of 34/34
Bullying: Prevenção e Intervenções Cinara Aline de Freitas – Pedagoga Danielle Garcia – Psicóloga Dulcimar Pereira Campos – Médica Pediatra Rozele Benítez - Advogada www.gedhu.webs.com VI Seminário de Educação Inclusiva Uberaba/MG

Bullying GEDHU

  • View
    363

  • Download
    0

Embed Size (px)

DESCRIPTION

Palestra apresentada no VI Seminário de Educação Inclusiva - Uberaba/MG

Text of Bullying GEDHU

  • Bullying:Preveno e IntervenesCinara Aline de Freitas PedagogaDanielle Garcia PsiclogaDulcimar Pereira Campos Mdica PediatraRozele Bentez - Advogadawww.gedhu.webs.com VI Seminrio de Educao InclusivaUberaba/MG

  • Contextos ....

  • A paz do mundo Comea em mim Se eu tenho amor, Com certeza sou feliz

  • Todos ns sofremos e causamos atitudes de bullying

  • O QUE ?ATOS REPETIDOS DE INTIMIDAO FEITOS POR UM INDIVDUO MAIS FORTE OU UM GRUPO, OBJETIVANDO DOMINAO. PODE SER FSICO, VERBAL, EMOCIONAL, RACISTA OU SEXUAL.

  • Agredir; Amedrontar; Assediar;Bater;Aterrorizar; Chutar; Discriminar;

  • Divulgar apelidos; Dominar; Empurrar;Excluir do grupo; Intimidar; Ofender; Fazer sofrer;

  • Ferir; gozar;Humilhar; ignorar; Isolar;perseguir; Sacanear; roubar;Quebrar pertences;Entre outros.

  • CYBERBULLYINGUTILIZAO DAS FERRAMENTAS DAS TECNOLOGIAS DA INFORMAO PARA PRATICAR BULLYING: INTERNET, BLOGS, REDES SOCIAIS, CELULAR ...

  • Se eu fao o bem ao meu irmo, Tenho a grandeza dentro do meu corao! Chegou a hora da gente construir a paz Ningum suporta mais o desamor

  • BREVE HISTRICODan Olweus (Noruega, 1993)

  • Paz pela paz - pelas crianas Paz pela paz - pelas florestas Paz pela paz - pela coragem de mudar Paz pela paz - pela justia Paz pela paz - a liberdade Paz pela paz - pela beleza de te amar

  • QUEM SO OS AGRESSORES?QUEM SO AS VTIMAS?QUEM SO AS TESTEMUNHAS?

  • CONSEQUNCIAS DO BULLYING PARA:

    AGRESSORES

    VTIMAS

    TESTEMUNHAS

  • BULLYING:A ESCOLABullying na escola muito mais comum do que pensam professores e pais.

  • Fatores que influenciam:

  • Fatores que influenciam:

  • Fatores que influenciam:

  • MITOS E EQUVOCOSO BULLYING IMPLICNCIA DE CRIANA;

  • O BULLYING TERMINA QUANDO SAMOS DA ESCOLA BSICA;A CRIANA QUE CONTA QUE ALGUM EST PRATICANDO O BULLYING DELATOR;A CRIANA QUE SOFRE O BULLYING DEVE RETALIAR (LEI DA SELVA);

  • A CULPA DA VTIMA;PASSAR PELO BULLYING TORNA A CRIANA MAIS FORTE E PREPARADA PARA A VIDA;CRIANAS DEVEM RESOLVER O PROBLEMA DE BULLYING POR SI PRPRIAS;

  • O PROBLEMA DOS PAIS OU DAS CRIANAS;SE APARECER CASOS DE BULLYING VAMOS PENSAR NO PROBLEMA.

  • Paz pela paz - pro mundo novo Paz pela paz - a esperana Paz pela paz - pela coragem de mudar. Paz pela paz - pela justia Paz pela paz - a liberdade Paz pela paz - pela beleza de te amar.

  • Legislao

  • Orientaoa pais e cuidadores

  • Orientaoa diretores, coordenadores e professores

  • Revendo Valores ....AutonomiaResistncia s FrustraesResponsabilidadeAlteridade/RespeitoLimites

  • A paz do mundo Comea em mim Se eu tenho amor, Com certeza sou feliz Se eu fao o bem ao meu irmo, Tenho a grandeza dentro do meu corao Chegou a hora da gente construir a paz Ningum suporta mais o desamorPaz pela paz - pelas crianas Paz pela paz - pelas florestas Paz pela paz - pela coragem de mudar. Paz pela paz - pela justia Paz pela paz - a liberdade Paz pela paz - pela beleza de te amar.Paz pela paz - pro mundo novo Paz pela paz - a esperana Paz pela paz - pela coragem de mudar. Paz pela paz - pela justia Paz pela paz - a liberdade Paz pela paz - pela beleza de te amar.

    *10 MI.**