of 33 /33
Tecnologias da Informação e Comunicação 8º ano Rua Professor Veiga Simão | 3700 - 355 Fajões | Telefone: 256 850 450 | Fax: 256 850 452 | www.agrupamento- fajoes.pt | E-mail: [email protected]

Unidade1 comunicaçao e colaboração

Embed Size (px)

DESCRIPTION

Unidade 1 de TIC - Comunicação e colaboração em rede

Text of Unidade1 comunicaçao e colaboração

  • 1. Tecnologias da Informao e Comunicao 8 anoRua Professor Veiga Simo | 3700 - 355 Fajes | Telefone: 256 850 450 | Fax: 256 850 452 | www.agrupamento-fajoes.pt | E-mail: [email protected]

2. Tecnologias da Informao e ComunicaoUnidade 1Comunicao e Colaborao Rua Professor Veiga Simo | 3700 - 355 Fajes | Telefone: 256 850 450 | Fax: 256 850 452 | www.agrupamento-fajoes.pt | E-mail: [email protected] 3. Comunicao e Colaborao Conhecimento e utilizao adequada e segura de diferentes tipos de ferramentas de comunicao, de acordo com as situaes de comunicao e as regras de conduta e de funcionamento de cada ambiente digital; Uso da lngua e adequao lingustica aos contextos de comunicao atravs da Internet; Comunicao e colaborao em rede. Rua Professor Veiga Simo | 3700 - 355 Fajes | Telefone: 256 850 450 | Fax: 256 850 452 | www.agrupamento-fajoes.pt | E-mail: [email protected] 4. Diferentes tipos de ferramentas de comunicao (web) Correio eletrnico Mensagens instantneas (Chat e VoIP) Redes SociaisRua Professor Veiga Simo | 3700 - 355 Fajes | Telefone: 256 850 450 | Fax: 256 850 452 | www.agrupamento-fajoes.pt | E-mail: [email protected] 5. O correio eletrnico O correio eletrnico, vulgarmente conhecido pela abreviatura e-mail ou email, um mtodo de compor, enviar, armazenar ou receber mensagens atravs de um sistema de comunicaes eletrnico.Rua Professor Veiga Simo | 3700 - 355 Fajes | Telefone: 256 850 450 | Fax: 256 850 452 | www.agrupamento-fajoes.pt | E-mail: [email protected] 6. O correio eletrnico O correio eletrnico anterior ao aparecimento da Internet. Os sistemas de e-mail foram uma ferramenta crucial para a criao da rede internacional de computadores. O primeiro sistema de troca de mensagens entre computadores que se tem conhecimento foi criado em 1965, e possibilitava a comunicao entre os mltiplos utilizadores de um computador do tipo mainframe.Rua Professor Veiga Simo | 3700 - 355 Fajes | Telefone: 256 850 450 | Fax: 256 850 452 | www.agrupamento-fajoes.pt | E-mail: [email protected] 7. O correio eletrnicoRua Professor Veiga Simo | 3700 - 355 Fajes | Telefone: 256 850 450 | Fax: 256 850 452 | www.agrupamento-fajoes.pt | E-mail: [email protected] 8. O correio eletrnico Os perigosRua Professor Veiga Simo | 3700 - 355 Fajes | Telefone: 256 850 450 | Fax: 256 850 452 | www.agrupamento-fajoes.pt | E-mail: [email protected] 9. O correio eletrnico Os perigosSPAM Tal como as caixas de correio convencional recebem correio no solicitado, as caixas de correio eletrnico tambm. Mas este procedimento multiplicou-se de tal forma, que hoje os fornecedores de servios de correio eletrnico encontram aqui grandes dificuldades com uma das maiores pragas deste incio de sculo.Rua Professor Veiga Simo | 3700 - 355 Fajes | Telefone: 256 850 450 | Fax: 256 850 452 | www.agrupamento-fajoes.pt | E-mail: [email protected] 10. O correio eletrnico Os perigos SPAM As mensagens de correio eletrnico no solicitado so designadas por SPAM, e este assume diversas formas mais ou menos perigosas, que podem ir de uma simples mensagem de publicidade a um produto