Impactos del movimiento del acceso libre en la comunicación del conocimiento

  • Published on
    19-Oct-2014

  • View
    975

  • Download
    0

Embed Size (px)

DESCRIPTION

Ponencia presentada por Mara Irene da Fonseca e S, como parte del X Coloquio Internacional de Tecnologas aplicadas a los Servicios de Informacin

Transcript

<p>Slide 1</p> <p>IMPACTOS DO MOVIMENTO DO ACESSO LIVRE NA COMUNICAO DO CONHECIMENTO</p> <p>Maria Irene da Fonseca e SUniversidade Federal do Rio de Janeiro UFRJRio de Janeiro Brasil mariairene@facc.ufrj.br</p> <p>Comunicao Cientfica A comunicao situa-se no prprio corao da cincia. para ela to vital quanto a prpria pesquisa, pois a esta no cabe reivindicar com legitimidade este nome enquanto no houver sido analisada e aceita pelos pares. Isso exige, necessariamente, que seja comunicada. (Meadows, 1999) </p> <p> No esquea que o que chamamos hoje realidade foi imaginao ontem (Saramago, Jos. O Homem Duplicado, 2002)</p> <p>Comunicao Cientfica Sculo XVII - Peridicos Eletrnicos: canais preferenciais para a certificao do conhecimento cientfico e confirmao da autoria da descoberta cientfica.</p> <p> Editoras: Processo da publicao dos artigos e alto custo de manuteno das colees atualizadas. </p> <p>Comunicao Cientfica Questionamentos sobre o sistema atual de publicao Objetivo: Pesquisas financiadas estejam amplamente acessveis Cenrio: Globalizao e evolues tecnolgicas (TICs) Soluo: Acesso aberto / Acesso livre</p> <p>Comunicao Cientfica ATORES: Editoras, Pesquisadores, Agncias de financiamento, Instituies de pesquisa e Universidades, Sociedade, Governo, Bibliotecas, Provedores de acesso</p> <p> A vida [...] tem-me ensinado que nenhuma coisa simples, que s s vezes o parece, e que justamente quando mais o parecer que mais nos convir duvidar. (Saramago, Jos. O Homem Duplicado, 2002)</p> <p>Comunicao CientficaAutores so financiadosAutores realizam pesquisas, escrevem sobre seus resultados submetem seus manuscritos a um editorEditores solicitam parecer sobre manuscritos a pesquisadores especialistas na reaSe aceito o trabalho, editores o publicam e o autor cede os direitos autorais aos editoresOs pesquisadores autores tm o acesso a seus trabalhos restringido pelos custos dos peridicos</p> <p>Concluso: O estado paga pela pesquisa e pelo acesso ao resultado da pesquisaO conhecimento hoje est sendo comercializado como jamais foi (Mueller, 2006)</p> <p>Acesso Livre SKYWRITING escrever nos cus a disseminao da palavra escrita na Era Ps-Galcia de Gutenberg seria como escrever no cu, para todo mundo ver e adicionar seus comentrios como se fosse grafite nos banheiros pblicos (Harnard,1991)</p> <p>Acesso Livre- Peridicos Cientficos Eletrnicos com avaliao prvia pelos pares- Servidores de e-prints para reas especficas (repositrios para assuntos especficos)- Repositrios institucionais- Auto-arquivamento em pginas pessoais dos autores</p> <p>Acesso Livre As discusses sobre acesso aberto (open access) tendem a ser fortes em retrica, mas pequenas em fatos (ALSP Association of Learned and Professional Society Publishers, 2005)</p> <p>Problema:Legitimao - processo de legitimar - tornar legalLegitimidade - consenso e reconhecimento pelos pares - confiabilidade</p> <p>Acesso LivreIniciativas:- Budapest Open Access Initiative 2001</p> <p>- Berlin Declaration on Open Access to Knowledge in the Sciences and Humanitiees 2003</p> <p>- Brasil, Portaria 013 da CAPES 15 de fevereiro de 2006 (Para fins de acompanhamento e avaliao destinados renovao peridica do reconhecimento, os programas de mestrado e doutorado devero instalar e manter, at 31 de dezembro de 2006, arquivos digitais, acessveis ao pblico por meio da Internet, para divulgao das dissertaes e teses de final de curso ..)