Download pdf - Jornal camara mineiros01

Transcript
  • ABRIL/2014 1MINEIROS-GO

    Cmara em DestaqueANO I - N 01, ABRIL/2014 MINEIROS - GO DISTRIBUIO GRATUITA

    Parlamentares cobram mais policiais para MineirosOs vereadores de Mineiros no desistem e cobram insistentemente a vinda de mais policiais para a cidade. Mais uma viagem foi feita a Goinia dias 18 e 19/03, quando tambm foi reivindicada a duplicao da rodovia BR-364 e a instalao do IML na cidade. Pgina 2

    Cmara realizou sesso especial em homenagem ao Dia Internacional da MulherEvento, marcado por homenagens e muita emoo, contou com a participao da Delegada de Polcia e Secretria de Defesa Social da Prefeitura de Goinia, Adriana Accorsi, que ministrou a palestra: Conquistas da Mulher Contempornea. Pgina 3

    EM CARTA ABERTA POPULAO, MESA DIRETORA DA CMARA CONCLAMA A LUTA DE TODOS

    CONTRA A VIOLNCIA EM MINEIROSPgina 2

  • MINEIROS-GOMARO/20142

    Informao e transparncia

    Dar transparncia s aes do legislativo mineiren-se, abrir um canal de comunicao com a comunidade, prestar contas e divulgar o trabalho parlamentar reali-zado pelos nossos vereadores. So alguns dos objetivos propostos pelo jornal Cmara em Destaque.

    Trata-se de um projeto da atual presidente da C-mara, com apoio unnime de seus demais pares, sem distino partidria. Uma bonita demonstrao de uni-dade e vanguardismo, quando se trata do interesse geral da comunidade

    O jornal Cmara em Destaque nasce em momento oportuno, quando o plenrio legislativo debate e busca soluo para vrios assuntos que afetam a populao, dentre eles, a crescente onda de violncia. Nasce para servir a comunidade, dentro desse esprito de harmonia, trabalho e conjuno de foras em prol do desenvolvi-mento cada vez maior de nossa cidade e de nossa gente.

    Um antigo provrbio popular diz que um povo tanto mais evoludo quanto mais capacidade possui de se comunicar. E nesse sentido a Cmara Municipal de Mineiros almeja dar o mais importante passo no setor de comunicao escrita, com a publicao deste infor-mativo.

    Valoriz-lo e preserv-lo tarefa de cada um de ns.Participe, enviando perguntas e sugestes para o

    e-mail: [email protected] leitor pode, tambm, enviar sua carta para o

    endereo que consta no expediente abaixo.

    Cmara em Destaque

    MESA DIRETORA:

    Beatriz Carvalho Borges Delben PRESIDENTE

    Ado Oliveira Lima VICE-PRESIDENTE

    Jeane Rezende Freitas Moreira 1 SECRETRIO

    Marcelo Timo Machado 2 SECRETRIO

    DEMAIS VEREADORES: Edmar Ferreira de Andrade Ernesto Vilela Rezende Fernando Costa Lima Flvia Resende Oliveira Vilela Gervanir Rodrigues de Rezende Jos Svio Costa Marcelo Rezende Vale Paulo Advncula da Cunha Renato Vasques de Souza Silvio Azarias de Oliveira Washington Luis Alves da Costa

    Redao e Edio: Jornal Centro-Oeste Glria Elaine de Moraes Preto Milanie Bianca Oliveira

    Colaboradores: Adelvair Rezende Ailton Rafael Magalhes Oliveira Tnia Milena da Silva Oliveira

    Diagramao: Rodrigo T. Martins

    Reviso: Pite Rezende

    Fotos: Lindomar Rodrigues Oscar Rodrigues

    Impresso: Ellite Grfica

    Tiragem: 5.000 exemplares

    ExpEdIEntErgo informativo da Cmara

    Municipal de Mineiros GoisEndereo: Praa Deputado Jos

    Alves de Assis, n 08, Centro, Mineiros - GO. CEP: 75830-000.

    FONE: (64) [email protected]

    www.mineiros.go.leg.br

    Vereadores reivindicam benefcios na capitalUma comisso compos-ta pela presidente da Cmara Municipal de Mineiros, Beatriz Carvalho Borges Delben, o vice-pre-sidente Ado Oliveira Lima, a primeira secretria Jeane Rezende Freitas Moreira, o segundo secretrio Marcelo Timo Machado e os demais vereadores: Edmar Ferreira de Andrade, Ernesto Vilela Re-zende, Fernando Costa Lima, Flvia Resende Oliveira Vile-la, Silvio Azarias de Oliveira, Gervanir Rodrigues de Rezen-de, Renato Vasques de Souza, Jos Svio Costa e Washing-ton Luis Alves da Costa, foi at Goinia, dias 18 e 19/03,

    em busca de benefcios para o municpio de Mineiros.

    No Departamento Na-cional de Infraestrutura de Transportes (DNIT), foram recebidos pelo superinten-dente regional do rgo em Gois e no Distrito Federal, Handerson Cabral Ribeiro, quando se inteiraram sobre o andamento do processo de duplicao da rodovia BR-364. Segundo o vereador Marcelo Timo, na reunio foi informado que haver a concesso da obra na forma pblico-privada e que at o final deste ano ser eleita a empresa concessionria, dentre as que j demonstra-

    ram interesse de participar da concorrncia pblica.

    Na Secretaria Estadu-al de Segurana Pblica, a comitiva de vereadores foi recebida pelo secretrio Jo-aquim Mesquita e o subco-mandante geral da Polcia Militar de Gois, Juraci Alves de Souza, quando reivindi-caram a instalao do IML e mais policiais efetivos, mili-tares e civis, para o munic-pio de Mineiros.

    O resultado desta visita j possibilitou duas conquis-tas. A primeira: Na semana passada o Governo do Estado autorizou a instalao de uma unidade bsica do IML na ci-

    dade e ela j se encontra em funcionamento, atravs de parceria com o Governo Mu-nicipal. A estrutura est apta para realizar o atendimento 24 horas em casos simples. J em situaes mais comple-xas (que necessite da anlise de um perito), ainda exigiro a presena do IML de Jata.

