VISAO TRABALHISTA - .Piscina fechada neste per­odo de baixa tempo-rada. Churrasqueiras e quadras
VISAO TRABALHISTA - .Piscina fechada neste per­odo de baixa tempo-rada. Churrasqueiras e quadras
VISAO TRABALHISTA - .Piscina fechada neste per­odo de baixa tempo-rada. Churrasqueiras e quadras
VISAO TRABALHISTA - .Piscina fechada neste per­odo de baixa tempo-rada. Churrasqueiras e quadras

VISAO TRABALHISTA - .Piscina fechada neste per­odo de baixa tempo-rada. Churrasqueiras e quadras

  • View
    215

  • Download
    0

Embed Size (px)

Text of VISAO TRABALHISTA - .Piscina fechada neste per­odo de baixa tempo-rada. Churrasqueiras e quadras

  • OSASCO, 22 A 26 DE MAIO DE 2018 EDIO 16 WWW.SINDMETAL.ORG.BR

    VISAO TRABALHISTA9-6078-0209 SINDMETAL @SINDMETALOSASCO

    Clemente analisa parceria do MTE e MPT pela incluso P.2

    Aposentadoria deve ser pedida pela Internet P.2

    Estabilidade para vtimas de doenas ocupacionais alvo dos patres

    No foi a empresa, mas a polcia quem forneceu os dados do trabalhador que morreu num acidente na Mercrio, em Jandira. Ele caiu do telhado da empre-sa, onde fazia manuten-o, em 26 de abril, desde ento o Sindicato busca por informaes, inclusive o nome do trabalhador.

    O Sindicato continua a presso sobre a Merc-rio para que fornea as informaes necessrias a investigao e tambm para que adote medidas de preveno, incluindo a valorizao do trabalho da Cipa. P.3

    Luta por PLR na Cinpal

    Avanos na pauta da Askoll

    Os trabalhadores da Cinpal, de Taboo da Serra, tm reunio na subsede do Sindicato para definir os encaminhamentos da luta pela PLR, j que a empresa resiste em formar a comisso. P.3

    Com o Sindicato, os trabalhadores da Askoll conseguiram progresso em sua pauta de reivindicaes, que inclui melhorias nas refeies. Confira outros resultados do trabalho da Sindicato na regio. P.3

    ASindicato conquista avanos em reivindicaes na Askoll

    Reforma trabalhista vale para todos P.4

    Assunto uma das pautas do 39 Ciclo de Debates, que acontece em 7 de junho, na sede P.4

    Sindicato descobre nome de trabalhador morto na Mercrio

    FIM DO MISTRIO

    ADICIONE O NOSSO

    NMERO

    Diretor Marcelo convida trabalhadores da Spaal para o 39 Ciclo de Debates

    WIL

    SO

    N C

    OS

    TA

  • OSASCO, 22 A 26 DE MAIO DE 2018 ED. 16

    H 29 anos, operrias da Wap

    que trabalhavam sem registro

    consegue seus direitos com ajuda

    do Sindicato.

    MISSO Organizar e defender os trabalhadores respeitando os direitos de cidadania e a diversidade como os princpios para a construo de uma sociedade justa.

    EXPEDIENTE

    2006 2010

    2006 2010

    DVIDAS contato@sindmetal.org.brAcesse o site: www.sindmetal.org.brFacebook: sindmetalTwitter: @sindmetalosasco

    SEDE Rua Erasmo Braga, 3103 e 5f, das 8h s 12h, 13h s 18h2, 4 e 6f, das 8h30 s 12h, 13h s 18hPresidente Altino CEP 06213-008Telefone: (11) 3651-7200

    PRESIDENTE Jorge NazarenoEDITORA Cristiane Alves MTB 45.757ASSIST. DE REDAO Auris Sousa MTB 63.710 DIAGRAMAO Nova Onda ComunicaoSUBSEDE COTIA Av. Prof. Joaquim Barreto, 316Centro Telefone: (11) 4703-6117

