Odontologia em saúde coletiva II 1ª aula

Embed Size (px)

DESCRIPTION

Odontologia em saúde coletiva II 1ª aula: Apresentação do Plano de Ensino da Disciplina

Text of Odontologia em saúde coletiva II 1ª aula

  • 1. Odontologia emSade Coletiva IIProfessora Dra. Valria Rodrigues de LacerdaProfessora Me. Adlia Delfina da Motta Silva Correia

2. VAMOS NOS CONHECER?(Tcnica do Cochicho) Nome/histria do nome Idade Local de nascimento Porque escolheu Odontologia? Qual sua expectativa em relao disciplina OSC II? Qual sua expectativa em relao profisso? Fazer em duplas, anotar os dados da colega, depois apresentarpara a turma. 3. ODONTOLOGIA EM SADE COLETIVA III-) IDENTIFICAO: DISCIPLINA: ODONTOLOGIA EM SADE COLETIVA II PR-REQUISITO: Estgio Obrigatrio de Odontologia Em SadeColetiva II CURSO: ODONTOLOGIA ANO LETIVO: 2014 SEMESTRE:5 CENTRO: FAODO HORAS/AULAS SEMANAIS: 4 horas CARGA HORRIA: 68 horas (4 crditos) PROFESSOR RESPONSVEL: Valria Rodrigues de Lacerda Adlia Delfina da Motta Silva Correia REOFERECIMENTO 4. OBJETIVOS DA DISCIPLINA DE OSC IIII-) OBJETIVOS:GERAIS: Oferecer ao acadmico os conhecimentos necessrios para o desempenho profissionalde medidas capazes de promover e proteger a sade bucal do indivduo e dacomunidade. Atuar no campo da Sade Coletiva, desenvolvendo os procedimentos e as aesinerentes a esse campo de atuao. 5. OBJETIVOS DA DISCIPLINA DE OSC IIESPECFICOS: Identificar os fundamentos primordiais da sade coletiva, necessrios preveno econtrole das doenas e problemas bucais. Capacitar a adoo de atitudes preventivas em seus atos profissionais por meio dodesenvolvimento de sensibilidade social frente a problemas de sade de um indivduoe da comunidade onde ir exercer sua profisso. Planejar, executar e avaliar o tratamento ideal para cada tipo de paciente e dacomunidade dentro de critrios que respeitem o trinmio educativo-preventivo-reabilitador. Conhecer o Sistema nico de Sade (do histrico realidade atual). 6. EMENTA DA OSC IIIII-) EMENTA: Sade e Odontologia Educao em Sade Bucal Hierarquizao e Epidemiologia das Doenas Bucais A Promoo da Sade e a Preveno de Doenas Bucais Sistema nico de Sade Polticas Pblicas de Sade Vigilncia sanitria em Odontologia Administrao e planejamento em Sade Coletiva Odontologia Inserida na Estratgia da Sade da Famlia 7. PROGRAMA (Unidades e Sub-unidades)da OSC II1. A Sade e Odontologia Conceitos de Sade Processo Sade/Doena A Odontologia e suas Propostas2. Educao em Sade Bucal - O processo educativo na rea odontolgica2.1 O que educar em sade?2.2 A quem educar? Instrumentos de Educao Mtodos Educativos 8. PROGRAMA (Unidades e Sub-unidades)da OSC II3. Hierarquizao e Epidemiologia das Doenas Bucais3.1 Contextualizao das Doenas Bucais no Mundo3.2 Doenas Bucais no Brasil Estudos Epidemiolgicos Nacionais3.3 Relaes das Doenas Bucais com a Realidade Socioeconmica no Brasil ProduoSocial de Doenas4. A Promoo da Sade e a Preveno de Doenas Bucais4.1 Nveis de preveno de Leavell & Clark4.2 Aplicao dos nveis de preveno aos Problemas Bucais4.3 Levantamentos de Sade Bucal: Crie dentria, Doena Periodontal, Mal-Ocluso eFluorose.4.4 Hierarquizao de problemas e prioridades de atendimento4.5 Modelo de atendimento individual e coletivo 9. PROGRAMA (Unidades e Sub-unidades)DA OSC II5 Polticas Pblicas de Sade5.1 Conceitos e relevncia da Poltica Pblica de Sade5.2 Entendendo a evoluo das polticas pblicas de sade no Brasil.5.3 Direcionamento das Polticas Pblicas de Sade na soluo dos problemas.6 Sistema nico de Sade6.1Aspectos histricos e perspectivas.6,2 Princpios do SUS do conceito prtica.6.3 SUS e Odontologia insero, abrangncia e necessidades. 