ou servio, mensagens abusivas, ou at burlas de maior ou menor dimenso. Hoje torna-se necessrio que os fornecedores de servios de correio eletrnico usem das mais astutas tecnologias para filtrarem o maior nmero possvel dessas mensagens, poupando esse incmodo ao cliente final. A equipa do Hotmail, por exemplo filtra mais de 3 mil milhes de mensagens de correio eletrnico no solicitado por dia.Rua Professor Veiga Simo | 3700 - 355 Fajes | Telefone: 256 850 450 | Fax: 256 850 452 | www.agrupamento-fajoes.pt | E-mail: [email protected] 11. O correio eletrnico Os perigos SPAM o phishingO "Phishing" uma forma particular de "Spam" que consiste em burlas eletrnicas de carcter criminoso, em que as mensagens recebidas aparentam ser oriundas de instituies bancrias, de forma a que o recetor fornea inadvertidamente dados de carcter pessoal, como nmeros de contas bancrias e respetivos cdigos secretos, atravs do preenchimento de formulrios. Este tipo de esquemas pode enganar qualquer um at utilizadores mais informados, pelo que a alerta para este tipo de riscos uma boa forma de prevenir situaes bem complicadas. Rua Professor Veiga Simo | 3700 - 355 Fajes | Telefone: 256 850 450 | Fax: 256 850 452 | www.agrupamento-fajoes.pt | E-mail: [email protected] 12. O correio eletrnico Regras de segurana No confiar em mensagens que prometem dinheiro fcil No preencher formulrios que supostamente so enviados por instituies bancrias Nunca digitar palavras passe numa mensagem de correio eletrnico Instalar e atualizar constantemente software Antivrus Instalar e atualizar constantemente software Anti Spyware Ter sempre a Firewall ativada. Rua Professor Veiga Simo | 3700 - 355 Fajes | Telefone: 256 850 450 | Fax: 256 850 452 | www.agrupamento-fajoes.pt | E-mail: [email protected] 13. O correio eletrnico Regras de segurana O que uma Firewall? Uma "FireWall" uma espcie de barreira que impede a entrada de software indesejado, geralmente malicioso, ou utilizadores estranhos para dentro dos computadores, por meio de uma rede informtica, que geralmente a Internet.Tambm existem equipamentos em hardware com funcionalidades especficas de "FireWall", geralmente usados como barreira entre as redes informticas locais e a Internet, para proteo de toda a rede e respetivo servidor. Rua Professor Veiga Simo | 3700 - 355 Fajes | Telefone: 256 850 450 | Fax: 256 850 452 | www.agrupamento-fajoes.pt | E-mail: [email protected] 14. O correio eletrnico Regras de segurana FirewallRua Professor Veiga Simo | 3700 - 355 Fajes | Telefone: 256 850 450 | Fax: 256 850 452 | www.agrupamento-fajoes.pt | E-mail: [email protected] 15. O correio eletrnico Regras de segurana Antivrus Hoje em dia impensvel no se usar software antivrus no computador. Os vrus so uma ameaa constante, pelo que no podemos passar sem a proteo de um anti vrus devidamente atualizado. H hoje muitos fabricantes de software anti vrus e a oferta muito variada. H anti vrus uso domstico servidores e redes informticas mais ou menos complexas. O fator preo tambm uma varivel a ter em considerao na escolha de um anti vrus. Relativamente ao preo, esteja atento, pois existem no mercado anti vrus de grande qualidade sem custos para utilizadores de computadores de uso domstico. Rua Professor Veiga Simo | 3700 - 355 Fajes | Telefone: 256 850 450 | Fax: 256 850 452 | www.agrupamento-fajoes.pt | E-mail: [email protected] 16. O correio eletrnico Regras de segurana AntivrusRua Professor Veiga