    SUBSEDE TABOO DA SERRA Rua Ribeiro Preto, 397Vila Iasi Telefone: (11) 4137-5151

    HORRIO DE FUNCIONAMENTODEPTO. JURDICO (SEDE)De 2f 6f, das 8h s 12h/ 13h s 17h METALCLUBEDe 2f 6f, das 6h s 22h Sb., dom. e feriados, das 8h s 17hfacebook/metalclube.sindmetalTelefone: (11) 3686-7401COLNIA Todos os dias, das 7h s 23hMETALCAMPPiscina fechada neste perodo de baixa tempo-rada. Churrasqueiras e quadras disponveis por reserva, pelo (11) 3686-7401IMPRESSO Atlntica Grfica e EditoraTIRAGEM 17 mil exemplares

    2 VTopinioDe 2014 a 2016, 16% dos mortos por policiais no estado de So Paulo tinham menos de 17 anos, o dobro daqueles que so alvo de homicdio geral (8%). Alm disso, 67% das vtimas fatais de aes policiais eram pretos ou pardos, contra 46% do total de assassinatos no estado, de acordo com a Folha de S.Paulo.

    POLCIA MATA MAIS NEGROS E JOVENS

    CURTAS

    Projeto de lei apresentado pela bancada ruralista e que tem parecer assina-do pelo deputado Luiz Nishimori (PR-PR) derru-ba restries aprovao e uso dos agrotxicos no Brasil, incluindo os mais perigosos, causadores de anomalias no tero e mal-formao no feto, cance-rgenos e mutagnicos. Se aprovado o projeto, essas substncias podero ser liberadas pelo Ministrio da Agricultura mesmo se rgos reguladores, como Ibama e Agncia Nacional de Vigilncia Sanitria, no tiverem concludo suas anlises.

    Veneno na comida

    O governo Temer usou verbas do Ministrio da Sade para pagar propa-ganda sobre os dois anos de seu governo, revelou o colunista Lauro Jardim do jornal O Globo. Foram usados R$ 22 milhes, que originalmente deveriam ser destinados a vacina-o, combate febre ama-rela e doao de rgos. A divulgao do jornal glo-bal s no classifica esse desvio de recursos como pedalada. No ser essa manobra alvo de questio-namentos na Justia e no Congresso, tal como fize-ram com Dilma Rousseff?

    Propaganda com verba da Sade

    LUCAS ECHIMENCO

    O Ministrio do Trabalho di-vulgou nota em que esclarece que a reforma trabalhista vale para todos os trabalhadores, no im-porta se foi contratado antes ou depois da nova lei. Isso significa que as medidas ali previstas, que precarizam direitos, vale para todo mundo. Todo mundo me-nos os metalrgicos de Osasco e regio e do Estado de So Paulo. Isso porque em 2017 conseguimos renovar as clusulas da nossa Conveno Coletiva e incluir pro-tees em relao a reforma tra-balhista, por exemplo, proibindo que haja terceirizados na ativida-de fim da empresa.

    Porm, o acordo fechado em 2017 tem prazo de validade, exa-tamente um ano. Portanto, no podemos achar que a guerra est ganha, porque no est. Temos diante de ns uma Campanha

    Salarial extremamente difcil, o que fica ainda mais claro pela presso patronal sobre direitos como a estabilidade para vtimas de doenas ocupacionais (leia na p.4). Essa ser uma Campanha Salarial marcada pela defesa da nossa Conveno Coletiva, que agora vale mais que a lei, ofere-cendo mais garantias. Lembran-do tambm que outro prejuzo da reforma trabalhista foi acabar com a chamada ultratividade das Convenes Coletivas, ou seja, o acordo perde a validade em 1 de novembro e s volta a valer se houver renovao. Antes, perma-necia valendo, enquanto duras-sem as negociaes.

    Vamos chamar em breve os companheiros e as companheiras para os seminrios para definir as estratgias de luta. Ao mesmo tempo, o movimento Brasil Me-

    talrgico tambm se articula em defesa das convenes coletivas e do contrato coletivo nacional. A fora da unidade entre os tra-balhadores e destes com os seus sindicatos a chave para mudar-mos esse jogo. Portanto, participe da Campanha Salarial 2018, fique scio do seu Sindicato e fortalea a luta.

