2012.1 semana 5 pessoa jurídica

Embed Size (px)

DESCRIPTION

pessoa jurídica

Text of 2012.1 semana 5 pessoa jurídica

Slide 1

DIREITO CIVIL I PARTE GERALA PESSOA JURDICA*

Pessoa jurdica a entidade ou instituio que, por fora das normas jurdicas criadas, tem personalidade e capacidade jurdicas para adquirir direitos e contrair obrigaes. Ela nasce do instrumento formal e escrito que a constitui (art. 45 CC), ou diretamente da lei que a institui. Conceito*A pessoa jurdica consiste num conjunto de pessoas ou bens, dotado de personalidade jurdica prpria e constitudo na forma da lei, para a consecuo de fins comuns. So entidades a que a lei confere personalidade, capacitando-as a serem sujeitos de direito e obrigaes.

Natureza Jurdica TEORIA ORGNICA DA PESSOA JURDICA - Para esta corrente, as pessoas jurdicas so uma realidade sociolgica, com vida prpria que nasce por imposio das foras sociais, so seres de existncia anterior e independente da ordem jurdica, se apresentando ao direito como realidades incontestveis. TEORIA DA FICO DA PESSOA JURDICA Para esta corrente, as pessoas jurdicas constituem uma criao artificial da lei, um ente fictcio, pois somente a pessoa natural pode ser sujeito da relao jurdica e titular de direitos subjetivos. So criaes do direito e, assim, fora da previso legal correspondente, no se as encontram em lugar algum.*

IMPORTANTE! Hoje, para a maioria dos tericos, a natureza das pessoas jurdicas a de uma idia, expediente de ordem tcnica, a forma encontrada pelo direito para reconhecer a existncia dos grupos e indivduos que se unem na busca de fins determinados, cujo sentido partilhado pelos membros de uma comunidade jurdica, que a utilizam na composio de seus interesses. Sendo assim, ela no preexiste ao direito. A personalidade jurdica um atributo que o Estado defere a certas entidades havidas como merecedoras dessa benesse. (teoria adotada pelo direito brasileiro).*

PRINCIPAL CARACTERSTICAA pessoa jurdica, embora formada por pessoas naturais, tem vida prpria e autnoma no se confundindo com a vida de seus membros.*

CLASSIFICAO DA PESSOA JURDICA*

As pessoas jurdicas de direito pblico iniciam-se em razo de fatos histricos, de criao constitucional, de lei especial e de tratados internacionais, se tratar-se de pessoa jurdica de direito pblico externo.

As pessoas jurdicas de direito privado, o fato que lhes d origem a vontade humana, sem necessidade de qualquer ato administrativo de concesso ou autorizao, salvo os casos especiais do CC (art. 45,CC), porm a sua personalidade jurdica permanece em estado potencial, adquirindo status jurdico, quando preencher as formalidades ou exigncias legais; o processo gentico apresenta-se em 2 fases: a do ato constitutivo, que deve ser escrito, e a do registro pblico.*Art. 40. As pessoas jurdicas so de direito pblico, interno ou externo, e de direito privado.

PESSOA JURDICA DE DIREITO PBLICORegidas pelo Direito Internacional, abrangendo: ONU/OEA, UNESCO, FIFA, Naes Estrangeiras; entre outros.

So criadas atravs de tratados internacionais, fatos histricos, criao constitucional. art. 42 novo CC Estados estrangeiros e todas as pessoas que forem regidas pelo direito internacional pblico. *1. Pessoa Jurdica de Direito Pblico Externo

*Art. 41. So pessoas jurdicas de direito pblico interno:I- a Unio;II- os Estados, o Distrito Federal e os Territrios;III- os Municpios;IV- as autarquias, inclusive as associaes pblicas; V- as demais entidades de carter pblico criadas por lei.

O art. 41 do Cdigo Civil enumera as pessoas jurdicas desta classe : Adm. Direta - Unio, os Estados, os Territrios(retorno dos territrios pelo CC 2002), os Municpios e o Distrito Federal.Adm. Indireta - IV autarquias, e V demais entidades de carter pblico criadas por lei*2. Pessoa Jurdica de Direito Pblico Interno

* o conjunto de entidades personalizadas, vinculadas normalmente a um rgo da Administrao Direta (Ministrio ou Secretaria), previstas no art. 4, II, do Decreto-lei n 200, de 25/02/1967. Compe-se das autarquias, fundaes pblicas e entidades paraestatais, representadas estas pelas empresas pblicas e sociedades de economia mista.Somente por lei especfica poder ser criada autarquia e autorizada a instituio de empresa pblica, de sociedade de economia mista e de fundao.ADMINISTRAO INDIRETA 2. Pessoa Jurdica de Direito Pblico Interno

*a) AUTARQUIA. uma entidade de direito pblico, com personalidade jurdica e patrimnio prprios, destinada execuo de atividades destacadas da administrao direta.A autarquia opera com autonomia frente ao poder que a criou. Responde diretamente por seus atos. Mas o poder que a criou poder responder subsidiariamente, no caso de falta de recursos da autarquia ou no caso de sua extino.

b) EMPRESA PBLICA : Entidade com patrimnio prprio e capital exclusivo da Unio, criada por lei para a explorao de atividade econmica que tenha que ser exercida pelo governo. uma empresa de capital inteiramente pblico, dedicada a atividades econmicas, tendo, porm, personalidade jurdica de direito privado Exemplo: Embrapa (As empresas pblicas regem-se, no que couber, pelo Cdigo Civil, salvo disposio em contrrio