Simo | 3700 - 355 Fajes | Telefone: 256 850 450 | Fax: 256 850 452 | www.agrupamento-fajoes.pt | E-mail: [email protected] 17. O correio eletrnico Regras de segurana Spyware Por fim, para alm do software anterior, tambm aconselhvel protegermos os computadores atravs da utilizao regular de uma ferramenta de remoo de spyware. Spyware o termo usado para classificar todo o tipo de software que instalado no nosso computador de forma velada por via da Internet, sem o nosso consentimento, para a partir dele tirar proveitos maliciosos.Rua Professor Veiga Simo | 3700 - 355 Fajes | Telefone: 256 850 450 | Fax: 256 850 452 | www.agrupamento-fajoes.pt | E-mail: [email protected] 18. O correio eletrnico Regras de segurana Spyware Por fim, para alm do software anterior, tambm aconselhvel protegermos os computadores atravs da utilizao regular de uma ferramenta de remoo de spyware. Spyware o termo usado para classificar todo o tipo de software que instalado no nosso computador de forma velada por via da Internet, sem o nosso consentimento, para a partir dele tirar proveitos maliciosos.Rua Professor Veiga Simo | 3700 - 355 Fajes | Telefone: 256 850 450 | Fax: 256 850 452 | www.agrupamento-fajoes.pt | E-mail: [email protected] 19. O correio eletrnico Regras de segurana SpywareRua Professor Veiga Simo | 3700 - 355 Fajes | Telefone: 256 850 450 | Fax: 256 850 452 | www.agrupamento-fajoes.pt | E-mail: [email protected] 20. As Redes Sociais VirtuaisRua Professor Veiga Simo | 3700 - 355 Fajes | Telefone: 256 850 450 | Fax: 256 850 452 | www.agrupamento-fajoes.pt | E-mail: [email protected] 21. Redes Sociais Rede social uma estrutura social composta por pessoas ou organizaes, ligadas por um ou vrios tipos de relaes, que partilham valores e objetivos comuns. "Redes no so, portanto, apenas uma outra forma de estrutura, mas quase uma no estrutura, no sentido de que parte de sua fora est na habilidade de se fazer e desfazer rapidamente."Rua Professor Veiga Simo | 3700 - 355 Fajes | Telefone: 256 850 450 | Fax: 256 850 452 | www.agrupamento-fajoes.pt | E-mail: [email protected] 22. Redes Sociaishttp://videos.sapo.pt/BABGdgcGsMi0gzEY 4qkhRua Professor Veiga Simo | 3700 - 355 Fajes | Telefone: 256 850 450 | Fax: 256 850 452 | www.agrupamento-fajoes.pt | E-mail: [email protected] 23. Perigos em Redes Sociais / Chathttp://www.youtube.com/watch?feature=player_embedded&v=dhiVXO0ZtRQRua Professor Veiga Simo | 3700 - 355 Fajes | Telefone: 256 850 450 | Fax: 256 850 452 | www.agrupamento-fajoes.pt | E-mail: [email protected] 24. Netiqueta"network + "etiquetteRede + EtiquetaRua Professor Veiga Simo | 3700 - 355 Fajes | Telefone: 256 850 450 | Fax: 256 850 452 | www.agrupamento-fajoes.pt | E-mail: [email protected] 25. Netiqueta Um conjunto de recomendaes para evitar malentendidos em comunicaes via internet, especialmente em e-mails, chats, listas de discusso, etc. Serve, tambm, para regrar condutas em situaes especficas por exemplo, ao colocar-se a sntese de um livro na internet informar que naquele texto existem spoilers ( revelaes do enredo de obras como filmes e livros); citar nome do site, do autor de um texto transcrito, etc).Rua Professor Veiga Simo | 3700 - 355 Fajes | Telefone: 256 850 450 | Fax: 256 850 452 | www.agrupamento-fajoes.pt | E-mail: [email protected] 26. Netiqueta S Evitar enviar mensagens exclusivamente em MAI CULAS, grifos exagerados; No usar recursos de formatao de texto, como cores, tamanho