Revista Agroecologia e Desenvolvimento Rural Sustentavel 2012

  • View
    1.990

  • Download
    10

Embed Size (px)

DESCRIPTION

Revista Agroecologia e Desenvolvimento Rural Sustentavel jan-abr/2012 EmaterRS

Text of Revista Agroecologia e Desenvolvimento Rural Sustentavel 2012

  • 1. 5 Estamos apresentando o nmero 1 do volume 5 da revista Agroecologia e De- senvolvimento Rural Sustentvel. Nesta edio, a entrevista com o professor La- dislau Dowbor, economista cujas palavras revelam sua sensibilidade social e a coe- rncia na manuteno de uma trajetria e currculo que o afirmam como uma re- ferncia na pesquisa dedicada ao desen- volvimento local que prev a articulao entre o econmico, o social e o ambiental. Nesta mesma perspectiva est o rela- to da experincia de resgate e sistemati- zao da produo de queijo serrano, um exemplo do reconhecimento da cultura local como um fator de desenvolvimento endgeno. Os sistemas de financiamento produ- o rural so analisados no artigo Meca- nismos de financiamento produo ru- ral no Noroeste Colonial do Estado do Rio Grande do Sul: uma anlise na perspecti- va dos produtores rurais, de autoria dos pesquisadores Joo Arami Martins Perei- ra e Alessandro Porporatti Arbage. Neste ensaio, os autores identificam a ampliao desses mecanismos e, ao mesmo tempo, analisam a permanncia do grau de en- dividamento por parte do produtor rural. Em artigo de opinio, o assistente tc- nico estadual em Solos da Emater/RS- -Ascar, Edemar Valdir Streck, faz uma anlise crtica do que chama de mitos e verdades sobre a conservao dos solos no Rio Grande do Sul, apontando os limi- tes e avanos de programas anteriores e a situao atual no Estado. A utilizao de espcies arbreas for- rageiras como estratgia na alimentao animal em um assentamento da reforma agrria na caatinga sergipana o objeto do ensaio assinado por Fbio So Mateus, Alfredo Fantini e Anabel de Mello. Estratgias para o resgate e conser- vao da agrobiodiversidade, a partir da participao ativa dos atores sociais lo- cais (agricultores familiares e indgenas), com foco em variedades de milho crioulo, so objetos do artigo dos pesquisadores Silmara Patrcia Cassol Vogt, Marcos C- sar Pandolfo, Jos Manuel Ballivin Pala- zuelos e Jos Cleber Dias de Souza. Terminando o conjunto de ensaios des- ta edio est o artigo de Livio Sergio Dias Claudino, Walkymrio de Paulo Lemos e Laura Anglia Darnet-Ferreira, que trata dos fatores capazes de interferir no pro- cesso de transio para uma produo ba- seada nos princpios da Agroecologia. Alm disso, as tradicionais colunas de ecodicas, ecolinks e resenhas reafirmam a opo editorial desta publicao em se associar aos temas da Agroecologia, do desenvolvimento rural sustentvel, com foco na agricultura de base familiar, p- blico prioritrio nas aes de extenso ru- ral desenvolvidas pela Emater/RS-Ascar. Ao expor o conjunto de temas tratados nesta edio, desejamos uma boa leitura a todos e que os assuntos aqui apresentados sirvam de reflexo, apontamentos e con- tribuio para debates futuros. Gervsio Paulus Diretor tcnico da Emater/RS-Ascar Diversidade e conservao sob o prisma da Agroecologia Agroecologia e Desenv. Rural Sustentvel, Porto Alegre, v. 5, n. 1, jan./abr. 2012
  • 2. Sumrio 6 Emater/RS-Ascar 2012 Agroecologia e Desenvolvimento Rural Sustentvel v. 5, n. 1, jan./abr., 2012. Coordenao geral: Diretoria Tcnica da Emater/RS-Ascar Conselho Editorial: Ari Henrique Uriartt, Carlos Guilherme Adalberto Mielitz Netto, Claudio Fioreze, Cdula Eckert, Dcio Souza Cotrim, Dulphe Pinheiro Machado Neto, Fbio Kessler Dal Soglio, Flvia Charo Marques, Francisco Manteze, Francisco Roberto Caporal, Gervsio Paulus, Ivaldo Gehlen, Jaime Miguel Weber, Jos Antnio Costa Beber, Jos Ernani Scwengber, Leonardo Melgarejo, Luiz AntonioRocha Barcellos, Luiz Fernando Fleck, Marta Helena DornellesTejera, Paulo Srgio Mendes Filho e Pedro Urubatan Neto da Costa. Editora Responsvel: Jornalista Marta Helena Dornelles Tejera RP 1352 Normalizao: Bibliotecria Cleusa Alves da Rocha CRB 10/2127 Projeto Grfico: Wilmar de Oliveira Marques Reviso Textual: Greice Santini Galvo Fotografia: Ktia Marcon e acervo fotogrfico da Emater/RS- Ascar - Capa: Artesanato kaingang de Ktia Marcon Periodicidade: Quadrimestral Tiragem: 1.500 exemplares Impresso: Grfica Calabria Distribuio: Biblioteca da Emater/RS-Ascar Apoio: Fepagro Emater/RS-Ascar Rua Botafogo, 1051 Bairro Menino Deus CEP 90150-153 Porto Alegre-RS Brasil Fone: 51 2125 3144 FAX: 51 21253156 Endereo eletrnico da revista: http://www.emater.tche.br/hotsite/revista/ E-mail: revistaagroecologia@emater.tche.br A Revista Agroecologia e Desenvolvimento Sustentvel uma pu- blicao quadrimestral da Associao Rio-grandense de Empreen- dimentos de Assistncia Tcnica e Extenso Rural (Emater/RS) e da Associao Sulina de Crdito e Assistncia Rural (Ascar). Os artigos publicados nesta Revista so de inteira responsabilidade dos autores. Cartas Cartas podem ser endereadas para biblioteca da Emater/RS- Ascar, rua Botafogo, 1051, 2 andar, bairro Menino Deus, CEP 90150- 053, Porto Alegre, RS ou para revistaagroecologia@emater.tche.br. Entrevista ........................................................................... 