Trabalho Interdisciplinar Individual - Sexto Período - Contabilidade UNOPAR

  • View
    7

  • Download
    0

Embed Size (px)

DESCRIPTION

Trabalho de Contabilidade

Transcript

  • Cidade/UF Ano

    NOME

    SISTEMA DE ENSINO PRESENCIAL CONECTADO CURSO DE GRADUAO EM CINCIAS CONTBEIS

    SUSTENTABILIDADE EMPRESARIAL

  • Cidade/UF Ano

    SUSTENTABILIDADE EMPRESARIAL

    Trabalho do Curso de Graduao em Cincias Contbeis apresentado Universidade Norte do Paran - UNOPAR, como requisito parcial para a obteno de mdia bimestral nas disciplinas de Contabilidade de reas Diversas; Contabilidade do Setor Pblico; Contabilidade Social e Ambiental; e Seminrio VI. Orientadores: Prof. Valdeci da Silva Arajo; Prof Regiane Alice Brignoli Moraes; Prof Vnia de Almeida Silva Machado; Prof. Regis Garcia e Prof. Valdeci da Silva Arajo respectivamente.

    NOME

  • SUMRIO

    1 INTRODUO .......................................................................................................3

    2 FUNDAMENTAO TERICA.............................................................................4

    2.1 CONCEITUAO ...................................................................................................4

    2.2 SUSTENTABILIDADE NO AGRONEGCIO ........................................................5

    2.3 SUSTENTABILIDADE NAS ENTIDADES SEM FINS LUCRATIVOS ..................6

    2.4 SUSTENTABILIDADE NOS ORGOS PBLICOS ..............................................7

    3 ENTREVISTA E ANLISE DAS INFORMAES COLETADAS.......................9

    3.1 ENTREVISTA .........................................................................................................9

    3.2 ANLISE DAS INFORMAES COLETADAS ....................................................9

    4 CONCLUSO .......................................................................................................11

    5 REFERNCIAS ....................................................................................................12

    ANEXOS ........................................................................................................................14

    ANEXO A ENTREVISTA SOBRE SUSTENTABILIDADE EMPRESARIAL.............15

  • 3

    1 INTRODUO

    A presente produo textual vem demostrar um dos temas de

    grande importncia da atualidade, que a sustentabilidade empresarial, mostrando

    sua definio, sua importncia para as empresas, e para a sociedade.

    O mesmo tambm faz referencia do tema voltado para alguns

    seguimentos empresariais, como: agronegcio, entidades sem fins lucrativos, e

    rgos pblicos.

    Veremos tambm o resultado de uma pesquisa de campo realizada

    na regio, nas cidades de Macei e Palmeira dos ndios, ambas no estado de

    Alagoas.

  • 4

    2 FUNDAMENTAO TERICA

    2.1 CONCEITUAO

    Sustentabilidade vem do termo sustentvel, que por sua vez, uma

    palavra derivada do latim sustentare, que significa sustentar, apoiar, conservar. O

    conceito de sustentabilidade est normalmente direcionado a uma mentalidade,

    atitude ou estratgia que ecologicamente correta, ou seja, vivel a nvel

    econmico, socialmente justo e com uma diversificao cultural.

    Silveira e Reis (2001) definiram que:

    A sustentabilidade ampliada apresenta dimenses complementares viso econmica e, apesar de referirem-se questo ecolgica, aplicam-se s organizaes humanas: tica, na medida em que o equilbrio desejado pressupe no apenas o estabelecimento de um padro de organizao da sociedade, mas o destino das geraes futuras; temporal, na medida em que estabelece o principio da precauo e demonstra a necessidade do planejamento de longo prazo; social, que considera que apenas uma sociedade com diversidade poltica e menos desigualdade social ser capaz de atingir o desenvolvimento sustentvel; prtica, considerando que necessrio romper com hbitos anteriores.

    um tema muito importante, visto que boa parte dos recursos

    econmicos no renovvel, ou seja, necessitamos cada vez mais da

    sustentabilidade.

    Existem trs aspectos que fazem a sustentao, da sustentabilidade

    empresarial diante da realidade das empresas, e so eles: social, financeiro e

    ambiental.

    Em relao sustentabilidade empresarial Garcia (2013, p. 41)

    destaca:

    A empresa no deve abdicar de obter lucro, de ser rentvel para ser consciente e sustentvel, ao contrario, ela necessita desses recursos de ordem econmica para incrementar seus investimentos em aes scio-ambientais, portanto, uma empresa sustentvel uma empresa que atenda satisfatoriamente todas as necessidades advindas de todas as perspectivas que sero apresentadas [...] Alm da prpria sociedade, tanto aquela formada pelos integrantes da organizao, como pela sociedade de modo geral, a prpria organizao enquanto negcio ganha com uma operao sustentvel, uma vez que a divulgao dessa viso sustentvel muito bem vista pelos consumidores de produtos, mercadorias e servios.