da fonte em excesso; Lembrar-se de que dialogar com algum atravs do computador no isenta das regras comuns da sociedade, por exemplo, o respeito ao prximo; Evitar enviar mensagens curtas em vrias linhas; Usar a funcionalidade de se autodeterminar um status ou estado como away, ou ausente, se possvel;Rua Professor Veiga Simo | 3700 - 355 Fajes | Telefone: 256 850 450 | Fax: 256 850 452 | www.agrupamento-fajoes.pt | E-mail: [email protected] 27. Netiqueta No sair da conversao eletrnica sem se despedir da pessoa com quem se est a falar; Apesar de compartilhar apenas virtualmente um ambiente, ningum obrigado a suportar ofensas e m educao; Evitar ser arrogante ou inconveniente; Evitar escrever em outra lngua quando no solicitado; Em textos muito longos, deixar uma linha em branco em algumas partes do texto, paragrafando-o.Rua Professor Veiga Simo | 3700 - 355 Fajes | Telefone: 256 850 450 | Fax: 256 850 452 | www.agrupamento-fajoes.pt | E-mail: [email protected] 28. Comunicao e colaborao em redeRua Professor Veiga Simo | 3700 - 355 Fajes | Telefone: 256 850 450 | Fax: 256 850 452 | www.agrupamento-fajoes.pt | E-mail: [email protected] 29. Comunicao e colaborao em rede Participar em ambientes colaborativos na rede como estratgia de aprendizagem individual e como contributo para a aprendizagem dos outros, atravs da partilha de informao e conhecimento, usando plataformas de apoio ao ensino e aprendizagemPlataforma Pmate http://www.pmate.ua.pt Rua Professor Veiga Simo | 3700 - 355 Fajes | Telefone: 256 850 450 | Fax: 256 850 452 | www.agrupamento-fajoes.pt | E-mail: [email protected] 30. Comunicao e colaborao em rede Coursera.orgHelpoutsRua Professor Veiga Simo | 3700 - 355 Fajes | Telefone: 256 850 450 | Fax: 256 850 452 | www.agrupamento-fajoes.pt | E-mail: [email protected] 31. Comunicao e colaborao em rede EXERCCIO Acede plataforma da escola e abre o blogue da disciplina TIC Consulta os critrios de avaliao da disciplina Preenche o questionrioRua Professor Veiga Simo | 3700 - 355 Fajes | Telefone: 256 850 450 | Fax: 256 850 452 | www.agrupamento-fajoes.pt | E-mail: [email protected] 32. Comunicao e colaborao em redeRua Professor Veiga Simo | 3700 - 355 Fajes | Telefone: 256 850 450 | Fax: 256 850 452 | www.agrupamento-fajoes.pt | E-mail: [email protected] 33. Trabalho de grupo Crie uma apresentao eletrnica (PowerPoint) subordinada ao tema Redes Sociais na Internet. Na elaborao devem abordar os seguintes objetivos: 1. Definio de Rede Social da internet. 2. Exemplos de Redes sociais online 3. Regras bsicas de funcionamento de uma rede social. 4. Riscos e vantagens na utilizao das redes sociais. 5. Dicas de segurana para redes sociais. Estruturao do trabalho no Microsoft PowerPoint I - Capa primeira pgina do trabalho deve conter a capa, com o ttulo principal; A Deve ter o nome dos alunos que realizaram o trabalho assim como a turma; II Contracapa ndice com todos os assuntos tratados na apresentao e a respectiva pgina na qual se encontra; Um Cada ttulo assunto deve ter uma hiperligao para o diapositivo que contm essa informao; IV - Estruturao temtica do trabalho Aps a contracapa (ndice), o aluno iniciar o trabalho, com a seguinte estrutura: Introduo Desenvolvimento Concluso Bibliografia (guarde sempre o endereo de internet de onde copias informao) Rua Professor Veiga Simo | 3700 - 355 Fajes | Telefone: 256 850 450 | Fax: 256 850 452 | www.agrupamento-fajoes.pt | E-mail: [email protected]