VRS-2 manual 2005 - Spirax Sarco .Inclinação 1:100 Inclinação 1:100 Intervalos de 30 - 50 metros

  • View
    213

  • Download
    0

Embed Size (px)

Text of VRS-2 manual 2005 - Spirax Sarco .Inclinação 1:100 Inclinação 1:100 Intervalos de 30 - 50 metros

  • Filtro Rotativo Manual e Motorizado

    VRS-2 Manual de Instalao e Manuteno

  • 1.1

    Uso pretendido

    1.2

    Acesso

    1. Informaes de seguranaA operao segura desses produtos s pode ser garantida se forem devidamenteinstalados, comissionados, utilizados e mantidos por pessoal qualificado de acordo com as instrues de operao. Instrues gerais de instalao geral e segurana para tubulao e construo de plantas, bem como o bom uso de ferramentas e equipamentos de segurana tambm devem ser respeitadas.

    Verifique nas Instrues de Instalao e Manuteno, na plaqueta e no Folheto de Informaes Tcnicas, se o produto adequado para o uso / aplicao pretendida.

    i) Os produtos foram projetados especificamente para uso em vapor, ar ou gua / condensado. A utilizao dos produtos em outros fluidos pode ser possvel mas, se este for o caso, a Spirax Sarco deve ser contatada para confirmar a adequao do produto para a aplicao considerada.

    ii) Verifique se o material apropriado, de acordo com os valores mximos e mnimos de presso e temperatura. Se os limites de operao mximos do produto so inferioresaqueles do sistema no qual est a ser montado, ou se o mau funcionamento do produto pode resultar em uma sobrepresso perigosa ou ocorrncia de sobretemperatura, assegure que um dispositivo de segurana seja includo no sistema.

    iii) Determine a direo do fluxo de fluido para a correta instalao.

    iv) Os produtos Spirax Sarco no se destinam a suportar tenses externas que possamser induzidas por qualquer sistema ao qual eles estejam fixados. da responsabilidade doinstalador de considerar essas tenses e tomar as precaues adequadas para as minimizar.

    v) Retire as tampas de proteo de todas as conexes e a pelcula protetora de todas as plaquetas antes da instalao.

    Assegurar o acesso seguro e, se necessrio, uma plataforma de trabalho segura (adequadamente protegida) antes de tentar trabalhar sobre o produto. Organize os meios de elevao adequados, se necessrio.

  • 1.3 Iluminao

    1.4 Lquidos ou gases perigosos na tubulao

    1.5 Ambiente perigoso ao redor do produto

    1.6 O sistema

    1.7 Sistemas pressurizados

    1.8 Temperatura

    1.9 Ferramentas /

    1.10 Equipamentos de Proteo Individual /

    /

    1.11 Permisses de trabalho

    Garanta iluminao adequada, especialmente quando necessrio trabalho detalhado.

    Considere o que est na tubulao ou o que pode ter estado em algum momento passado. Considere: materiais inflamveis, substncias perigosas para a sade, extremos de temperatura.

    Considere: reas de risco de exploso, a falta de oxignio (por exemplo, tanques, poos), gases perigosos, extremos de temperatura, superfcies quentes, risco de incndio (por exemplo, durante a soldagem), rudos excessivos, mquinas em movimento.

    Considere o efeito sobre o sistema completo do trabalho proposto. Ser que qualquer ao proposta (por exemplo, fechar as vlvulas de bloqueio, isolamento eltrico) coloca qualquer outra parte do sistema ou qualquer pessoal em situao de risco? Perigos podem incluir o bloqueio de ventilaes ou de dispositivos de proteo ou a interpretao ineficaz de controles ou alarmes. Certifique-se de que vlvulas de bloqueio so abertas e fechadas de forma gradual para evitar choques no sistema.

    Assegure-se que qualquer presso esteja isolada e aberta com segurana para a presso atmosfrica. Considere bloqueio duplo e o travamento ou a rotulagem de vlvulas fechadas. No assuma que o sistema esteja despressurizado, mesmo quando o manmetro indica zero.

    Espere para que a temperatura normalize aps o bloqueio para evitar o perigo de queimaduras.

    Antes de iniciar o trabalho garanta que voc tenha ferramentas adequadas disponveis. Use apenas peas de reposio originais Spirax Sarco.

    Considere se voc e / ou outros nos arredores requer qualquer roupa protetora para se proteger contra os riscos de, por exemplo, produtos qumicos, temperatura alta / baixa,radiao, rudo, queda de objetos e perigos para os olhos e face.

    Todo o trabalho deve ser realizado ou supervisionado por um profissional devidamentecompetente. O pessoal de instalao e operao deve ser treinado para o uso correto do produto de acordo com as Instrues de Instalao e Manuteno. Sempre que uma "permisso de trabalho" formal esteja em vigor, deve ser respeitada. Onde no h nenhum sistema deste tipo, recomendado que uma pessoa responsvel saiba que o trabalho est acontecendo e, se necessrio, providencie um assistente cuja responsabilidade principal seja a segurana.Coloque "avisos de ateno", se necessrio.

