UNIVERSIDADE DE LISBOA INSTITUTO DE CINCIAS SOCIAIS .Tese especialmente elaborada para obten§£o

  • View
    212

  • Download
    0

Embed Size (px)

Text of UNIVERSIDADE DE LISBOA INSTITUTO DE CINCIAS SOCIAIS .Tese especialmente elaborada para...

  • UNIVERSIDADE DE LISBOA

    INSTITUTO DE CINCIAS SOCIAIS

    Societal Transformation and Climate Change Adaptation: PAR experiences in Portugal

    Ins Almeida Dias Sobral de Campos

    Orientadores: Professora Doutora Mnica Truninger de Albuquerque de Medeiros Sousa

    Professor Doutor Gil Pessanha Penha-Lopes

    Tese especialmente elaborada para obteno do grau de Doutor em Alteraes

    Climticas e Polticas de Desenvolvimento Sustentvel, especialidade Sociologia

    2016

  • UNIVERSIDADE DE LISBOA

    INSTITUTO DE CINCIAS SOCIAIS

    Societal Transformation and Climate Change Adaptation: PAR experiences in Portugal

    Ins Almeida Dias Sobral de Campos

    Orientadores: Doutora Mnica Truninger de Albuquerque de Medeiros Sousa

    Doutor Gil Pessanha Penha Lopes

    Tese especialmente elaborada para obteno do grau de Doutor em Alteraes

    Climticas e Polticas de Desenvolvimento Sustentvel, especialidade Sociologia

    Jri:

    Presidente: Professora Doutora Karin Elisabeth Wall Gago

    Vogais:

    - Karen O'Brien, Professor Faculty of Social Sciences of the University of Oslo,

    Noruega;

    - Doutor Joo Manuel Alveirinho Dias, Professor Associado Aposentado Faculdade de

    Cincias e Tecnologia da Universidade do Algarve;

    - Doutora Maria Paula Baptista da Costa Antunes, Professora Catedrtica Faculdade de

    Cincias e Tecnologia da Universidade Nova de Lisboa;

    - Doutor Gil Pessanha Penha-Lopes, Professor Auxiliar Convidado Faculdade de

    Cincias da Universidade de Lisboa, orientador;

    - Doutor Joo Manuel Machado Ferro, Investigador Coordenador Instituto de Cincias

    Sociais da Universidade de Lisboa;

    - Doutora Mnica Truninger de Albuquerque de Medeiros Sousa, Investigadora

    Principal Instituto de Cincias Sociais da Universidade de Lisboa, orientadora

    Instituies financiadoras: Fundao da Faculdade de Cincias da Universidade de

    Lisboa, bolsa de investigao no mbito do projecto Bottom-up Climate Adaptation

    Strategies towards a Sustainable Europe (FP7. Grant agreement No.308337).

    2016

  • Societal Transformation and CC Adaptation: PAR Experiences in Portugal | Ins campos

    i

    RESUMO

    A tese desenvolve-se atravs de quatro estudos de caso de adaptao s alteraes

    climticas e de transio das sociedades contemporneas para percursos de

    desenvolvimento mais sustentveis. A pesquisa assenta no princpio de que a adaptao

    das sociedades aos impactos das alteraes climticas deve contemplar tanto as geraes

    de hoje como as geraes futuras. uma tese guiada por um conceito de adaptao s

    alteraes climticas que considera a possibilidade de uma transio sustentvel para

    sistemas sociotcnicos e ecolgicos transformados. igualmente uma investigao

    assente em experincias transdisciplinares, isto , envolvendo diversos sistemas de

    conhecimento, incluindo os contributos de comunidades locais e grupos de interesse. Por

    fim, a investigao foi desenvolvida no contexto de uma abordagem de investigao-ao

    participativa. Consequentemente, todo o trabalho desenvolvido no mbito desta tese est

    assente em dois pilares: um pensamento sobre transies sistmicas para a

    sustentabilidade, ancorado numa viso complexa e no-linear da coevoluo dos sistemas

    sociais, tcnicos e ecolgicos; e um pensamento ancorado na investigao-ao

    participativa (Participatory Action-Research PAR).

    A tese considera que as abordagens participativas podem ser instrumentais para

    apoiar a ao coletiva, simplificando processos complexos de tomada de deciso,

    promovendo a implementao de medidas de adaptao, e facilitando vises comuns para

    caminhos de desenvolvimento mais sustentveis. entendido tambm que, ao envolver

    um nmero alargado de investigadores de diversas disciplinas cientficas, a investigao-

    ao mais suscetvel de integrar sistemas de conhecimento e informao produzidos no

    mbito de diferentes campos de investigao e disciplinas cientficas, conferindo, deste

    modo, a possibilidade de experimentar e testar diversas abordagens no estudo de

    transies e transformaes. Estas consideraes levaram a colocar cinco perguntas de

    investigao que convergem em uma hiptese principal.

    A hiptese foi desenhada com base em trs aspetos importantes que

    acompanharam o percurso de investigao. Primeiro, a hiptese considera a possibilidade

    de um processo de adaptao (s alteraes climticas) de carcter transformador.