    A segunda conquista diz respeito ao aumento do efe-tivo policial. H trs finais de semana, a cidade conta com reforo de militares de Jata. Aes de tolerncia zero a violncia vem sendo desen-volvida, dentre elas a opeo Cidado Seguro com cente-nas de intervenes policiais.

    Vereadores participaram de reunio no DNIT sobre processo de duplicao da BR-364 e na Secretaria de Segurana Pblica solicitaram mais policiais para o batalho de Mineiros

    FOTO: CMARA MUNICIPAL

    CARTA ABERTA POPULAO

    Diga NO a violncia Mediante a onda de violncia que vem assolando

    nossa cidade, ns, vereadores, legislao 2013-2016, es-tamos trabalhando juntos e buscando solues para redu-zir a criminalidade em Mineiros.

    Inmeras vezes viajamos para nossa capital Goinia, participamos de vrias reunies, tanto na Secretaria de Se-gurana Pblica como no sub-comando da Polcia Militar do Estado de Gois, solicitando a vinda de mais policiais para nosso municpio. Nossas reivindicaes tm sido constantes, pois queremos sair e ter a certeza de que ns e nossas fam-lias voltaremos com segurana aos nossos lares.

    Outra luta que queremos aqui mencionar foi a vinda do IML para Mineiros. Foi um trabalho unnime dos vere-adores dessa Casa de Leis e do Poder Executivo. Todos se uniram pensando no bem maior da populao, independen-te do partido que cada vereador representa. Vale ressaltar aqui um abaixo-assinado entregue s nossas autoridades, com milhares de assinaturas da populao. assim que se constri a cidadania, com a fora e participao de todos.

    O IML uma realidade na nossa cidade, uma conquista da populao mineirense.

    Caro leitor, vamos unir nossas foras e defender uma Mineiros mais segura, mais humana. Nosso objetivo o de sensibilizar, conscientizar e articular todos os segmentos da sociedade no engajamento pela paz e tranquilidade em nossa cidade.

    A paz vital em nossa vida. Vamos dar as nossas mos e lutar por ela.

    VEREADORES DE MINEIROS.

  • ABRIL/2014 3MINEIROS-GO

    Homenagem mulher, lota plenrio da CmaraEmoo. Foi a palavra mais usada para definir a Sesso Especial em Homenagem ao Dia Interna-cional da Mulher, promovido pela Cmara Municipal de Mineiros, dia 24/03.

    Um dos pontos al-tos do evento foi o desfile mostrando fases da vida da mulher, desde sua infncia, juventude, gravidez, tercei-ra idade. O desfile tambm valorizou a mulher atravs de suas reas de atuao, mostrando os grandes avan-os, quebras de paradigmas e vitrias contra todas as formas de opresso e pre-conceito, dentre eles o ra-

    cismo.Outro ponto alto da

    sesso especial, alm das inmeras homenagens pres-tadas, foi a palestra com o tema: Conquistas da Mu-lher Contempornea, mi-nistrada pela delegada de polcia e secretria de De-fesa Social da Prefeitura de Goinia. Adriana Accorsi.

    Falando durante a sole-nidade, a presidente da C-mara Beatriz Carvalho Bor-ges Delben, ressaltou que embora o Dia Internacional da Mulher seja 08 de mar-o, o Legislativo Municipal no poderia deixar essa ho-menagem dentro do ms, e

    foi agendado para o dia 24. Maro lembrado como o ms da mulher, disse a par-lamentar, certificando que essa foi uma forma de re-conhecer o trabalho da mu-lher em todas as suas reas de atuao, em todas suas frentes de luta, no impor-tando sua condio econ-mica, seu credo religioso e a profisso em que atua.

    Dentre os inmeros oradores, as vereadoras Fl-via Resende Oliveira Vilela e Jeane Rezende Freitas Moreira, tambm falaram sobre a participao da mulher e sua importncia na constituio da famlia,

    de um mundo mais justo e fraterno.

    A delegada e secret-ria Adriana Accorsi definiu que homenagens como esta, alm de valorizar a mulher, contribuem para uma refle-xo sobre seus direitos e de-veres: Mulher no pode ser passiva aos problemas que a cercam. Precisa ser for-te sempre. Se for agredida, se sofrem qualquer tipo de violncia, ou preconceito, tem que ter fora e coragem tambm para denunciar.

    Veja alguns momentos registrados posteridade pelo fotgrafo Lindomar Rodrigues:

  • ABRIL/20144MINEIROS-GO

    O POVO PERGUNTA, OS VEREADORES RESPONDEM. O LEGISLATIVO MAIS PERTO DA COMUNIDADE

    De agora em diante a comunidade de Mineiros ter mais um espao para fazer valer o seu direito de cobrar e opinar. Com a viso democrtica de todos os vereadores foi sugerido, a criao da coluna: O POVO PERGUNTA, onde os vereadores indagados se comprometem a responder. Vamos s perguntas:

    PERGUNTA DIRIGIDA AO VEREADOR ADO OLIVEIRA LIMA:

    O trnsito de nossa cidade est muito catico. O que voc pode fazer para melhor-lo?

    Maria Rodrigues de Almeida

    RESPOSTA:Vrios requerimentos debatidos e aprovados aqui na

    Cmara reivindicam uma sinalizao bem feita na cidade e que o trnsito seja organizado. Esse o primeiro pas-so. Depois criar a mo nica, o estacionamento rotativo e recuperar nossas vias pblicas. Defendo, ainda, que os recursos arrecadados no trnsito sejam usados no prprio trnsito. O vereador no tem o poder de executar obras, nossa funo cobrar que elas sejam executadas e isto ns estamos fazendo.

    PERGUNTA DIRIGIDA AO VEREADOR EDMAR FERREIRA DE ANDRADE:

    O que o senhor e a Cmara de Vereadores tm feito para assistir os bairros que se encontram no esquecimento em nossa cidade?

    Rosnia de Jesus Silva

    RESPOSTA:Ano passado vi a luta dos moradores do Setor Betel

    que vinham sendo levados ao banho maria pelos seus pro-prietrios. E ainda h muitos bairros que esto em situa-o problemtica. Meu bairro um destes, que o Alvina Paniago Vilela, com sua infraestrutura totalmente deterio-rada, oferecendo perigo para os moradores em virtude dos altos matagais.

