Click here to load reader

Oliveira News

  • View
    89

  • Download
    9

Embed Size (px)

Text of Oliveira News

1. Oliveira News 15/09 a 15/10Volume 5, edio 5AdolescnciaIniciaremos nesta edio do jornal, uma coluna, que pode ajudar, ou no, isso voc,nosso prezado leitor, s saber lendo.Nada de suspense aqui, falaremos sobre a adolescncia, sobre tudo o que ns afeta, deum jeito fcil, criado pelos seus semelhantes.Ficou curioso (a), continue lendo!Ser que o fim do mundo?Tantas coisas giram ao nosso redor, tantas aes, dilemas e situaes.Talvez nada nem ningum possa ns explicar o que est acontecendo, mas talvez, opessoal daqui pode tentar.Voc j se sentiu perdido? Fora do eixo ou simplesmente sozinho?Se sua resposta foi sim, se acalme, voc no nem ser o nico.Essa mudana do mundo infantil ao adulto pode ser um tanto dolorosa, e o pior queno h quem culpar, a no serem os nossos hormnios que esto a flor da pele.Isso acontece porque, nesse perodo, nosso corpo se dedica especialmente a criao dehormnios, o que dificulta com as transformaes posteriores de nossa fabricaohormonal.Mas, com o tempo, podemos nos acostumar com tais realizaes corporais.Vamos ver abaixo algumas dicas para amenizar esse tal sofrimento:Exercite! Fazer exerccio ajuda e muito; principalmente as garotas, porque reduz asclicas e ainda perdemos uns quilinhos. (ha)Oua msicas! Estudos indicam que msicas tristes, ns deixam felizes, isso mesmo.Costumo a dizer, que nosso crebro adora rir da desgraa alheia.Faa amigos! Nada de ficar sozinho(a), nem que seja uma mosquinha, tenha um amigo!Isso pode ajudar muito, sempre bom ter com quem conversar.Layla Mariana Pereira da Mata 8 ano CArtigosMeio ambiente e sadepg. 3Curiosidades pg.4Pesquisa sobre hbitos deleitura pg.5 9.Biografia do MonteiroLobato pg.13Oficinas de textos pg.1518.Reflita pg. 21Espao do Leitor pg. 23Destaques individuaisAdolescncia pg.1Ser que o fim do mundopg.1Por que ex? pg.2Leituras e Filmes pg. 9Eventos pg. 10 e 11Impresses pg.12Projeto de energia pg. 14Apresentaes pg.19Entretenimento pg. 20Agenda cultural pg. 22Espao do leitor pg.23 2. Oliveira News 15/09 a 15/10Por que Ex?Isabela Souza Silva 8 ano CVolume 5, edio 5Est virando fato, parece que toda garota j sofreu porum idiota qualquer que no aceitou receber o amor detal menina.Outro fato srio que no conseguimos esquecernossos exs, a menos que venha outra paixo to forte,que preencha o vazio que sentimos.Nesses ltimos tempos, tentei entender a mentemasculina e por incrvel que parea eles temsentimentos, sofrem quando a garota o rejeita ou nodiz Eu te amo.A coisa to intensa que uma simples palavra pode tedetonar pra caramba.Tem at pessoas que ficam com um bloqueio deamor. Esse tipo de pessoa tem medo de seguir emfrente por no querer se magoar.Bem, o melhor mesmo aproveitar o momento e se umDefinitivo (Carlos Drummond de Andrade)Definitivo como tudo o que simples. Nossa dor no advm das coisas vividas,mas das coisas que foram sonhadas e no se cumpriram. Sofremos por qu? Porqueautomaticamente esquecemos o que foi desfrutado e passamos a sofrer pelas nossasprojees irrealizadas, por todas as cidades que gostaramos de ter conhecido ao lado donosso amor e no conhecemos, por todos os filhos que gostaramos de ter tido juntos e notivemos, por todos os shows, livros e silncios que gostaramos de ter compartilhado, eno compartilhamos. Por todos