Valmor Cristiano Licheski RESiDUOS DE ANABOLIZANTES: .Monografia apresenlada como requisito parcial

  • View
    223

  • Download
    0

Embed Size (px)

Text of Valmor Cristiano Licheski RESiDUOS DE ANABOLIZANTES: .Monografia apresenlada como requisito parcial

  • Valmor Cristiano Licheski

    RESiDUOS DE ANABOLIZANTES:UMA DISCUSSAO NA PRODU9AO ANIMAL

    Monografia apresenlada como requisito parcialpara obtentyao do titulo de Especialisla, no Cursode Especializatyao em Vigilimcia Sanitaria emAlimentos, Faculdade de Ciencias Biol6gicas e daSaude, Universidade Tuiuti do Parana.

    Orientador: Prof. Ms. Jose Mauricio Frao

  • Aos meus pais, Valmar e Maria, pelo amor e exemplo de

    integridade moral transmitido com afinco e perseveranqa,

    DEDICO

  • AGRADECIMENTOS

    Agrade90 primeiramente a Universidade Tuiuti do Parana, par

    possibilitar a concretizay80 do curso, fornecendo espacro e

    conhecimento de tecnicas de vital importancia para minha formaC;8o

    profissiona1.

    Pel as discuss6es e criticas construtivas, de Homero Rogerio A.

    Vieira, professor e coordenador do Curso de P6s-Graduag8o, e de Jose

    Mauricio Francra, professor do Curso de Medicina Veterinaria e

    Coordenador do Curso de P6s-Graduary8o em Vigilancia Sanitaria em

    Alimentos da Universidade Tuiuti do Parana.

    E, finalmente, agradego pel a fOfya transmitida par Deus.

    iii

  • Os primeiros passos sao inuteis quando nao se percorre 0

    caminho ate 0 rim.

    Shank-ara

    iv

  • SUMARIO

    LISTA DE QUADROS ................................................................. vi

    LlSTA DE FIGURAS .................................................................... viii

    RESUMO ..................................................................................... ix

    ABSTRACT ............................................................................... x

    1 INTRODUCiio ......................................................................... 1

    2 REVISiio BIBLIOGRAFICA 2

    2.1 RESIDUOS DE ANABOLIZANTES.... 2

    2.2.1 TIPOS DE CONTAMINACiiO DOS ALiMENTOS

    2.2.1.1 QUIMICO ..

    2.2.1.2 MICROBIOLOGICO ....

    3

    3

    2.3 PERIGOS E RESIDUOS DE ANABOLIZANTES . 4

    2.4 TIPOS DE ANABOLIZANTES.. 4

    2.4.1 HORMONIOS NATURAlS.. . 5

    2.4.2 XENOBIOTICOS............. 6

    2.4.3 SEMI-SINTETICOS.. 6

    2.5 ESPECIES EM QUE sAo UTILIZADOS OS ANABOLIZANTES.. 8

    2.5.1 BOVINOS.. 8

    2.5.1.1 BEZERROS .

    2.5.2 PEIXES ..

    2.5.3 sui NOS EAVES

    ....................... ~..

    8

    9

    .. 10

    .. 10

    2.5.1.2 MACHOS INTEIROS

    2.5.1.3 FEMEAS............... .

    2.6 MODO DE ACAO . .. I

    .......... 11

    11

    2.7 FORMAS DE usa 13

    13

    . 15

    2.8 RESIDUOS DE AGENTES ANABOLIZANTES .

    2.9 LEGISLACAO.

    2.10 SITUACAO DO BRASIL CONFORME A LEI.. 16

    2.11 METODOS DETECcAo DE RESiDUOS DE ANABOLIZANTES 21

    2.11.1 METODOS IMUNOENZIMATICOS 22

    2.11.11 TECNICA LABORATORIAL ..,. ..... 23

  • 2.11.1.2 PROCEDIMENTO POR RADIOIMUNOENSAIO .... 242.11.1.3 CONFIRMA

  • LlSTA DE TABELAS

    TABELA 1 - ANABOLIZANTES UTILIZADOS EM BOVINOS DECORTE.... 7

    TABELA 2 - EFEITO DA CASTRA!;AO NA PERFORMANCE DOSBOVINOS.. 9

    TABELA 3 - EFEITO DE ANABOLIZANTES NA PERFORMANCEEM BOVINOS CASTRADOS ....