    PERGUNTA DIRIGIDA A VEREADORA JEANE REZENDE FREITAS MOREIRA:

    O que voc est fazendo em relao ao lazer de nossa cidade?

    Jeferson Vieira

    RESPOSTA:Atravs de requerimentos tenho solicitado revitaliza-

    o das praas, construo de academias ao ar livre, pistas para caminhada, campinhos de futebol, etc.

    Sabemos que estas, se construdas pelo Poder Execu-tivo, iro beneficiar pessoas de todas as idades, inclusive crianas e adolescentes, cheios de sonhos, energia e ca-rentes de espaos voltados para o esporte e lazer.

    PERGUNTA DIRIGIDA A VEREADORA BEATRIZ CARVALHO BORGES DELBEN:

    O que poderia ser feito para obter mais segurana na rea do permetro escolar?

    Vanessa Oliveira dos Santos - Estudante de Farmcia 1 perodo (FAMA) Santa Isabel, Mineiros GO

    RESPOSTA:Reforar o esquema de vigilncia. Exemplo: Vigia pai-

    sana e motorizada no entorno. Monitorar rea interna de embarque e desembarque da escola. Realizar treinamento de tcnica de segurana para toda a famlia e distribuio de informes sobre ocorrncia e condutas necessrias. preciso ter um tipo de autoridade que se conquista com permanncia e dedicao. Valorizar a tica e os princpios relacionados ao estudo e ao trabalho, apresentando bons exemplos. Que an-tes de qualquer coisa, essas referncias tm de estar dentro da prpria escola. Assim, a segurana necessria ter o apoio e meio para que todos se integrem a ela. Melhorar ilumina-o pblica nas proximidades das escolas. Implantao de cmeras de segurana em pontos estratgicos. Sinalizao das reas escolares.

    PERGUNTA DIRIGIDA AO VEREADOR FERNANDO COSTA LIMA:

    O que precisava ser feito para acabar com a violncia que est s aumentando em Mineiros?

    Edelvira de Queiroz Silva

    RESPOSTA:Dona Edelvira, a soluo para a questo da violncia

    no simples, envolve os mais diversos setores da so-ciedade. Precisamos aumentar o efetivo policial de nossa cidade e lutar para que no haja impunidade dos respons-veis pelos atos de violncia. Dia 18 de maro ltimo, ns vereadores estivemos em Goinia solicitando o aumento do efetivo policial em nossa cidade, mas, infelizmente, teremos que continuar esperando. Mas, ressalto, a solu-o no envolve apenas a segurana pblica e judicirio eficiente. Demanda tambm, com urgncia, a melhoria do sistema educacional, habitacional, da qualidade dos ser-vios de sade, oportunidade de emprego, dentre outros fatores. Requer principalmente uma grande mudana nas polticas pblicas e uma participao maior da sociedade nas discusses e solues desse problema de abrangncia nacional.

    PERGUNTA DIRIGIDA AO VEREADOR ERNESTO VILELA REZENDE:

    Vereador, a populao est sendo sacrificada com o aumento elevado do IPTU, isto muito injusto e arbitrrio. O que voc pode fazer para ajudar a populao na defesa dos seus direitos?

    Maria de Lurdes Santos Prado

    RESPOSTA:Temos atuado rdua e incansavelmente contra aquilo

    que entendemos prejudicar os interesses do povo de nossa cidade. Mantemos a posio de ser a favor do que est corre-to e absolutamente contra tudo aquilo que de alguma forma venha prejudicar o nosso povo.

    Estamos lutando contra o aumento abusivo do IPTU de nossa cidade, inclusive pedindo e marcando audincia pbli-ca para tratar desse assunto, solicitando e at mesmo exi-gindo dos responsveis pelo setor a devida regularizao dos casos de abusos nos valores cobrados.

    Lutamos e no concordamos com o aumento da tarifa de gua, porque acreditamos ser uma explorao contra o pai de famlia, que no recebe gua de qualidade e, mesmo que recebesse, no concordaramos com esse aumento. Tanto lutamos que o projeto de aumento enviado pelo Poder Execu-tivo no foi aprovado pela Cmara.

    Outro setor que temos defendido a todo custo a to sacrificada classe dos professores municipais. Estamos na frente desta batalha, exigindo que Executivo cumpra com aquilo que foi prometido em campanha, que adequao salarial desse to importante segmento da nossa sociedade. Essa uma luta que abraamos e vamos lutar ao lado desses profissionais at que sejam respeitados conforme merecem.

    Temos levantado tambm nossa voz contrria ao movi-mento do Executivo contra os moto-taxistas de Mineiros, pois esto querendo tomar deles um direito que lhes devido. Essa luta j perdura por muito tempo e at o presente momento estamos em campo de combate. No vamos, de forma alguma, admitir que percam o poder de transmisso de sua vaga, quan-do por algum motivo queiram deixar esse trabalho.

    Estamos tambm na luta em defesa de mais moradia em nossa cidade. Esse um grave e grande problema. de minha autoria um requerimento ao senhor Prefeito Municipal solicitan-do a doao de lotes quelas pessoas que lutam mensalmente com o to sofrido e pesado aluguel. Se tivessem um lote, pode-riam ir construindo aos poucos um teto para abrigar a sua fam-lia. Creio que atravs de arrojados projetos de loteamento po-pulares, poderamos solucionar esse problema que aflige a vida de muitas pessoas de nossa cidade. Vou continuar brigando por esse bem nossa populao e, enquanto no vermos o problema do dficit habitacional resolvido, no vou sossegar e nem calar a minha voz. Hoje lutamos pelos lotes, depois que conseguir, vamos lutar tambm por programas de construo habitacional.

    PERGUNTA DIRIGIDA A VEREADORA FLVIA RESENDE OLIVEIRA VILELA:

    Quais medidas podem ser tomadas para conter a violncia na nossa cidade?

    Joselinne O. Souza

    RESPOSTA:Primeiramente quero agradec-la pela pergunta e por

    participar de nosso jornal. Vale lembrar que, alm das fun-es de fiscalizar, elaborar matrias legislativas, cabe tam-bm ao vereador representar a populao. Ultimamente um grande clamor da nossa comunidade tem sido exatamente o seu: Mais segurana e menos violncia na cidade. Usando da nossa condio de representar e intermediar, podemos e j fizemos muitas intervenes junto aos rgos competentes de segurana pblica. Na Secretaria da Segurana Pblica do Estado de Gois cobramos mais policiais, mais viaturas e equipamentos.

