Tribuna Bancária n° 363

  • View
    216

  • Download
    1

Embed Size (px)

DESCRIPTION

Informativo do Sindicato dos Bancários de Niterói e Região.

Text of Tribuna Bancária n° 363

  • BancriaSindicato dos Bancrios de Niteri e Regio www.bancariosnit.org.br

    Ano LIII N 363 16 de novembro de 2012

    FESTA DE NATAL DOS BANCRIOSTRIBUNA

    O evento acontece na sede campestre do Sindicato no dia 01 de dezembro a partir das 10 horas para bancrios sindicalizados e seus dependentes. Para entrar, basta le-var a carteirinha do Sindicato ou o ltimo contracheque, comprovando a mensalida-de. Papai Noel vai chegar de helicptero, distribuir presentes para os filhos dos ban-crios e posar para foto com todos que desejarem. Na Regio dos Lagos, a festa acontece no dia 24 de novembro no Espa-o T na rea em Cabo Frio.

    As crianas tero animao e podero tambm brincar em brinquedos como cas-telo inflvel, alm da cama elstica e tobo-g, e recebero picol, pipoca, refrigerante, cachorro-quente, minipizza, minicheese-burguer, italianinho. Para os pais, haver um churrasco, alm de msica com DJ.

    O endereo da Sede Avenida Campis-ta, n 10, Anaia, So Gonalo. Para che-gar, quem sai de Niteri deve seguir pela Alameda So Boaventura e pegar a RJ-104 at Tribob, dobrando direita na altura da Concessionria Fiat Dicasa, para entrar na Rodovia Amaral Peixoto (RJ-106, estrada para Regio dos Lagos). Logo depois, fa-zer o retorno aps o Motel Fair Play e en-trar na primeira rua direita, ao lado do posto Esso.

    Papai Noel vai chegar de helicp-tero e ainda muita diverso, churras-co e brinquedos

    jornal bancarios novembro.indd 1 14/11/2012 16:07:13

  • Sindicato dos Bancrios de Niteri e RegioTRIBUNABancria2

    Sindicato dos Bancrios de Niteri e Regies

    Sede: Rua Maestro Felcio Toledo, 495, sobreloja, Centro, Niteri, CEP 24.030-105 - Tel/fax: (21) 2717-2157Subsede: Avenida Jlia Kubitschek, 16, sala 215, Parque Riviera, Cabo Frio, CEP 28905-000 - Tel/fax: (22) 2643-4317e-mail: sindicato@bancariosnit.org.brJornalista Resp. e diagramao: Willian Chaves (MTb 12.704)Projeto grfico: Marcio Maturana (MTb 17625)Impresso: Grfica Porcincula (4 mil exemplares)

    TRIBUNABancriaS Eu DireitoES u Direito

    CLUSULA 46 DECLARAO DO LTIMO DIA TRABALHADO - DUT

    Ao empregado afastado do trabalho por mais de 15 (quinze) dias, que comprove haver requerido o benefcio diretamente ao INSS, fica assegurada a entrega, pelo banco, da Declarao do ltimo Dia Trabalhado (DUT).Pargrafo Primeiro: Para os fins previstos no caput desta clusula, o em-pregado deve comprovar, no prazo de at 7 (sete) dias teis anteriores percia mdica, haver requerido o benefcio ao INSS.Pargrafo Segundo: Atendida, pelo empregado, a condio prevista no par-grafo anterior, o banco entregar a DUT at 2 (dois) dias teis anteriores ao dia da percia mdica.

    Imposto Sindical: devoluo ser em dezembro

    Durante o ms de no-vembro diretores do Sin-dicato dos Bancrios de Niteri e regio percorre-ram as agncias bancrias informando a devoluo do imposto sindical. O recolhimento dos contra-cheques podem ser feitos at o dia 30 de novembro. Para requerer a devoluo os associados devero en-tregar cpias legveis dos contracheques de maro. Cada agncia tem um re-presentante responsvel pelo recolhimento. Na c-pia do contracheque, pre-ciso escrever a agncia e o nmero da conta corrente para crdito.

    Quem se sindicalizar at o ltimo dia de reco-lhimento do contracheque, 30/11, tambm ter direito a pedir a devoluo. O di-nheiro ser devolvido at o

    dia 26 de dezembro.O Seeb-Niteri vai de-

    volver 60% do valor des-contado. Este o oitavo ano consecutivo que o sin-dicado devolve a sua parte do imposto sindical que foi descontado em maro. Por que o Sindicato s devolve 60% do que foi descontado?

    O dinheiro que o gover-no tira de todos os traba-lhadores em maro no vai todo para o Sindicato:

    > 20% ficam com o pr-prio governo federal (Mi-nistrio do Trabalho);

    > 15% vo para a fede-rao regional da categoria (a Federao dos Banc-rios dos Estados do Rio e Esprito Santo);

    > 5% vo para a confe-derao nacional da cate-goria (no caso dos banc-rios, a Contraf-CUT).

    S Aldo mdioS Aldo mdio

    Planto dos Advogados- Plantes Trabalhistas em Niteri(por vez de chegada):

    2 feira das 15:00 as 18:00hs 3 feira das 16:00 as 19:00hs - Planto Cvel e Previdencirio em Niteri (por vez de che-gada):

    4 feira das 15:00 as 18:00hs - Planto Trabalhista sub-sede Cabo Frio:

    ltima quinta-feira do ms das 15:00 as 18:00hs

    Os bancrios concluram a Campanha Nacional de 2012 com um saldo positivo para o campo poltico da sade do tra-balhador. Nos 20 anos da Con-veno Coletiva a primeira vez que os trabalhadores empla-cam de uma s vez na rea da sade trs novas clusulas. Os termos tratam especialmente de problemas que o bancrio vem sofrendo em situaes de afas-tamento do trabalho por adoeci-mento ou acidente.