  • 1.12 Manuseamento

    1.13 Perigos residuais

    1.14 Congelamento

    1.15 Disposio

    1.16 Retorno de produtos

    1.17

    Manuseio seguro

    O manuseio manual de produtos grandes e/ou pesados pode apresentar um risco de leso. Elevar, empurrar, puxar, transportar ou suportar uma carga por fora corporal pode causar leses particularmenta para as costas. Os riscos devem ser avaliados, tendo em conta a tarefa, o indivduo, a carga e o ambiente de trabalho e usar o adequado mtodo de manipulao, dependendo das circunstncias do trabalho que est sendo feito.

    Em utilizao normal, a superfcie externa do produto pode estar muito quente. Se utilizado em condies mximas permitidas, a temperatura da superfcie de alguns produtos pode atingir temperaturas acima de 300C (572F).Muitos produtos no tm auto-drenagem. Tome o devido cuidado ao desmontar ou remover o produto de uma instalao (consulte "Instrues de manuteno").

    Devem ser tomadas medidas para proteger os produtos que no tm auto-drenagem contradanos provocados pela geada em ambientes onde podem ser expostos a temperaturas inferiores ao ponto de congelamento.

    Este produto reciclvel e, tomando os devidos cuidados, nenhum perigo ecolgico antecipado com a sua disposio, salvo outras informaes nas "Instrues de Instalao e Manuteno".

    Clientes e estoquistas devem lembrar de que sob a Lei EC de Sade, Segurana e Meio Ambiente, ao retornar produtos para a Spirax Sarco, devem ser fornecidas informaes sobre quaisquer perigos e as precaues a tomar devido presena de resduos de contaminao ou danos mecnicos que possam apresentar riscos para a sade, segurana ou risco ambiental. Essa informao deve ser fornecida por escrito incluindo as "Fichas deInformaes de Produtos" de itens identificados como perigosos ou potencialmente perigosos.

    Trabalhando com segurana com produtos de ferro fundido em vapor

    Produtos de ferro fundido cinzento so comumente encontrados em sistemas de vapor e condensado. Se instalado corretamente usando boas prticas de engenharia de vapor, perfeitamente seguro. No entanto, por suas propriedades mecnicas, menos tolerante em relao a outros materiais, tais como ferro nodular ou ao carbono. A seguir esto as boas prticas de engenharia necessrias para evitar golpes de arete e garantir condies seguras de trabalho em um sistema de vapor.

    O ferro fundido um material frgil. Se o produtocaiu durante a instalao e no h qualquerrisco de danos, o produto no deve serusado a menos que seja totalmente inspecionado etestado pelo fabricante.

  • Inclinao 1:100

    Inclinao 1:100

    Intervalos de 30 - 50 metros

    CondensadoCondensado

    Condensado

    Preveno de golpe de arete Drenagem de linhas de vapor:

    Correto e incorreto em linhas de vapor

    Vapor

    Vapor

    Vapor DrenagemDrenagem

    Drenagem

  • Preveno de tenso Desalinhamento da tubulao:

    Instalando produtos ou montando aps manuteno:

    Expanso trmica:

    No aperte demais.

    11

    4 2

    3

    82

    6

    3

    7

    Guias

    Guias

    Hastes limitantes

    Hastes limitantes

    Ponto de fixaoDistnciamdia

    Movimentolateral

    pequeno

    lateral

    lateral

    Distnciacurta Ponto de fixao

    Movimento axial

    Movimento axial

    Guias

    Guias

    Use o valor de torque correto.

    Parafusos do flange devem ser gradualmente apertados em dimetros transversais para assegurar mesma carga

    e alinhamento.

    Movimentolateralpequeno

    Movimento

    grande

    Movimento

    grande

  • 3

    1. Introduo

    Antes de iniciar a instalao do Filtro Rotativo VRS-2, importante ler este Manual completamente para familiarizar-se com o produto. Este manual vai mostrar a voc, alm de todas as Peas de Reposio para esta linha de produto, a Instalao e Manuteno de cada parte do equipamento. Os filtros Rotativos VRS-2, manuais ou motorizados, promovem a auto limpeza quando exigida remoo contnua ou sistemtica de sujeiras do fluido. O sistema de auto-limpeza consiste de um rotor helicoidal localizado dentro do elemento filtrante, que feito sem a necessidade de retrolavagem ou de selo mecnico. O rotor helicoidal em rotao, raspa a sujeira do elemento conduzindo-o a um reservatrio at o momento da descarga.

    2. Descrio do Equipamento O Filtro Rotativo VRS-2 do tipo superfcie so compostos de Corpo, Tampa, Dreno, e um Rotor Helicoidal localizado dentro de um elemento filtrante tipo superfcies. recomendado para efetuar a separao de contaminao de slidos suspensos em lquidos com viscosidade superior de 1cp at 30.000 cp e em gases de uso industrial, tais como ar comprimido, oxignio, nitorgnio e gases combustveis como GLP e gs natural. Material do corpo, tampa e dreno em ferro fundido ASTM A-12B, em ao carbono ASTM A-216WCB ou ao inox ASTM A-351 CF8M; internos em ao inox 316. Conexes flangeadas (125#, 150#, 250#, 300#, 600# e 900#) e roscadas (NPT, BSPT ou SW). Rotor em hlice, escova em ao inox ou nylon, com movimento reduzido de 9 RPM. Tela em chapa perfurada, malha mesh ou wedge wire. Com grau de capacidade de filtragem desde 6,2mm at 20micras, motor standard ou prova de exploso 110/220V ou 380/440V. Redutor 1680/9RPM. Pode-se operar manu