    Pudemos, tambm, promover no plenrio da Cmara uma audincia pblica como tema: Mineiros em Paz, buscando envolver a comunidade, segmentos classistas, eclesisticos, classe poltica, empresas, instituies como o Ministrio P-blico, visando entender e achar algumas solues para di-minuir a onda de violncia em Mineiros. Nesta audincia foi abordado questes das leis, que precisam ser mais rigorosas, como a lei de funcionamento de bares em Mineiros, a urgente necessidade do Congresso Nacional rever situaes do Cdigo Penal, dentre outros temas.

    Eu e os nobres pares, em nossos requerimentos, temos cobrado muito do Poder Executivo aes de humanizao das praas pblicas com reformas, manuteno, policiamento. Acredito que isso possa contribuir para reduzir a onda de violncia, j que hoje as praas esto servindo como ponto de drogas, prostituio e criminalidade. preciso melhorar a iluminao pblica, desenvolver mais projetos sociais, englo-bando as famlias, crianas e adolescentes.

    Acredito que com o envolvimento de TODOS, com des-taque participao popular, poderemos ter uma Mineiros mais pacifica.

    FOTOs: LINdOMAR ROdRIgUes

  • ABRIL/2014 5MINEIROS-GO

    PERGUNTA DIRIGIDA AO VEREADOR MARCELO REZENDE VALE:

    O que voc acha da situao do Lago Canto do Cerrado? Quem passa por l percebe que ele est esquecido pelo poder pblico. O que era um local de lazer encontra-se abandonado, sujo e virou um ponto de encontro de usurios de droga...

    Ana Maria Conceio Souza

    RESPOSTA:Dona Ana, estou a esse caso. Tenho alertado o Poder

    Executivo da irresponsabilidade com que tem tratado nosso principal carto postal. O lago, local onde eu mesmo fazia caminhada, passeava por ali, est mesmo um caos. Aban-dono total. Vamos cobrar uma atitude do Prefeito, pois ali merece uma revitalizao. Colocar vigias para no deixarem esse patrimnio mineirense ser destrudo. J aprovamos re-querimentos no ano passado, mas a inrcia do Executivo continuou. Protocolamos uma ao judicial para cobrar es-ses cuidados com o Lago. Conte comigo na defesa de nossos locais de lazer.

    PERGUNTA DIRIGIDA AO VEREADOR SLVIO AZARIAS DE OLIVEIRA:

    Sendo mdico e vereador com trs mandatos consecutivos, quais as principais aes que o senhor defende para Mineiros?

    Joaquina Tertuliana Ribeiro

    RESPOSTA:H trinta anos que trabalho na sade pblica, para

    fazer um trabalho srio defendendo a sade para os mais humildes.

    Durante trs mandatos de vereador, sou autor de di-versos requerimentos solicitando asfalto para vrios bairros de nossa cidade. O asfalto melhora a sade da populao e valoriza os imveis. A iluminao pblica das avenidas e ruas, a limpeza de terrenos, melhora a segurana pblica. Praas bem cuidadas e arborizadas embelezam uma cidade.

    O investimento em educao, construo de mais es-colas, garante um futuro melhor a nossa juventude e nossa gente.

    PERGUNTA DIRIGIDA AO VEREADOR MARCELO TIMO MACHADO:

    Voc fez um abaixo-assinado defendendo a duplicao da rodovia BR-364 e est liderando esse movimento com os demais vereadores. A duplicao realmente ser feita? Qual trecho ser duplicado? Qual a atual situao?

    Jnio Carlos Pereira de Souza - Presidente da Associao de Moradores do Setor Cruvinel

    RESPOSTA:Jnio, em primeiro lugar gostaria de agradecer a cada

    cidado pela assinatura no abaixo-assinado. Conseguimos colher mais de dez mil assinaturas e todas elas sero dire-tamente responsveis por essa grandiosa e importante obra para nossa regio.

    A BR-364 ser duplicada de Jata-GO at Rondonpo-lis-MT. Fizemos trs audincias pblicas (Jata, Mineiros e Santa Rita do Araguaia). Fomos duas vezes a Braslia e duas vezes a Goinia para resolver esse assunto.

    Dia 18-02-2014 o deputado federal Rbens Otoni marcou uma audincia no DNIT em Goinia e l estivemos. ramos tre-ze vereadores de Mineiros, nove vereadores de Alto Araguaia, oito vereadores de Santa Rita do Araguaia, quatro vereadores de Portelndia, o atual prefeito e o ex-prefeito de Santa Rita do Araguaia. O deputado federal Rubens Otoni e o deputado estadual Daniel Vilela tambm estiveram na audincia.

    Recebemos uma tima notcia, NOSSA LUTA VALEU A PENA. Durante esse ano de 2014 est sendo feito o estudo da obra e o Governo Federal j autorizou o processo de lici-tao das empresas interessadas na concesso da rodovia. No incio de 2015 ser feito o leilo e est previsto o incio da obra para o primeiro semestre do ano que vem. A em-presa vencedora ter cinco anos para concluir a duplicao.

    Fica aqui nosso agradecimento especial ao deputado fe-deral Rubens Otoni, por iniciar as negociaes Pr Duplicao da BR-364, ao deputado federal Leandro Vilela e ao deputado estadual Daniel Vilela, que sempre estiveram na luta. Agra-decemos todos os vereadores e prefeitos de Mineiros, Santa Rita do Araguaia, Alto Araguaia, Portelndia, Perolndia, que tambm sempre estiveram presentes nesta batalha.

    Parabns a todos que assinaram o abaixo-assinado. A vitria de todos ns.

    PERGUNTA DIRIGIDA AO VEREADOR PAULO ADVNCULA DA CUNHA:

    Em cidades menores que a nossa, como Portelndia, Chapado do Cu e outras, resolvido quase tudo no que toca a sade pblica. Por que na rede pblica municipal de Mineiros no resolvido nada de cirurgias de mdia e alta complexidade?