10. PROGRAMA (Unidades e Sub-unidades)DA OSC II7 Vigilncia Sanitria em Odontologia7.1 Conceitos e aplicabilidade da Vigilncia Sanitria.7.2 Vigilncia sanitria e Odontologia8 Administrao e Planejamento em Sade Coletiva8.1 Importncia do planejamento nos Programas de ateno sade;8.2 Administrao dos servios pblicos.9 Odontologia Inserida no Estratgia de Sade da Famlia (ESF)9.1 Histrico do Programa e insero da Odontologia na ESF.9.2 Perfil do Profissional na ESF9.3 Estratgias de Ao para a Sade Bucal na ESF 11. PROCEDIMENTOS DE ENSINO DAOSC II Aulas expositivas Team based learning (TBL) Aprendizagem baseada emequipes (ABE) Problem based learning (PBL) - Aprendizagem baseada emproblemas (ABP) Seminrios 12. BIBLIOGRAFIA BSICA E COMPLEMENTARBIBLIOGRAFIA BSICA1.PEREIRA, A.C. Tratado de Sade Coletiva em Odontologia. So Paulo: Napoleo Ltda, 2009.2.FERREIRA, M.A.F.; RONCALLI, A.G.; LIMA, K.C. Sade Bucal Coletiva: conhecer para atuar.Natal: Editora da UFRN, 2004.3. PINTO, V.G. Sade bucal coletiva. 8 ed. So Paulo: Santos, 2008.**BIBLIOGRAFIA COMPLEMENTAR1.DIAS, A.A. Sade bucal coletiva. So Paulo: Editora Santos, 2006.2.BNECKER, N.; SHEIHAN, A. Promovendo sade bucal na infncia e adolescncia:conhecimentos e prticas. So Paulo: Editora Santos, 2004.3.PEREIRA, A.C(org.). Odontologia em Sade Coletiva: Planejando aes e promovendo sade.Porto Alegre: Artmed, 2003. 13. AVALIAO DA OSC II Resolues: 100/2000 CAEN 082/93-COEPE (Estgio Supervisionado e Trabalho de Graduao)MA = Mdia das notas dostrabalhos escolares eprovasMF = Mdia Final MF = MA +Sem/3Datas Previstas Modalidades Smbolos/Pesos Formula para clculo MA06/10/2014 Avaliao Terica 1 T1 *PS= Prova Substitutiva (substitui a menor nota terica)MA= T1+T2+Sem327/10/2014 e03/11/2014Seminrio Sem01/12/2014 Avaliao Terica 2 T208/12/2014 Substitutiva PS 14. SADE E ODONTOLOGIAO que sade para voc? Cada uma vai escrever seu conceito e depois vamos discutir juntas,tentando construir um conceito nico do grupo. 15. Conceitos de sade Condio geral de estar bem, sem doena, perfeita integridadeentre corpo e mente tambm, qualidade de vida, integridade eequilbrio do corpo e da mente, Controle da doena Hbitos saudveis alimentao, atividade fsica, bem com afamlia, equilbrio da mente Condio financeira, ambiente, relacionamentos, o lugar onde eumoro, trabalho, cidade, Hbitos nocivos cigarro, drogas, lcool, 16. SADE E ODONTOLOGIAEnto, o que sade bucal? Cada uma vai escrever seu conceito e depois vamos discutir juntas,tentando construir um conceito nico do grupo. 17. Conceitos de sade bucal Controle da microbiota bucal, com funo mastigatriasatisfatria, anatomia, funes perfeitas Controle da doena Alguns consideram ausncia de dor possvel que algum tenha sade mas no tenha sade bucal