Transcript
Page 1: Recuperação Paralela 2010 Processos de Recuperação: Caminhos e Desafios A importância do registro na Recuperação Paralela

Recuperação Paralela 2010

Processos de Recuperação: Caminhos e Desafios

A importância do registro na Recuperação Paralela

Page 2: Recuperação Paralela 2010 Processos de Recuperação: Caminhos e Desafios A importância do registro na Recuperação Paralela

O QUE IRÁ DAR CREDIBILIDADE AO PROFESSOR SÃO OS REGISTROS; SUBSÍDIOS PARA UMA AVALIAÇÃO

QUALITATIVA.

Page 3: Recuperação Paralela 2010 Processos de Recuperação: Caminhos e Desafios A importância do registro na Recuperação Paralela

O registro permite a sistematização de um estudo feito ou de uma situação de aprendizagem vivida. O registro é História, memória individual e coletiva eternizadas na palavra grafada. É o meio capaz de tornar o educador consciente de sua prática de ensino, tanto quanto do compromisso político que a reveste.

Madalena Freire

REGISTRO: AVALIAÇÃO QUALITATIVA

Page 4: Recuperação Paralela 2010 Processos de Recuperação: Caminhos e Desafios A importância do registro na Recuperação Paralela

• numa primeira fase: registrar suas reflexões sobre o próprio processo de aprendizagem;

• numa fase posterior: registrar o que está percebendo de mudança na sua prática;

• entre uma fase e outra: manter debates com colegas (revê o que está fazendo, reorganiza as atividades de ensino).

O registro possibilita ao professor:

Page 5: Recuperação Paralela 2010 Processos de Recuperação: Caminhos e Desafios A importância do registro na Recuperação Paralela

CABE AO PROFESSOR DOESTUDO DE RECUPERAÇÃO

PARALELA

Organizar uma boa rotina, pautas de observação e registros constantes do processo de aprendizagem dos alunos

de maneira que o leve a :

Page 6: Recuperação Paralela 2010 Processos de Recuperação: Caminhos e Desafios A importância do registro na Recuperação Paralela

- Compreender os motivos das dificuldades de aprendizagem dos alunos.

- Procurar estabelecer vínculos positivos e de confiança com os alunos.

- Valorizar os saberes dos alunos.

-Acolher as ideias, dúvidas e tratar os erros dos alunos como sinais de saberes.

- Manifestar confiança na capacidade dos alunos, respeitar às dúvidas, saberes, etc.

Page 7: Recuperação Paralela 2010 Processos de Recuperação: Caminhos e Desafios A importância do registro na Recuperação Paralela

VÍDEO: O DIÁRIO

Page 8: Recuperação Paralela 2010 Processos de Recuperação: Caminhos e Desafios A importância do registro na Recuperação Paralela

INSTRUMENTOS DE REGISTRO

Page 9: Recuperação Paralela 2010 Processos de Recuperação: Caminhos e Desafios A importância do registro na Recuperação Paralela

Análise da Avaliação

Tabulação da Avaliação

Avaliação Diagnóstica

Nomes dos alunos para ERP Enc

amin

ham

ento

Acompanhamento

Autoavaliação

Síntese Apreciativa

INSTRUMENTOS PARA DIAGNÓSTICO, REGISTROS E ACOMPANHAMENTOS

Page 10: Recuperação Paralela 2010 Processos de Recuperação: Caminhos e Desafios A importância do registro na Recuperação Paralela

SUBSÍDIOS PARA OS INSTRUMENTOS- Eixos Temáticos

- Competências do Sujeito: - Matriz de Referência para Avaliação do SARESP

MATERIAL DE APOIO PRODUZIDO PELA CENP+ Matemática – Volume Especial

+ Matemática – Volume 2+ Matemática – Volume 3

AVALIAÇÃO DIAGNÓSTICAAvaliação Diagnóstica 5ª/6ª série EFAvaliação Diagnóstica 7ª/8ª série EFAvaliação Diagnóstica Ensino Médio

Page 11: Recuperação Paralela 2010 Processos de Recuperação: Caminhos e Desafios A importância do registro na Recuperação Paralela