    Dorcina Carvalho Ribeiro

    RESPOSTA:O que acontece que Mineiros tem quatro hospitais

    da rede privada, que resolve a maioria dos casos, inclusive de alta complexidade. Ento o poder pblico veio aco-modando e no investindo. Fica bem cmodo encaminhar pacientes para a rede privada da cidade e at mesmo para a rede pblica de fora, mais precisamente Santa Helena e Goinia. Observa-se que a sade pblica de Mineiros muito ineficiente, quando se trata de qualquer doena mais complicada.

    O poder pblico municipal tem que ter coragem de investir na sade pblica e por o centro cirrgico para fun-cionar, contratar especialistas como: oftalmologista, orto-pedista, cirurgio geral, cardiologista, anestesista, gine-cologista, obstetra, neurologista, dentre outros. O poder pblico deve investir na medicina de maior complexidade e ter a coragem de resolver a maior parte dos casos na prpria rede pblica, caminhar com sua prpria estrutura.

    Tem que pensar em construir uma U.T.I. podendo fa-zer uma PPP (Parceria Pblico Privada).

    Uma populao no sobrevive adequadamente s com medicina voltada para a ateno bsica. Tem que inves-tir tambm na medicina de urgncia, colocar o hospital municipal para funcionar com centro cirrgico. Contratar especialidade mdica que a populao necessita, pois a populao cresce de forma assustadora. A sade pblica, tanto bsica quanto a de maior complexidade, tem que acompanhar este crescimento e ele s acontece se o poder executivo (Prefeitura) tiver a coragem de fazer os investi-mentos necessrios.

    PERGUNTA DIRIGIDA AO VEREADOR RENATO VASQUES DE SOUZA:

    O que o vereador pode fazer pela populao quando seus pedidos no so atendidos pela Secretaria de Sade?

    Clelia Nazath de Lima

    RESPOSTA:O vereador na verdade um agente do legislativo, o

    qual tem o dever de fiscalizar e reivindicar melhorias em todos os rgos pblicos, por meio de requerimentos ou projetos de lei. Tambm faz parte das atividades do legis-lativo, discutir junto ao executivo as polticas pblicas, via plano plurianual, lei de diretrizes oramentrias e lei or-amentria anual. Cabe ao vereador votar com seriedade e responsabilidade, pois isso implicar nas condies para o executivo desempenhar um bom trabalho no municpio.

    Especificamente, foram realizados requerimento de mi-nha autoria pedindo mais mdicos especialistas nas reas de Oncologia e Endocrinologia, visto que estava em falta em nosso municpio.

    Quando um vereador procurado por casos que no foram resolvidos na secretaria de sade ou em qualquer ou-tra secretaria, sua funo cobrar do executivo aes que possam melhorar o atendimento a populao, enviando um pedido de providncia para que seja normalizada a situao.

    Vejo que a secretaria de sade vem superando os de-safios e apresenta avanos e vai avanar ainda mais aps a implantao das novas Unidades Bsicas e a Unidade de Pronto Atendimento (UPA). Saliento que as queixas sero cada vez menos frequentes e a populao mais satisfeita.

    PERGUNTA DIRIGIDA AO VEREADOR WASHINGTON LUIS ALVES COSTA:

    Voc j apresentou algum requerimento solicitando mais ateno da Prefeitura com relao ao esporte e lazer em nossa cidade?

    Hiane Ramos Rezende

    RESPOSTA:Ol Hiane. Sim, na condio de ex-secretrio de Despor-

    to, Lazer e Juventude no poderia deixar de dar uma ateno especial ao desporto de nossa cidade. Hoje, na condio de ve-reador, tenho lutado muito para contemplar essa rea. Fiz um requerimento solicitando ao prefeito que adquira um espao e construa um centro de lazer e entretenimento para a juventude ter a opo de realizar um campeonato de som, motocross, gaiolas e corridas de aventuras, em espao com segurana e bem estruturado. Tambm, em parceria com os meus colegas do Solidariedade, conseguimos trezentos mil reais de verbas com o deputado Armando Verglio para o esporte, verba essa que ir iluminar o Estdio do Capoeira e, ainda, construir uma estrutura para crianas e adolescentes praticarem seu esporte preferido ali naquele estdio. Com certeza vamos mudar para melhor aquela estrutura ali existente, pois apresentei uma pro-posta para fazer um complexo poliesportivo e mudar a face do Estdio do Capoeira. Estamos conseguindo tambm recursos financeiros para esse grandioso projeto. Fiz um requerimento para que seja montada no Lago Canto do Cerrado uma aca-demia ao ar livre para que as pessoas possam praticar suas atividades fsicas com facilidade.

    Estamos em busca frentica de recursos para ajudar Mineiros. At agora j conseguimos protocolar recursos na casa de mais de um milho de reais para nossa cidade.

    POVO PERGUNTA COMO PARTICIPARVisando facilitar a participao dos leitores no espao O POVO

    PERGUNTA, o jornal CMARA EM DESAQUE criou o quadro abaixo. Os interessados podem preench-lo com nome e endereos comple-tos. E, ainda, formular a pergunta com bastante clareza. Perguntas contendo ofensas polticas e/ou pessoais no sero respondidas. Feito isso. Envie para o e-mail: [email protected] ou recorte o cupom e envie Cmara Municipal de Mineiros: Praa Deputado Jos Alves de Assis, n 08, Centro, Mineiros GO. CEP: 75830-000.

    Nome: Profisso:

    Endereo:

    Pergunta:

    Nome do Vereador(a):

    Idade:

    Setor: Fone:

  • ABRIL/20146MINEIROS-GO

    Incio da sede prpria da Cmara meta para 2014A movimentao pela construo da sede prpria da Cmara de Vereadores de Mineiros j est acontecendo e uma das prioridades da atual gesto o inicio das obras ainda esse ano.

    Recentemente a pre-sidente da Cmara Beatriz Carvalho Borges Delben e os demais vereadores enviaram ao prefeito um oficio com o pedido de doao de um

    terreno para a construo da nova sede.