os beijos cancelados, pela eternidade.Sofremos no por que nosso trabalho desgastante e paga pouco, mas por todasas horas livres que deixamos de ter para ir ao cinema, para conversar com um amigo, paranadar, para namorar. Sofremos no por que nossa me impaciente conosco, mas portodos os momentos em que podamos estar confidenciado a ela nossas mais profundasangstias se ela estivesse interessada em nos compreender.Sofremos no por que nosso time e perdeu, mas pela euforia sufocada. Sofremosno por que envelhecemos, mas porque o futuro esta sendo confiscado de ns, impedindoassim que mil aventuras nos aconteam, todas aquelas com as quais sonhamos e nuncachegamos a experimentar.Por que sofremos tanto por amor? O certo seria a gente no sofrer, apenasagradecer por termos conhecido uma pessoa to bacana, que gerou em ns um sentimentointenso e que nos fez companhia por um tempo razovel, um tempo feliz.Como aliviar a dor do que no foi vivido? A resposta simples como um versoSe iludindo menos e vivendo mais A cada dia que vivo mais me conveno de que odesperdcio da vida esta no amor que no damos, nas foras que no usamos, na prudnciaegosta que nada arrisca, e que , esquivando-se do sofrimento , perdemos tambm afelicidade.A dor inevitvel . O sofrimento opcional.Hellen 8 ano C 3. Oliveira News - MeioEmbora a questo do lixo sejacomplexa, se trabalharmos emconjunto poderemos ameniz-la.Equipe Oliveira Newso ambiente e SadedessempreemproemamproinsepodcidconconadedoAjude a natureza. Cuide d15/09 a 15/10Volume 5, edio 5do seu lixo!At algum tempo atrs falar sobre lixo erera algo estranho, absurdo. Em nossa sociedade, o lixoimportncia. A concepocoloca em um saco e mandalonge. E depois, ser que oesvinculado do nosso contexto e de nosso dia a dia. Eempre foi considerado algo sem valor, sem imredominante de que lixo algo que sobra, voc combora num caminho de coleta, que o leva para bemroblema acabou?Voc pode at pensar que sim, mas est engananado. O modo como agimosimpactos para o nosso meiomas citaremos apenas alguns:io do ar e proliferao dem relao a essa questo pode trazer profundos immbiente e nossa sociedade. Os impactos so vrios, maoblemas a sade pblica; poluio da gua; poluinsetos e pragas como por ex. ratos, baratas, moscas etc.Embora a questo do lixo seja complexa, setrabalharmos em conjuntooderemos ameniz-la, para isso preciso que cadaidados ajudando a cuidar do nosso planeta, atravs da ponsciente ( reduzir, reutilizar e reciclar) e o governoonscientizao, instaurar a coleta seletiva nos mundequado aos resduos e criar programas de reduo, reao lixo.TABELA DE DECOMPOSIO DO LIXOa um faa o seu papel, nsa prtica dos 3 rs do consumoo educar, criar campanhas deunicpios, dar o tratamentoeaproveitamento e reciclagemEquipe Oliveira NewswwE.O.E.www.embalixo.com.br 4. Oliveira News - CCuriosidadesPipapaagaio de papel,Origem: Pipa ou papag um brinquedo que voado vento. composto porde asa que sustenta o butilizada por crianas, aat adultos.a com a foraor uma funobrinquedo. adolescente eAs pipas nasceram na Cpor volta de 1.200utilizadas como dispsinalizao militar.China antiga,A.C foramispositivo deNa Maioria das vezes noapropriado para prabrincadeira.o h um localraticar essaPasso Pa passo para criar suaprpria pPipaPassfazerpontaestilesso 1: Pea para um adultozer um pequeno talho nasntas de cada vareta usando umtilete.Passvaretna poa