Jean jacques rousseau. david rubens

  • View
    661

  • Download
    1

Embed Size (px)

Text of Jean jacques rousseau. david rubens

  • JEAN-JACQUES ROUSSEAUPensamento sobre poltica

    David Rubens

  • BIOGRAFIA

    Jean-Jacques Rousseau nasceu em 28 de Junho de

    1712, em Genebra, falecendo em 1778.

    rfo de me, teve uma infncia difcil.

    Em 1746, com 28 anos, Rousseau foi primeiro para

    Lyon, como preceptor, depois para Paris, onde

    conheceu Diderot, Condillac e outros iluministas.

    Viveu ento uma existncia com poucos recursos.

    Prof. David Rubens - 2016Pensamento sobre poltica 2

  • Foi secretrio do embaixador francs em

    Veneza.

    Tornou-se conhecido com o Discurso sobre

    Cincia e Artes, e com o Discurso sobre a origem

    da Desigualdade.

    Prof. David Rubens - 2016Pensamento sobre poltica 3

  • OBRA DE ROUSSEAU

    considerado um pedagogo, filsofo e poltico,cujas ideias tiveram e ainda tm enorme influncia.

    Depois de ter rompido com os enciclopedistas,

    escreve as suas obras mais importantes:

    Nova Helosa,

    Contrato Social e

    Emlio.

    Prof. David Rubens - 2016Pensamento sobre poltica 4

  • PENSAMENTO SOBRE

    EDUCAO

    Prof. David Rubens - 2016Pensamento sobre poltica 5

  • A sua vida pessoal contradiz a sua obra (masisso aconteceu com muitas outras pessoas). Defacto, teve cinco filhos de Thrse Levasseurque enviou para um orfanato.

    Anos depois, no livro Emlio, procurou explicarcomo se ensina uma criana.

    Prof. David Rubens - 2016Pensamento sobre poltica 6

  • Escreveu Constituies para a Crsega e paraa Polnia; As Cartas da Montanha e asConfisses.

    A sua obra foi muito contestada,principalmente pela Igreja, e causou granderevoluo nas ideias educativas.

    Prof. David Rubens - 2016Pensamento sobre poltica 7

  • Rousseau inaugura o que se pode chamarModo Pedaggico de encarar a Infncia.

    Para ele a Criana o centro da actividadeeducativa;

    naturalmente Boa;

    a Sociedade que corrompe o ser humano.

    Prof. David Rubens - 2016Pensamento sobre poltica 8

  • Jean-Jacques Rousseau e a sua poca:

    Rousseau um homem da Idade Moderna,mas com preocupaes caractersticas daIdade Contempornea.

    Muitos dos seus ideais correspondem aos daRevoluo Francesa.

    Prof. David Rubens - 2016Pensamento sobre poltica 9

  • Em 1762, Rousseau escreve uma obra qual d o nome de Contrato Social.

    Problema central dessa obra:

    Qual a Natureza Humana?

    Prof. David Rubens - 2016Pensamento sobre poltica 10

  • No tempo em que Rousseau escreveu eracomum pensar que a criana:

    Tem tendncias egostas;

    anrquica;

    No tem conscincia moral;

    Tem de ser educada ou ficar selvagem m.

    Prof. David Rubens - 2016Pensamento sobre poltica 11

  • Rousseau defende que a criana BOA

    Tudo que foi criado por Deus BOM;

    O homem corrompe-se na luta pelo Ter e peloPoder porque para Rousseau,

    Os selvagens, indivduos encontrados pelosnavegadores europeus, eram Bons.

    Esta a teoria do Bom Selvagem.

    Prof. David Rubens - 2016Pensamento sobre poltica 12

  • TEORIA SOCIAL E POLTICA DE ROUSSEAU

    A luta pelo Poder e pelo Ter so as causas detodos os males e corrupes.

    Prof. David Rubens - 2016Pensamento sobre poltica 13

  • CONTRATO SOCIAL

    Uma Teoria da Democracia Contemporneaque abarca:

    a Igualdade,

    a Liberdade dos Cidados e

    a Soberania do povo.

    Prof. David Rubens - 2016Pensamento sobre poltica 14

  • EMLIO

    Romance publicado em 1762.

    Rousseau pretende uma mudana social apartir da educao, defendendo que acriana se desenvolva afirmando o seu serde acordo com a sua prpria experinciapessoal, pois a sociedade, para ele,corrompe o homem.

    Prof. David Rubens - 2016Pensamento sobre poltica 15

  • Rousseau defende uma educao natural;

    No Emlio relata a educao ideal de umjovem, acompanhado por um preceptor, longeda sociedade corrupta.

    Defende que o homem deve agir de acordocom os seus interesses naturais e no porimposio de regras exteriores e artificiais.

    Prof. David Rubens - 2016Pensamento sobre poltica 16

  • Jean-Jacques Rousseau defende que a criana

    um ser com caractersticas prprias, ao

    contrrio das ideias comuns no seu tempo que

    defendiam que a educao da criana deveria

    ser voltada para os interesses do adulto e da

    vida adulta.

    Prof. David Rubens - 2016Pensamento sobre poltica 17

  • Para Rousseau a educao a expresso livreda criana no seu contacto com a vida.

    O educador deve formar o aluno para serhomem no sentido de ser autnomo e livre.