    O novo espao, prximo ao Frum de Mineiros, com-portar 300 pessoas; 15 gabi-netes parlamentares, 15 salas para atendimento individual; 01 Sala para presidncia, 2 salas para as Comisses Per-manentes; 02 salas para As-sessoria Jurdica Legislativa, 04 salas para Administrativo; 02 salas para Secretaria Ge-ral; 02 salas para Controle

    Interno, com sala de arqui-vos de documentos; 01 al-moxarifado; 01 Gabinete da telefonista; 01 sala de recep-o; 01 refeitrio; 01 lavan-deria; banheiros pblicos (4 femininos e 4 masculinos); 01 biblioteca; espaos para instalao da TV cmara e memorial do legislativo; 01 amplo espao para expo-sies artsticas e estacio-namento paisagstico com capacidade mnima para 70

    veculos passeio e 30 motos. A construo da nova

    sede no s trar mais espa-o e comodidade para o aten-dimento populao como economia aos cofres pbli-cos, pois a Cmara funcionar em instalao prpria.

    tambm meta da atu-al presidente a realizao do projeto: O Vereador no Seu Bairro, iniciando dia 25/04 com uma sesso especial no Setor Leontino.

    Legislativo ganha novo sistema digital

    A Cmara Municipal de Mineiros acaba de implantar um novo sistema digital. Se-gundo a Presidente da Mesa Diretora da Cmara, Beatriz Carvalho Borges Delben, es-ses avanos promovero a transparncia das aes le-gislativas.

    O Sistema de Apoio ao Processo Legislativo (SAPL) tem como finalidade apoiar as Casas Legislativas nas suas atividades relacionadas ao processo legislativo em geral, tais como: elaborao de proposies, recepo e tramitao das matrias le-

    gislativas, organizao das sesses plenrias, manuten-o atualizada da base de leis, entre outras. Igualmente disponibiliza consultas s in-formaes sobre mesa direto-ra, comisses, parlamentares, ordem do dia, proposies, matrias legislativas, normas jurdicas e outras. O SAPL fa-cilita as atividades dos parla-mentares, servidores da Casa e permite aos cidados acom-panharem o andamento dos processos legislativos, alm de pesquisar a legislao. E, o SEPL consiste no Protocolo Matrias Legislativas.

    Novo domnioA pgina da Cma-

    ra Municipal de Mineiros (CMM) mudou a sua iden-tidade visual e tambm passou a utilizar uma nova identificao na in-ternet com o domnio www.mineiros.go.leg.br.

    Um dos objetivos padronizar o espao insti-tucional do Poder Legisla-tivo na internet, a exem-plo do que j fazem os poderes Judicirio (.jus.br) e Executivo (.gov.br) e Legislativo Federal (.leg.br) . A mudana, tambm identifica o Poder Legisla-tivo municipal com a cida-

    de e o Estado.Alm da nova identi-

    dade e endereo, o Poder Legislativo mineirense himplantou o Sistema Ele-trnico de Processo Legis-lativo (SEPL), que possibi-litar a criao, protocolo, tramitao, votao e en-caminhamento de novas proposituras, tudo isso em tempo real. O acervo fsi-co das demais legislaturas ser digitalizado e dispo-nibilizado na internet para consultas. mais trans-parncia para o cidado mineirense. pioneirismo para o Poder Legislativo.

    Como foi a eleio da nova mesa diretora

    Atendendo previso re-gimental, foi eleita na lti-ma sesso ordinria de 2013, dia 06/12, a nova mesa di-retora da Cmara Municipal de Mineiros, para o ano de 2014.

    Para o cargo de presi-dente do Poder Legislativo foram inscritos dois candi-datos: Dra. Beatriz e Jos Svio Costa. Aps apurao dos votos, a vereadora Dra. Beatriz foi eleita com 11 vo-tos contra 4 votos do verea-dor Jos Svio. Em seguida, foram realizadas as eleies para os cargos de vice-pre-sidente, 1 secretrio e 2 secretrio, nas quais foram eleitos os vereadores Ado Oliveira (15 votos), Dra. Je-ane (13 votos) e Tio Marcelo (12 votos), respectivamente.

    A nova mesa diretora foi empossada em sesso so-lene realizada no dia 1 de janeiro de 2014.

    Mulheres em aoA vereadora Beatriz

    Carvalho Borges Delben foi a terceira mulher eleita para presidir a Cmara Municipal de Mineiros. Antes dela, di-rigiram o legislativo a verea-dora Flvia Resende Oliveira Vilela (dois mandatos) e a vereadora Cleunice Rodri-gues Santos Costa.

    Fachada do prdio atual do legislativo mineirense

    FOTO: LINdOMAR ROdRIgUes

    Vereadores Marcelo Timo (primeiro da esquerda), Jeane, Beatriz e Ado, membros da mesa diretora - 2014

    FOTO: LINdOMAR ROdRIgUes

    Homenagem ao SebimOs poderes Executivo e Legislativo mu-

    nicipais prestaram uma bonita e justa ho-menagem, em dezembro do ano passado, ao ex-vereador Donizete Lopes Pereira (o popu-lar Sebim), falecido dia 30/06/2013.

    Com a participao do prefeito Agenor Rezende e vereadores de Mineiros, foi inau-gurada em Goinia a nova Casa de Apoio ao Cidado Mineirense, que recebeu o nome do querido e saudoso Donizete Lopes Pereira.

    O referido espao tem como objetivo recepcionar, acolher, encaminhar e dar su-porte aos muncipes que dependem deste beneficio quando em tratamento de sade na Capital de nosso Estado. Proporcionando um trato humanizado.

    O novo espao est localizado na Rua 232, Q. 52, L. 23, Setor Universitrio, Goinia.

    FOTO: HeLTON gONALVes

  • ABRIL/2014 7MINEIROS-GO

    Audincias pblicas debatem problemas da comunidadeO Imposto Sobre a Pro-priedade Predial e Ter-ritorial Urbana (IPTU) tem a principal funo de obter recursos financeiros para que os municpios pos-sam investir em benefcios para a populao, por meio de construes, reformas e manuteno dos servios b-sicos oferecidos pelo munic-pio, bem como complemen-tar verbas vindas de outros rgos, como o estadual e federal, contribuindo assim para a qualidade de vida da populao.