*

*c)- SOCIEDADES DE ECONOMIA MISTA: Entidade criada por lei para explorao de atividade econmica sob forma de sociedade annima, cujas aes com direito a voto pertenam, em sua maioria Unio ou Administrao Indireta. uma empresa de capital pblico e particular, com direo estatal e personalidade jurdica de direito privado. Deve ter forma de sociedade annima, com maioria de aes votantes nas mos do poder pblico (DL 200/67, Art. 5, III). Exemplo: Petrobrs.

d) FUNDAES PBLICASFim especfico, sem fins lucrativos. Surgem quando a lei individualiza um patrimnio a partir de bens pertencentes a uma pessoa jurdica de direito pblico, afetando-o realizao de um fim administrativo e dotando-o de organizao adequada. Institudas pelo Poder Pblico, criadas por lei especfica, portanto, estando revestida das caractersticas de fundao pblica, Art. 37,XIX, CF/88 (Ex. Fundao Nacional de Sade)*

So as associaes, sociedades simples ou empresariais, as fundaes, as organizaes religiosas, os partidos polticos, e as entidades paraestatais(como as empresas pblicas, as sociedades de economia mista e os servios sociais autnomos); so institudas por iniciativa de particulares, Iniciam sua personalidade jurdica com a inscrio do ato constitutivo no respectivo registro, precedida, quando necessrio, de autorizao do Poder Executivo.Obs. As sociedades de advogados so registradas na OAB.PESSOA JURDICA DE DIREITO PRIVADO*

*Art. 44. So pessoas jurdicas de direito privado:I- as associaes;II- as sociedades;III- as fundaes;IV as organizaes religiosas; (Acrescentado pela L-010.825-2003)V os partidos polticos. (Acrescentado pela L-010.825-2003)VI- as empresas individuais de responsabilidade limitada. (Acrescentado pela L-012.441-2011)

Associaes: No tem fim lucrativo ou inteno de dividir o resultado, embora tenha patrimnio, formado por contribuio de seus membros para a obteno de fins culturais, educacionais, esportivos, et.

Sociedades empresrias: Visam lucro, mediante exerccio de atividade empresria; para diferenci-la da Simples, basta considerar-se a natureza das operaes habituais; se estas tiverem por objeto atos de empresa, a sociedade ser empresarial, caso contrrio, simples.*

SOCIEDADE SIMPLES: que visa fim econmico ou lucrativo, que deve ser repartido entre os scios, sendo alcanado pelo exerccio de certas profisses ou pela prestao de servios tcnicos; tem ela uma certa autonomia patrimonial e atua em nome prprio, pois sua existncia distinta dos scios de modo que os dbitos destes no so da sociedade e vice-versa.*

Fundaes privadas

I - Fundao de Direito Pblico II - Fundao de Direito PrivadoInstituda pelo Poder Pblico. Istituda pelo Poder Pblico, criada por lei especfica, portanto, estando revestida das caractersticas de fundao pblica, inciso XIX do artigo 37 da Constituio Federal.Instituda pelo (s) Particular (es) Reguladas pelos dispositivos do Cdigo Civil Brasileiro, em seus artigos 62 a 69 e da Lei n 6.515/73 que exige o registro de sua Escritura e respectivo Estatuto Social junto ao Cartrio de Registro de Ttulos e Documentos. Lei especfica de criaoEstatutos SociaisMantida pelo Poder PblicoNo mantida ou subvencionada pelo Poder PblicoO patrimnio inicial formado com a transferncia de bens mveis e imveis pblicosO patrimnio inicial formado por dotao de seus instituidoresOs bens e rendas so considerados patrimnio pblicoSeus bens e direitos no so considerados bens pblicos, estando vinculados ao Cdigo CivilOs contratos esto sujeitos a Lei de LicitaesNo alcanada pela Lei de LicitaesO pessoal est sujeito ao regime jurdico nico do Poder PblicoSeus funcionrios so vinculados ao Regime da CLT

*PARTIDOS POLTICOS: :Associaes civis que tm por escopo assegurar dentro do regime democrtico, os direitos fundamentais estatudos pelo CF/88. Foram considerados como pessoa jurdica de direito privado pela Lei 9.096, de 19.09.1995, que dispe em seu art.

*EIRELI - Empresa individual de responsabilidade limitadaA empresa individual de responsabilidade limitada ser constituda por uma nica pessoa titular da totalidade do capital social, devidamente integralizado, que no ser inferior a 100 (cem) vezes o maior salrio-mnimo vigente no Pas. 1 O nome empresarial dever ser formado pela incluso da expresso "EIRELI" aps a firma ou a denominao social da empresa individual de responsabilidade limitada.( L-012.441.2011).

So aqueles que, embora possam ser capazes de adquirir direitos e contrair obrigaes, no preenchem as condies legais e formais para serem enquadrados como pessoas jurdicas, por falta de alguns requisitos ou pela sua situao jurdica sui generis. Esto entre tais, a massa falida, esplio e a pessoa jurdica de fato (que so aqueles pequenos comerciantes que compram e vendem produtos sem terem sociedade comercial regularmente constituda. ( ambulantes,