    Prof. David Rubens - 2016Pensamento sobre poltica 18

  • ENSINAR E APRENDER

    Ensinar/Aprender a fazer;

    A prtica antecede a teoria;

    A natureza o primeiro mestre da criana;

    A primeira educao a sensorial, segue-se a educao moral, depois a intelectual e s depois a profissional;

    A educao deve respeitar o ritmo individual.

    Prof. David Rubens - 2016Pensamento sobre poltica 19

  • ROUSSEAU E A POLTICA

    A nica sociedade poltica que Rousseau

    aceitava era a sociedade democrtica.

    A sociedade da sua poca, sendo estratificada,

    impedia o desenvolvimento da natureza boa do

    homem.

    Prof. David Rubens - 2016Pensamento sobre poltica 20

  • A EDUCAO COMO POLTICA

    Rousseau acaba por considerar a Educaocomo uma totalidade, uma Poltica, pois paraele, pela Educao pode transformar-se o todoSocial. Esta viso um exagero, por vezesusado contra os prprios educadores, poismuitos aspectos da Sociedade escapam aco da Educao.

    Prof. David Rubens - 2016Pensamento sobre poltica 21

  • ROUSSEAU: A ESCOLA E A SOCIEDADE

    Prof. David Rubens - 2016Pensamento sobre poltica 22

  • O que sucede que a Sociedade (S) engloba aEducao (E), pelo que a viso de Rousseau exagerada.

    Prof. David Rubens - 2016Pensamento sobre poltica 23

  • A Valorizao da Criana como ser especfico,nunca como um adulto em miniatura;

    A centragem do processo educativo no aluno;

    A valorizao do trabalho manual;

    A ideia de educar a mulher;

    Abriram caminho a abordagens novas sobre aInfncia.

    CONCLUSES:

    Prof. David Rubens - 2016Pensamento sobre poltica 24

  • Prof. David Rubens - 2016

    PENSAMENTO SOBRE

    POLTICA

    Pensamento sobre poltica 25

  • AS PRIMEIRAS SOCIEDADES

    A famlia a nica sociedade natural, mas s se

    mantm por conveno.

    Ela o primeiro modelo das sociedades polticas:

    a imagem do chefe o pai, a do povo a dos

    filhos.

    Todos nascem livres e iguais, s alienam sua

    liberdade em proveito prprio.

    Prof. David Rubens - 2016Pensamento sobre poltica 26

  • DIREITO DO MAIS FORTE

    A fora no faz o direito e s se obrigado a

    obedecer aos poderes legtimos.

    A fora um poder fsico, cujos efeitos no

    resultam moralidade.

    Ceder fora um ato de necessidade ou at

    prudncia, no de vontade.

    Prof. David Rubens - 2016Pensamento sobre poltica 27

  • A ESCRAVIDO

    Homem algum tem autoridade natural sobre os

    demais; fora no produz direito. Restam as

    convenes como base da autoridade legtima.

    Renunciar liberdade renunciar qualidade de

    homem, aos direitos da humanidade, e at aos

    prprios deveres.

    As palavras escravido e direito so

    contraditrias, excluem-se mutuamente.

    Prof. David Rubens - 2016Pensamento sobre poltica 28

  • A CONVENO ANTERIOR

    O ato pelo qual um povo povo uma conveno

    anterior que constitui o verdadeiro fundamento da

    sociedade.

    O ato pelo qual o povo elege um rei supe uma

    deliberao pblica.

    Prof. David Rubens - 2016Pensamento sobre poltica 29

  • O PACTO SOCIAL

    Estado de natureza oferece obstculos prejudiciais

    conservao humana que ultrapassa as foras

    individuais.

    Encontra-se uma forma de associao, que

    defenda e proteja a pessoa e os bens de cada

    associado com toda a fora comum.

    Cada um unindo-se a todos, s obedece contudo a

    si mesmo, permanecendo assim to livre quanto

    antes.

    Prof. David Rubens - 2016Pensamento sobre poltica 30

  • O PACTO SOCIAL

    Nesta passagem, forma-se um corpo poltico ou

    repblica (Estado soberano/potncia).

    Aos associados d-se ao nome de povo

    (cidados/sditos).

    Prof. David Rubens - 2016Pensamento sobre poltica 31

  • O SOBERANO

    O corpo poltico ou soberano depende da

    integridade do contrato.

    O soberano, sendo formado pelos particulares que

    o compe no pode ter outro interesse seno o de

    seus sditos.

    Prof. David Rubens - 2016Pensamento sobre poltica 32

  • O ESTADO CIVIL

    A passagem do estado de natureza para o estado

    civil substitui na conduta humana o instinto pela

    justia (moralidade nas aes).

    Perde-se a liberdade natural, que limita-se nas

    foras do indivduo e ganha-se a liberdade civil,

    que limita-se pela vontade geral.

    Alm disso, ganha-se a propriedade de tudo aquilo

    que se possui.

    Prof. David Rubens - 2016Pensamento sobre poltica 33

  • O ESTADO CIVIL

    No estado civil o homem exercita e desenvolve

    suas faculdades, suas idias e seus sentimentos.

    Evitando-se os abusos , tal passagem faz de um

    animal estpido e limitado, um ser inteligente e

    um homem.

    Os abusos levam o homem a uma condio

    inferior quela donde partiu.

    Prof. David Rubens - 2016Pensamento sobre poltica 34

  • O DOMNIO REAL

    O Estado perante seus membros senhor de todos

    os seus bens ,