</p> <p>Acesso Livre Via Dourada As revistas tornam seus artigos acessveis livremente no momento da publicao</p> <p> Via Verde Os autores, aps enviarem uma cpia para um repositrio dos artigos aceitos para publicao, ou j publicados, tornam esses materiais acessveis gratuitamente Repositrios institucionais ou temticos</p> <p>Acesso Livre / Acesso Aberto A segunda Conferncia sobre o Acesso Livre ao Conhecimento, Universidade do Minho Portugal define Acesso Livre </p> <p> ..a disponibilizao livre na Internet de literatura de carcter acadmico ou cientfico (em particular os artigos de revistas cientficas com reviso pelos pares), permitindo a qualquer utilizador ler, descarregar, copiar, distribuir, imprimir, pesquisar ou referenciar o texto integral dos documentos.</p> <p>Acesso LivrePermite:Maior acessibilidadeMaior usoMaior fator de impactoMaiores recompensasMais produo</p> <p>Atores Sociais Pesquisadores: Como autores, interesse na maximizao do impacto de seus resultados. A comunidade cientfica deseja que sejam removidas as barreiras de acesso e permisso publicao. Os altos preos das assinaturas de publicaes apontam para a necessidade de novos modelos de negcios para a publicao cientfica. A visibilidade da produo cientfica institucional uma questo crucial tanto para os pesquisadores quanto para as suas instituies.</p> <p>Atores Sociais Profissionais de Unidades de Informao: Sero responsveis pela disponibilizao da informao nas bases de dados digitais a nvel mundial. No entanto, o estudo das interfaces e facilidades a serem disponibilizadas para o provedor e para o consumidor da informao fundamental.</p> <p>Atores Sociais Profissionais de Tecnologia de Informao: A responsabilidade dos profissionais das TICs ( Tecnologias de Informao e Comunicao) estar em evidncia. Questes como disponibilidade e segurana da informao, assim como preservao digital, estaro no topo da discusso. Desta forma, o foco dos profissionais da tecnologia da informao dever estar na qualidade do servio prestado comunidade usuria. </p> <p>Atores Sociais Agncias de Financiamento: Os recursos despendidos com pesquisa s se justificam se os seus resultados estiverem amplamente acessveis. Assim, elas comeam a questionar o sistema atual de publicao e traam polticas no sentido de que pesquisas financiadas estejam to amplamente acessveis quanto possvel. H a necessidade de reconhecimento da publicao eletrnica em ambiente aberto, por parte da comunidade cientfica como um todo e, em particular, das universidades e agncias de financiamento.</p> <p>Atores Sociais Formadores de Polticas Pblicas de Acesso Livre: Cabe s instituies e ao governo fomentar polticas que cobrem dos pesquisadores o depsito dos resultados de suas pesquisas/projetos em Bases Digitais, atendendo a requisitos pblicos. A questo econmica dever nortear as decises. Comunidades cientificas, de pases em desenvolvimento como o Brasil, sofrem constantemente pela falta de recursos financeiros, ao mesmo tempo em que so consumidores dos resultados das pesquisas das comunidades de pases mais desenvolvidos.</p> <p>Atores Sociais Usurios/Sociedade: so os beneficiados pelo acesso irrestrito. Os prprios produtores transformam-se em consumidores do contedo da produo cientfica.</p> <p>Acesso Livre Ao contrrio do que julga o senso comum, as coisas da vontade nunca so simples, o que simples a indeciso, a incerteza, a irresoluo. (Saramago, Jos. O Homem Duplicado, 2002)</p> <p>IMPACTOS DO MOVIMENTO DO ACESSO LIVRE NA COMUNICAO DO CONHECIMENTO</p> <p>Maria Irene da Fonseca e SUniversidade Federal do Rio de Janeiro UFRJRio de Janeiro Brasil mariairene@facc.ufrj.br</p>