    Segundo, resulta da investigao colaborativa desenvolvida no contexto de um grupo

    multidisciplinar, com o qual tenho trabalhado no mbito do projeto Europeu Bottom-up

  • Societal Transformation and CC Adaptation: PAR Experiences in Portugal | Ins campos

    ii

    Climate Adaptation Strategies towards a Sustainable Europe [BASE]. Por fim, a

    investigao foi informada por diferentes interpretaes e abordagens ao estudo das

    transies e da transformao social.

    A tese est estruturada em seis captulos e as suas discusses e concluses

    centram-se em quarto artigos de investigao, dois dos quais publicados e outros dois

    submetidos a publicaes internacionais de arbitragem cientfica. O Captulo I oferece

    uma introduo geral, bem como uma descrio do meu percurso de transio pessoal,

    uma sntese do contexto cientfico da investigao desenvolvida e uma smula dos

    objetivos deste estudo.

    O Captulo II apresenta os resultados de uma reviso de literatura sobre transies

    sustentveis e transformao social. A literatura revista salientou diferentes perspetivas

    sistmicas, desenvolvidas ao longo das duas ltimas dcadas, incluindo: o estudo de

    Transies Sustentveis, a abordagem da Resilincia de Sistemas Sociais-Ecolgicos, e a

    Teoria das Prticas Sociais. Os trs corpos tericos oferecem o enquadramento analtico

    para os quatro artigos. No entanto, a funo desta viagem terica prende-se igualmente

    com as perguntas de investigao da tese.

    O Captulo III descreve a trajetria metodolgica e o quadro analtico, que integra

    as diferentes componentes da investigao desenvolvida. As questes de investigao so

    expostas neste captulo. A primeira pergunta (pergunta A) de carcter terico e consiste

    em perceber se os trs campos de investigao podem ser complementares e conferir

    abordagens metodolgicas integradas, teis no contexto da governana de processos de

    adaptao s alteraes climticas. As duas seguintes questes (B-C) pretendem perceber

    como as ideias de transio e transformao no contexto das alteraes climticas se

    traduzem numa ao coletiva. Por fim, as duas perguntas finais (D-E) visam compreender

    como possvel influenciar uma ao coletiva para a adaptao s alteraes climticas

    que integre caminhos de desenvolvimento mais sustentveis. Estas questes levam a

    identificar trs objetivos de investigao e conduzem a uma hiptese principal: atravs

    do envolvimento reflexivo de diversos atores sociais, a vrios nveis e escalas de

    governana, a investigao-ao participativa, no contexto da adaptao s alteraes

    climticas, promove resultados que podem influenciar caminhos de desenvolvimento

    mais sustentveis. O captulo metodolgico explica igualmente o contexto do trabalho

    colaborativo e multidisciplinar que caracterizou a investigao-ao desenvolvida.

    Os resultados da investigao dos casos de estudo so descritos e discutidos

    criticamente nos quatro artigos que compem o Captulo IV. A tese resulta de

  • Societal Transformation and CC Adaptation: PAR Experiences in Portugal | Ins campos

    iii

    experincias empricas distintas, mas tambm do processo que acompanhou o

    desenvolvimento da investigao-ao participativa multidisciplinar. Este processo

    reflexivo est integrado no percurso metodolgico. Tendo em considerao os distintos

    estudos de caso, os resultados so tanto a soma total dos resultados especficos de cada

    estudo, como tambm das interpretaes e anlises desenvolvidas nos artigos. Deste

    modo, os contextos cientficos, as abordagens metodolgicas e os resultados de cada

    estudo so apresentados sob a forma de artigos de investigao, que constituem, no seu

    conjunto, o mago desta tese (Captulo IV). Contudo, a anlise integrada dos quatro

    artigos resulta igualmente nas respostas s cinco perguntas de investigao e hiptese

    principal da tese.

    Todos os artigos foram submetidos a publicaes de arbitragem cientfica. Os

    artigos 1 e 3 foram publicados em Dezembro de 2015 e Janeiro de 2016, respetivamente.

    Os artigos 2 e 4 encontram-se ainda no processo de reviso.

    O Artigo 1 foca a investigao-ao caracterizando esta abordagem e as suas

    aplicaes no estudo e acompanhamento de processos de adaptao s alteraes

    climticas, bem como as ligaes existentes - e por desenvolver -, com o estudo de

    transies sustentveis. O Artigo 2 pretende perceber como o conceito de adaptao

    transformadora se traduz nas polticas e processos de adaptao s alteraes climticas

    em Portugal, investigando o papel da participao em processos de desenho de polticas,

    com base em entrevistas realizadas a atores polticos, tcnicos de planeamento e

    ordenamento do territrio, bem como a tcnicos e especialistas envolvidos no desenho de

    estratgias e planos de adaptao. Os artigos 3 e 4 relatam dois estudos de caso,

    desenvolvidos num contexto de investigao-ao participativa, em nveis e escalas

    distintas de governana. O Artigo 3 relata a anlise retrospetiva de um estudo de caso no

    Alentejo. O projeto de