    Mas quando os morado-res no esto satisfeitos com o valor cobrado ou a desti-nao dessas verbas, tm o direito de cobrar dos rgos competentes explicaes diante dessa realidade os ve-readores de Mineiros resolve-ram, por meio de audincia pblica, ouvir a populao, que h alguns meses estava insatisfeita com o valor co-brado pelo executivo.

    No ltimo dia 12 de maro os moradores lotaram a sede da Cmara, juntamen-te com os vereadores, que convidaram o responsvel pela Secretaria Municipal da Fazenda e Planejamento, Ricardo Marques, e o Procu-rador do Municpio, Celismar Borges para esclarecer aos presentes os motivos dos altos valores cobrados no IPTU.

    A audincia pblica partiu de um requerimento de autoria do vereador Mar-celo Rezende Vale, apoiado pelos demais parlamentares.

    A populao usou da tribuna para expor sua in-

    dignao quanto aos valores cobrados no IPTU 2014, que chegou, segundo os morado-res, alm dos 100% do valor cobrando nos anos anterio-res. As reclamaes permea-vam tambm quanto falta das visitas de tcnicos in loco para constatar se o va-lor cobrado condizia com a realidade, dentre outras re-clamaes.

    O Secretrio, durante a audincia, exps a me-todologia utilizada para a cobrana e sugeriu aos con-tribuintes insatisfeitos que procurem a Secretria e fa-lem diretamente com ele. Se h algum erro da nossa parte ns iremos corrigir, basta que os contribuintes nos procurem que iremos analisar caso a caso, ressal-tou o Secretrio.

    Ricardo se comprome-teu ainda a disponibilizar

    uma equipe para atender as pessoas que se sentirem pre-judicadas com a cobrana.

    Segundo a presiden-te da Casa de Leis, Beatriz Carvalho Borges Delben, a audincia foi produti-va. Ela ressaltou que todos os questionamentos foram claramente explicados aos presentes. A cobrana do IPTU est dentro da legali-dade e as pessoas que ain-da estejam insatisfeitas que procurem o Poder Executivo para que eles possam avaliar caso a caso e verificar a le-galidade da cobrana. Tanto a Cmara quanto as portas da Prefeitura estaro aberta para todos aqueles que se sentirem prejudicados com a cobrana. Faremos de tudo para que sejam cobrados apenas os valores reais, sem nenhum abuso.

    A vereadora declara

    ainda que os vereadores foram eleitos para levar ao Poder Executivo as reivin-dicaes e insatisfaes da populao.

    E que as audincias s fazem valer os direitos do ci-dado e que sempre que ne-cessrio for, novos convites sero feitos aos representan-tes do Poder Executivo para prestar os devidos esclareci-mentos a populao.

    O vereador Marcelo Vale, autor do requerimen-to solicitando a audincia do IPTU, convidou ainda os contribuintes insatisfeitos que compaream em seu ga-binete. O contribuinte que est com o IPTU alterado pode procurar meu gabinete, que iremos ajuizar aes in-dividuais junto ao Ministrio Pblico, para provar que o municpio est errado, re-forou Marcelo.

    Secretrio da Fazenda, Ricardo Marques: Cobrana est dentro da legalidadeVereador Marcelo Vale, autor do requerimento

    Com o tema Mineiros em Paz vereadores realizam

    audincia pblica para discutir a violncia no municpio

    No ltimo dia 04 de Fevereiro, atravs de uma iniciativa da presidente da Cmara de Vereadores Beatriz Carvalho Borges Delben e os demais ve-readores, aconteceu na sede da Cmara Municipal uma audincia juntamente com os representantes da segurana pblica do mu-nicpio, promotoria, poder executivo e a populao, com o intuito de estimular um debate quanto segu-rana no municpio.

    Com o tema Minei-ros em Paz foram apre-sentados, atravs do uso da tribuna, sugestes para combater a violncia no municpio e dar mais se-gurana aos moradores.

    Os objetivos da cam-panha coibir a violncia, criar mecanismos de com-bate mesma, conscien-tizao em prol da paz, criao de estratgias no combate violncia, bem como interveno junta-mente aos rgos de jus-tia pblica.

    Por meios dessas aes, a audincia pre-tende resgatar a integri-dade da famlia e os va-lores fundamentais, bem como a conscientizao de toda a sociedade da necessidade da reviso de conceitos e anlises de suas atitudes, chamando a populao responsabili-dade, juntamente com os rgos competentes, na resoluo dos problemas emergenciais da violncia no municpio.

    Segundo a presiden-te da Cmara, Beatriz Car-valho, a preveno algo que merece valorizao, j que criar mecanismos para inibir essas prticas primordial no tratamen-to do problema. Com cer-teza a preveno algo que devemos priorizar, pois antes do problema instaurado preciso que j estejamos fazendo algo no sentido de inibir a vio-lncia, dessa forma mais fcil a interveno, colo-car o problema em pauta e discutir com os morado-res uma das formas de conhecer melhor onde e como criar mecanismos para que no aumente es-ses ndices, disse.

    Essa audincia pbli-ca o inicio de um pla-nejamento de toda uma campanha permanente, em que todos somos respons-veis, no apenas os verea-dores, o prefeito, governa-dor, gestores da segurana pblica e judicirio, mas tambm toda a populao mineirense, que precisa participar ativamente des-se processo. Dentro deste planejamento j estamos organizando o Dia D No a Violncia, um aconteci-mento para marcar poca em nossa cidade e com certeza, igrejas, associa-es de bairros, lideres classistas e toda a comu-nidade estaro presentes neste evento que render bons frutos, nascidos des-ta semente que est sendo lanada hoje.

    Presidente Beatriz conduz sesso que discutiu o crescente ndice de violncia na cidade

    Plenrio lotado para acompanhar a discusso sobre a cobrana do IPTU - 2014

    FOTOs: LINdOMAR ROdRIgUes

    PARTICIPE DAS REUNIES. CONHEA O TRABALHO DO LEGISLATIVO.

    ATUE COMO CIDADO.

  • ABRIL/20148MINEIROS-GO

    Cmara j aprovou 51 matriasConstruo de uma ponte de concreto armado sobre o crrego enxada, na regio Salto Diamantino, recapeamen-

    to da Avenida Contorno, inserir a festa Encontro dos Amigos do Mineirinho dentro da progra-mao anual das festividades do

    aniversrio de Mineiros... Foram algumas das matrias debatidas e aprovadas nas sesses ordinrias de 2014.