    Dentro desse contexto existe um artificio que as empresas usam

    para divulgarem as suas preocupaes com a sociedade e com o meio ambiente,

  • 5

    que vem a ser o marketing verde, visto que, para a sociedade de modo geral, as

    empresas que abordam de forma seria, a questo da sustentabilidade, passam uma

    imagem positivo, com isso facilita o alcance dos objetivos da mesma.

    Trevisan (2002, p. 10) destaca que:

    O marketing de causa relacionada ao a filantropia estratgica representa uma oportunidade de diferenciao em um ambiente extremamente competitivo. O produto passa a agregar valor para as pessoas que tambm consideram aquela causa relevante e, consequentemente, para os consumidores, isso porque estes podem ver esse produto como uma oportunidade para apoiarem causas sociais de maneira simples por meio do uso ou da compra daqueles produtos verde. Assim o marketing social tem a funo de colocar a marca na empresa e no nos produtos: define a companhia como uma organizao sria, um cidado corporativo, uma empresa com contedo, com integridade.

    A sustentabilidade empresarial, no uma realidade, que

    necessariamente esteja atrelada ao momento de criao da empresa, os que

    observamos na maioria das vezes, so em empresas que passaram a adotar

    medidas sustentveis.

    A respeito disso Garcia (2013, p. 55) destaca:

    Muitas vezes podemos estar diante de organizaes que no nasceram sustentveis, mas aprenderam com o tempo a pensar a agir assim, incorporando em seus valores os aspectos necessrios para que se tornassem empresa social e ambientalmente corretas.

    A prtica da sustentabilidade pode ser aplicada em diversas reas,

    como veremos alguns exemplos a seguir.

    2.2 SUSTENTABILIDADE NO AGRONEGCIO

    O agronegcio como as demais empresas tem grande importncia

    econmica, e assim como as outras questes da sustentabilidade tambm est

    inserida no agronegcio.

    Romeiro (2007) destaca que:

    Uma das questes chave para o agronegcio a problemtica da sustentabilidade. Isso acontece devido necessidade de minimizar os grandes impactos causados sobretudo, na agricultura, com eroso dos solos, poluio do solo, da gua e dos alimentos. Assim, as empresas tm incorporado aes sustentveis s estratgias, seja por presso da opinio pblica, seja por buscar pela vantagem competitiva.

  • 6

    No agronegcio a sustentabilidade esta diretamente ligada

    sobrevivncia das empresas da rea, visto que, precisam de competitividade para se

    manter no mercado.

    Farina (1999) relata que:

    Com essa expressiva importncia, torna-se necessrio os agentes inserirem-se nesse mercado, atendendo s demandas globais, visando manter sua competitividade. Do ponto de vista da concorrncia, competitividade pode ser definida como a capacidade de sobreviver e crescer em mercados correntes ou em novos mercados.

    Outro fator em que a sustentabilidade se enquadra ao agronegcio

    o ambiental, pois, muitas empresas do ramo utilizam-se de prticas que provocam

    danos ao meio ambiente, bem como utilizam insumos e defensivos agrcolas que

    tambm causam danos. Sendo assim Buainain (2006, p. 47) traz uma abordagem de

    sustentabilidade, que tem forte contedo ambiental e um apelo claro preservao

    e recuperao dos ecossistemas e dos recursos naturais.

    2.3 SUSTENTABILIDADE NAS ENTIDADES SEM FINS LUCRATIVOS

    A sustentabilidade nas entidades sem fins lucrativos tem uma

    complexidade mais apurada, visto que, est relacionada com uma srie de fatores,

    como: desenvolvimento de habilidades coletivas, estabelecer estratgias de

    desenvolvimento institucional, relacionamento com instituies internacionais, com o

    prprio governo. A obteno e a administrao dos recursos necessitam de uma

    sincronia entre a misso e os objetivos estratgicos, buscando com isso a

    subsistncia financeira.

    Moraes (2002) destaca que:

    preciso uma gesto eficaz, eficiente e efetiva e alto grau de transparncia, fundamental para a imagem e, consequentemente, para a sustentabilidade dessas organizaes, pois a captao e/ou gerao de recursos nessas instituies esto diretamente condicionadas credibilidade que possuem. A obteno de apoiadores s ocorre se houver, alm de crena do pblico externo na causa defendida pela organizao, confiana na sua competncia em atingir os objetivos propostos e um histrico positivo na execuo de projetos e na gesto dos recursos disponveis.

    Costa e Vergara (1997) complementam: O gestor financeiro precisa

    desenvolver formas de demonstrar esses aspectos da forma adequada, ou seja,

  • 7

    aumentar a accountability, validando as aes e polticas institucionais e legitimando

    sua atuao.

    As entidades sem fins lucrativos sobrevivem de doaes de

    terceiros, e para obter sucesso tem que h