    Obrigatoriedade de protocoloUma das conquistas, asse-

    gurada na clusula 45, a re-gulamentao da entrega do atestado mdico ao banco pelo trabalhador mediante protocolo de entrega. Agora os bancrios tero em mos um protocolo do banco comprovando que o ates-tado foi entregue. Acaba com o problema de o atestado perder--se misteriosamente e o funcio-nrio ficar sem o benefcio junto ao INSS.

    De acordo com a clusula, o trabalhador poder se manifes-tar ao banco at o vigsimo dia do afastamento caso queira fazer por conta prpria a solicitao do benefcio ao INSS, lembran-do que at os 15 primeiros dias do afastamento a empresa deve

    manter o salrio normalmente.

    Data do ltimo Dia de Traba-lho

    A clusula 46 obriga o ban-co a expedir documento com a declarao do ltimo dia tra-balhado, em at dois dias teis antes da percia. Isso acaba com a prtica dos bancos de negar ou demorar para expedir o do-cumento. Sem a DUT (Data do ltimo Dia Trabalhado), o INSS no realiza percia mdica e no h benefcio. comum haver lapsos no registro de dias a se-rem pagos e quem fica com o prejuzo o bancrio.

    Adiantamento salarialA clusula 59 garante o

    adiantamento salarial para evi-tar que o trabalhador fique sem salrio at que saia o resultado da percia mdica. Os bancos se comprometem a fazer adian-tamento do salrio integral no perodo de 120 dias, tanto nas questes de primeiro afastamen-to quanto no pedido de reconsi-derao, at que saia o resultado da percia mdica, o que d certa tranquilidade ao trabalhador.

    Nos casos em que o bene-fcio for indeferido, est garan-tido que o bancrio devolver os salrios pagos pelo banco de maneira parcelada sem juros e cada parcela no dever ultra-passar 30% da renda lquida do trabalhador. A medida um avano, j que antes os bancos descontavam integralmente os valores adiantados no salrio do bancrio.

    Fonte: Contraf-CUT

    Trs novas clusulas sobre sade na conveno coletiva

    jornal bancarios novembro.indd 2 14/11/2012 16:07:13

  • TRIBUNABancriaSindicato dos Bancrios de Niteri e Regio 3

    Diretores do Sindicato dos Bancrios de Niteri e regio realizaram uma ma-nifestao nas portas das agncias do Ita contra a ampliao do horrio de atendimento no fim do ms de outubro. A medida ar-bitrria e tem o respaldo das entidades sindicais. Em Ni-teri, duas unidades esto funcionando at s 19 horas. So elas: Agncia Ita Bar-cas e Agncia 0059, todas as duas localizadas no corredor da Avenida Amaral Peixoto, no centro da cidade.

    Em reunio realizada entre o banco e os represen-tantes da categoria, em So Paulo, os bancrios reafir-

    maram a proposta j apresen-tada em outras discusses, que a abertura das agncias das 9h s 17h com dois turnos de trabalho sem prejuzo do salrio, conforme consta h muitos anos se discute na na minuta nacional de reivindi-caes para a Fenaban. Com isso, o objetivo a contrata-o de novos funcionrios e melhoria nas condies de trabalho e de atendimento aos clientes.

    A direo do Sindicato dos Bancrios de Niteri j havia se adiantado e declarado pu-blicamente que era contra a medida. Os dirigentes exigem o cumprimento da jornada de seis horas dirias de trabalho.

    Caso ultrapassem suas cargas horrias, eventualmente, que o banco respeite as regras da hora extra na CLT.

    Muitos destes funcion-rios foram pegos de surpresa e tero que se adaptar for-a ao projeto do banco. um desrespeito famlia do ban-crio. no permitir que os trabalhadores se qualifiquem e estudem. Quem faz facul-dade a noite ter que trancar matrcula. O Ita d demons-traes claras que quer explo-rar seus funcionrios, prova disso foram as mais de 13 mil demisses nos ltimos 15 meses. Faremos manifes-taes e impediremos que os bancrios sejam explorados,

    concordaram os diretores do Seeb-Niteri, Heber Mathias e Jorge Antnio Porkinho.

    O banco reafirmou que os funcionrios que no quiserem continuar lotados em agncias envolvidas no projeto sero realocados, sem nenhum tipo de repre-slia por parte dos gestores. Segundo o Ita, o chamado projeto corredor ir abran-ger cerca de 400 agncias, que atendero em dois hor-rios diferentes: uma metade das 9h s 16h e a outra das 12h s 19h. Alm delas, 68 agncias localizadas em sho-pping centers tambm passa-ram a abrir as portas das 12h s 20h. O Sindicato promete acompanhar as movimenta-es das agncias que im-plantaram os programas em Niteri.

    Defendemos um projeto antigo para estender o hor-rio de 9h s 17h, com dois turnos de trabalho e mais contrataes de bancrios, para atender melhor a po-pulao. Essa proposta est com a Fenaban h anos. J propomos a discusso e o banco se nega a faz-la por covardia. Este projeto atual uma deciso unilateral sem uma consulta aprofundada ao movimento sindical, argu-menta Marize Motta, direto-ra do Seeb-Niteri.

    Demisso cancelada no Santander

    Diretores do Seeb-Niteri realizam ato contra ampliao do horrio de atendimento do Ita

    Em menos de uma semana o Sindica-to dos Bancrios de Niteri cancelou uma demisso no Santander. O bancrio Ricar-do Teixeira, conhecido pelos colegas como Ricardinho, foi demitido no dia 24 de ou-tubro sem alegaes plausveis. Ele procu-rou o Sindicato