colas, clocallugarsso 2: Faa uma cruz com asretas (a mais curta deve ficarposio horizontal) e amarre-comPasssua pde lisupere aopequlinhavarettalhoda vaRepisentilinha. Antes de amarr-, coloque um pingo de cola nocal para que fiquem firme nogar.sso 3: Amarre a estrutura daa pipa com um longo pedaolinha. Comeando pela pontaperior, passe a linha pelo talhoredor da ponta, e d umqueno n. Depois, estique aha at a ponta da direita dareta horizontal, passe-a peloho e enrole-a firme ao redorvareta.pita os mesmos passos emntido horrio, at finalizarBRINCA, MAS COM CUATENO NA REDEELTRICA!com outro n na ponvareta vertical.Passo 4: Coloquesua pipa sobre o parecorte ao redor, dmargem de 2 ou 3 cePasso 5: Dobre as ma estrutura da pipafita adesiva ou cola.Passo 6: Amarre oulinha de uma pontvareta vertical. A linum pouco frouxa, poacima da intersecovoc vai amarrar olinha para empinar sFonte:www.omundodPatrcia CarvalhFonte: WikipdiaPRESTA ATE15/09 a 15/10Volume 5, edio 5CUIDADO!onta superior dae a estrutura dapapel de seda e, deixando umacentmetros.s margens sobrea e cole-as comla.outro pedao denta outra dalinha deve ficarpois a, poucoo da cruz, quer barbante our sua pipa.odefran.com.brlho de Santana8 ano C 5. Oliveira News 15/09 a 15/10Pesquisas sobre hbito de leituraVolume 5, edio 5A equipe do Oliveira News realizou uma pesquisa para verificar o hbitode leitura entre meninos e meninas, entre as sries e perodos.Os dados coletados tem como referncia o perodo entre fevereiro aagosto.No perodo da manh os meninos leram 574 livros e as meninas 725,totalizando 1299 livros lidos pelos estudantes do matutino. No perodo da tarde,os meninos leram 781 livros e as meninas 742, totalizando 1523 livros lidospelos estudantes do perodo diurno.O total de livros lidos pelos estudantes da unidade foi 2822.De acordo com anlise dos dados obtidos, os alunos do segundo perodoleem mais do que os alunos do primeiro perodo.No perodo da manh, a pesquisa revela que as meninas leem mais doque os meninos e no perodo da tarde acontece o oposto, isto , os meninos leemmais do que as meninas.Em relao ao hbito de leitura entre as sries dos perodos, verifica-seque no perodo da manh, os alunos do 8 ano E e as alunas do 8 ano C so osque mais leem. J no perodo da tarde os alunos do 7 ano B e as alunas do 4ano A so os que mais leem.A pesquisa mostra ainda que as meninas leem mais do que os meninos.Grfico sobre hbito de leitura entre perodos54%46%Tarde Manh 6. Oliveira News 15/09 a 15/10Volume 5, edio 5Grfico hbito de leitura - Perodo MatutinoMeninos Meninas44%56%Grfico hbito de leitura Perodo Diurno51%49%Meninos Meninas 7. Oliveira News 15/09 a 15/10Volume 5, edio 5Grfico hbito de leitura por sries Perodo Matutino60504030201006A 8A 8B 8C 8D 8E 8FMeninosMeninasGrfico hbito de leitura por sries Perodo Diurno25,0020,0015,0010,005,000,004A 4B 5A 5B 7A 7B 7C 7D 9A 9B 9C 9D 9EMeninosMeninas 8. Oliveira News 15/09 a 15/10Volume 5, edio 5Grfico hbito de leitura Unidade escolar48%Equipe Oliveira News52%0% 0%MeninosMeninasBibliotecaDigamos que na sala de leitura tenha uns 2.000 livros: Quantos vocsj leram?Na biblioteca h muitos livros e o contedo deles poder lhe ajudarcom diversas coisas. As pessoas hoje em dia usam a internet como centro depesquisa e por esse motivo se esquecem que a biblioteca tambm pode ajud-losnesse caso.A maioria dos alunos da EMEF Oliveira V