Escravatura no seculo xvIII1

Embed Size (px)

Text of Escravatura no seculo xvIII1

  1. 1. Escravatura no seculo XVIIIDisciplina:H.G.P. ; L.P.O.
  2. 2. Imagens da escravaturas
  3. 3. Biografia sob Padre Antnio Vieira Antnio Vieira tinha 6 anosquando veio para o Brasil,ingressando pouco depoisno Colgio dos Jesutas.Como novio na Companhiade Jesus, em 1624 foiencarregado de escrever acarta nua o relato anualdas atividades dos jesutasaos superiores em Lisboa.No ano seguinte, fez seuvoto de castidade, pobrezae obedincia, deixando acondio de novio parainiciar os estudos deTeologia. Foi professor deRetrica em Olinda no anode 1627, pregador na Bahiaem 1633, ordenando-se em1638.
  4. 4. Continuao Como pregador, defendia os interesses do Brasil contra aganncia da Metrpole, defendia os escravos, os judeus einsistiu numa ao decisiva contra o invasor holands. Fundou a Companhia Geral do Comrcio do Brasil e foiministro em Haia, em 1646, quando escreveu o documentoPapel Forte, pelo qual foi apelidado em Lisboa de "Judas doBrasil". Em 1662 foi expulso do Brasil para Portugal, onde exerceu afuno de confessor da regente Dona Lusa e pregador daCapela Real. A mando do novo rei, Dom Afonso VI, foidesterrado para a cidade do Porto. Preso pela Inquisio eposto em liberdade por Dom Pedro, obteve sua absolvioquando viajou para Roma, em 1675. Retornou ao Brasil em 1681, instalando-se na Bahia. Ossermes e cartas que deixou so considerados verdadeirosmonumentos da literatura barroca e da cincia poltica. Tambm deixou fragmentos de um livro de profecias, quetinha o nome de Clavis Prophetanum, publicado em 1718 sob ottulo de Histria do Futuro.
  5. 5. Histria sobre escravatura Durante o domnio filipino, os inimigos de Espanha (Holanda, Gr-Bretanha,Frana) ocuparam parte do Imprio Portugus, sobretudo a Oriente. O Brasil veio ento tomar o lugar que tinha antes a ndia na economiaportuguesa. O acar, primeiro, o ouro e os diamantes, depois, eram agora asprincipais riquezas que chegavam ao reino. Muitos milhares de colonos portugueses emigraram para o Brasil, naesperana de enriquecer. Mas as plantaes de acar e os engenhos exigiam muita mo-de-obra. Os primeiros colonos tentaram utilizar os ndios como mo-de-obra escrava.Mas estes, habituados liberdade, no se adaptaram ao trabalho: revoltavam-se,adoeciam, fugiam... Foi de frica que comearam a viros escravos necessrios cada vez maior produo de acar. O principal comrcio fazia-se, assim, atravs do Atlntico: os navios partiamde Portugal e dirigiam-se costa africana, de onde levavamsobretudo escravos para o Brasil; daqui, traziam acar, ouro e diamantes. Os escravos trabalhavam nas plantaes de acar, nos engenhos e nasminas.
  6. 6. Descrio do Trabalho O trabalho do grupo est bom ; cada slidetem o seu fundo ; no primeiro slide ; nosegundo slide temos as imagens doescravatura ; no terceiro e no quarto slidetemos a biografia sob Padre Antnio Vieira; no quinto temos a historia sob escratura ;no sexto slide temos a discrio dotrabalho ; no stimo slide temos stios queconsultei ; no oitavo slide esta o nomes depessoas que fez o trabalho.
  7. 7. Sites que consultei http://pt.wikipedia.org/wiki/Escravatura_no_Brasil http://www.google.pt/imghp?hl=pt-PT&tab=wi Livro do 8 ano. Livro do 6ano.
  8. 8. Trabalho elaborado Vagner Lin; Joo Galiza.