    Fortalea a luta pela Conveno Coletiva.

    preferncia s pessoas com defi-cincia, observado o artigo 93, da lei 8.213/91. Sugerimos que os r-gos de fiscalizao a divulguem.

    Ao mesmo tempo, o nosso Sindicato tem atuado como fis-calizador do cumprimento da Lei de Cotas e tambm denunciando acordos que fraudam a lei, como j aconteceu em acordo do setor de cargas, em setembro 2005, com a aprovao da Superinten-dncia Regional do Trabalho de So Paulo. O acordo foi suspenso em novembro de 2006.

    Alm de fiscalizar e orientar os acordos negociados entre pa-tres e trabalhadores, vale a pena os prprios rgos fiscalizadores conferirem os acordos que tm feito, garantindo prazos e mais

    O Ministrio do Trabalho di-vulga que assinou protocolo de atuao conjunta com o Minis-trio Pblico do Trabalho, que poder adotar medidas judiciais para anular as clusulas de con-venes, negociadas diretamente entre empresas e sindicatos, que reduzam a base de clculo das cotas para pessoas com deficin-cias. Essa uma boa notcia, que mostra o interesse de ambos os rgos em acompanhar as trata-tivas entre sindicatos e empresas.

    O setor metalrgico do Estado de So Paulo, ligado Fora Sin-dical, tem firmada h onze anos a seguinte clusula: As empresas abrangidas por esta conveno coletiva de trabalho, na oportuni-dade de novas admisses, daro

    Avanos e retrocessos quanto Lei de Cotas

    CARLOS APARCIO CLEMENTE, diretor do Sindicato e coordenador

    do Espao da Cidadania

    .prazos, mesmo aps a Lei de Co-tas estar em vigor h um quarto de sculo. E mais um detalhe: vale conferir tambm se todas as mul-tas pactuadas so, de fato, dire-cionadas para fomentar a inclu-so de pessoas com deficincia.

    A vice-presidente do nos-so Sindicato e da CNTM (Confederao Nacional dos Trabalhadores Meta-lrgicos), Mnica Veloso participou da 2 Confe-rncia Regional da Indus-triALL Global Unin, rea-lizada entre os dias 14 e 16 de maio, na cidade do Panam. A conferncia chamou ateno para os temas Democracia e Jus-tia Social e reuniu em torno de 90 delegados e delegadas sindicais da Amrica Latina e Caribe para debater desafios, como: Industria 4.0, acor-dos comerciais e seus im-pactos, indstria sustent-vel, transio energtica e promoo da igualdade de gnero.

    Congresso da IndustriALL

    Pedido aposentadoria por idade deve ser feito pela internet

    Desde segunda-feira, 21, o atendimento sobre salrio--maternidade e aposentado-ria por idade deve ser feito pelo site Meu INSS ou pela central telefnica 135. Com o novo modelo, ser possvel acompanhar o andamento por estes canais de atendi-mento. Somente se necess-rio, o trabalhador ser cha-mado agncia.

    Nos casos em que as in-formaes previdencirias necessrias para o reconhe-cimento do direito j cons-tarem nos sistemas do INSS, ser possvel ento a conces-so automtica do benefcio.

    Segundo o INSS, com a mudana, no haver mais falta de vaga e, caso precise ir a uma agncia para apre-

    sentar algum documento, o trabalhador ter a garantia de ser atendido perto da re-sidncia. O instituto diz ain-da que a mudana represen-ta o fim do tempo de espera para ser atendido.

    Atualmente, o Meu INSS tem mais de 7 milhes de usurios cadastrados e acessvel pelo computador ou celular. O instituto vai ampliar cada vez mais a lis-ta de servios agendveis. A partir do dia 24, servios que antes eram prestados somente no atendimento es-pontneo sero realizados com dia e horrio marcados, bastando fazer seu agenda-mento pelo Meu INSS ou o telefone 135. Acesse o Meu INSS pelo www.inss.gov.br.

    O nmero de desemprega-dos e subtilizados no Bra-sil atingiu 27,7 milhes no primeiro trimestr