Brasil colônia seculo XVII

  • View
    26

  • Download
    3

Embed Size (px)

Text of Brasil colônia seculo XVII

  1. 1. BRASIL COLNIA: SCULO XVII
  2. 2. UNIO IBRICA (1580-1640) Morte de D. Sebastio em 1578 crise sucessria. Filipe II se candidatou ao trono por ser neto de D. Manuel I, o Venturoso. Interesse do novo monarca em obter as rendas do trfico negreiro africano. Juramento de Tomar Filipe II se comprometeu a manter os privilgios da elite portuguesa e autonomia desta. Na prtica, Filipe II explorou os cofres portugueses para financiar seus conflitos internacionais.
  3. 3. UNIO IBRICA (1580-1640) Os inimigos da Espanha se voltaram contra as possesses portuguesas ndia, frica e Brasil. Invases holandesas, francesas e inglesas. Para o Brasil, a Unio Ibrica significou a possibilidade dos colonos brasileiros de se fixarem alm do Tratado de Tordesilhas ocupao do Sul e do Norte. Rompimento do tratado com os holandeses sobre a venda do acar brasileiro. Derrota da Invencvel Armada (1588).
  4. 4. UNIO IBRICA (1580-1640) O reinado dos 2 primeiros reis se arrastou de forma tranquila, mas o reinado de Felipe III foi repleto de rebelies. Restaurao Portuguesa o duque de Bragana liderou a libertao de Portugal do domnio espanhol. Criao do Conselho Ultramarino (1644) a fim de recuperar o domnio portugus sobre suas reas coloniais.
  5. 5. INVASES HOLANDESAS Tratado comercial entre Portugal e os comerciantes holandeses garantia a estes a exclusividade sobre a venda do acar. 1571 independncia da Holanda do domnio de Filipe II. 1602 Fundao da Companhia das ndias Orientais visava conquistar terras no Oriente. 1621 rompimento do acordo entre holandeses e portugueses. Criao da Companhia das ndias Ocidentais e primeira tentativa de invadir Salvador.
  6. 6. INVASES HOLANDESAS 1624 Ocupao de Salvador visando ocupar o Recncavo Baiano. Resistncia dos colonos. 1630 investida contra Pernambuco. Mais uma vez os colonos resistiram com tocaias e guerrilha. A sede do governo passou para o arraial de Bom Jesus. 1632 captura de Domingos Calabar e reviravolta desfavorvel aos colonos. 1637 Maurcio de Nassau chegou para presidir o Brasil holands. Negociao com os colonos e paz.
  7. 7. INVASES HOLANDESAS Intensa urbanizao de Recife. Expanso at o Cear, investindo na pecuria. Ocupao de Luanda, em Angola. Liberdade religiosa, investimento no comrcio e manufaturas. No incio da dcada de 1640 houve a Restaurao portuguesa e uma crise agrcola. A Cia. das ndias exigiu o pagamento de dvidas confisco de terras. Em 1644, Nassau sai do poder e os colonos comeam a se rebelar contra o domnio holands.
  8. 8. INVASES HOLANDESAS Mesmo sem ajuda do governo portugus, os colonos se reorganizaram contra os holandeses. Era a Insurreio Pernambucana que reuniu senhores de engenhos, negros e indgenas. Em 1654, j com auxlio portugus, os braslicos expulsaram os holandeses. Atravessaram o Atlntico e retomaram Angola. Expulsos, os holandeses foram para as Antilhas e utilizaram todo o ensinamento para produo de acar.
  9. 9. EXPANSO TERRITORIAL Os portugueses sempre tiveram interesse em conseguir mais terras na Amrica, mas esbarravam no tratado de Tordesilhas. Havia a tentativa de ocupao de terras prximas a bacia do prata, mas a Espanha deixava claro que no facilitaria as coisas A Unio Ibrica acabou facilitando as coisas para os colonos brasileiros, j que no havia mais, na prtica, diviso territorial.
  10. 10. Durante a Unio Ibrica os brasileiros se lanaram para o interior, especialmente os paulistas (vicentinos), formando as bandeiras e entradas (quando era uma expedio oficial). Os bandeirantes tiveram um papel muito importante no processo de interiorizao do Brasil. Haviam bandeiras de: 1.Apresamento de ndios 2.Sertanismo de contrato 3.Prospectora (em busca de metais preciosos e diamantes e outras riquezas).
  11. 11. A PECURIA Com a proibio de criar gado no litoral, a pecuria foi se direcionando para o interior nordestino nos sculos XVI e XVII. Com a descoberta de ouro em minas e no centro oeste, foram abertas rotas de passagem das comitivas. Da chegou ao sul do Brasil, regio mais prxima a rea mineradora. A pecuria no sul foi utilizada, tambm, como forma de garantir a ocupao das terras atravs do Utti Possidetis.