EIXOS TEMÁTICOS

TEMA CONTEÚDO

TEMA 1 Números, operações e funções

TEMA 2 Espaço e forma

TEMA 3 Grandezas e medidas

TEMA 4 Tratamento da informação

Page 12: Recuperação Paralela 2010 Processos de Recuperação: Caminhos e Desafios A importância do registro na Recuperação Paralela

COMPETÊNCIAS DO SUJEITO

GRUPO COMPETÊNCIA

GRUPO I OBSERVAR

GRUPO II REALIZAR

GRUPO III COMPREENDER

Page 13: Recuperação Paralela 2010 Processos de Recuperação: Caminhos e Desafios A importância do registro na Recuperação Paralela

MATRIZ DE REFERÊNCIA PARA A AVALIAÇÃO DO SARESP

MATRIZ SARESP.doc

HABILIDADES DO EF e EMMATRIZ DE ESPECIFICAÇÃO Matematica EF e EM.doc

Page 14: Recuperação Paralela 2010 Processos de Recuperação: Caminhos e Desafios A importância do registro na Recuperação Paralela

MATERIAL DE APOIO PRODUZIDO PELA CENP

VOLUME_ESPECIAL-_atividades_e_objetivos[1].doc

VOLUME_2-_atividades_e_objetivos[1].doc

VOLUME_3-_atividades_e_objetivos[1].doc

Page 15: Recuperação Paralela 2010 Processos de Recuperação: Caminhos e Desafios A importância do registro na Recuperação Paralela

Apresentação das Fichas de acompanhamento

DE - Região São Vicente Recuperação Paralela 2010

- 25/02

Registro – EFRegistro – EM

Page 16: Recuperação Paralela 2010 Processos de Recuperação: Caminhos e Desafios A importância do registro na Recuperação Paralela

• WEISZ, Telma. O Diálogo entre o ensino e a aprendizagem. São Paulo: Ática, 1999.

• ANDRÉ, M.; DARSIE, M. M. P. Novas práticas de avaliação e a escrita do diário: atendimento às diferenças? In: ANDRÉ, Marli (org.) Pedagogia das diferenças na sala de aula. Campinas, SP: Papirus, 1999.

• CASTEDO, Mirta L. Uma alternativa de Capacitação Docente para a Alfabetização Inicial. Bogotá, 1993 (mimeo).

• CASTRO, Edmilson de. A produção do registro do educador: decifrando sinais. In: http://www.pedagogico.com.br/edicoes/8/artigo2241-1.asp?o=r, acesso em 21/01/2010.

• FREIRE, Madalena. O papel do registro na formação do educador . In: < http://www.pedagogico.com.br/edicoes/8/artigo2242-1.asp?o=r > acesso em 20/01/2010

Para saber mais:

Page 17: Recuperação Paralela 2010 Processos de Recuperação: Caminhos e Desafios A importância do registro na Recuperação Paralela

FREITAS, Alexandre S. Os desafios da Formação de Professores no Século XXI:

Telma F. Formação continuada de professores: questões para reflexão. Belo Horizonte: Autêntica, 2005.

GÓMEZ, C. M. – O pensamento Prático do Professor – A formação do Professor como Profissional reflexivo. In: NÓVOA, A. Os professores e sua Formação. Lisboa: Pub. Dom Quixote, 1995.

PERRENOUD, Philippe. A Prática reflexiva do professor : profissionalização e razão docente. Porto Alegre: Artmed Editora, 2002.

NÓVOA, A. (org.)- Os Professores e sua Formação. Lisboa: Pub. Dom Quixote, 1995.

http://crv.educacao.mg.gov.br/sistema_crv/index.asp?id_projeto=27&ID_OBJETO=35606&tipo=ob&cp=000000&cb=&n1=&n2=Biblioteca%20Virtual&n3=Dicion%E1rio%20da%20Educa%E7%E3o&n4=&b=s

http://www.alb.com.br/anais16/sem10pdf/sm10ss09_09.pdf

Page 18: Recuperação Paralela 2010 Processos de Recuperação: Caminhos e Desafios A importância do registro na Recuperação Paralela

OBRIGADO

PCsOP DE MATEMÁTICA:

Iara Arakaki

&

Mutsu-ko Kobashigawa


Recommended