5 Ladislau Dowbor: A melhor maneira de aumentar a felicidade mdia do planeta aumentar os recursos para baixo Relato de Experincia .................................................... 10 Projeto de qualificao e certificao do queijo serrano produzido nos Campos de Cima da Serra do Rio Grande do Sul - relato parcial da experincia Ries, Jaime Eduardo et al. Dica Agroecolgica ......................................................... 20 Cobertura do solo com capim-elefante e milheto triturados Claro, Soel Antonio Artigo ............................................................................... 22 Mecanismos de financiamento produo rural no Noroeste Colonial do Estado do Rio Grande do Sul: uma anlise na perspectiva dos produtores rurais Pereira, Joo Arami Martins et al. Opinio ............................................................................. 31 Mitos e verdades sobre a conservao do solo no Rio Grande do Sul Streck, Edemar Valdir Artigo ............................................................................... 39 Arbreas forrageiras: pastagem o ano todo na Caatinga Sergipana So Mateus, Fbio A. P. et al. Econotas ........................................................................... 46 Artigo ............................................................................... 48 Estratgias para o resgate e conservao de variedades de milho crioulo e nativo: a experincia dos Guardies da Agrobiodiversidade de Tenente Portela, RS Vogt, Silmara Patrcia Cassol et al. Ecolinks ............................................................................ 55 Artigo ............................................................................... 56 Fatores capazes de interferir na transio agroecolgica externa e mudana social Claudino, Livio Sergio Dias et al. Resenha ............................................................................ 63 Normas para publicao ................................................ 64 Associao Riograndense de Empreendimentos de Assistncia Tcnica e Extenso Rural - EMATER/RS Associao Sulina de Crdito e Assistncia Rural - ASCAR Lino De David Presidente da EMATER/RS e Superintendente Geral da ASCAR Gervsio Paulus Diretor Tcnico da EMATER/RS e Superintendente Tcnico da ASCAR Valdir Pedro Zonin Diretor Administrativo da EMATER/RS e Superintendente Administrativo da ASCAR Agroecologia e Desenv. Rural Sustentvel, Porto Alegre, v. 5, n. 1, jan./abr. 2012 Agroecologia e Desenv. Rural Sustentvel Porto Alegre v. 5 n. 1 p. 1-66 jan./abr. 2012
  • 3. 7 Agroecologia e Desenv. Rural Sustentvel, Porto Alegre, v. 5, n. 1, p. 5-9, jan./abr. 2012 Por Patrcia Strelow A postura humilde e o linguajar acessvel podem levar Ladislau Dowbor a ser classifi- cado como um pacato professor universitrio. Mas o currculo de peso desse franco-brasilei- ro que fala sete idiomas e autor e coautor de cerca de 40 livros, somado a sua histria de vida, que em muito lembra um romance policial, logo convence o interlocutor de que a ausncia de soberba advm exatamente dessa riqueza de conhecimentos e vivncias experi- mentados ao longo de seus 71 anos. Filho de pais poloneses, Dowbor nasceu na Frana, quando a famlia fugia da primeira guerra mundial. Migrou para o Brasil ainda criana, escreveu para jornais e viveu um amor proibido com uma moa de origem ju- daica, Pauline Reichstul, relacionamento que os levou a percorrerem Israel e Europa em busca de abrigo. Acabaram na Sua, onde Do- wbor graduou-se em Economia Poltica pela Universidade de Lausanne. De volta ao Brasil, foi pre- so, acusado de terrorista e comunista. Refugiou-se na Arglia, para onde Pauli- ne partiu em seu encontro. Aps um breve perodo jun- tos, uma nova separao, dessa vez, definitiva: Pauli- ne retornou ao Brasil a fim de tentar ajudar compa- nheiros ameaados pela di- tadura militar, e foi morta junto com eles. Em busca de suas razes, Dowbor partiu novamente para a Polnia, onde re- encontrou sua me e co- nheceu a segunda esposa, Ftima, filha do tambm refugiado Paulo Freire. Naquele pas, fez curso superior de Planificao Nacional e tornou-se doutor em Cincias Econmicas pela Escola Central de Planejamento e Estatstica de Varsvia. Foi convidado ento para lecionar na Universida- de de Coimbra, nas ctedras de Economia do Desenvolvimento e Finanas Pblicas sen- do que nesta o ltimo titular havia sido Fran- cisco Salazar. Em 1977, trocou a Europa pela frica, onde se tornou coordenador tcnico do Ministrio do Planejamento da Guin-Bissau. Retornou ao Brasil na dcada de 80, quando foi secretrio de Negcios Extraordinrios da Prefeitura de So Paulo. Atuou como consul- tor do Secretrio Geral da Organizao das Naes Unidas (ONU), na rea de Assuntos Polticos Especiais, e assessor tcnico princi- pal de projetos, cargo que