos, acreditem, chegam a ser dividi-dos em at 102 vezes, deixando os credores comprometidos de tal forma que as dvidas termi-nam se tornando uma bola de neve, afirmou o economista e analista judicirio do TST, Joo Carmelino dos Santos, coordenador do projeto no tri-bunal onde trabalha (iniciado recentemente).

    Maiscuidadonahoradefazerooramentopessoal

    preciso,estabelecerobjetivos,saberaondesequerchegareanalisaroscaminhosqueseprecisapercorrer,poisumplanejamentofinanceiroeficientepodefazermaispelofuturodecadaumdoque30ou40anosdetrabalho.

    Aumento do nmero de servidores endividados preocupa

    Finanas

    RETIRADASSIGNIFICATIVAS

    Outro grand