    TABELA 4 - EFEITO DO ZERANOL OU ACETATO DETREMBOLONE SOBRE 0 GANHO DE PESO EMNOVILHAS... . 10

    vii

  • LlSTA DE FIGURAS

    FIGURA 1 - PROCEDIMENTO BAslCO PARA EXTRA

  • RESUMO

    Este trabalho tern intuito de alertar sobre 0 problema do uso deanabolizantes de forma ilegal no Brasil. Quais residuos destes podemestar na mesa do pavo brasileiro. Com 0 desenvolvimento da industriae 0 consequente surgimento de novas sUbstancias promotoras docrescimento animal, 0 setor agropecuario necessita de tecnologiascada vez mais eficientes e sensiveis para detectar possiveis residuosdeixados par este vasto numera de substancias anabolizantes,principalmente ester6ides com diversas atividades. Portanto, existemvarios metod as de detecyao para a identific8c;ao do anabolizanteutilizado. Como as metodos cromat6graficos 9 os irnunol6gicos. Mas afiscaliz8c;ao e baixa, devido a falta de laborat6rio credenciado etambem pelo fato que os kits de imunoensaios sao carissimos.

    Palavras-chave: hormonios, metodos de detecc;:ao, imunoensaios,formas de uso.

    ix

  • ABSTRACT

    This work has intention to alert on the problem of the use ofanabolics of illegal form in Brazil. Which residues of these can be in thetable of the Brazilian people. With the development of the industry andthe consequent promotional substance sprouting new of the animalgrowth, the farming sector needs more efficient and sensibletechnologies each time to detect possible residues left for this vastanabolics substance number, mainly steroids with diverse activities.Therefore, some methods of detention for the identification of the usedanabolic exist. As the chromatografic methods and the immunological.But the fiscalization is low, due to lack of credential laboratory and alsofor the fact that kits of immunoassay is we expensive.

    Keywords: hormones, methods of detention, immunoassays, forms of use.

  • 1 INTRODUC;ii.O

    Para a sustentabilidade e redugao de custo. Muitos pecuaristas

    com a inten9aO de aumentar a producyao, utilizam de diversas formas

    para conseguir esta rentabilidade.

    Os itens basicos para 0 aumento de produtividade estao

    relacionados com a melharia de pastagens, confinamento, manejo,

    genetica, etc. Mas como estes produtores tern 0 interesse que sua

    lucratividade aumente, ele utiliza de artificios como anabolizantes para

    urn retorno mais rapido.

    Pois este anabolizantes tern a capacidade de aumentar a

    retenc;ao de nutrientes fornecidos na alimentac;ao. Sendo considerado

    urn anabolizantes, qualquer substancia de natureza hormonal ou nao,

    favorecendo a transformayao de nutrientes via alimento em tecidos no

    corpo animal.

    Muitos dos riscos causados pelos anabolizantes, sao devido ao

    usa indiscriminado, 0 que se refere as dosagens, forma de utiliza9aO e

    prazo de carencia nao respeitada.

    Assim este tipo de tecnologia esta proibido no Brasil, par resultar

    acumulos de residuos em determinados orgao dcs animais com

    consequencia risco a saude do consumidor.