    Confira nesta edio os pro-jetos de lei e requerimentos apro-vados ou que ainda esto em tra-mitao no plenrio da Cmara

    Municipal. Vale frisar que 51 mat-rias j foram aprovadas este ano e outras 100 encontram-se em apre-ciao pelos vereadores.

  • ABRIL/2014 9MINEIROS-GO

  • ABRIL/201410MINEIROS-GO

  • ABRIL/2014 11MINEIROS-GO

  • ABRIL/201412MINEIROS-GO

    Vereadores discutem limpeza pblicaA situao dos servios prestados na limpeza pblica de Mineiros foi discutida em plenrio pelos vereadores da Casa, na Sesso Ordinria do dia 24 de fevereiro de 2014.

    Sobre o assunto, o verea-dor Ernesto Vilela colocou em pauta a discusso e lembrou a importncia de observar a situao dos profissionais de limpeza pblica do municpio de Mineiros, pois as condies de trabalho esto precrias.

    Defendeu a melhoria das mesmas e a adequao do horrio de expediente destes profissionais. Ernesto solicitou ao lder do prefeito,

    vereador Gervanir, que leve suas reclamaes ao prefeito, e tambm solicitou presi-dente da Casa, Dra. Beatriz, o posicionamento do Executivo sobre o assunto.

    Em resposta ao vereador Ernesto Vilela, o vereador Gervanir disse que quanto questo humana, a prefeitu-ra tem providenciado o ne-cessrio, porm os demais, por se tratar de empresa ter-ceirizada, ficam por conta da empresa contratada.

    Discutindo o tema, o vereador Dr. Paulo Cunha mencionou as inmeras re-clamaes que chegam ao seu gabinete sobre as con-

    dies precrias do servio de limpeza pblica. Disse que considera uma ilicitude o que vem ocorrendo, e fez requerimento para que o en-carregado da empresa pres-tadora de servios, ou algum responsvel, seja convidado para prestar esclarecimentos em plenrio.

    O vereador Marcelo do Vale falou sobre o descon-tentamento da populao em relao ao servio, e lem-brou que a prestadora de ser-vios recebe seus pagamen-tos em dia do Poder Pblico e mesmo assim presta servi-o de m qualidade. Lembrou ainda as diversas aes fei-

    tas pelo Legislativo para so-lucionar essa problemtica, bem como para solucionar a precariedade nas condies de trabalho fornecida aos colaboradores da empresa prestadora de servios.

    O vereador Washington Luis disse que no v justi-ficativa para que a empresa de limpeza pblica no pres-te servio hbil, sendo que a mesma recebe seus paga-mentos em dia. Sugeriu que seja feita discusso sobre normas de segurana e qua-lidade deste servio.

    O vereador Edmar An-drade tambm discutiu o as-sunto e disse que concorda

    com todos os apontamentos feitos pelos vereadores, pois sabe das ms condies en-frentadas pelos trabalhado-res por terem materiais de trabalho e de segurana pre-crios, bem como o horrio de servio que inadequado. Informou ainda que assina-r o requerimento proposto pelo vereador Dr. Paulo.

    O tema motivou outra reunio na Cmara, quando o representante da empresa res-ponsvel pela limpeza pbli-ca, senhor Carlos, compareceu ao plenrio e comprometeu-se a regularizar o servio presta-do em Mineiros. (Fonte: www.mineiros.go.leg.br)

    Plenrio sempre lotado durante discusso de temas que afetam a populao mineirense

    HISTRIA DO LEGISLATIVO

    Estrada de ferro, um sonho antigo

    A preocupao com o desenvolvimento do nosso municpio e regio pelo Le-gislativo Municipal no de agora. Registra-se nos anais desta Casa a interessante luta travada pelos vereadores de 1.960, os ilustres edis: Sady Jos de Moraes, Honorato de Souza, Miguel da Costa Lima, Sebastio Neves Amorim e Antnio de Oliveira Martins.

    Consta no livro de atas N 3, o registro da ata 8

    sesso da 1 reunio ordin-ria da Cmara Municipal, sob a presidncia do vereador Sady, s folhas 44 a 47, do dia 08 de maro de 1960, o interessante relato da ordem do dia, de uma viagem feita a So Paulo e Rio de Janeiro, por uma comisso de verea-dores e lideranas polticas, encabeada pelo ento vice--prefeito de Mineiros, Jos Alves de Assis.

    Nesta viagem a comisso

    manteve encontros com os diretores da estrada de ferro Araraquara, na cidade do mes-mo nome, obtendo daqueles diretores a promessa formal de que um deles viria a Mi-neiros para escolher um pr-dio onde deveria funcionar, em local provisrio, a sede daquela ferrovia nesta cidade, cuja construo afirmou que se iniciaria em breve.

    Na cidade do Rio de Janeiro, ento capital da

    Repblica, estiveram no Palcio Tiradentes (Cmara Federal) e no Palcio Mon-roe (Senado Federal), onde solicitaram dos senhores deputados e senadores, um projeto de lei criando uma rodovia federal ligando Cam-

    po Grande a Braslia, passan-do por Mineiros. Na capital federal, juntamente com o deputado Federal Rezende Monteiro, estiveram na dire-o do Banco do Brasil, onde pleitearam uma agncia do BB para nosso municpio.

    Tambm na capital fe-deral estiveram com direto-res da VASP a quem solicita-ram a implantao de uma linha rea daquela empresa, ligando Mineiros a Braslia (em fase final de construo) e Cuiab.

    Na agenda...

    Est acontecendo no plenrio da Cmara, de 07 a 11, as sesses ordinrias do ms de abril. As matrias aprovadas neste ms sero publicadas na edio de maio.

    A Cmara Municipal de Mineiros promover, no prximo dia 23/04, a Caminha Pela Paz em Mineiros. Vista-se de branco e vamos, juntos, defender uma cidade cheia de paz, amor e respeito a vida.

    No dia 25/04 acontecer a primeira sesso especial: O Vereador em seu Bairro. O evento ser realizado no Setor Leontino.

    Vereadores de 1960 foram ao Estado de So Paulo reivindicar a vinda da Estrada de Ferro Araraquara