Vitrine Lageana Edi§£o 155

  • View
    218

  • Download
    0

Embed Size (px)

DESCRIPTION

 

Text of Vitrine Lageana Edi§£o 155

  • VITRINE LAGEANA - LAGEs, SEXTA-FEIRA, 7 dE novEmbRo de 2014OpinioSadeSegurana Destaque CidadeEducaoEsporte Poltica

    Lages, sexta-feira, 7 de novembro de 2014R$ 2,00

    Ano 04 - Edio 155

    Comea a construo do Natal Felicidade

    Pau

    lo C

    haga

    s

    Os trabalhos de montagem da estrutura do Natal Felicidade comearam esta semana. O evento vai contar novamente com o Tnel Encantado. A programao ser aberta oficialmente no dia 1 de dezembro. | Pg (3) Populao

    deve estar atenta s vacinaesA convocao para as vacinas antiplio, sarampo e hepatite B. | Pg (8)

    Longas filas para receber o FGTSAtingidos pelo granizo ajustam papis pelo benefcio. | Pg (3)

    J. D

    amas

    ceno

    ELITE Martelinho de ouroFaa seu oramento sem compromisso.

    Anexo ao Jornal Vitrine Lageana.

    (49) 9197-6370 (VIVO) | (42) 9942-5800 (TIM)(49) 3224-4091

  • VITRINE LAGEANA - LAGEs, SEXTA-FEIRA, 7 dE novEmbRo de 2014

    Por Priscila Bellizzi

    Opinio1202

    Como lidar com pessoas resistentesA resistncia mudana o fator que mais impacta as relaes interpessoais de uma forma geral, do ambiente familiar a sua empresa. Quem no passou pelo dia em que chegou em casa e o marido e/ou esposa noticiou a famlia: vou comear a reforma na casa e por esta razo a rotina ser alterada e todos tero que contribuir se sacrifi-cando um pouquinho.Ou ento h aqueles que ao chegar ao trabalho recebem a notcia de que sua empresa acaba de realizar uma fuso com um grupo maior, esta ir con-tribuir com o crescimento e desenvolvim-

    ento da empresa e em consequncia deste fato em poucos dias sua rea deixar de existir ou ainda em uma proporo menor, sua empresa resolve implantar uma nova plataforma de contatos para melhorar a qualidade do trabalho e voc ter que se adaptar a nova ferramenta e em alguns dias voc receber treinamento para adaptao a esta nova plataforma.E voc como reage? Resiste ou Agra-dece, reconhece que mudar necessrio? Se voc ainda no passou por uma destas situaes, fique tranquilo, sua hora vai chegar e a boa notcia: voc estar mais bem capacitado a refletir

    sobre sua mudana, porque leu este artigo. A mudana necessria, fortalece o ambi-ente, traz renovaes e pe a prova o seu senso de determinao. Posso dizer que um momento de reflexo profunda, quando voc recebe a notcia que algo vai mudar, inconscientemente vir lembrana dos momentos bons, das realizaes, do con-vvio, o interessante que neste momento tudo ir parecer bom por mais que voc no estivesse satisfeito. Voc j teve a opor-tunidade de observar isso antes?Humildade a palavra de ordem no momento de mudana. Primeiro voc receber a notcia de mudana e mui-

    tas vezes ter que no s receber/aceitar a notcia como passar para outras pessoas. Faa diferente, demonstre os ganhos no processo, saliente dons ador-mecidos que ele ter oportunidade de experienciar. E por final agradea por esta pessoa ter te concedido a oportunidade de reconhecer que a resistncia no existe, o que existe so pontos de vista obturados e para obtermos melhores resultados pre-cisamos alterar a velocidade do obturador. Comece por voc, faa a sua parte e con-stante os benefcios da sua mudana!

    Nossa Opinio

    O ano de 2014 est bem prximo do fim. O clima de Natal j est sendo incorporado gradati-vamente. E quando isso acontece, o sinal de que mais um ano

    est se terminando. No entanto, este perodo um dos mais agradveis em nossas vidas. No h quem no se deixe envolver pela magia do Natal. Ainda mais que Lages est organizando a nova edio do Natal Felicidade, o que deve ampliar o contgio comunidade, que, alis, est pre-cisando de alentos, em razo dos problemas que a cidade viveu em funo da chuva de granizo, e que, at agora, ainda no se restabeleceu completamente.Tivemos e estamos tendo um ano atpico. Lages, viveu a Festa do Pinho, a primeira com a programao realizada totalmente pela ini-ciativa privada. Depois veio a Copa do Mundo, e, logo em seguida, o perodo eleitoral,

    e logicamente, as eleies. E, de quebra, o susto e os prob-lemas decorrentes da chuva de granizo. Por isso, o Municpio quer fechar o ano com o mel-hor possvel para amenizar o sofrimento da populao. Para tanto, h engajamento de todo o comrcio e de diversas outras entidades, e com uma vasta programao natalina.Obviamente, nem tudo lamento em nossa cidade. Lages teve e est tendo grandes investimentos estruturais, com as mais diversas obras, desde a revitalizao da zona central, cabeamento subterrneo e outras igualmente importantes nos bairros. Some-se a tudo isso, preciso comemorar a inaugurao do Shopping, o avano das obras da Sinotruk e de outras grandes empresas, alm da abertura de centenas de postos de trabalho. Vamos viver bem estes momentos!

