Quimica saude

  • View
    341

  • Download
    2

Embed Size (px)

DESCRIPTION

educacao e saude aplicada a enfermagem

Text of Quimica saude

  • 1. A Qumica do Amor | ii

2. Qumica no Cotidiano | iii Coleo Qumica no Cotidiano Volume 6 Qumica na Sade Ldia Moreira Lima Carlos Alberto Manssour Fraga Eliezer J. Barreiro So Paulo | Sociedade Brasileira de Qumica | 2010 3. A Qumica do Amor | iv Sociedade Brasileira de Qumica Projeto Comemorativo da Sociedade Brasileira de Qumica Ano Internacional da Qumica-2011 (AIQ-2011) Coordenadores do projeto Claudia Moraes de Rezende e Rodrigo Octavio Mendona Alves de Souza Editora-chefe Claudia Moraes de Rezende Revisores Ana Carolina Loureno Amorim, Joana Moraes de Rezende e Claudia Moraes de Rezende Arte grfica e editorao Cabea de Papel Projetos e Design LTDA (www.cabecadepapel.com) Ilustraes Henrique Persechini (henriquepersechini@gmail.com) Ficha Catalogrfica Wanda Coelho e Silva (CRB/7 46) e Sandra Beatriz Goulart da Silveira (CRB/7 4168) Universidade do Estado do Rio de Janeiro L732q Lima, Ldia Moreira. Qumica na sade. / Ldia Moreira Lima, Carlos Alberto Manssour Fraga, Eliezer J. Barreiro. So Paulo: Sociedade Brasileira de Qumica, 2010. 68p. il. - (Coleo Qumica no cotidiano, v. 6) ISBN 978-85-64099-07-4 1. Qumica. 2. Sade. I. Fraga, Carlos Alberto Manssour. II. Barreiro, Eliezer J. III. Ttulo. IV. Srie CDD 540 547 CDU 54 547 Todos os direitos reservados proibida a reproduo total ou parcial, de qualquer forma ou por outro meio. A violao dos direitos de autor (Lei n 5.988/73) crime estabelecido pelo artigo 184 do Cdigo Penal. 4. Qumica no Cotidiano | v Agradecimentos Os autores agradecem ao Instituto Nacional de Cincia e Tecnologia de Frmacos e Medicamentos (INCT-INOFAR, www.inct-inofar.ccs.ufrj.br/), ao Conselho Nacional de Desenvolvimento Cientfico e Tecnolgico (CNPq, www.cnpq.br/) e a Fundao de Amparo Pesquisa do Estado do Rio de Janeiro (FAPERJ, www.faperj.br/ ). 5. Qumica na Sade | vi 6. Qumica no Cotidiano | vii Apresentao O livro Qumica e Sade de fcil compreenso e leitura agradvel. Escrito em linguagem simples, direta e didtica, ser til para estudantes e professores do Ensino Mdio, por levar para a sala de aula um livro que trata a cincia de uma maneira muito atraente para os leitores. Com estrutura sequencial lgica, o livro aborda o tema sade atravs da qumica, desde a fecundao do vulo pelo espermatozoide aos frmacos de ltima gerao usados no tratamento de doenas e, em muito, responsveis pelo aumento da longevidade de homens e mulheres. Bem elaborado e muito bem ilustrado, Qumica e Sade uma viagem pelo mundo das molculas. Os autores mostram que com apenas quatro molculas, como blocos de construo, os desoxirribonucleotdeos adenina, timina, citosina e guanina, simbolizados pelas letras A, T, C e G, que se agrupam em pares em bilhes de degraus de uma escada em espiral, so formados os DNAs que diferem de indivduo para indivduo, o que nos torna nicos no planeta. O DNA alfabeto gentico da vida. Ansiedade e prazer so sensaes complexas que tambm podem ser analisadas pela tica das frmulas qumicas. Uma das razes que faz o chocolate ser to consumido por crianas e adultos que ele aumenta a produo no crebro do neurotransmissor serotonina, que est associado 7. Qumica na Sade | viii sensao de prazer. O mesmo pode ser dito das endorfinas, neuropeptdeos produzidos no crebro em resposta a atividades fsicas. Da os atletas estarem quase sempre bem dispostos e alegres durante as competies esportivas. Ao lerem o livro, os leitores sabero o que so molculas salva-vidas e por que farmacuticos e qumicos tm que estudar tanto para se dedicarem descoberta de novos frmacos. Parabns aos autores que, ao se dedicarem elaborao do livro Qumica e Sade, contribuem com seu conhecimento cientfico para a formao de estudantes e professores do Ensino Mdio no Brasil. Que o exemplo de Ldia, Manssour e Eliezer seja seguido por outros pesquisadores brasileiros. Ao fazerem isto esto colocando a cincia em prol da educao. De todo bom cientista se exige uma redao limpa e livre de jarges. Fazer se entender com simplicidade uma arte e demonstrao de conhecimento slido. Os autores, com o livro Qumica e Sade, atingiram seus objetivos. Angelo C. Pinto Professor Titular UFRJ 8. Qumica no Cotidiano | ix Sobre os autores Ldia Moreira Lima farmacutica formada pela Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ, 1994). Possui Ttulo de Doutor em Cincias pela UFRJ (1997) e Ps-Doutoramento pela Universidade de Navarra (UNAV, Pamplona, Espanha). professora adjunta da Faculdade de Farmcia da UFRJ, lecionando em disciplinas de graduao e ps-graduao na rea da Qumica Medicinal. bolsista de produtividade do Conselho Nacional de Desenvolvimento Cientfico e Tecnolgico (CNPq), Jovem Cientista do Nosso Estado da Fundao de Amparo Pesquisa do Estado do Rio de Janeiro (FAPERJ) e atual Secretria da Sociedade Brasileira de Qumica Regional do Rio de Janeiro (SBQ-Rio, www.uff.br/sbqrio/). Orienta estudantes de iniciao cientfica, mestrado e doutorado na