of 21/21
Centro de Ciências Exatas e Tecnológicas CET150 - Processamento de Dados I Prof. Marcos Bião Aula – 02 Estrutura sequencial de um algoritmo

02- estrutura sequencial

  • View
    126

  • Download
    3

Embed Size (px)

Text of 02- estrutura sequencial

1. Aula 02Estrutura sequencial de um algoritmoCentro de Cincias Exatas e TecnolgicasCET150 - Processamento de Dados IProf. Marcos Bio 2. Formato bsicoA linguagem C Case SensitiveExiste diferena entre letras maisculas eminsculas;EX: Soma, soma, SoMa, somA; 3. Tipos bsicos de dadosInteiro: define variveis numricas do tipo inteiro, ou seja,sem casas decimais.Real: define variveis numricas do tipo real, ou seja,comcasas decimais.Caractere: define variveis do tipo string, ou seja, cadeiade caracteres. 4. Declarao de variveisAs variveis podem ser compostas por letras(maisculas eminsculas), nmeros e underline.O primeiro caracter no pode ser um numeroMaisculas e minsculas representam caracteres diferentes,logo variveis diferentesUma varivel no pode ter um nome igual a uma palavrareservada da linguagem C 5. Declarao de variveisInterno int x;Real float x; double y;Caracter char nome; char nome[40]; 6. Declarao de variveis 7. Comando de sada Para fazer aparecer algo na tela, utiliza-se o comandoprintf()EX#include int main(){printf(Alo mundo!!!)return 0;} 8. Atribuio Para atribuir um valor a uma variavel, deve-se fazer oseguinte:Essa duas linhas podem ser agrupadas em uma nicalinha: 9. Atribuio Caso queira passar o valor, por exemplo, da variavelnum para a variavel val, deve ser feito o seguinte: 10. Operadores 11. Inteiro - int Exemplo de cdigo com inteiros:#include int main(){int num = 100;printf(O valor de num %d e o valor seguinte %dn,num,num+1);return 0;} 12. Inteiro - int Exemplo de cdigo com inteiros:#include int main(){int num = 100;int num2;num2 = num +1;printf(O valor de num %d e o valor de num2 %dn,num,num2);return 0;} 13. Comando de entrada Para entrar com algum valor pelo teclado, necessrio usar o comando scanfEX:#include int main(){int n1,n2;printf(Digite dois numeros :);scanf(%d%d, &n1 , &n2);printf(O resultado de %d + %d e igual a %d, n1, n2,n1+n2);return 0;} 14. Reais float e double As variaveis do tipo float e double, so utilizadas paraarmazenar valores numericos com parte fracionaria.A diferena entre esses dois tipos que o float reserva4 bytes de espao e o double 8 bytes. Com isso temos odobro de presioAs variaveis reais so separadas por um ponto(no poruma virgula) 15. Reais float e double EX:#include int main(){float raio, perimetro;double Pi=3.1415927, area;printf(Introduza o raio da circunferencia: );scanf(%f, &raio);area = Pi*raio*raio;perimetro = 2*Pi*raio;printf(Area = %f Perimetro = %f , area, perimetro);return 0;} 16. Caracter - char Esse tipo de varivel pode armazena apenas umcaracter.EX:#include int main(){char letra;printf(Digite uma letra);scanf(%c,&letra);printf(A letra que foi digitada e %c , letra);return 0;} 17. Caracter - char Para poder escrever um nome, por exemplo, necessrio trs coisas:Informar o tamanho da varivel, nome[40].Utilizar a funo gets()Utilizar o %s durante a escrita da varivel 18. Caracter - charEX:#include int main(){char nome[10];printf("Digite o seu nome");gets(nome);printf("Alo mundo eu me chamo %s",nome);return 0;} 19. Resumo de % 20. Funes 21. FunesEX:#include int main(){float a;a= 3.45;printf("%dn",abs(a));printf("%f",a-abs(a));return 0;}