  • 2 REVISAO BIBLIOGRAFICA

    2.1 RESiDUOS DE ANABOLIZANTES

    Teda a sUbstancia de natureza hormonal au nao, susceptivel de

    melhorar 0 equilibrio azotado do organismo animal pel a aumento da

    biosintese proteica havendo (CASTILHO, 2003):

    Aumento do ganho medic do peso diario;

    Melhoria da eficiencia da conversao da r89ao;

    Aumento da massa muscular;

    Reduc;ao da gordura;

    Melhoria da qualidade da carcac;a;

    Produzir mais carne num periodo de tempo mais curto;

    Reduzir a durac;c3o da alimentaC;80 e a quantidade global de

    alimentos ingeridas pete animal;

    Reduzir a pre

  • 2.2 TIPOS DE CONTAMINA

  • 4

    2.3 PERIGOS DOS RESiDUOS DE ANABOLIZANTES

    a) Anabolizantes Naturais: Rapidamente metabolizados e quase

    inativos. Os residuos na carne dos animais tratados podem se

    considerados da mesma ordem de grandeza dos encontrados nos

    animais de contrale.

    b) Anabolizantes Artificiais: Serao mais ativas quanta menor for sua

    degradayao (DES e outros estilbenos).

    c) Efeitos Hormonais secundfHios: S6 sao de considerar quando a

    molecula nao sofreu metabolizac;ao ou foi pouco metabolizada,

    ex-estilbenos.

    d) Efeitos Cancerigenos: Nao sao genot6xicos. Sao moh~culas

    epigenicas, substancias que facilitam 0 desenvolvimento de urn

    tumor ja induzido e subjacente. Existe urn limiar abaixo do qual

    nao existe risco de cancro (CASTILHO, 2003).

    2.4 TIPOS DE ANABOLIZANTES

    Os harmonics classificam-se, quanta a estrutura quimica, em doisgrupos: proteinas e ester6ides. As proteinas possuem como unidade

    estrutural as aminoacidos e sao secretados pelas glfmdulas hipofise,

    tire6ide, paratireoide e pancreas; enquanto que as ester6ides,

    caracterizados p~r apresentarem 0 ciclopentanoperiodrofenantreno na

    sua estrutura quimica, sao secretados pelas gonadas e cortex da

    adrenal. Muitos hormonios do processo de crescimento e

    desenvolvimento dos animais, como a hormonio do crescimento (GH) e

    a somatotropina; entretanto, a ayao desses hormonios fica prejudicada

    pel a ausencia de outros, como os hormonios tireoideanos e gonadais

    (BRESSAN,2001).

  • Os anabolizantes podem ser divididos em tres grupos (BRESSAN,

    2001):

    2.4.1 Harmonios Naturais (Grupo 1)

    Sao substancias fabricadas em larga escala pel os laboratorios e

    funcionam como os harmonics existentes naturalmente em organismosanimais. Deixam peueD residuos na carne, pois se mostram alta mente

    metabolizilveis pelo figado, sendo logo excretado pela urina ou pel as

    fezes; alem disso, nao tern efeito oral (BRESSAN, 2001). Sao eles:

    a). Estradiol - Semelhante ao harmonia de mesma nome -

    apresenta atividade estrogenica. 0 produto, vendido na

    forma de bast5es de 2 em de comprimento, e permitido nosEUA e parte da Europa (ate 1988). Seu nome mais comum e

    Compudose, sendo que no Brasil esta proibido 0 USO.

    b) Testosterona - [gual ao hom6nimo de mesma nome - e urnandr6geno (masculinizante) e par issa e usado em ferneas.Seu nome mais comum: Sinovex H (estradiol +

    testosterona). Tambem esta proibido no Brasil.

    c) Progesterona - Igual ao harmonio de mesmo nome, que

    apresenta atividade estrogenica, e usado em machoscastrados, misturados ao estradiol. Muito comum 0 usc, mas

    sua utiliza980 esta proibida no Brasil. Nome mais co mum:

    Sinovex (estradiol + pragesterona).

  • 6

    2.4.2 Xenobioticos (Grupo 2)

    Sao