Apr. centenrio 1

  • View
    386

  • Download
    0

Embed Size (px)

DESCRIPTION

 

Text of Apr. centenrio 1

  • 1. BE/CRE da EB1 JI de Monte Abrao 1 A equipa : Graa Horta Helena Dias Isabel Aradas Rosrio Matias (voluntria) Outubro de 2010

2. Uma Viagem pela Cidade de Queluz 3. Povoao de Queluz h 100 anosA cidade de Queluz hoje 4. Fonte dos Arcos 5. Bairro Almeida Arajo 6. A apanha do trigo em Queluz A lavoura nos campos de Queluz 7. Estao de Queluz(nos sc. XIX-XX) Estao de Queluz (sc. XXI) 8. Ruas de Queluz relacionadas com a Repblica 9. 10. 11. 12. 13. 14. Manuel de Arriaga, foi um advogado, professor, escritor e poltico de origem aoriana. Grande orador e membro destacado da gerao doutrinria do republicanismo portugus. Foi dirigente e um dos principais idelogos doPartido Republicano Portugus . A24 de Agostode1911tornou-se no primeiro presidente eleito daRepblica Portuguesa , sucedendo na chefia do Estado aoGoverno Provisriopresidido porTefilo Braga . Exerceu aquelas funes at26 de Maiode1915 , data em que foi obrigado a demitir-se, sendo substitudo no cargo pelo mesmo Tefilo Braga, que como substituto completou o tempo restante do mandato . Manuel Jos de Arriaga Brum da Silveira( Horta ,8 de Julhode1840-Lisboa ,5 de Marode1917 ) 15. Miguel Augusto Bombarda foi um mdicopsiquiatrae polticorepublicano portugus . Republicano convicto. Tornou-se membro doPartido Republicano Portugusem1909 , tendo sido eleito deputado em Agosto de1910 . Membro do comit revolucionrio que implantou aRepblicaemPortugal , em5 de Outubrode1910 , e considerado o seu chefe civil. No chegou, contudo, a assistir vitria dos republicanos por ter sido assassinado por um doente mental do Hospital de Rilhafoles em3 de Outubrode1910 , poucas horas antes do incio da revolta. Teve um funeral conjunto ao deCndido dos Reis , em Outubro . Miguel Augusto Bombarda ( Rio de Janeiro ,6 de Marode1851Lisboa ,3 de Outubrode1910 ) 16. Jos Elias Garcia,f ilho de Jos Francisco Garcia, chefe das oficinas do Arsenal de Marinha, revolucionrio liberal que sempre se batera pela causa constitucional. Elias Garcia foi um dos vultos mais prestigiosos do movimento republicano portugus, na sua primeira fase. Foi coronel de Engenharia, poltico, jornalista, presidente de diversas organizaes liberais, lente da Escola do Exrcito, gro-mestre da Maonaria portuguesa, deputado e presidente da Cmara Municipal de Lisboa entre 1870 e 1890. Jos Elias Garcia morreu pobre, tendo dedicado toda a sua vida defesa da Democracia Jos Elias Garcia (Cacilhas, a 31 de Dezembro de 1830 - Lisboa , 21 de Junho de 1891). 17. BIBLIOGRAFIA ALMEIDA-GARRETT, Francisco Lancastre de (1993) -Resenha de Queluz e Arredores, 2edio ,Queluz: J.F de Queluz, 2 edio. Departamento de Cultura e Turismo da C.M.S.,(2001),Cidade de Queluz-As Razes do Futuro, Sintra: C.M.S. http://www.arepublicano.blogspot.com. http://www.arqnet.pt.dicionario . http://centenariodarepublica.pt. http://www.presidencia.pt . http://www.primeirarepublica.org/portal . http://www.vidaslusofonas.pt.