Transmiss£o de Calor Defini§£o de Calor: Calor © energia t©rmica em tr¢nsito motivada por uma diferen§a de temperatura, sendo sempre transferida do meio

  • View
    126

  • Download
    10

Embed Size (px)

Text of Transmiss£o de Calor Defini§£o de Calor: Calor © energia t©rmica em...

  • Slide 1
  • Transmisso de Calor Definio de Calor: Calor energia trmica em trnsito motivada por uma diferena de temperatura, sendo sempre transferida do meio mais quente para o meio mais frio. Tipos de Transmisso: dada de trs maneiras por conduo, por conveco e por irradiao.
  • Slide 2
  • 1. Conduo trmica a propagao de calor em que a energia trmica passa de partcula para partcula, sem transporte de matria. Ocorre principalmente nos metais (condutores trmicos). So exemplos de isolantes trmicos: gua, gelo, ar, l, isopor, vidro, borracha, madeira, serragem, etc. Aplicaes de isolantes trmicos: Exemplo1: Os iglus, embora feitos de gelo, impedem a conduo de calor para o meio externo. Elevando, assim sua temperatura interna.
  • Slide 3
  • Exemplo2: As roupas de frio so um exemplo de isolante trmico; o ar que fica retido entre suas fibras dificulta a conduo de calor. Os pelos dos animais e a serragem tambm so bons isolantes trmicos porque retm ar. isolantes trmicos porque retm ar.
  • Slide 4
  • 2. Conveco trmica a propagao de calor com transporte de matria. Ocorre somente nos lquidos e gases. Exemplo1: gua no fogo. A gua quente na parte inferior, menos densa, sobe, enquanto a gua fria na parte superior, mais densa, desce. Esse movimento de gua quente e gua fria, chamado de corrente de conveco, faz com que a gua se aquea como um todo.
  • Slide 5
  • Exemplo2: Ar condicionado. Para facilitar o resfriamento de uma sala, o condicionador de ar deve ser colocado na parte superior da mesma. Assim, o ar frio lanado, mais denso, desde, enquanto o ar quente na parte inferior, menos denso, sobe (corrente de conveco). Exemplo3: Geladeira. Para facilitar o resfriamento da geladeira, o congelador deve ser colocado na parte superior da mesma. Assim, o ar frio prximo ao congelador, mais denso, desce, enquanto o ar quente na parte inferior, menos denso, sobe (corrente de conveco).
  • Slide 6
  • Exemplo5: Brisa litornea: De dia, o ar junto areia se aquece e, por ser menos denso, sobe e substitudo pelo ar frio que estava sobre a gua. Assim, forma-se a brisa que sobra do mar para a terra, a brisa martima. noite, o ar junto gua, agora mais aquecido, sobe e substitudo pelo ar frio que estava sobre a areia. Assim, forma-se a brisa que sopra da terra para o mar, a brisa terrestre.
  • Slide 7
  • 3. Irradiao trmica a propagao de calor atravs de ondas eletromagnticas, principalmente os raios infravermelhos (chamados de ondas de calor). Ocorre inclusive no vcuo.
  • Slide 8
  • Exemplo1: A estufa de plantas feita de vidro, que transparente energia radiante do Sol e opaco s ondas de calor emitidas pelos objetos dentro da estufa. Assim, o interior da estufa se mantm a uma temperatura maior do que o exterior.
  • Slide 9
  • Exemplo2: Na atmosfera terrestre tambm ocorre o efeito estufa. O gs carbnico (CO2) e os vapores de gua presentes no ar funcionam como o vidro: so transparentes energia radiante que vem do Sol, mas opacos s ondas de calor emitidas pela Terra. Em virtude do aumento considervel de veculos, indstrias e fontes poluidoras em geral, os nveis de gs carbnico e outros gases tm aumentado na atmosfera terrestre. Isso j provocou um aumento na temperatura mdia da Terra de 1C, e previses para um aumento de 1,8C a 4C para os prximos 50 anos.
  • Slide 10
  • GARRAFA TRMICA: A garrafa trmica tem por finalidade evitar as propagaes de calor. Ela constituda por uma ampola de vidro com faces espelhadas (as faces espelhadas evitam a irradiao). A ampola tem parede dupla de vidro com vcuo entre elas (o vcuo evita a conduo e a conveco). Externamente, uma camada de plstico protege a ampola.