especialidade da Qumica Medicinal, em projetos de pesquisa que visam contribuir para a descoberta de novos frmacos de classes teraputicas diversas, a exemplo dos antiiinflamatrios, antiasmticos, antineoplsicos, antivirais e antiparasitrios. Universidade Federal do Rio de Janeiro, Centro de Cincias da Sade, Laboratrio de Avaliao e Sntese de Substncias Bioativas (LASSBio, http://www.farmacia.ufrj.br/lassbio/), Bloco B subsolo. CAIXA POSTAL: 68024, CEP: 21944-970, Rio de Janeiro, Brasil lidia@pharma.ufrj.br 9. Qumica na Sade | x Eliezer J. Barreiro nascido em Botafogo, bairro da Cidade do Rio de Janeiro, em maio de 1947. farmacutico formado em 1971, pela Universidade Federal do Rio de Janeiro e Mestre em Cincias em Qumica de Produtos Naturais pelo Centro de Pesquisas de Produtos Naturais (atual Ncleo de Pesquisas de Produtos Naturais) da mesma Universidade Federal do Rio de Janeiro, em 1973. Concluiu o doutorado em Cincias de Estado (Docteur-s-Sciences dtat), especialidade em Chimie Mdicale na Universit Scientifique et Mdicale de Grenoble (depois Universit Joseph Fourier), Frana, em 1978, tendo tido como orientadores os Professores Benjamin Gilbert (UFRJ) e Pierre Crabb (USMG), no mestrado e no doutorado, respectivamente. Professor Titular da Universidade Federal do Rio de Janeiro, desde 1986. Publicou mais de 210 artigos em peridicos especializados e indexados, incluindo artigos de reviso (e.g. com > 100 citaes). Agraciado com a comenda Gr-Cruz da Ordem Nacional do Mrito Cientfico (2010), membro titular da Academia Brasileira de Cincias (2005) e pesquisador IA do CNPq. Autor do livro Qumica Medicinal: as Bases moleculares da ao dos frmacos. 10. Qumica no Cotidiano | xi Carlos Alberto Manssour Fraga farmacutico, formado pela Faculdade de Farmcia da Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ) em 1988, Mestre (1991) e Doutor (1994) em Qumica Orgnica pelo Instituto de Qumica da UFRJ. Atualmente Professor Associado da Faculdade de Farmcia da UFRJ, onde desde 1992 atua como docente. orientador do quadro permanente dos Programas de Ps-Graduao em Qumica Orgnica do Instituto de Qumica da UFRJ e de Ps-Graduao em Farmacologia e Qumica Medicinal do Instituto de Cincias Biomdicas da UFRJ, por onde j orientou mais de 30 teses e dissertaes na rea da Qumica Medicinal. Pesquisador 1C do CNPq desde maro de 2004 e Cientista do Nosso Estado da FAPERJ, contribuiu como autor/inventor de mais de 130 artigos cientficos em peridicos internacionais indexados e 15 patentes nacionais e internacionais na rea de frmacos. Desenvolve suas atividades de pesquisa no Laboratrio de Avaliao e Sntese de Substncias Bioativas (LASSBio) da UFRJ, atuando nas reas de Qumica Farmacutica Medicinal, Sntese e Tecnologia Qumico- Farmacutica de prottipos bioativos candidatos a frmacos. 11. Qumica na Sade | xii 12. Qumica no Cotidiano | xiii Prefcio A obra Qumica na Sade faz parte de uma srie de livros de divulgao comemorativos do Ano Internacional da Qumica-2011 (www.quimica2011.org.br/), organizados pela Sociedade Brasileira de Qumica (SBQ, www.sbq.org.br/ ). Tem como pblico alvo estudantes do nvel mdio e, como objetivo, incentivar o interesse e o aprendizado de Qumica, atravs da demonstrao da importncia vital de processos e molculas qumicas para a vida humana, desde sua concepo at a chegada terceira idade. Os autores 13. Qumica na Sade | xiv 14. Qumica no Cotidiano | xv ndice 1. Fecundao e formao do genoma ................................................. 17 2. Cordo umbilical e aleitamento materno .......................................... 20 3 Molculas que alimentam .................................................................. 22 4. Molculas energticas ...................................................................... 38 5. Molculas higienizadoras ................................................................. 42 6. Molculas da sexualidade ................................................................. 49 7. Molculas da ansiedade, bem-estar, alegria e sono ......................... 55 8. Molculas salva-vidas ...................................................................... 58 9. Consideraes finais ........................................................................ 65 10. Referncias .................................................................................... 66 15. Qumica na Sade | xvi 16. Qumica no Cotidiano | 17 1 Fecundao e formao do genoma A vida humana se inicia a partir do processo de fecundao, quando o espermatozoide (A) penetra o ovcito (B). Esse processo facilitado atravs de uma reao qumica conhecida por hidrlise (i.e. reao de quebra de uma ligao qumica por adio de molcula de gua). Essa reao catalisada por enzimas liberadas pelos espermatozoides, que rompem a barreira qumica existente sobre a membrana dos ovcitos (i.e. gameta feminino), permitindo sua fuso com a membrana do gameta masculino (i.e. espermatozoide), dando origem a uma nova clula (i.e. o zigoto ou embrio) (C) (Figura 1). Figura 1- Representao da fecundao humana 17. Qumic