of 9 /9
MÓDULO II - SANTA DICA

Oficina Santa Dica - Módulo II - Aula I

Embed Size (px)

Text of Oficina Santa Dica - Módulo II - Aula I

  1. 1. MDULO II - SANTA DICA
  2. 2. MESSIANISMOForam movimentos sociais nos quais milhares de sertanejos fundaramcomunidades comandadas por um lder religioso durante a Repblica Velha.Esses movimentos tiveram importncia em diversas regies do pas; na Bahia,liderado pelo Conselheiro, em Juazeiro do Cear, liderado pelo Padre Cceroe em Gois, liderada por Santa Dica.1
  3. 3. O CONTEXTO SOCIAL DA REPBLICAPerodo ps-imprio.Concentrao de poder nas mos das elites regionais, como os grandes fazendeiros.Controle dos Coronis sobre os eleitores, com o chamado voto de cabresto.Por conta dos problemas sociais e intensa pobreza, ocorreram revoltas em comunidadescomo Canudos e a Repblica dos Anjos.12
  4. 4. A GUERRA DE CANUDOSVagando pelo serto nordestino e influenciado pelos problemas sociais,Antnio Conselheiro iniciou uma pregao religiosa que defendia a liberdade do homemcontra a opresso e injustia causada pela Repblica.Com isso, acabou por atrair muitos sertanejos que se identificavam com a causa.Em 1893, fundou uma comunidade chamada Belo Monte no interior da Bahia que viriaa ser chamada de Canudos.A comunidade se tornou uma ameaa Igreja, aos polticos e aos grandes fazendeiros,fazendo com fosse alvo das tropas republicanas.Aps resistir a quatro investidas, a populao de Canudos foi, por fim, massacradaenquanto Antnio Conselheiro morreu antes do fim do combate.123
  5. 5. !
  6. 6. Sobreviventes de Canudos Incndio em CanudosRunas da Igreja NovaRunas da Igreja Velha Soldados e um conselheirista presoRunas da Igreja Nova!
  7. 7. GUERRA DE CANUDOS - ALDO SOUZAH muito tempo no nordeste caatingueiroUma revolta abalou toda naoFoi a histria de Antonio conselheiroO popular profeta do sertoPenitente peregrino anjo da anunciaoAndarilho sem destino pregador por vocaoMilagreiro curandeiro semeador de choAos olhos do sistema o mensageiro do coRevoltado com certas leis do governoO beato resolveu um dia protestarMesmo que isso lhe custasse caroO mar virasse serto e o serto virasse marVeio a primeira a segunda e a terceiraEnto mandaram a quarta expedioA ordem era destruir canudosTudo que existisse toda populaoJoo Abade, Paje e Chico EmaCambada sai da toca hora do tira teimaO coron corta cabeas vem aiBala de matadeira no cco licuriJaguno macho j brigou com lobisomemDiz a lenda que um jaguno vale muito mais doque cem homensDe boca em boca a notcia correu longeSe correr o bicho pega se fi car o bicho comeO que fazer meu pai o que fazer..S teu um jeito matar pra no morrerHouve um estrondo que a terra toda tremeuFoi urro da besta fera num segundo escureceuParecia o fi m do mundo no era coisa de DeusO povo morreu lutando e canudos no se rendeu.
  8. 8. HQ SOBRE A REVOLTA DE CANUDOSA HQ foi lanada em dezembro de 2008, com roteiro de Andr Diniz,ilustrao de Jos Aguiar e publicado pela Escala Editorial e narra a histriareal do arraial de Canudos, construdo no serto da Bahia no sculo XIX.
  9. 9. Realize uma pesquisa sobre a comunidade Repblica dos Anjoscriada e liderada pela Santa Dica de Gois.Quais so os paralelos que podemos traar com a histriade Canudos?