    Mais um fim de ano

    Grimpa

    A cidade de Lages j experimentou todas as formas e modelos de abrigos de nibus de passageiros. Alguns deles, embora danificados e pichados oferecem boas condies de uso. E, ainda h pontos em que eles simplesmente no existem abrigos. Esperar por uma empresa de fora para que o problema da disparidade se resolva, parece no ser a melhor opo. Lages precisa de um projeto alternativo, seja de reforma dos pontos existentes, bem como, o da construo de novos, e logo. Caso contrrio, a espera ser duradoura, ou no?

    !

    Para quem transita pela BR 116, especialmente quando retorna do Rio Grande do Sul, logo depois da ponte do Rio Pelotas, na divisa com Santa Catarina, percebe o quanto faz falta uma terceira pista. comum a formao de comboios de caminhes andando lentamente, sem qualquer possibilidade de ultrapassagem. Os carros leves, agora com as multas em faixa dupla se complicam ainda mais. Em tempos atuais, difcil entender como at ento nenhuma providncia ou projeto nesse sentido foi apresentado para facilitar o trfego naquele trajeto de subida...

    Terceirapista

    ...

    Distribuiode telhas ?Abrigosde nibusPor mais que se procure fazer o melhor na distribuio das telhas, e sabe-se que vrias famlias at agora ainda no receberam o material, h outros casos em que as pessoas tiraram proveito e acabaram se beneficiando at mais do que precisavam. Vale res-saltar a explorao da mo de obra. Tem gente na cidade que est comemorando o fatdico da chuva de granizo. So os casos abissais que de certa forma indignam as pessoas de bem e que precisam dos servios profissionais de terceiros. Infelizmente, no h como mudar!

  • VITRINE LAGEANA - LAGEs, SEXTA-FEIRA, 7 dE novEmbRo de 201403DESTAQUE

    A magia do Natal Felicidade dever se repetir em 2014

    Cadastros para liberao do FGTS j comearam

    Concurso de vitrines e residncias

    O Natal Felicidade tem tambm como objetivo fortalecer o turismo na Serra Catarinense

    Ter direito ao saque quem tiver conta de FGTS e que se inclua na situao de emergncia

    Pau

    lo C

    haga

    s

    Lore

    no S

    iega

    Marcio Avila

    Um Natal para resgatar a autoestima da populao, que independente de classe, sofreu um grande desnimo em razo dos problemas causados pela chuva de granizo, no ltimo dia 13 de outubro. Estas foram algumas das colocaes ditas pelo vice-prefeito Toni Duarte, durante o lanamento da pro-gramao oficial do Natal Feli-cidade de 2014, na ltima tera-feira (4), junto sede da Secre-taria Municipal de Turismo. Na ocasio foram apresentados os detalhes do evento que dever se tornar novamente numa forte ferramenta de envolvimento de toda a comunidade, incluindo uma decorao especial, alm da

    reedio do Tnel Encantado, que j est sendo montado junto Rua Nereu Ramos, numa exten-so de quase 350 metros.

    No mapa da programao, show de efeitos extraordinrios, a partir de infinitas iluses ticas. No faltar, obviamente, a Casa do Papai Noel, e nem o Tnel Encantado. Como novidade nas atraes, shows dirios propicia-dos pela Magia das guas, e ainda a oportunidade de conhecer e adquirir produtos regionais da Feira de Natal, com a partici-pao j confirmada de vrios municpios serranos. Assim, de 01 a 06 de janeiro, Lages viver os encantos e a emoo de mais um perodo natalino.

    O ginsio de esportes Jones Minosso, no bairro Vrzea, j est com a equipe que trabalhar no cadastro dos atingidos pelo tem-

    Entre os parceiros, a Asso-ciao Empresarial (ACIL) e a Cmara de Dirigentes Lojistas (CDL). Nesse interim, a real-izao de vrios concursos de decorao natalina, como os de vitrines, de residncias, sem contar o Natal Premiado envol-vendo o comrcio. Ainda o concurso cultural Pintando o Natal Felicidade, e o de fotografia em 360, aberto a fotgrafos amadores e profis-sionais. Por fim, um evento com uma programao com mais de 100 atraes como Teatro, Autos de Natal, Corais, Instrumentais, Grupos Musicais, Peas Infantis, Desfile de Natal e o envolvimento dos concursos natalinos.

    poral de granizo do dia 13 de outubro. O cadastro das pessoas que tm direito ao Fundo de Garantia do Tempo de Servio (FGTS) comeou na quinta-feira (6). Mais de cem colaboradores entre servidores pblicos e fun-cionrios da Caixa Econmica esto trabalhando para prestar informaes durante o processo.De acordo com o secretrio de Administrao, Pedro Mar-cos Ortiz, cerca de 25 mil pes-soas recebero o benefcio. Ser disponibilizado todo um sistema de informaes para melhor orientar o cidado, sendo a recepo, aborda-gem e encaminhamento aos espaos de cadastramento, explica. O atendimento ser

    do dia 6 ao dia 21 de novem-bro, atendendo a ordem de nascimento, ou seja, os nasci-dos no ms de janeiro devem ir ao Jones Minosso no dia 6 de novembro, quem nasceu em fevereiro, no dia 7 e assim sucessivamente at o dia 21.Nos fins de semana no haver atendimento. Sero 12 dias de trabalho intenso. Para isso estamos montando uma grande estrutura visando a celeridade na atualizao dos dados, relata. A Funda-o Municipal de Esportes (FME) trabalhar na ao de logstica. Vamos dispor de tudo aquilo que for possvel, resume o superintendente Armando